Jc mta e business trab4 free iesf

386 views
352 views

Published on

Published in: Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
386
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jc mta e business trab4 free iesf

  1. 1. Trabalho “FREE – O futuro é grátis” (Jornais gratuitos) MTA Gestão e-business Prof. Vasco Marques MBA 10/11 IESF Jorge Castro 04 Nov. 10
  2. 2. O meu trabalho desta semana é sobre o tema que abordámos na aula, o livro “FREE- o futuro é grátis”, e como este negócio entra todos os dias na nossa vida, como por exemplo através dos JORNAIS GRATUITOS. FREE – JORNAIS GRATUITOS
  3. 3. FREE – JORNAIS GRATUITOS A entrega de Jornais Gratuitos faz parte daquilo que se pode chamar o básico do FREE. Segundo o autor do livro este tipo de negócio baseia-se no subsídio cruzado, fazendo parte do mercado das 3 partes (uma terceira parte paga, para participar num mercado criado por uma troca gratuita entre as duas primeiras partes).
  4. 4. A história da imprensa de distribuição gratuita que obedece às regras do jornalismo é bastante recente. Contra Costa Times (Crê-se que foi o primeiro no mundo) Fundado em 1947 Califórnia - EUA Metro (Crê-se que foi o primeiro na europa) Fundado em 1995 Suécia FREE – JORNAIS GRATUÍTOS A maior parte dos diários gratuitos são distribuídos nos dias úteis em cafés, locais públicos, etc . As suas receitas provém exclusivamente da publicidade, por isso mesmo em geral é mais visível que na imprensa tradicional.
  5. 5. FREE – JORNAIS GRATUÍTOS Fundado em 2004, o Destak foi o primeiro diário gratuito português. É actualmente o primeiro jornal diário de maior tiragem, com 117 mil exemplares, tem 3 edições (Nacional, Porto e Lisboa) e é distribuído em 8 cidades. O seu grande rival é o Metro, que é editado em Portugal também desde 2004. O Metro conta com 113 mil exemplares de tiragem média. Em Setembro de 2007, foi lançado o Global Notícias (que entretanto já acabou), pertencente ao Grupo Controlinvest chegou a ter uma tiragem de 202 mil exemplares. Também em 2007, foi lançado o Meia Hora (já acabou), que registava uma tiragem média de 66 mil exemplares. Além destes existe um diário gratuito económico, o OJE (que sendo distribuído gratuitamente, também permite a assinatura paga por correio e indica o preço de 1 cêntimo em cada exemplar) e um desportivo, o Diário Desportivo, que entretanto encerrou. Em Junho de 2007 foi anunciada a criação de um novo diário gratuito, Diário da Cidade, a ser distribuído na região autónoma da Madeira.
  6. 6. Antes destes títulos diários, existiam já vários títulos gratuitos de periodicidade superior, desde boletins municipais a revistas e jornais de cariz religioso, nomeadamente evangélico. Um dos primeiros títulos semanais a obedecer a regras comerciais semelhantes às dos diários foi o semanal local de Vila Nova de Famalicão O Povo Famalicense, editado desde 1999. Em Outubro de 2007, foi lançado o primeiro semanário nacional gratuito, o Mundo à Sexta detido pela Sonaecom e distribuído com os jornais diários pagos Público e A Bola, além da habitual distribuição de rua e ainda nos hipermercados do mesmo grupo financeiro. Este jornal, suspendeu as suas edições em Janeiro de 2009. FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
  7. 7. Nome Periodicidade TipoPublicação Tiragem* CirculaçãoTotal* Tiragem* CirculaçãoTotal* Tiragem* CirculaçãoTotal* Tiragem* CirculaçãoTotal* GlobalNotícias Diário Jornal 118083 118083 99567 99567 100000 100000 100574 100574 JornalDestak Diário Jornal 85617 85617 93775 93775 98511 98510 117696 117696 MeiaHora Diário Jornal 26317 26317 25871 25871 18077 18076 0 0 MetroPortugal Diário Jornal 118933 118933 102548 102548 85673 85673 112916 112916 Trimestre1(2009) Trimestre2(2009) Trimestre3(2009) Trimestre4(2009) Fonte: Associação Portuguesa para o controle de tiragem FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
  8. 8. Desde Título País Periodicidade Temática Edições 1996 Jornal da Região Semanário Regional Lisboa, Amadora, Sintra, Cascais, Oeiras e Almada 1999 O Povo Famalicense Semanal Local Vila Nova de Famalicão 2004 Destak Diário Generalista Nacional, Lisboa e Porto 2004 Metro Diário Generalista Nacional, Lisboa e Porto 2006 OJE Diário Economia Lisboa 2007 Diário Desportivo Diário Desporto Nacional 2007 Diário Cidade Diário Regional 2007 Meia Hora Diário Generalista Lisboa e Porto 2007 Raia Rural Mensal Regional Transfronteiriça 2007 Global Notícias Diário Generalista Lisboa 2007 O Mundo à Sexta Semanário Generalista Nacional 2007 O Balcão Semanário Local Braga Jornais Gratuitos Fonte: Wikipedia FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
  9. 9. QUANTO VALE A PUBLICIDADE NESTES JORNAIS? Até Outubro de 2008, foi o Destak que, segundo dados Mediamonitor trabalhados pela Starcom Mediavest Group, liderou nas verbas publicitárias angariadas. 97.444.658 mil euros foi o recorde conseguido, nas publicações gratuitas, a preços de tabela. A seguir ao Destak, foi o Metro que ocupou o segundo lugar com 25.405.078 mil euros. FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
  10. 10. OS JORNAIS GRATUITOS são um negócio em evolução embora com algumas “desistências” pelo caminho. O mercado continuará a seleccionará aqueles que os leitores mais lêem e os investimentos em publicidade surgirão naturalmente! “Não há almoços grátis!” FREE – JORNAIS GRATUÍTOS CONCLUSÃO
  11. 11. Bibliografia Free-O futuro é grátis – Chris Anderson Cibergrafia Wikipedia Associação Portuguesa para o Controle de Tiragem Mediamonitor Meios e Publicidade

×