• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

J C M T Trab4 Aree E

on

  • 339 views

Free

Free

Statistics

Views

Total Views
339
Views on SlideShare
339
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    J  C  M T Trab4  Aree  E J C M T Trab4 Aree E Presentation Transcript

    • Trabalho “FREE – O futuro é grátis”(Jornais gratuitos)
      MTA Gestão e-business
      Prof. Vasco Marques
      MBA 10/11 IESF
      Jorge Castro
      04 Nov. 10
    • FREE – JORNAIS GRATUITOS
      O meu trabalho desta semana é sobre o tema que abordámos na aula, o livro “FREE- o futuro é grátis”, e como este negócio entra todos os dias na nossa vida, como por exemplo através dos JORNAIS GRATUITOS.
    • FREE – JORNAIS GRATUITOS
      A entrega de Jornais Gratuitos faz parte daquilo que
      se pode chamar o básico do FREE. Segundo o autor do livro este tipo de negócio baseia-se no subsídio
      cruzado, fazendo parte do mercado das 3 partes (umaterceira parte paga, para participar num mercado criado por uma troca gratuita entre as duas primeiras partes).
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      A história da imprensa de distribuição gratuita que obedece às regras do jornalismo é bastante recente.
      Contra Costa Times
      (Crê-se que foi o primeiro no mundo)
      Fundado em 1947 Califórnia - EUA
      Fundado em 1995
      Suécia
      Metro
      (Crê-se que foi o primeiro
      na europa)
      A maior parte dos diários gratuitos são distribuídos nos dias úteis em cafés, locais públicos, etc . As suas receitas provém exclusivamente da publicidade, por isso mesmo em geral é mais visível que na imprensa tradicional.
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      Fundado em 2004, o Destakfoi o primeiro diário gratuito português. Éactualmente o primeirojornal diário de maior tiragem, com 117 mil exemplares, tem 3 edições (Nacional, Porto e Lisboa) e é distribuído em 8 cidades. O seu grande rival é o Metro, que é editado em Portugal também desde 2004. O Metro conta com 113 mil exemplares de tiragem média.
      Em Setembro de 2007, foi lançado o Global Notícias (que entretanto já acabou), pertencente ao Grupo Controlinvest chegou a ter uma tiragem de 202 mil exemplares.
      Também em 2007, foi lançado o Meia Hora (já acabou), que registava uma tiragem média de 66 mil exemplares.
      Além destes existe um diário gratuito económico, o OJE (que sendo distribuído gratuitamente, também permite a assinatura paga por correio e indica o preço de 1 cêntimo em cada exemplar) e um desportivo, o Diário Desportivo, que entretanto encerrou. Em Junho de 2007 foi anunciada a criação de um novo diário gratuito, Diário da Cidade, a ser distribuído na região autónoma da Madeira.
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      Antes destes títulos diários, existiam já vários títulos gratuitos de periodicidade superior, desde boletins municipais a revistas e jornais de cariz religioso, nomeadamente evangélico. Um dos primeiros títulos semanais a obedecer a regras comerciais semelhantes às dos diários foi o semanal local de Vila Nova de Famalicão O Povo Famalicense, editado desde 1999. Em Outubro de 2007, foi lançado o primeiro semanário nacional gratuito, o Mundo à Sexta detido pela Sonaecom e distribuído com os jornais diários pagos Público e A Bola, além da habitual distribuição de rua e ainda nos hipermercados do mesmo grupo financeiro. Este jornal, suspendeu as suas edições em Janeiro de 2009.
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      Fonte: Associação Portuguesa para o controle de tiragem
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      Fonte: Wikipedia
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      QUANTO VALE A PUBLICIDADE NESTES JORNAIS?
      Até Outubro de 2008, foi o Destakque, segundo dados Mediamonitortrabalhados pela StarcomMediavestGroup, liderou nas verbas publicitárias angariadas. 97.444.658 mil euros foi o recorde conseguido, nas publicações gratuitas, a preços de tabela.
      A seguir ao Destak, foi o Metro que ocupou o segundo lugar com 25.405.078 mil euros.
    • FREE – JORNAIS GRATUÍTOS
      CONCLUSÃO
      OS JORNAIS GRATUITOS são um negócio em evolução embora com algumas
      “desistências” pelo caminho. O mercado continuará a seleccionará aqueles que
      os leitores mais lêem e os investimentos em publicidade surgirão naturalmente!
      “Não há almoços grátis!”
    • Bibliografia
      Free-O futuro é grátis – Chris Anderson
      Cibergrafia
      Wikipedia
      Associação Portuguesa para o Controle de Tiragem
      Mediamonitor
      Meios e Publicidade