Gestão da Cadeia de Suprimentos

5,119 views
5,000 views

Published on

Gestão da Cadeia de Suprimentos

  1. 1. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroTecnologia da Informação&Supply Chain ManagementVestuário
  2. 2. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroSCMO objetivo principal do gerenciamento de umacadeia de suprimentos é a obtenção do melhoratendimento ao cliente, com o menor custototal possível. Para atingir estes objetivos, éfundamental que se melhore o desempenhointerno de cada um dos processos dasempresas componentes da cadeia. Mas, sóesta eficiência interna não basta, é necessárioque se administrem as interações entre osprocessos de negócio de cada um doselementos da cadeia de valor de maneira a seobter um ótimo total e não somente aeficiência localizada.
  3. 3. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroResultados de TIAssim, a necessidade de informações rápidas,em tempo real e com alto grau precisão parauma gestão eficiente da logística e da cadeiade suprimentos, aponta três resultadosprincipais que a Tecnologia da Informaçãodeve fornecer através de sistemasinformatizados:Informações atuaisRedução de estoquesFlexibilidade
  4. 4. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroInformações atuaisAs informações geradas pelo sistema devemser rápidas e precisas para o bomfuncionamento do SCM.Entendemos que informações do andamentode uma ordem, da disponibilidade deprodutos, da programação de entregas ou osdados do faturamento são elementosfundamentais do serviço prestado aos clientes.
  5. 5. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroRedução de estoquesCom a meta de redução do estoque em todaa cadeia de suprimentos, os executivospercebem que com informações adequadas,eles podem, efetivamente, reduzir estoquese necessidades de recursos humanos.Especialmente, o planejamento denecessidades sendo feito usandoinformações mais recentes, permite reduzirestoques através da minimização dasincertezas da demanda.
  6. 6. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroFlexibilidadeA disponibilidade de informações rápidas eprecisas aumenta a flexibilidade comrespeito a saber quanto, quando e onde osrecursos podem ser utilizados para obtençãode vantagem estratégica.Além da vantagem estratégica estasinformações possibilitam redução de custosna alocação mais inteligente dos recursos.
  7. 7. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroPara a gestão destes processos internos e destas interações entre os elementos dacadeia de suprimentos, além de esforços na utilização de diversas técnicas de gestãologística, é fundamental que se utilizem intensamente as facilidades proporcionadaspelas tecnologias de informação, visando tomar decisões com a menor margem deriscos, operar com os maiores níveis de eficiência, e se comunicar com clientes efornecedores da melhor maneira possível nos três níveis da cadeia logística:OperacionalPlanejamentoEstratégico
  8. 8. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroNível estratégicoEste nível é onde a utilidade dainformação está relacionada com decisõesde investimentos, volumes de produtos einsumos, localização de demanda paradecisões de localização de centros dedistribuição, mix de produtos a fabricar,comprar ou comercializar, para que sejamdesenvolvidos fornecedores, facções, oucontratações, etc..Estes relatórios de informaçõesnormalmente são customizados porempresa.
  9. 9. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroNível do planejamentoNeste nível as informações são utilizadas por gerentes e supervisores da cadeia deabastecimento para a alocação de recursos disponíveis para o atendimento dasdemandas, níveis de estoque em cada ponto da cadeia, etc.O sistema informatizado deve ter dados suficientes para o planejamento num prazode tempo cada vez menor.
  10. 10. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroNível operacionalOnde temos as operações da empresa como a evolução das ordens de produção no chãode fábrica, a entrada de pedidos de clientes, o faturamento das vendas efetuadas, etc. Nooutro eixo da matriz, necessitamos dos atores principais da cadeia de suprimentos;fornecedores, fabricantes, distribuidores ou atacadistas, varejistas e consumidores. Comesta visualização matricial os sistemas de informação devem estar disponíveis einterligados de acordo com os diversos níveis de gestão de cada uma das entidades quecompõem a cadeia de suprimentos.
  11. 11. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroTransportador e Operador logísticoNesta matriz se deveria acrescentar outrosdois atores; o transportador e o operadorlogístico. Estes dois elementos sãoconsiderados a cada dia mais estratégicospara o sucesso do Supply ChainManagement, e seus sistemas deinformática vem sendo interligados com osdemais participantes da cadeia de formacada vez mais intensa, merecendo,portanto, serem considerados de maneiraevidenciada nos sistemas informatizados deSCM.
  12. 12. TI & SCMJoaquim Antonio de Souza RibeiroJoaquim Antonio de Souza Ribeirojoaquimconsult@gmail.com

×