Agostinho neto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Agostinho neto

on

  • 876 views

 

Statistics

Views

Total Views
876
Views on SlideShare
876
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Agostinho neto Agostinho neto Presentation Transcript

    • António Agostinho Neto nasceu a 16 de setembro de 1922 emKaxicane, distrito de Luanda;De 1934 a 1944, completou os estudos (na escola primária esecundária);Em 1944, após concluir os estudos em Luanda, sendo funcionário dosserviços de saúde, deixa Angola e embarca para Portugal parapoder frequentar a Faculdade de Medicina de Coimbra;
    • Integra-se e participa nas atividades sociais,políticas e culturais da secção de Coimbra da Casados Estudantes do Império com sede em Lisboa;Em 1948, foi-lhe concedida uma bolsa de estudopela igreja Metodista americana;Transfere a sua matrícula para a Faculdade deMedicina de Lisboa, onde passa a residir, e continuaa sua atividade cultural e política na Casa dosEstudantes do Império;
    • Em 1951, foi preso pela PIDE em Lisboa, durante 3 meses;Pela segunda vez, em 1955, foi preso durante 2 anos (períodoem que publica a sua primeira obra literária de poemas);A sua obra literária foi reconhecida internacionalmente.
    • Em 1958, finalmente, formou-se em Medicina e, nesse mesmo dia, casa-se com Maria Eugénia Maria Eugénia Neto (viúva de Neto, foto atual)
    • 1957 - Quatro Poemas de Agostinho Neto, Póvoa do Varzim1961 - Poemas, Lisboa, Casa dos Estudantes do Império1974 - Sagrada Esperança, Lisboa, Sá da Costa (inclui os poemas dosdois primeiros livros)1982 - A Renúncia Impossível, Luanda, INALD (edição póstuma)
    • Declaração As aves, como voam livremente num voar de desafio! Eu te escrevo, meu amor, num escrever de libertação. Tantas, tantas coisas comigo adentro do coração que só escrevendo as liberto destas grades sem limitação. Que não se frustre o sentimento de o guardar em segredocomo liones, correm as águas do rio! corram límpidos amores sem medo. Ei-lo que to apresento puro e simples – o amor que vive e cresce ao momento em que fecunda cada flor. O meu escrever-te é realização de cada instantegermine a semente, e rompa o fruto da Mãe-Terra fertilizante.
    • António Agostinho Neto morre a 10 de setembro de 1979, numa sala de operações no hospital de Moscovo.
    • “A vida de um homem do tamanho deste filho de África não se conta em pequenos minutos. Ficou muito por falar, muitos nomes por dizer, muitas histórias pequenas, algumas grandes também, guardadas para outra fogueira, se for o caso...Não se pode chorar mais”.
    • • Ana Santos nº 4• Catarina Sousa nº8 • Sara Vieira nº23 10ºR