• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

A europa e o mundo no limiar do séc. xx

on

  • 8,369 views

 

Statistics

Views

Total Views
8,369
Views on SlideShare
8,365
Embed Views
4

Actions

Likes
1
Downloads
343
Comments
0

1 Embed 4

http://stor.pt.cx 4

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A europa e o mundo no limiar do séc. xx A europa e o mundo no limiar do séc. xx Presentation Transcript

    • TEMA I – A EUROPA E O MUNDO NO LIMIAR DO SÉC. XX
    • A supremacia Europeia sobre o Mundo A Europa assumia-se como 1ª potência Mundial DOMÍNIO ECONÓMICO DOMÍNIO CULTURAL DOMÍNIO POLÍTICO •Assegurava metade da produção Industrial mundial; •Imposição dos modelos culturais Inglaterra, França, Alemanha , •Exportava os seus produtos manu- Europeus • Localização na Europa das prin- Portugal e outras potências europeias facturados para toda a parte; cipais Universidades, bibliotecas e possuíam colónias em África, •Localização na Europa das sedes museus Ásia e América dos grandes bancos e maiores Superioridade técnica e científica. empresas industriais e comerciais. •“Missão civilizadora” da Europa
    • RAZÕES DA FORMAÇÃO DOS IMPÉRIOS COLONIAIS Ordem económica A Europa precisava de: Ordem Política e Mercados estratégica Ordem cultural abastecedores de As principais potências, Missão civilizadora matérias-primas; rivais umas das outras Mercados consumidores precisavam de afirmar o de produtos industriais seu poderio e força militar
    • CONFERÊNCIA DE BERLIM RAZÃO DA SUA REALIZAÇÃO – Regularizar a ocupação de África e acabar com as rivalidades pelo domínio do continente africano DATA DA SUA REALIZAÇÃO – 1884-1885 O QUE FICOU DECIDIDO – A forma de direito colonial segundo a qual a ocupação efectiva de um território e a sua exploração económica substituíam o direito obtido pela descoberta. Potências vencedoras – Países mais desenvolvidos e ricos como a Grã-Bretanha e a França; Potências prejudicadas – Países menos desenvolvidos como por exemplo Portugal.
    • A QUESTÃO DO MAPA COR-DE-ROSA Em 1886, com a intenção de formar um domínio que unisse Angola a Moçambique, o governo português apresentou um mapa no qual , a cor-de-rosa, se juntavam as duas colónias. O projecto português colidia com os interesses ingleses que pretendiam juntar sob o seu domínio os territórios que iam do Cairo (Egipto) ao Cabo (África do Sul). A Inglaterra faz então um ultimato a Portugal Exigia a retirada das tropas portuguesas dos territórios entre Angola e Moçambique Portugal cede
    • Antecedentes da 1ª GUERRA MUNDIAL Existência de rivalidades: A França, Inglaterra e Alemanha disputavam os territórios coloniais mais ricos e estrategicamente situados porque necessitavam de mercados abastecedores de matérias-primas e consumidores de produtos industriais. A França desejava recuperar a Alsácia e a Lorena, perdidas para a Alemanha em 1871; A região dos Balcãs era constituída por povos que desejavam tornar-se independentes dos Impérios Turco e Austro-Húngaro. A Rússia, interessada em ter acesso ao Mediterrâneo, apoiava esses movimentos de autonomia e era aliada da Sérvia ( país independente que desejava formar a Grande Sérvia que agrupasse Montenegro e regiões dominadas pelo Império Austro- Húngaro. . CORRIDA AOS ARMAMENTOS POLÍTICA DE ALIANÇAS
    • POLÍTICA DE ALIANÇAS Tríplice aliança – Alemanha, império Austro-Húngaro e Itália Tríplice Entente – Inglaterra, França , Rússia A criação das alianças militares provocam instabilidade. Assistiu-se a uma corrida aos armamentos e vivia-se num clima de PAZ ARMADA. Qualquer incidente podia provocar um conflito
    • O atentado de Serajevo e o activar do sistema de alianças A ambição da Sérvia em dominar os Balcãs e formar a “Grande Sérvia” deu origem a um incidente que motivou a 1ª Guerra Mundial. No dia 28 de Junho de 1914, o herdeiro do império austro-húngaro , o arquiduque Francisco Fernando, é assassinado em Serajevo na Bósnia por um estudante Sérvio. A Áustria com o apoio da Alemanha declara guerra à Sérvia A Rússia coloca-se do lado da Sérvia Activação do sistema de alianças 1ª GUERRA MUNDIAL
    • FASES DA GUERRA 1ª Fase – Guerra de movimentos (1914-1915) Avanço rápido das tropas alemãs; Alemanha avança sobre a Bélgica, aproxima-se de Paris mas foi travada pelo exército francês; Na Europa Oriental a Alemanha ocupou a Polónia mas o Inverno rigoroso obrigou-a a estabilizar as posições 2ª Fase – Guerra das Trincheiras (1915-1917) Estabilização de posições Condições de vida terríveis ( convívio com mortos e feridos; falta de alimentos; humidade, frio, piolhos, ratazanas, ataques de gases venenosos…) Entrada de Portugal na Guerra. A pedido do governo inglês, Portugal aprisionou os navios alemães ancorados nos nossos portos , o que levou a Alemanha a declarar guerra a Portugal.
    • Entrada dos EUA na guerra 3ª Fase – Guerra de movimentos (1917-1918) ) 1917 – Império Russo retira-se do conflito por causa da Revolução Soviética; 1917 – EUA entram no conflito a favor dos Aliados. Razões da entrada dos EUA: A Alemanha declarou uma guerra submarina a todos os navios que abastecessem os países inimigos, afundando-os. A destruição de alguns navios americanos levou a que estes entrassem na guerra. Importância da entrada dos EUA na guerra Vantagem para os aliados pelo apoio financeiro Apoio moral e psicológico Participação de um milhão de soldados e de armamento. 1918- Exércitos das Potências centrais sofrem sucessivas derrotas e a Alemanha fica cada vez mais isolada As tropas alemãs e a população sofrem as consequências do Bloqueio Económico; As tropas recusam-se a combater e a população manifesta-se contra o governo. 11 de Novembro de 1918 é assinado o Armistício FIM da 1ª GUERRA MUNDIAL
    • TRATADO DE VERSALHES A Alemanha : teve de admitir a culpa pela guerra; Restituiu a Alsácia-Lorena à França; Perdeu todas as suas colónias Foi obrigada a reduzir o seu armamento e os seus exércitos; Teve de pagar indemnizações aos países vencedores Constituiu uma verdadeira humilhação para a Alemanha
    • NOVO MAPA POLÍTICO DA EUROPA Dos outros tratados de paz entre países vencidos e vencedores resultou um novo mapa político da Europa: Desmembramento dos grandes Impérios ( Alemão, Austro-Húngaro, Turco e Russo); Formação de novos Estados
    • SOCIEDADE DAS NAÇÕES (SDN) 1919 – Criação da SDN OBJECTIVOS: Assegurar a paz e a segurança dos Estados de forma a evitar novos conflitos; Fomentar a cooperação económica, financeira, social e cultural entre países membros; Garantir a protecção das minorias nacionais