Your SlideShare is downloading. ×
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Design digital
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Design digital

1,126

Published on

È uma revista , direcional a design digital.

È uma revista , direcional a design digital.

Published in: Design, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,126
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Design Digital Di git on Volume 1, Edição 1 01.12.09 Nesta edição: Design de Jogos 4 Como criar um personagem inesquecível. 5 WebDesign 10 Design de Hipermídia 14 R$ 9,99 7 891253 209851
  • 2. Página 2 Design Digital EXPEDIENTE Design Digital Coordenação Editorial Alexandre Designer digital é o edição não-linear de de internet; empresas profissional que usa a vídeo desenvolvedoras de ga- Redação criatividade e a técnica mes. Poderá também foto digital para desenvolver inter- gerenciar projetos rela- Editor - Chefe design de informação faces digitais interati- cionados à área da co- Jean Carlo Codogno vas, atrativas e eficazes. design de interação municação digital em Essa especialização da comércio eletrônico agência de publicidade Editor e escritórios de design. área de design visual é ensino a distância Jean Carlo Codogno Tais campos no merca- necessária para atender TV digital do apontam para a ne- as necessidades gera- Colaboradores cessidade de um profis- das pelo surgimento (e PDAs Alana , Ana Clara, Barbara ,Caio, sional dotado de capa- Carol, Gabriela, Haruka,João Pau- rápida evolução) da O mercado de trabalho lo, Juliana, Mariane, Samara , Tai- mídia digital. O profis- cidade multidisciplinar para o designer digital ne. para operar imagens, sional dessa área conci- está em plena expansão, lia os conhecimentos da textos e seus potenciais em decorrência da rápi- Publicidade programação visual - relacionais de maneira da evolução das mídias Jean Carlo Codogno criatividade, senso esté- criativa e amigável. digitais. As empresas do tico, embasamento visu- setor têm dificuldade Algumas universidades al cultural, estudo da para encontrar no mer- já oferecem o curso de forma voltados aos va- cado de trabalho os Design Digital com riados tipos de suporte profissionais com quali- grande procura. Entre da mídia digital - com a ficação para atuar nes- os mais conceituados, técnica destinada ao sa área. O profissional pelas notas dadas al- uso das ferramentas formado está capacita- cançadas no Exame adequadas do meio de do para trabalhar com Nacional de Desempe- produção digital para criação digital especia- nho de Estudantes criar soluções para mí- lizada e atuar em agên- (ENADE-MEC) e Co- dia digital e interativa. cia e produtora de mí- missão de Recredencia- Por exemplo: dia digital e interativa; mento do MEC estão o web design emissora de televisão; Centro Universitário produtora de cinema e Íbero-Americano animação digital animação; provedores (Anhanguera) e Unifieo. videogames
  • 3. Página 3
  • 4. Já nos cinemas
  • 5. s
  • 6. Página 6 Design Digital Chris Roberts Design de Jogos designer responsável pelo jogo de Harry Potter e o Enigma do Prínci- pe É difícil transformar uma histó- ria tão complexa em um vídeo game? Como vocês abordaram ela? Graças ao nossa excelente relação com a Warner Brothers, a equipe de design teve acesso cedo ao ro- teiro do filme, o que nos ajudou a identificar áreas importantes para focar o design do jogo. Como nós estamos desenvolvendo uma expe- riência interativa, isso nos permite expandir elementos da história de um modo diferente do filme ou do livro. Você tendeu a pegar mais inspi- ração do livro ou do filme? Nós inicialmente nos guiamos pelo livro, e como as posses dos U roteiros do filme estão disponí- veis, nós os usamos para ajudar no tendencias, tendencia de foco da experiência do jogo. Tra- mercado grande, e vai moda, de games, o que ter uma disputa muito m designer de que está acontecendo no grande, porque, no jogos desenvolve tanto mundo, tudo isso ele tem momento, muitas para computador, de saber, para ser um empresas precisam de vídeogame ou celulares, bom designer. Existem designers, formula um conceito e o varias partes dentro do programadores, ou modo de jogo: o design design de jogos mesmo artistas, talvez muitos não sabem, mas geral de um jogo. [ Ilustraçao, modelagem, há dois tipos de Geralmente trabalham texturização, estilagem ] designer. O Artista não necessariamente para para deixar um jogo (que desenha, faz a balhamos muito duro para criar um jogo que reflete toda a excita- uma grande melhor e mais chamativo modelagem, ção dos filmes. desenvolvedora de jogos, para um publico alvo, o texturização e porque também podem qual ele quer atingir. programa coisas mais Alguém do elenco está envolvido criar games para Celular simples) e o na produção do jogo? Eles estão Na indústria Brasileira (SMARTPHONE) que Programador, que faz fornecendo suas vozes? e mundial, falta muito Sim. Boa parte do elenco do filme não precisa de uma basicamente uma essa mão de obra, é um empresta suas vozes para o jogo demanda muito grande Programação mais cargo que não tem (incluindo Rupert Grint – que in- avançada, no caso, terpreta Rony Weasley, Tom Fel- para faze-lo. Um muitos profissionais aquele que talvez não ton – que interpreta Draco Malfoy, designer precisa sempre qualificados, por ser se de muito bem com e Evanna Lynch – que interpreta estar informado, por TV, um mercado que ainda Luna Lovegood). imagem ou algo do REVISTA ou algo do não está em alta. Daqui gênero. genero, saber as a alguns anos será um
  • 7. Página 7 Como criar um personagem inesquecível. Romance é um grande tema em Enigma do Príncipe. Vocês pla- nejam capturar esses elementos P no jogo? fraqueza algum defeito na sua perso- Sim, nós planejamos. Estamos nalidade. focando os testes e tribulações de ara criar um bom persona- Rony Weasley, e também o desen- Num histórico não pode faltar a ori- volvimento do relacionamento gem temos que fazer o seu históri- gem do seu personagem, quem são os entre Harry e Gina Weasley. co, ou seja, seu passado, as suas seus pais, sua infância , seus primei- origens. Um histórico bem construí- ros amigos e inimigos, momentos do irá revelar as motivações de um felizes e tristes, traumas, etc. personagem, o que o faz aventurar pelo mundo onde vive. Um personagem para se destacar, pre- cisa ser original, e é agora que entra a Quando for escrever o histórico do sua personalidade. Comece com o seu personagem, pense primeiro no básico, anotando as sua virtudes , de- que ele mais deseja no mundo, (Ele feitos, as manias , as superstições, e quer ser respeitado?Ele quer vin- tudo mais que o torna único. gança?Ele quer encontrar o seu a- mor? ... ). Em seguida pense como surgiram Nós poderemos andar livremen- esses desejos. te pelo jogo, como podíamos em Ordem da Fênix? Depois de ter pensado no que ele Sim. Hogwarts é até maior do que deseja , vamos pensar no que ele da última vez – você pode encon- odeia e evitaria , o que o aterroriza, trar muitas áreas novas no terreno o que ele mais teme ( ele teme a do castelo – e poderá andar do humilhação, a dor, a doença, a po- jeito que quiser. breza?), o que ele fará para evitar que essas coisas acontecessem ? “ Entrevista retirada da Yahoo ( lembre—se que um pessoa só é games” corajosa se enfrentar o seus medos , ou seja, sem medo significa que não tem coragem.) Para que personagem não fique cha- to e completamente esquecido, não o deixe invencível, coloque alguma
  • 8. Página 10 Design Digital Tipos de Personalidades do Eneagrama para Personagens Inesquecíveis Tipo Psicológico: Características: 1- O Reformador São Insatisfeitos com a realidade, os Reformadores são idealistas, buscam concertar o que acham que está errado com o mundo. São muito críticos de si mesmos e dos outros e correm o risco de se tornarem intolerantes. 2 – O Sedutor Os Sedutores usam da sedução para conseguir o que querem. Cri- am amizades facilmente, com base na adulação e dos elogios. Crêem que sua força está na sua simpatia, e correm o risco de se tornarem manipuladores. 3- O Competidor Competidores, sempre se comparam com os outros e desejam ser o melhor naquilo que fazem. Tem um medo tremendo do fracas- so, e fazem de tudo para manter o ar de superioridade sobre os demais. Tem grande grau de autodisciplina, mas podem acabar sacrificando tudo em função do sucesso pessoal. 4- O Individualista Os individualistas acham que são diferentes de todo mundo e procuram a originalidade acima de tudo. Temem serem conside- rados iguais aos outros. São temperamentais e levam tudo para o lado pessoal. Crêem ser a criatura mais importante do mundo. Podem se tornar egoístas. 5 – O Investigador Investigadores são intelectuais, planejando e refletindo muito antes de agir. Preocupam mais com suas teorias e planos do que com a realidade. Gostam de mergulhar nos livros e nos seus estu- dos, como um modo de fugir do mundo. Podem se tornar excên- tricos e distantes. 6- O Controlador Os Controladores gostam de segurança e estabilidade; procuram seguir todas as regras para evitar problemas. Quando se encon- tram em uma situação que não conseguem controlar, perdem a calma e ficam sujeitos a explosões emocionais. Podem se tornar neuróticos, querendo controlar e assegurar a sua própria seguran- ça a todo momento. 7- O Entusiasta Os entusiastas estão sempre buscando emoções novas. Não con- seguem ficar parados, sempre querem coisas novas para acalmar sua ansiedade. Querem conhecer o mundo, se aventurarem. São impulsivos e muitas vezes agem sem pensar. Correm o risco de se perderem em excessos e podem ficar desesperados na falta de liberdade. 8- O Dominador Os tipos dominadores gostam da autoridade e buscam o poder a todo custo. São excelentes líderes, porém gostam de impor suas vontades. Para eles, tudo é um teste para sua força de vontade. Correm o risco de se tornarem ditadores e intolerantes.
  • 9. Página 14 Design Digital Paul Boag We b D e s i g n Webdesigner desde 1994 O web design pode ser construção de páginas outros. Paul, você trabalha com sites visto como uma web requer subsídios de desde 1994. Você acompa- A preocupação nhou as mudanças constan- extensão da prática do diversas áreas técnicas, fundamental do web tes que alteraram a web a design, onde o foco do além do design designer é agregar os cada semana. Como você projeto é a criação de propriamente dito. fica por dentro das últimas conceitos de usabilidade notícias e tendências no web sites e documentos Áreas como a com o planejamento da mundo do web design? disponíveis no ambiente arquitetura da interface, garantindo Sendo obsessivo-compulsivo, da web. informação, que o usuário final eu gasto um tempo considerá- O web design tende à programação, atinja seus objetivos de vel do meu tempo me manten- usabilidade, do informado pois amo o que multidisciplinaridade, forma agradável e faço. Eu tenho um sério pro- uma vez que a acessibilidade entre intuitiva. blema de não conseguir prestar atenção por muito tempo e estou sempre procurando pela próxima notícia. Eu assino um número conside- rável de feeds RSS que leio toda noite na cama antes de dormir. Eu também sigo muita gente legal no Twitter que geralmente postam as notícias importantes pra mim. Por último, sou sortudo o sufi- ciente de conhecer e poder entrevistar no podcast muitas pessoas inteligentes que estão fazendo coisas incríveis. A- prendo muito deles. “Entrevista tirada do site (design.blog.BR)”
  • 10. Página 15
  • 11. Página 18 Design Digital Design de Hipermídia A Algumas caracteristicas: "A idéia básica da hipermídia é Hibridismo: associação de duas ou mais aproveitar a arquitetura não mídias, encontro de dois ou mais meios; hipermídia une os linear das memórias de conjunção simultânea de diversas lin- conceitos de hipertexto e computador para viabilizar guagens. multimídia. Ou seja, um obras "tridimensionais", Hipertextualidade: sistema não-linear, documento hipermídia contém dotadas de uma estrutura multisequencial ou multilinear. Incor- imagens, sons, textos e vídeos. dinâmica que as torne poram dois sistemas diferentes de utili- zação: o modo autor (onde são criados Mas a principal característica manipuláveis interativamente. os sistemas de nós e âncoras) e o modo da hipermídia é possibilitar a Hipermídia é, portanto, uma usuário (onde ocorre a navegação). leitura não linear de forma combinatória, Não-Linearidade: refere-se a idéia de determinado conteúdo, ou seja permutacional e interativa de possibilitar caminhos e segmentos aber- não ter necessariamente início, multimédia, em que textos, tos, diversos, repletos de desvios, com- meio e fim, e sim se adaptar sons e imagens (estáticas e em plexo, composto por linhas de segmento conforme as necessidades do movimento) estão ligados entre e linhas de fuga. usuário. si por elos probabilísticos e Interatividade: possibilidade de trans- formar os envolvidos na comunicação, Uma das melhores definições móveis, que podem ser ao mesmo tempo, em emissores e re- que encontrei foi a de Arlindo configurados pelos receptores ceptores da mensagem Machado no livro "A Arte no de diferentes maneiras, de Navegabilidade: diz respeito ao ato de nave- Século XXI: A humanização modo a compor obras instáveis gar, à exploração e à mobilidade do usuário das tecnologias". em quantidades infinitas." no ciberespaço, na rede ou em um aplicativo de hipermídia
  • 12. Página 19

×