• Like
Lista EEAR
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Lista EEAR

  • 1,614 views
Published

 

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,614
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
35
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 1-Uma bola é lançada verticalmente para cima. Podemos dizer que noponto mais alto de sua trajetória:A) a velocidade da bola é máxima, e a aceleração da bola é vertical epara baixo.B) a velocidade da bola é máxima, e a aceleração da bola é vertical epara cima.C) a velocidade da bola é mínima, e a aceleração da bola é nula.D) a velocidade da bola é mínima, e a aceleração da bola é vertical epara baixoE) a velocidade da bola é mínima, e a aceleração da bola é vertical epara cima.2-Um objeto é lançado verticalmente para cima de uma base comvelocidade v = 30 m/s. Considerando a aceleração da gravidade g = 10m/s2 e desprezando-se a resistência do ar, determine o tempo que oobjeto leva para voltar à base da qual foi lançado.A) 3sB) 4sC) 5sD) 6sE) 7s3-Um objeto é lançado verticalmente para cima, de uma base, comvelocidade v = 30 m/s. Indique a distância total percorrida pelo objetodesde sua saída da base até seu retorno, considerando a aceleração dagravidade g = 10 m/s² e desprezando a resistência do ar.A) 30 mB) 55 mC) 70 mD) 90 mE) 100 m
  • 2. 4-Em um campeonato recente de vôo de precisão, os pilotos de aviãodeveriam “atirar” um saco de areia dentro de um alvo localizado no solo.Supondo que o avião voe horizontalmente a 500 m de altitude com umavelocidade de 144 km/h, e que o saco é deixado cair do avião, ou seja, noinstante do “tiro” a componente vertical do vetor velocidade é zero,podemos afirmar que: (Considere a aceleração da gravidade g = 10m/s2e despreze a resistência do ar)A) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 100 m doalvo;B) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 200 m doalvo;C) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 300 m doalvo;D) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 400 m doalvo;E) o saco deve ser lançado quando o avião se encontra a 500 m doalvo.5-Uma bola é lançada verticalmente para cima, a partir do solo, e atingeuma altura máxima de 20 m. Considerando a aceleração da gravidade g= 10 m/s², a velocidade inicial de lançamento e o tempo de subida da bolasão:A) 10 m/s e 1sB) 20 m/s e 2sC) 30 m/s e 3sD) 40 m/s e 4sE) 50 m/s e 5s6-Duas esferas de aço, de massas iguais a m = 1,0 kg, estão amarradasuma a outra por uma corda muito curta, leve, inquebrável e inextensível.Uma das esferas é jogada para cima, a partir do solo, com velocidadevertical de 20,0 m/s, enquanto a outra está inicialmente em repousosobre o solo. Sabendo que, no ponto de máxima altura hmáx da trajetória
  • 3. do centro de massa, as duas esferas estão na mesma altura, qual ovalor, em m, da altura h máx ? (Considere g = 10 m/s²)A) 5B) 10C) 15D) 20E) 257-Um objeto é solto do repouso de uma altura de H no instante t = 0. Umsegundo objeto é arremessado para baixo com uma velocidade verticalde 80 m/s depois de um intervalo de tempo de 4,0 s, após o primeiroobjeto. Sabendo que os dois atingem o solo ao mesmo tempo, calcule H(considere a resistência do ar desprezível e g = 10 m/s²).A) 160 m.B) 180 m.C) 18 m.D) 80 m.E) 1800 m.8- Um projétil é lançado com velocidade inicial de intensidade igual a 50m/s. A trajetória faz na origem um ângulo de 37° com a horizontal. Asintensidades da velocidade e da aceleração no ponto mais alto datrajetória são: Dados: sen 37° = 0,60; cos 37° = 0,80; g = 10m/s2 Despreza-se o efeito do ar. a) v = 40 m/s; a = zero; b) v = zero; a = zero; c) v = 40 m/s; a = 10 m/s2; d) v = 30 m/s; a = zero; e) v = zero; a = 10 m/s2.9-. Em um local onde o efeito do ar é desprezível e g = 10 m/s 2 umnadador salta de um trampolim de 12m de altura e atinge a água a umadistância de 6,0 m, medida horizontalmente da borda do trampolim, em
  • 4. um intervalo de tempo de 2,0s. A velocidade do nadador no instante dosalto tem intensidade igual a: a) 3,0 m/s b) 4,0 m/s c) 1,0 m/s d) 5,0 m/s e) 7,0 m/s10- Num lugar em que g = 10 m/s2, lançamos um projétil com avelocidade de 100 m/s e formando com a horizontal um ângulo deelevação de 30°. A altura máxima será atingida após: a) 3s b) 4s c) 5s d) 10s e) 15s11- Um projétil é lançado a partir do solo, com velocidade de intensidadev0 = 100 m/s. Quando retorna ao solo, sua distância ao ponto delançamento (alcance) é de 1000 m. A menor velocidade do projétildurante seu movimento é aproximadamente: a) zero; b) 100 m/s c) 87 m/s d) 70 m/s e) 50 m/s12- Ganhou destaque no voleibol brasileiro a jogada denominada"jornada nas estrelas", na qual a bola arremessada de um lado daquadra sobe cerca de 20 m de altura antes de chegar ao adversário dooutro lado. Quanto tempo, em segundos, a bola permanece no ar? Adoteg = 10 m/s2 e não considere o efeito do ar. a) 20 b) 10 c) 5,0 d) 4,0 e) 2,013- No exato instante em que o revólver é acionado, no esquema dafigura, a pessoa inicia uma queda livre vertical a partir do repouso.Desprezando-se resistência e empuxo do ar, considerando o campo degravidade uniforme e desejando-se que o projétil atinja o coração dapessoa, escolha a posição conveniente para o cano do revólver:
  • 5. a) I b) II c) III d) IV e) V14- Um atirador aponta um fuzil diretamente para um pequeno pássaroparado no alto de uma árvore.Não se considera afeito do ar e admite-se o campo de gravidadeuniforme. No exato instante em que o projétil é disparado, o pássaroinicia um movimento de queda livre, a partir do repouso. Supondo que oalcance horizontal do projétil seja maior que D, assinale a opçãocorreta: a) a trajetória do projétil será retilínea e ele passará acima do pássaro; b) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétilcertamente atingirá o pássaro; c) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétilpassará abaixo do pássaro; d) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétilpassará acima do pássaro; e) a trajetória do projétil será parabólica (em relação ao solo) e o projétilnão atingirá o pássaro.
  • 6. 15- Em uma região onde o efeito do ar é desprezível e o campo degravidade é uniforme, dois projéteis A e B são lançados a partir de umamesma posição de um plano horizontal. O intervalo de tempo decorrido,desde o lançamento até o retorno ao solo horizontal, é chamado detempo de vôo.Sabendo que os projéteis A e B atingem a mesma altura máxima H eforam lançados no mesmo instante, podemos concluir que: a) os projéteis foram lançados com velocidades de mesma intensidade; b) as velocidades dos projéteis no ponto mais alto da trajetória sãoiguais; c) os ângulos de tiro (ângulo entre a velocidade de lançamento e o planohorizontal) são complementares; d) a cada instante os projéteis A e B estavam na mesma altura e o tempode vôo é o mesmo para os dois; e) durante o vôo, os projéteis têm aceleração diferentes.16- Para bombardear um alvo, um avião em vôo horizontal a uma altitudede 2,0 km solta uma bomba quando a sua distância horizontal até o alvoé de 4,0 km. Admite-se que a resistência do ar seja desprezível. Paraatingir o mesmo alvo, se o avião voasse com a mesma velocidade, masagora a uma altitude de apenas 0,50 km, ele teria que soltar a bomba auma distância horizontal do alvo igual a: a) 0,25 km b) 0,50 km c) 1,0 km d) 1,5 km e) 2,0 km17- Um avião de bombardeio voa a uma altitude de 320 m com umavelocidade de 70 m/s e surpreende uma lancha torpedeira viajando a 20m/s na mesma direção e sentido do avião. A que distância horizontalatrás da lancha o avião deve lançar a bomba para atingi-la? Adote g =10m . s-2. a) 560 m b) 160 m c) 400 m
  • 7. d) 2 100 m e) 600 m18- Duas partículas percorrem uma mesma trajetória em movimentoscirculares uniformes, uma no sentido horário e a outra no sentido anti-horário. A primeira efetua 1/3 rpm e a segunda 1/4 rpm. Sabendo quepartiram do mesmo ponto, em uma hora, quantas vezes se encontrarão?19- Satélites de órbita polar giram numa órbita que passa sobre os pólosterrestres e que permanece sempre em um plano fixo em relação àsestrelas. Pesquisadores de estações oceanográficas, preocupados comos efeitos do aquecimento global, utilizam satélites desse tipo paradetectar regularmente pequenas variações de temperatura e medir oespectro da radiação térmica de diferentes regiões do planeta.Considere o satélite a 5 298 km acima da superfície da Terra,deslocando-se com velocidade de 5 849 m/s em uma órbita circular.Utilize a aproximação ™ = 3,0 e suponha a Terra esférica, com raio de6400 km. Estime quantas passagens o satélite fará pela linha do equadorem cada período de 24 horas.20- Em uma bicicleta que se movimenta com velocidade constante,considere um ponto A na periferia da catraca e um ponto B na periferiada roda. Analise as afirmações:I. A velocidade escalar de A é igual à de B.II. A velocidade angular de A é igual à de B.III. O período de A é igual ao de B.Está correto SOMENTE o que se afirma em:a) I b) II c) III d) I e III e) II e IIIGabaritos :
  • 8. 1-D 2-D 3-D 4-D 5-B 6-A 7-B 8-C 9-D 10-C 11-D 12-D 13-C 14-B 15-D 16-E17-C 20-E18-. A primeira partícula efetua 1/3 rpm o que corresponde a 15 voltaspor hora, enquanto que a segunda faz 20 voltas por hora.Do ponto de vista de uma das partículas a outra executa 35 voltas porhora. Assim elas se encontram 35 vezes em uma hora.19- Raio da órbita = 6400 + 5298 = 11698 kmComprimento da órbita = 2. .R = 2.3.11698 = 70188 kmv = ÐS/Ðt5,849 = 70188/ÐtÐt = 70188/5,849 = 12000 s = 3,33 hEm um dia 24/3,33 = 7,2 voltas completasEm cada volta ela passa duas vezes pela linha do Equador, então 2.7,2 =14,4 passagens, o que significa que poderão ocorrer 14 ou 15 passagensefetivas.20-E