Your SlideShare is downloading. ×
0
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
A revolução inglesa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A revolução inglesa

20,080

Published on

0 Comments
13 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
20,080
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
711
Comments
0
Likes
13
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Profª Janayna Lira
  • 2. O que foi a RevoluçãoInglesa:Movimento político-militar-religioso que levou ao fim as pretensões absolutistas na Inglaterra. Representou a luta entre os desejos absolutistas do monarca (anglicano) versus as pretensões por maior liberdade por parte do Parlamento, que contava, em sua maior parte, com pessoas pertencentes à burguesia (puritanos). Apesar de contar com apoio de pessoas das classes mais simples, não foi um movimento de caráter popular.
  • 3. Antecedentes da Revolução Plano econômico/social:  “Absolutismo” com apoio dos burgueses.  Forte indústria têxtil inglesa  Cercamentos, miséria da população em geral  Debilitamento da aristocracia fundiária que dava sustentação ao absolutismo  Surgimento dos Gentry, nobreza rural, mentalidade burguesa.  Surgimento dos Yeomen, pequenos e médios proprietários
  • 4.  Plano ideológico:  Conflitos religiosos  anglicanos, católicos, puritanos, presbiterianos Plano político:  Morte de Elisabeth (a rainha virgem)  fim da dinastia Tudor  Assume o seu primo, Jaime Stuart. Início da Dinastia Stuart, na Inglaterra.
  • 5. Henrique VIII Através do Ato de supremacia torna o Rei a autoridade maior religiosa na Inglaterra concentrando assim o poder político e religioso nas mãos do Rei=
  • 6. Maria IFilha de Henrique VIIIe Catarina de Aragão. Católica, promove uma perseguição aos anglicanos.
  • 7. Elizabeth IFilha de Henrique VIII e Ana Bolena. Era anglicana. Governou de forma conciliadora (Parlamento) e concedeu liberdade religiosa.
  • 8. Rei Jaime I (1603 – 1625) Tendências absolutistas:  Perseguições a católicos e puritanos  Aumento de impostos.  Dissolução do Parlamento (1614 – 1622) Com a sua morte, o filho assume.
  • 9. Rei Carlos I (1625 – 1649) Disputas com o Parlamento acirradas:  Tentativa de impor o Anglicanismo à Escócia (revolta)  Aumento de impostos e fechamento do Parlamento  Estopim da Guerra Civil (1642)
  • 10. As fases daRevolução Inglesa
  • 11. A Guerra Civil (1642 – 1649)A Guerra Civil envolveu as tropas reais contra as tropas do Parlamento inglês. Com a vitória deste, o rei Carlos I é condenado à morte por decapitação, em 1649. Esse conflito evidenciou o clima de tensão que havia entre calvinistas e anglicanos.
  • 12. A Guerra Civil (1642 –1649) Tropas do Rei Tropas do Parlamento Cabeças – redondas: Cavaleiros : puritanos, partidários nobreza rural progressista (gentry), camponeses e do Absolutismo, artesão nobreza feudal. Líder: Oliver Cromwell Vencem!
  • 13. Puritanos vencem e o rei Carlos I é decapitado.A morte do rei representa orompimento com a idéia da origem divina do rei e de sua incontestável autoridade.
  • 14. O Governo de Cromwell (1649 – 1658) A Inglaterra se torna uma República. Líder: Oliver Cromwell A República tem ares de ditadura:  A burguesia passa a ter representação  As camadas populares ficam insatisfeitas.  Perseguição a católicos e anglicanos.  Perseguição a opositores. Atos de Navegação (1651):  Quebra a hegemonia holandesa  Promove crescimento econômico inglês.
  • 15. Os Atos de NavegaçãoAs mercadorias só poderiam ser transportadas por navios ingleses ou de países que tinham relações comerciais com o país.
  • 16. Lorde Protetor da Inglaterra Em 1653, Oliver Cromwell se nomeia Lorde Protetor:  Praticamente um rei absolutista (cargo hereditário).  Dissolução do Parlamento  Após a morte de Oliver (1658), seu filho, Ricardo Cromwell assume o poder, porém, sem a habilidade e carisma do pai, enfrenta nova guerra civil no país, que acaba com a sua derrota e recoloca os monarquistas no poder.
  • 17. A restauração Stuart (1660 – 1688)A Restauração aconteceu por medo de um novo governo ditatorial , bem como de revoltas populares.
  • 18. Carlos II (1660 – 1683)  Anglicano, pró- católicos  Aproximação com a França  Parlamento exclui católicos de cargos (Lei do Teste)
  • 19. Jaime II (1683 – 1688)  Católico  Tentativa de restabelecer o Absolutismo  Apoiado pelo rei Luís XIV (França)
  • 20. Parlamento temeroso com a restituição do catolicismo oferece a coroa a Guilherme de Orange (Holanda), casado com Maria Stuart, filha mais velha de Jaime II. Em troca, pedia o parlamento livre e a manutenção do anglicanismo.
  • 21. A Revolução Gloriosa (1688 – 1689) Revolução burguesa. Guilherme de Orange acata a Bill of Rights (Declaração de Direitos)  Parlamento decidiria sobre impostos, garantia a propriedade privada, as liberdades individuais e divide o poder. Fim do Absolutismo na Inglaterra  Burguesia assume o poder por meio do Parlamento (Monarquia Parlamentar)  Rei reina, mas não governa.
  • 22. A Revolução Gloriosa recebeu este nome por que não envolveu derramamento de sangue.Guilherme III, assume o poder. Jaime II, foge para a França. O rei se submeteu ao Parlamento (monarquia limitada) Povo afastado das decisões (radicalização evitada)
  • 23. A Revolução Inglesa (ou Revoluções) criou as condições indispensáveis para a Revolução Industrial do século XVIII, limpando o terreno para o avanço do capitalismo.É considerada a primeira revolução burguesa da história na Europa, antecipando em cento e cinquenta anos a Revolução Francesa.
  • 24. A Bill of Rights.1 – Que é ilegal a faculdade que se atribui à autoridade real para suspender as leis ou seu cumprimento;4 – Que é ilegal toda cobrança de impostos para a Coroa sem o concurso do Parlamento, sob pretexto de prerrogativa, ou em época e modo diferentes dos designados por ele próprio.5 – Que os súditos tem direitos de apresentar petições ao rei, sendo ilegais as prisões vexações de qualquer espécie que sofram por esta causa.
  • 25. 6 – Que o ato de levantar e manter dentro do país um exército em tempo de paz é contrário à lei, se não proceder autorização do Parlamento.9 – Que os discursos pronunciados nos debates do Parlamento não devem ser examinados senão por ele mesmo, e não em outro Tribunal ou sítio algum.13 – Que é indispensável convocar com frequência os Parlamentos para satisfazer os agravos, assim como para corrigir, afirmar e conservar as leis.

×