A teoria de agência no processo de governança das               sociedades por ações                Autora: Rosana Di Napo...
"As Perspectivas Pós-Crise para o Brasil na            Próxima Década"
Fundação Instituto de Administração           Pós-Graduação em Administração         MBA Executivo Internacional – Turma 3...
ÍndiceTeoria da agênciaMotivação dos administradoresEstrutura de propriedade das organizaçõesCustos de agênciaGovernança C...
Teoria de agência[...] Uma ou mais pessoas (principal)contratam outra pessoa (o agente) para aexecução de alguns serviços ...
Motivações dos administradores (o agente)• Sobrevivência da organização;• Independência e auto-suficiência: liberdadepara ...
Estrutura de propriedade das organizaçõesEstrutura de propriedadePulverizada                Administração (agente) poderá ...
Custos de agênciaMecanismos que visam mitigar os conflitos de agência:• Elaboração de contratos entre o agente e o princip...
Custos de agênciaCondições básicas para que as questões deGovernança Corporativa possam ser aplicadas:• Existência de prob...
Governança Corporativa[...] é o sistema pelo qual as organizações sãodirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo osr...
Governança CorporativaOs mecanismos de controle são:• Hierarquias de decisão;• Conselhos de Administração;• Estruturas de ...
Governança pós-crise econômica de 2008Dodd-Frank (EUA): lei de reforma do sistemafinanceiro americano;SEC (EUA): regras de...
PesquisaO procedimento de coleta dos dados foi baseado emdados secundários, especificamente em informaçõesdisponibilizadas...
ConclusõesPrincipais aspectos:• Conselho de Administração: composição,experiência, diversidade, dedicação.Qualitativo X Qu...
ConclusõesPrincipais aspectos:• Gerenciamento de riscos: Conselho deAdministração deve aprovar a estratégia e o apetite ao...
ConclusõesPráticas de governança corporativa devem estar cadavez mais sofisticadas, e as mesmas devemacompanhar a evolução...
Obrigada!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Teoria agencia

1,925

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,925
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Teoria agencia

  1. 1. A teoria de agência no processo de governança das sociedades por ações Autora: Rosana Di Napoli Trabalho apresentado no 21º Seminário PROFUTURO: “As perspectivas pós-crise para o Brasil na próxima década” 18/03/2011 IBSN: 978-85-99809-02-0 Contato: Programa de Estudos do Futuro/FIA, profuturo@fia.com.br (11)3818-4021 – www.fia.com.br/profuturo
  2. 2. "As Perspectivas Pós-Crise para o Brasil na Próxima Década"
  3. 3. Fundação Instituto de Administração Pós-Graduação em Administração MBA Executivo Internacional – Turma 37A teoria de agência no processo de governança das sociedades por ações Rosana Di Napoli Orientadora: Profa. Dra. Nildes Raimunda Pitombo Leite MAR/2011
  4. 4. ÍndiceTeoria da agênciaMotivação dos administradoresEstrutura de propriedade das organizaçõesCustos de agênciaGovernança CorporativaPós-crise econômica de 2008PesquisaConclusões
  5. 5. Teoria de agência[...] Uma ou mais pessoas (principal)contratam outra pessoa (o agente) para aexecução de alguns serviços em seu nome, oqual envolverá a delegação de autoridade aesse agente para a tomada de decisão.[...] é difícil para o principal a um custo zerogarantir que o agente tomará a melhor atitudedo ponto de vista do principal.(JENSEN, 1976)
  6. 6. Motivações dos administradores (o agente)• Sobrevivência da organização;• Independência e auto-suficiência: liberdadepara tomar decisões.Donaldson (1984 apud Ross, 2009)
  7. 7. Estrutura de propriedade das organizaçõesEstrutura de propriedadePulverizada Administração (agente) poderá não acatar aos interesses de seus acionistas.Concentrada • Conflito entre propriedade e controle. • Conflito entre acionistas majoritários e minoritários.
  8. 8. Custos de agênciaMecanismos que visam mitigar os conflitos de agência:• Elaboração de contratos entre o agente e o principal;• As despesas de monitoramento das atividades dosagentes pelos acionistas;• Gastos realizados pelos agentes para promover atransparência de informações para o principal;• E o valor residual ou perda residual (desalinhamentoentre o principal e o agente).
  9. 9. Custos de agênciaCondições básicas para que as questões deGovernança Corporativa possam ser aplicadas:• Existência de problemas de agência ou conflitos deinteresses, envolvendo membros da organização(proprietários, administradores, empregados ouclientes);• Presença de contratos incompletos.
  10. 10. Governança Corporativa[...] é o sistema pelo qual as organizações sãodirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo osrelacionamentos entre proprietários, Conselho deAdministração, Diretoria e órgãos de controle.(IBGC, 2009)O fundamento da Governança Corporativa é criar umconjunto eficiente de mecanismos, tanto deincentivos quanto de monitoramento, a fim deassegurar que os comportamentos dos agentes (ouexecutivos ou administradores) estejam semprealinhados com o interesse dos acionistas(principal).
  11. 11. Governança CorporativaOs mecanismos de controle são:• Hierarquias de decisão;• Conselhos de Administração;• Estruturas de incentivo aos administradores, entreoutros mecanismos de controle.
  12. 12. Governança pós-crise econômica de 2008Dodd-Frank (EUA): lei de reforma do sistemafinanceiro americano;SEC (EUA): regras de divulgação;Comitê Supervisor de Bancos Europeus;CVM instruções no. 480 e 481;Banco Central do Brasil, Resolução no. 3921.
  13. 13. PesquisaO procedimento de coleta dos dados foi baseado emdados secundários, especificamente em informaçõesdisponibilizadas por empresas que possuem açõesnegociadas em bolsa de valores, além disso, foiutilizada pesquisa realizada pela consultoria SpencerStuart referente ao ano de 2010, referente aoscontroles de Governança Corporativa – Conselho deAdministração.
  14. 14. ConclusõesPrincipais aspectos:• Conselho de Administração: composição,experiência, diversidade, dedicação.Qualitativo X Quantitativo.• Compensação dos administradores: compensaçãoatrelada a objetivos de longo prazo e enderecem oapetite ao riscos.
  15. 15. ConclusõesPrincipais aspectos:• Gerenciamento de riscos: Conselho deAdministração deve aprovar a estratégia e o apetite aorisco e garantir que a sua tolerância seja monitoradade forma independente.• Responsabilização das ações: definição clara dasresponsabilidades dos conselheiros e administradores.• Divulgação: informações relacionadas ao Conselhode Administração e Processo de compensação dosadministradores.
  16. 16. ConclusõesPráticas de governança corporativa devem estar cadavez mais sofisticadas, e as mesmas devemacompanhar a evolução do negócio da Organização.Os conhecimentos até então adequados, já não sãosuficientes para endereçar assuntos complexos taiscomo: gerenciamento de riscos corporativos,globalização, estratégia para novos mercados,entre outros.
  17. 17. Obrigada!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×