Your SlideShare is downloading. ×
0
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Inovacao voithpaper
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Inovacao voithpaper

467

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
467
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Inovação no Brasil: a relevância das subsidiarias dascorporações multinacionais – o caso da Voith Paper Brasil Autor: Christian Munch Trabalho apresentado no 21º Seminário PROFUTURO: “As perspectivas pós-crise para o Brasil na próxima década” 18/03/2011 IBSN: 978-85-99809-02-0 Contato: Programa de Estudos do Futuro/FIA, profuturo@fia.com.br (11)3818-4021 – www.fia.com.br/profuturo
  • 2. Fundação Instituto de Administração Pós-Graduação em Administração MBA Executivo Internacional Inovação no BrasilA relevância das subsidiárias das corporações multinacionais O caso da Voith Paper Brasil Christian Münch Orientador: Prof. Dr. Alfredo Behrens 18/MAR/2011
  • 3. Inovação no BrasilObjetivo, MetodologiaObjetivoAnalisar a relevância das corporações multinacionais para a inovação no BrasilMetodologia Estudos de literatura relacionada Aplicação para casos brasileiros 3
  • 4. Inovação no BrasilSumário1. Objetivo e metodologia2. A inovação no Brasil e a relevância das subsidiárias3. Tipologias de corporações multinacionais e suas subsidiárias4. Casos de inovação por subsidiárias brasileiras Resumos: Johnson&Johnson, Rhodia, DOW, IBM O caso da Voith Paper Brasil5. Trabalhos futuros 4
  • 5. Inovação no Brasil Publicações vs Patentes Publicações científicas Patentes 10 Países 1980 2009 2007 EUA 62.098 246.777 2008 8 Japão 12.951 86.456 2009 Alemanha 9.669 26.855% do mundo Coréia do Sul 33 24.066 6 Canadá 1.969 11.250 Reino Unido 4.178 11.205 4 França 3.331 9.726 China 7 5.301 Israel 253 4.772 2 Itália 1.501 4.460 Austrália 517 4.211 0 Cingapura 6 1.278 Espanha 142 1.224 Qu a c ia a s s M ca ia ia ia o c q e m is E c r al ais ia un a eg s is ic M t. ria o c ai s E n n c ia a si og si çã bi a a o x n ta I m di c og ar g M c ia r ic i t id ím gi ic /N ge po át Fí C o a/ P S o ol o rá ol nh o n u ta ét G e e ri ol M ol o m a é ul pa iê Rússia ... 498 Ag Cl o m l en uí ge i at /P p og Es ic at om oq ica m M ro G ais C C ci ol c/ ic as s Bi C. ín ic im le do /T Brasil 53 497 ci Ps e e C Mo Ec An C ên a a C ia rm ci o- og o Ci C ên Bi ur Fa México 77 244 ol Ci Ne Bi Argentina 56 151 Chile 8 65 5
  • 6. A situação do Brasil – MOBIT* Problemas Recomendações Rotação de trabalhoRelação universidade - empresa Incentivar empreendedorismo nas universidadesDês-coordenação política Coordenar atores, monitorarPoder de compra governamental Governo assume parte do risco tecnológicoRecursos: Prazos, incerteza Criar agentes da inovaçãojurídica, desinformação *MOBIT – Plano de mobilização brasileira de inovação tecnológica 6
  • 7. A relevância das subsidiárias Desempenho inovador por porte e origem do capital, 2003-2005 100% Nacionais 90% Estrangeiras 80% 70% Taxa de Inovação 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Total De 10 a 99 De 100 a 499 com 500 e mais Porte 7
  • 8. TeoriaTipologia CMN & fluxo de conhecimento Corporação multinacional Multidoméstica Transnacional Respon- sividade local Internacional Global IntegraçãoFluxo de conhecimentocentro - global local - local local - global global - global MATRIZ SUB SUB SUB 8
  • 9. Teoria Tipologia da subsidiáriaPerigo de des-investimento Tradicional ST Matriz transfere o conhecimento M Relevância S SRL Integrada na plataforma global de fabricação des limitada Relevância SRE Desenvolve conhecimento globalmente S estratégica Como construir competências “relevantes”? Iniciativa e orientação empreendedora Competência, credibilidade, comunicação, autonomia Esforço na construção de oportunidades, convencimento da matriz 9
  • 10. Casos BrasileirosJohnson & Johnson do Brasil Produtos de consumo de higiene (BAND-AID, COTONETES) Centro de pesquisa e tecnologia na área de proteção solar (SRE) Desenvolve produtos para as necessidade do mercado latino-americano (SUNDOWN e o ROC MINESOL ACTIF) Manter freqüência de altas inovações “Semana da Inovação” “Speakers Series” “Viagem na Van” Gestação do processo de inovação em sete etapas foco, exploração, síntese, geração, validação, planejamento e implementação Johnson&Johnson do Brasil cresceu 15% em 2008, 2ª em faturamento 10
  • 11. Casos BrasileirosRhodia do Brasil Produtos do setor químico Inovação - redução de consumo de energia, produtos inteligentes, novas fontes de matéria prima Centro de P&D com 140 profissionais (SRE) Cooperações com parceiros completam competências Inovação em 2 linhas estruturais Inovações incrementais pelas subsidiárias regionais Tecnologias de ruptura pelos centros de pesquisa Processo gerenciado por ferramentas sistemáticas Invenção do fio inteligente EMANA, certificado mundialmente pela OEKO-TEX 11
  • 12. Casos BrasileirosDOW, IBM do BrasilDOW – SRL de químicos, plásticos e produtos agrícolas Programa Innovation@Dow Captura de idéias: caixa, ramal, email, formulário online. Avaliadores (Dowberts), com intercâmbio regional Atitude criativa e a cultura inovadora integradas na empresaAnúncio 2011: “IBM Research Brasil” Centro com 100 cientistas Cooperação com universidades, órgãos governamentais, empresas Inovação Segurança e sustentabilidade na exploração de recursos naturais Sistemas humanos inteligentes para os eventos esportivos Ministério de C & T reconhece o benefício da inclusão no sistema IBM 12
  • 13. Voith PaperFatos & Estrutura global North America Worldwide Headquarters, Europe Appleton, USA Heidenheim, Germany Asia-Pacific Kunshan, China South America São Paulo, Brazil India 4 divisões Japan Calcutta 30,000 funcionários Tokio Faturamento € 5 Bi/ano Voith Paper: Equipamentos para a indústria de papel 13
  • 14. Voith Paper BrasilEvolução de ST para SRL Des- Lean 5S investimento Manufacturing Anos 80 Anos 90Sub tradicional Sub relevância limitada - Interação global Implementadora Intragroup Sales 160 30% Centro – local 140 Intragroup Participação 25% Participação faturamento total 120 20% 100 Mio R$ 80 15% 60 10% 40 5% 20 0 0% 99/00 00/01 01/02 02/03 03/04 04/05 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 14
  • 15. Voith Paper Brasil Tissue e SRECP&D Tissue 1ª 1º ATMOS 2º ATMOS CPT 2ª ATMOS Centro Tissue Anos 90 até 2004 Atual & Futuro Consumo Tissue Subsidiária de relevância estratégica 25 Centro de P&D tissue 20 Competência e inovação (ATMOS) 15 10 5 0 1986 1991 1996 2001 2006 2007 2008 NA W EUR E EUR LA Middle East Japan China Asia Oceania Afrika 15
  • 16. Voith Paper BrasilAnálise comparativaOs casos brasileiros – “Maduros” Inovação com relação regional Cooperação com agentes regionais Foco na cultura e no gerenciamento do processo de inovação Valorização do centro de pesquisaO caso Voith Paper Brasil – “O Início” O mercado regional tem menos importância Competitividade ameaçada Espírito empreendedor – Investimento em centro de pesquisa Desenvolvimento do ATMOS como evento principal 16
  • 17. FuturoVoith Paper Criar uma cultura de inovação Profissionalizar processo de inovação Transferência de conhecimento na rede corporativaTrabalhos futuros Focar nos investimentos em centros de pesquisa Analisar casos que falharam Existe um fator cultural que favorece a inovação? Criatividade tecnológica e curiosidade sem preconceitos 17
  • 18. Obrigado! 18

×