Your SlideShare is downloading. ×
0
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Baby bomxy
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Baby bomxy

2,040

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,040
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
45
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Convergências e divergências entre as gerações Baby Boomer, X e Y à luz das pesquisas de Deal e Delloite Autor: Augusto Salgado da Rocha Trabalho apresentado no 21º Seminário PROFUTURO: “As perspectivas pós-crise para o Brasil na próxima década” 18/03/2011 IBSN: 978-85-99809-02-0 Contato: Programa de Estudos do Futuro/FIA, profuturo@fia.com.br (11)3818-4021 – www.fia.com.br/profuturo
  • 2. Fundação Instituto de Administração MBA Executivo InternacionalCONVERGÊNCIAS E DIFERENÇAS ENTRE AS GERAÇÕES BABY BOOMER, X E Y À LUZ DAS PESQUISAS DE DEAL E DELLOITE Augusto Salgado da Rocha Orientadora: Profa. Dra. Nildes Raimunda Pitombo Leite 18 Março 2011
  • 3. Contexto e MotivaçãoAs pessoas assumem papel fundamental como elemento básico decompetências essenciais: Se baseadas na capacidade intelectual das organizações, tornam-se mais raras, valiosas, difíceis de substituir e de imitar.Ambiente multigeracional: Coexistência de diferentes gerações com características particularesDesafio particular em empresas de engenharia de alta tecnologia: Conhecimento técnico como fonte vital de vantagem competitiva. Longos de ciclos de formação até a maturidade técnica necessária. Como captar, desenvolver e reter jovens profissionais? Como gerir diversidade, minimizar conflitos e potencializar os resultados?
  • 4. Problema de PesquisaDesafio para os gestores: Compreender as diferenças e buscar sinergias; Integrar necessidades organizacionais potencialmente conflitantes com os objetivos das diferentes gerações.Objetivo: Investigar e identificar potenciais convergências e diferenças entre as diferentes gerações no ambiente organizacional de uma empresa de engenharia de alta tecnologia.
  • 5. Fundamentação TeóricaA gerações, segundo Gravett e Throckmorton: Radio Babies (Silent Generation): nascidos entre 1930 e 1945; Baby Boomers: nascidos entre 1946 e 1964; Geração X: nascidos entre 1965 e 1976; Geração Y: nascidos entre 1977 e 1990; Millennials: nascidos a partir de 1991.Jennifer Deal (2007): 5,800+ entrevistados, de Silents a Y´s. Avaliando diversas dimensões, tanto confirmou peculiaridades como também quebrou mitos sobre as diferentes gerações.Delloite (2009): 890+ entrevistados, somente Y´s Buscou mapear características marcantes desta geração
  • 6. MetodologiaEstudo de caso: uma empresa de engenharia de alta tecnologiaPesquisa adaptada a partir de Deal e DelloiteFoco nas gerações Baby Boomer, X e YImpressões sobre si próprios e sobre as demais gerações:50 questões, fechadas e abertas, sobre os seguintes aspectos: Conflitos Lealdade às organizações Valores Fatores de retenção Respeito Mudanças organizacionais Confiança Desenvolvimento Atributos da liderança Coaching Política organizacional Cenário econômico
  • 7. ResultadosResultados qualitativos Baby Boomers Geração X Geração Y Total 8 11 8 27O que pensam sobre a existência de conflitos: A maioria concorda que não existe um conflito entre gerações propriamente dito... ...mas concordam com a existência de sensíveis diferenças entre as gerações em diversos aspectos.
  • 8. ResultadosSignificativas sinergias onde se costuma ouvir falar em diferenças:Ex.: VALORES Afinidades como família, amizade, amor, integridade, competência e responsabilidade sugerem valiosas sinergias entre os grupos aqui estudadosConfirmação de diferenças:Ex.: MUDANÇAS ORGANIZACIONAIS Todas concordam que os Boomers são os mais resistentes
  • 9. ResultadosPeculiaridades: Apesar das impressões apontarem dificuldades com relação a respeito nos extremos (Boomers e Y´s), são os X´s que mais se queixam. Mais de 90%, em todas as gerações, concordam que não basta um bom desempenho, também é preciso ser hábil na política, mas... Os Y´s negam uma ação proativa no campo político para influenciar carreiras.O que pensam uma sobre as outras: convergências e divergênciasEx.: FIDELIDADE Mais de 50% dos Y não pretendem ficar mais de 4 anos. 35% não responderam. Mas de fato: ausência de indícios de maior volatilidade profissional da geração Y.
  • 10. ResultadosAderências e diferenças com pesquisas estrangeiras:Ex.: CONFIANÇA Maiores índices para com os subordinados, em Deal, para com os chefes... E os índices são consistentemente superiores aos de Deal em todos os pontosEx.: VALORES A SEGURANÇA ECONOMICA dos Boomers e o RECONHECIMENTO dos X´s.
  • 11. ConclusãoAs diferenças existem, mas fazem das diversas gerações peçascomplementares.Em vez de motivo para conflitos, sem bem aproveitada, essadiversidade pode ser bastante rica para as organizações.Desafio da gestão: entender e aproveitar essa diversidade parapotencializar o desempenho de pessoas, equipes e organizaçõesPortas abertas: Segmentação por níveis hierárquicos e não apenas por gerações Quantidade maior de respondentes para conclusões estatísticas Representantes de diferentes setores e formações acadêmicas para uma comparação mais clara entre a realidade norte-americana e a brasileira.
  • 12. ResultadosGerações lado a lado: Fortes e significativas sinergias onde se costuma ouvir falar em diferenças; Confirmação de interessantes peculiaridades em outros aspectos.O que pensam uma sobre as outras: Convergências e divergências entre impressões que uma geração tem sobre a outra e como elas próprias se descrevem Alguns gaps bastante significativos - principalmente quando se fala da geração YAderência com pesquisas estrangeiras: Boa aderência em alguns casos e diferenças significativas em outros Diferenças entre o ambiente brasileiro e o norte-americano? Particularidades da área de atuação dos entrevistados – todos engenheiros?
  • 13. ResultadosVALORES Surpreende pela qualidade e quantidade das semelhanças. FAMÍLIA, AMIZADE, INTEGRIDADE, RESPONSABILIDADE e COMPETÊNCIA estão entre os 10 mais escolhidos por todos os grupos. Valores mais presentes entre os 10 mais importantes Boomers Geração X Geração Y família 75% desenvolvimento pessoal 73% família 75% amizade 63% reconhecimento 73% colaboração 63% segurança econômica 63% amizade 64% desenvolvimento pessoal 63% ajudar os outros 50% equilíbrio 64% justiça 63% autonomia 50% família 64% responsabilidade 63% colaboração 50% competência 55% amizade 50% competência 50% autonomia 45% competência 50% felicidade 50% criatividade 45% integridade 50% integridade 50% integridade 45% reconhecimento 50% responsabilidade 50% responsabilidade 45% criatividade 38% Valores presentes nas 3 gerações Valores presentes em ao menos 2 gerações
  • 14. ResultadosVALORES Se avaliados os mais freqüentes entre os top 3: FAMÍLIA ocupa o 1a lugar em todos. Valores: gap entre impressões e realidade Impressões externas apontam para um perfil dos Y´s mais individualista, competitivo, que gosta da mudança, da estética, da agitação e da fama. Por outro lado, as respostas apontam para elementos mais coletivos e fraternos como família, colaboração, justiça e integridade. Peculiaridades: Boomers: SEGURANÇA ECONOMICA X´s: RECONHECIMENTO Y´s: grupo de menor aderência com os resultados de Deal – apenas 4 valores.
  • 15. ResultadosRESPEITO A maior parte discorda que existam problemas. Apesar das impressões em geral apontarem dificuldades nos extremos (Boomers e Y´s), os X´s são os que mais se queixam de questões desse tipo. Eu sinto alguma dificuldade relacionada ao tema respeito no ambiente de trabalho. discordo Todos 44% 19% 11% 22% 4% totalmente discordo parcialmente Geração Y 38% 50% 13% 0% neutro Geração X 45% 0% 9% 36% 9% concordo parcialmente Baby Boomers 50% 13% 13% 25% 0% concordo totalmente 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%
  • 16. ResultadosCONFIANÇA Em geral, os Y´s aparecem com os melhores índices e os X´s com os índices mais baixos. Mas o índices são bem altos! Os índices de confiança do estudo são consistentemente superiores aos de Deal: Por exemplo, a confiança do grupo consolidado em seus pares e chefes é de 92% e 85% respectivamente. Na pesquisa de Deal (2007) esses números ficaram em 61% e 70%. Atores organizacionais de maior confiança por grupo Boomers Geração X Geração Y Subordinado Subordinado Subordinado Organização Pares Chefe Alta direção Chefe Pares Chefe Alta direção Alta Direção Pares Organização Organização
  • 17. ResultadosATRIBUTOS DA LIDERANÇA Qualidades da liderança mais presentes entre as 10 mais importantes Boomers Geração X Geração Y sincero e honesto 100% sabe ouvir 82% sincero e honesto 88% previdente 75% confiável 82% sabe ouvir 75% sabe ouvir 75% que confia 82% visão global 63% confiável 75% sincero e honesto 73% um bom coach 50% empreendedor 63% que delega 73% um bom professor/mestre 50% visão global 63% equilibrado 64% equilibrado 50% um bom coach 50% empreendedor 55% experiente 50% dedicado 50% dedicado 45% focado 50% que delega 50% um bom coach 36% dedicado 38% Atores organizacionais de maior confiança por grupo encorajador 50% seguro 36% que delega 38% SINCERO/HONESTO, SABE OUVIR, UM BOM COACH, DEDICADO e QUE DELEGA estão entre as 10 mais escolhidas por todas as gerações. Deal: SABE OUVIR, UM BOM COACH, CONFIÁVEL, ENCORAJADOR, SEGURO e PREVIDENTE. SINCERO/HONESTO não está entre as top 10 de nenhuma geração de Deal.
  • 18. ResultadosATRIBUTOS DA LIDERANÇA Se avaliados os mais freqüentes entre os top 3: SINCERO/HONESTO ocupa o 1a lugar em todos os grupos. Atributos da liderança: gap entre impressões e realidade Y´s: em sua maioria itens ligados a aprender, com pessoas experientes, equilibradas, dedicadas, honestas, sinceras e que saibam como ensinar. Distante do perfil exageradamente ousado, inovador, bem relacionado e de estética impressionante apontado pelas outras gerações como sendo as escolhas dos Y´s. Boomers: valorizam mais aspectos humanos e de relacionamento, como sinceridade, honestidade, confiança, saber ouvir, um bom coach e um encorajador. Visão global e empreendedorismo dão ainda um tempero de busca por algo novo. Distante do perfil sistemático, experiente, hierárquico apontado por muitos.
  • 19. ResultadosPOLÍTICA ORGANIZACIONAL Mais de 90%, em todas as gerações, concordam: Que não basta um bom desempenho, também é preciso ser hábil na política. Que a política pode de fato interferir em suas carreiras. Mas os Y´s de descolam fortemente: Quando se trata de assumir uma ação proativa no campo político para influenciar suas carreiras. Todos 7% 26% 11% 33% 22% Geração Y discordo totalmente 13% 50% 25% 13% 0% discordo parcialmente neutro concordo parcialmente Geração X 9% 18% 0% 36% 36% concordo totalmente Baby Boomers 0% 13% 13% 50% 25% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%
  • 20. ResultadosPOLÍTICA ORGANIZACIONAL Maioria acredita que: Política é um fato da vida: devemos aceitá-la e conviver com ela Consegue participar do jogo político de forma positiva A habilidade política independe da geração Acredito que a habilidade no jogo político independe da geração a que se pertence. Geração Y Acredito que as gerações mais jovens são mais hábeis no jogo político e fazem uso Geração X dessa habilidade para impactar positivamente suas carreiras. Baby Boomers Acredito que as gerações mais experientes são mais hábeis no jogo político e fazem uso dessa habilidade para impactar positivamente suas carreiras. 0% 20% 40% 60% 80% 100%
  • 21. ResultadosMUDANÇA Mais de 60%, em todas as gerações, concordam: Que as gerações mais experientes são mais resistentes a mudanças. Impressões de outras gerações sobre os Boomers: Maior resistência não vem necessariamente de uma mera falta de predisposição. Senso crítico mais apurado e lapidado ao longo dos anos e de outras mudanças tende a torná-los mais críticos com relação aos resultados esperados, processo de implementação e sua real necessidade. Os Y aparecem como um grupo mais otimista e provocativo: Por que não mudar para simplesmente fazer de outro jeito?. Boomers, no outro extremo, mais ponderados e menos impulsivos: Mudança é instrumento de evolução, fato da vida a ser aproveitado da melhor forma. Mas a mudança pelo simples desejo de fazer diferente não é popular neste grupo.
  • 22. ResultadosFIDELIDADE Fator #1 de atração para o emprego atual: X´s e Y´s: oportunidades de crescimento e desenvolvimento Boomers: salário e benefícios Mais de 85% dos Y: tempo mínimo na organização entre 1 e 4 anos Deal:40% dos Y apontam a inexistência de um mínimo. 0% neste estudo Todos: mais de 85% acham que não existe máximo Ausência de indícios de maior volatilidade profissional dos Y´s Baby Boomers Geração X Geração Y 20 a 25 anos de idade 0.71 0.38 0.75 26 a 30 anos de idade 0.29 1.00 0.50 31 a 35 anos de idade 0.43 0.13 0.00 36 a 40 anos de idade 0.57 0.33 - 41 a 45 anos de idade 0.43 0.00 - 46 a 50 anos de idade 0.50 - - 51 a 55 anos de idade 1.00 - -
  • 23. ResultadosFIDELIDADE Parcialmente ou muito satisfeitos com o trabalho atual: Boomers e Y´s, 100%, e X´s, 73%. Mas 50% dos Y não pretendem ficar mais de 4 anos. 35% não responderam 7 anos ou mais. 5 a 6 anos. Geração Y 3 a 4 anos. Geração X 1 a 2 anos. Baby Boomers Menos de um ano. Prefiro não responder. 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60%
  • 24. ResultadosRETENÇÃO Entre 20 opções: O mais freqüente na primeira colocação: X´s e Y´s: oferecer oportunidades para seu progresso e desenvolvimento Boomers: proporcionar reconhecimento adequado por suas contribuições. Fatores de retençao mais presentes entre os 5 mais importantes Boomers Geração X Geração Y Proporcionar um 75% Oferecer oportunidades para 91% Oferecer oportunidades para 88% reconhecimento adequado por seu progresso e seu progresso e suas contribuições desenvolvimento dentro da desenvolvimento dentro da organização organização Oferecer variedadas de opções 50% Proporcionar um 73% Promover coaching e 50% de trilhas de carreira e a reconhecimento adequado por mentoring possibilidade de mudar de suas contribuições atividade Permitir você trabalhar em 50% Aumentar o seu salário e / ou 55% Promover um melhor equilíbrio 50% estreita colaboração com bonificação entre trabalho e vida pessoal gestores e executivos seniores Promover um melhor equilíbrio 38% Promover um melhor equilíbrio 45% Oferecer variedadas de opções 38% entre trabalho e vida pessoal entre trabalho e vida pessoal de trilhas de carreira e a possibilidade de mudar de atividade Proporcionar maior 38% Oferecer variedadas de opções 36% Treinamentos, cursos 38%
  • 25. ResultadosCENÁRIO ECONÔMICO EXTERNO Todos mais otimistas com relação ao futuro, principalmente os X´s. % de levemente ou muito otimistas por geração: Seis meses à frente Geração Y Geração X Hoje Baby Boomers Seis meses atrás 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80%
  • 26. Obrigado Augusto Salgado da Rocha Turma 37

×