Your SlideShare is downloading. ×
0
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Vitaminas hidrossolúveis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Vitaminas hidrossolúveis

65,825

Published on

Published in: Technology, Business
8 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
65,825
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
441
Comments
8
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. VITAMINAS HIDROSSOLÚVEIS.<br />
  • 2. Vitaminas Hidrossolúveis<br />Essas vitaminas são solúveis em água, fazendo parte do grupo das vitaminas do complexo B e a vitamina C.<br />Essas vitaminas não são armazenadas no nosso organismo em quantidades apreciáveis, sendo normalmente eliminadas pela urina. Com essas características particulares, precisamos diariamente ingerir alimentos que contenham essas vitaminas.<br />
  • 3. Complexo B<br />Complexo B<br />
  • 4. Vitamina B1<br />Nome: Vitamina B1<br />Outro nome: tiaminaTipo: hidrossolúvel<br />História:A vitamina B1 foi a primeira do complexo B a ser descoberta. O beribéri, a doença que a sua falta provoca, aumentou no século XIX, na Ásia, ao começar a produzir-se o arroz polido (sem casca). Em 1880, o almirante da marinha japonesa Takaki provou que a causa do beribéri era alimentar, combatendo a doença mudando a dieta dos marinheiros. Em 1897 Eijkman, um médico holandês em Java (Indonésia) observou que o pó do polimento do arroz, se diluído em água e dado aos doentes com beribéri, os curava.Em 1936 a vitamina B1 foi isolada e foi batizada com o nome de tiamina.<br />
  • 5. Utilidade:Ajuda nos processos de metabolismo (que são as transformações dos alimentos que ingerimos) dando-nos a energia de que precisamos.Onde se encontra:Ervilhas, feijão, arroz integral, pão integral, cereais integrais, carne de porco, fiambre, fígado, rins, nozes, peixe e gema de ovo.Se faltar...A avitaminose da vitamina B1 é uma doença chamada beribéri.O doente perde de sensibilidade, as forças, anda nervoso, tem dores no abdômen e pode começar a perder a memória...Se houver em excesso...Mesmo em doses elevadas, a tiamina não é tóxica. O excesso é eliminado pelos rins.<br />
  • 6. Vitamina B2<br />Nome: Vitamina B2<br />Outro nome:riboflavina<br />História:Até 1879, já tinham sido isolados dos alimentos uma série de compostos amarelados a que foi dado o nome de flavinas. Verificou-se que uma parte se modificava com o calor (chamou-se lhe B1) e que a outra era estável ao calor (chamou-se lhe B2).<br />
  • 7. Utilidade:Ajuda nos processos de metabolismo (que são as transformações dos alimentos que ingerimos) dando-nos a energia de que precisamos.Onde se encontra:Cereais em grão, levedura de cerveja, leite, carne, ovos, fígado e verduras.Se faltar...Racham os cantos da boca e há inflamações bucais. Segue-se comichão, ardor nos olhos, pele seca, sensibilidade à luz, depressão, letargia e histeria. Mas as carências de vitamina B2 costumam acompanhar a falta de outras vitaminas...Se houver em excesso...Mesmo em doses elevadas, a riboflavina não é tóxica. O excesso é eliminado pelos rins.<br />
  • 8. Ácido Pantatênico.<br />Outros nomes: Vitamina B5História: O ácido pantatênico foi descoberto em 1933 como sendo uma substância essencial para o crescimento de leveduras. O seu nome vem do grego.Dois cientistas demonstraram que o fator que curava a doença de pele (dermatite) das aves era o ácido pantatênico. <br />Utilidade:Ajuda nos processos de metabolismo (que são as transformações dos alimentos que ingerimos) dando-nos a energia de que precisamos. Onde se encontra:Fígado, carnes, ovos, frutas, cereais em grão e verduras, leite, etc. Encontra-se em praticamente todos os alimentos.Se faltar...É raro dar-se pela falta desta vitamina. Pessoas com dietas normais não têm carência de ácido pantatênico.Se houver em excesso...O excesso de ingestão pode provocar diarréia.Como acontece com as vitaminas hidrossolúveis, os excessos são eliminados na urina.<br />
  • 9. Vitamina B6.<br />Nome: Vitamina B6<br />Outros nomes: piridoxina, piridoxol, piridoxamina e piridoxal.História:Em 1926, verificou-se que uma das conseqüências da falta de vitamina B2 era a dermatite. Em 1936, um cientista separou da vitamina B2 um fator solúvel em água cuja falta era a verdadeira causa das dermatites a que chamou vitamina B6.<br />
  • 10. Curiosidade:- A necessidade diária de piridoxina é diretamente proporcional à ingestão de proteínas na dieta.- O cozimento reduz as quantidades de vitamina B6 dos alimentos.Utilidade:A Vitamina B6 favorece a respiração das células e ajuda no metabolismo das proteínas e das gorduras.Atual na produção de hormonais, participa no crescimento dos jovens e estimula as funções defensivas das células.Onde se encontra:Carne de porco, vísceras, cereais em grão, carnes, frutas e verduras. Germe de trigo, aveia, arroz integral, banana, batata, leguminosas, aveia, atum.Se faltar...Podem ocorrer dermatites (doenças de pele, como a seborréia), anemia, gengivite (inflamação nas gengivas), feridas na boca e na língua, náuseas e nervosismo.Também pode causar perturbações no crescimento.Se houver em excesso...É pouco tóxica, mas doses altas podem provocar intoxicações neurológicas que resultam em formigueiro nas mãos e diminuição da audição.<br />
  • 11. Ácido fólico<br />Ácido FólicoOutros nomes: Vitamina B9, folacina e etc.Antigamente chamava-se Vitamina M, mas é uma denominação fora de uso.História:A sua história liga-se de perto à da Vitamina B12.Curiosidades:- Cozinhar muito os alimentos pode destruir até 90% do seu conteúdo em ácido fólico.<br /> Utilidade:Antes da concepção e na gravidez, a futura mãe deve tomar esta vitamina, para evitar más formações no sistema nervoso da criança.Esta vitamina atua em conjunto com a vitamina B12.<br /> Onde se encontra:Alimentos frescos, carnes, verduras escuras , cereais, feijões e batatas. Cerveja, gema de ovo, fígado, tâmaras secas, peixes (principalmente atum e salmão), ostras e cítricos.Se faltar...Gera malformações nos bebês ao nível do cérebro e do sistema nervoso, tendo influencia de nascer prematuro.Nos adultos causa anemia e inflamações gastrointestinais. Por causa da má alimentação. Junto com a falta de Vitamina B12 causa vertigens, cansaço, perda de memória, alucinações e fraqueza muscular.Se houver em excesso...O ácido fólico oral não é tóxico.<br />
  • 12. Vitamina B12<br /> Vitamina B12<br /> Outros nomes: cobalamina (hidroxicobalamina, cianocobalamina)<br /> História:A história e as funções da vitamina B12 estão intimamente ligadas ao ácido fólico.Em 1824 dois cientistas descreveram casos de anemia, associada a fatores digestivos. Em 1860, com outro caso de problemas no estômago viu-se que havia relação com a anemia referida. Em 1872, chamou-se a essa doença anemia perniciosa.Ao tentar purificar o fator extrínseco descreveu-se uma forma de anemia perniciosa na Índia, que respondia ao fator extraído do fígado, mas que não respondia às frações purificadas que tratavam a anemia perniciosa.Era o fator de Wills, que foi chamado Vitamina M e hoje é conhecido como ácido fólico, isolado em 1941.<br />
  • 13. Curiosidade:- Ao contrário de outras vitaminas, os níveis de vitamina B12 podem ser medidos no sangue e assim fazer-se um diagnóstico seguro.Utilidade:Esta vitamina é essencial para o crescimento e metabolismo celular e é fundamental na formação dos glóbulos vermelhos do sangue (hemácias).Onde se encontra:Fígado, carnes vermelhas, ovos e etc.Se faltar...Quando esta vitamina falta, as pessoas ficam com a referida anemia perniciosa e perturbações no sistema nervoso. Os sintomas são variados e devem-se à morte ou perda de função das células atingidas no cérebro e na medula.Podem apresentar manifestações de falta de vitamina B12 os vegetarianos estritos , pessoas com problema intestinais, no pâncreas e idosos.Se houver em excesso...As doses que ultrapassam a capacidade diária de aproveitamento pelo organismo são eliminadas na urina.<br />
  • 14. Vitamina C<br />A vitamina C (também conhecida como ácido ascórbico) é uma das 13 principais vitaminas que fazem parte de um grupo de substâncias químicas complexas necessárias para o funcionamento adequado do organismo. É uma das vitaminas hidrossolúveis, o que significa que seu organismo usa o que necessita e elimina o excesso. <br /> O QUE FAZ A VITAMINA C? <br /> A vitamina C ajuda as células do organismo, incluindo os ossos, os dentes, as gengivas os ligamentos e os vasos sangüíneos, a crescer e permanecer sadias. Também ajuda o organismo a responder à infecção e ao estresse, além de auxiliar a utilização eficiente de ferro. Se o seu organismo não receber quantidades diárias suficientes de vitamina C, você ficará mais propenso a apresentar esquimoses na pele, sangramento nas gengivas, má cicatrização das feridas, perda de dentes, dores nas articulações e infecções. <br /> QUANTO MAIS, MELHOR? <br /> Algumas pessoas tomam grandes quantidades de suplementos vitamínicos porque acreditam que podem evitar algumas doenças, como resfriados. Entretanto ingerir quantidades excessivas de vitamina C , pode causar náuseas, cólicas estomacais, diarréia e, possivelmente, cálculos renais.<br /> QUAIS OS ALIMENTOS QUE CONTÊM VITAMINA C? <br />  Morangos, Mamão, Kiwi,Laranja, Suco de laranja, Canta Lupo, Manga, Grapefruit, Pimentão vermelho ou verde, Brócolis, Couve, Couve-de-bruxelas, Ervilhas e Batata. <br />
  • 15. Nome: Daiane, Karina, Rafael<br />Professora: Neuzely<br />Série: 1° ano “a”<br />Escola: José Bejo.<br />

×