FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA

1,093 views
870 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,093
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

FÓRUM: CONTEXTUALIZANDO A MUDANÇA DA TEORIA A PRÁTICA

  1. 1. PROINFO INTEGRADO NTE – NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL CURSO TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO: ENSINANDO E APRENDENDO COM AS TICS (Tecnologia da Informação e Comunicação) SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – SME - DONA INÊS/PB TURMA: 100 HORAS/2012.3 PERÍODO: 16/07/1012 à 05/11/2012. PROFISSIONAIS CURSISTAS: 1ª e 2ª FASES DO ENS. FUND. TUTORA/EMAIL: IZABEL CRISTINA COSTA DE ARAÚJO RODRIGUES/ Izabel.eproinfo@gmail.com ID DA TURMA: 29.096 CURSISTA: Jairo Alves Felipe DATA: 21/09/2012 MÓDULO: 03 ATIVIDADE Nº: 3.2 FÓRUM: Contextualizando a mudança: da teoria à práticaOlá Caros Colegas! Teoria e prática devem caminhar juntas numa relação de unidade. No tocantea isso Demo (1990, p. 52) afirma que "se a pesquisa é a razão do ensino, vale oreverso: o ensino é a razão da pesquisa". Mas, notamos que por vezes ocorre umdistanciamento entre teoria e prática, pois nem sempre os conteúdos aprendidos naformação acadêmica são harmônicos em relação aos utilizados na vida docente. Entretanto, teoria e prática não se separam, ou seja, o vínculo teoria e práticaforma um todo onde o saber tem um caráter libertador. Na aula “Estações do Ano”ministrada na turma do 5ª ano da Escola Dr. José de Melo, fizemos uma ponte entreteoria e prática de maneira bem dinâmica e inovadora, através da comunicação.Independentemente da pouca prática tecnológica vivência por alguns dos alunos,obtivemos êxito, e conseguimos atender os interesses e necessidades dos mesmos.
  2. 2. Devemos ter consciência de que o mundo atual está mudando rapidamente ecom ele devem mudar também a instituição escola e o ensino que nela se faz.Segundo Callai (2001, p. 136) “o conteúdo deve está sempre interligado com arealidade do aluno, de forma que ele possa construir sua cidadania”. Baseados nessepensamento, aproximamos o conteúdo da aula proposta de acordo com a realidadedos alunos, ou seja, a partir da relação vivenciada pelos alunos, que é variada, paratornar melhor a compreensão posteriormente das relações mais complexas. Além disso, mantemos o diálogo com os alunos e ficamos atentos às diversasvariáveis existentes dentro do contexto escolar, em suas mais diversas perspectivas,sejam elas pessoal/individual do aluno, ou mesmo em relação à comunidade local esociedade em geral, pois estas interferem diretamente na aprendizagem do aluno. Dessa forma, para que a aula cumpra com seus objetivos é necessáriocomunicação, a partir dela o educador conhece a realidade na qual o aluno estáinserido, adequa sua prática pedagógica, e adota novas linguagens. Foi exatamenteisso que procuramos fazer desde o planejamento até a execução da aula em questão.Abraço e Fiquem na Paz!Att. Jairo Felipe.REFERÊNCIASCALLAI, Helena Copetti. A Geografia e a escola: muda a geografia? Muda o ensino?São Paulo: Terra Livre, nº 16, 2001, p. 133-152.DEMO, Pedro. Pesquisa: princípio científico e educativo. São Paulo: Cortez, 1990.

×