Biopolímeros

2,779 views
2,452 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,779
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
96
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Biopolímeros

  1. 1. BIOPOLÍMEROS Polímeros Biodegradáveis e Polímeros Verdes
  2. 2. Introdução • 1860 • Plástico comum: – Derivado do petróleo – Tipo de degradação elevada (+ de 400 anos) – Gera em torno de 4.2 milhões de toneladas por ano de resíduos – Apenas 15% deste valor é reciclado ( 630 mil toneladas)  Devido a grande diversidade do material  Custos para lavagem  Contaminação da água  Custos logísticos  Problemas com o manuseio do material
  3. 3. História • 1000 A.C.  Os chineses já faziam uso dos vernizes  O verniz era extraído da árvore Rhus Verniciflua  Que era utilizado para impermeabilizar móveis
  4. 4. • Em 1550 Vaides em uma de suas expedição na America Central observou que os moradores locais faziam a extração da borracha natural. • Em 1839 a Goodyear começou a produzir borracha mais resistente e flexível a partir do derretimento de borracha e a adição de enxofre, processo que recebeu o nome de vulcanização. • No final do sec. XIX foi descoberto o poliestireno e a celulose, mas devido ao inicio da guerra abandonou-se os estudos para o inicio de pesquisas com o petróleo (ouro negro). • Foi investido devido a longevidade e resistência do material.
  5. 5. BIOPOLÍMEROS • Significado da palavra: Bio (biológico) poli (varias) meros (partes) • São Moléculas extensas • Formadas por monômeros (única molécula) • Produção anual de 180 milhões de toneladas • Utilização: • Medicina • Agricultura • Construção civil • Embalagens • Eletro Eletrônicos
  6. 6. Dentre os biopolímeros conhecidos, podemos classificá-los do seguinte modo:
  7. 7. POLÍMERO VERDE Polímeros verdes são polímeros produzidos com matérias primas provenientes de fontes renováveis, porém não necessariamente são biodegradáveis.
  8. 8. • O polietileno verde (PE) é um exemplo bem comum de polímeros verdes, ou biopolímero, e tem ganhado espaço na Indústria dos Plásticos. Uma tonelada de polietileno verde captura até 2,5 toneladas de CO2. Esquema de produção do PE VERDE através da cana-de-açúcar.
  9. 9. BIODEGRADÁVEL • polímeros degradáveis que por ação de micro-organismos como bactérias, fungos e algas consomem totalmente o material transformando-o. O material é completamente biodegradado em poucas semanas sob condições apropriadas como as encontradas em usinas de compostagem.
  10. 10. PRINCIPAIS BIOPOLIMEROS • Dentre as classes de biopolímeros as mais significativas são: • Polilactato (PLA) • Polímeros de amido (PA); • Polihidroxialcanoato (PHA); • Goma Xantana (Xan).
  11. 11. MERCADO As previsões de evolução de consumo de biopolímeros estão fortemente relacionadas com os seguintes fatores: Evolução do preço do barril de petróleo, já que o custo de produção destes polímeros estão relacionados com o custo de insumos petroquímicos; Evolução do custo de produção dos biopolímeros; Estabelecimento de políticas governamentais (incentivos fiscais e/ou legislação compulsória) para o consumo de biopolímeros.
  12. 12. • O Brasil é líder mundial na produção de cana-de-açúcar, possuindo o menor custo de produção dessa matéria prima, favorecendo o país na produção de polímeros verdes à base de etanol. Estimativa para o ano de 2015 do mercado dos biopolímeros, polímeros biodegradáveis e polímeros verdes no Brasil.
  13. 13. • Atualmente, a indústria brasileira de transformação de plástico tradicional produz 180 milhões de toneladas ao ano. São mais de 11.500 empresas, que faturaram R$ 44 bilhões em 2010. • Principal entrave ao avanço mais rápido desse mercado ainda é o custo do produto, em torno de US$ 4,00 o quilo, contra US$ 1,oo dos derivados de petróleo. • Projeções do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) estimam que, até 2015, a produção de bioplásticos deverá atingir um milhão de toneladas, contra as 270 mil toneladas atuais.
  14. 14. PRINCIPAIS APLICAÇÕES • Aspiradores; • Filmes agrícolas, Tecidos, Vasos de planta; • Artigos de escritório; • Talheres e pratos descartáveis; • Mobiliário; • Cadeiras; • Sacos biodegradáveis; • Mouse, Teclados, Telefones, Telefones.
  15. 15. Legislação • ASTM 6400 determina que todo e qualquer material feito para a redução da agressão ao meio ambiente deve começar a se decompor em 180 dias. • ABNT NBR 15448-1 e 15448-2/2008 é a norma nacional, que refere-se à mesma classificação da ASTM 6400. • PNRS (Lei 12.305/2010 sua prioridade a não geração, a redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e a disposição final ambiental adequada dos rejeitos. • NBR 13.591 de compostagem define que: • Biodegradação: processo de digestão da matéria orgânica através de organismos. • Compostagem: Processo de decomposição biológica da fração orgânica biodegradável dos organismos.

×