Centenário da república
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Centenário da república

on

  • 372 views

 

Statistics

Views

Total Views
372
Views on SlideShare
372
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Centenário da república Centenário da república Presentation Transcript

  • A Portuguesa Bandeira Monárquica (Hino Nacional) Agrupamento Vertical de Escolas de Britei- Heróis do mar, nobre povo, ros Nação valente, imortal, ESCOLA E.B. 2,3 BRITEIROS Levantai hoje de novo Bandeira Nacional O esplendor de Portugal! Republicana Entre as brumas da memória, Ó Pátria, sente-se a voz Dos teus egrégios avós, Simbologia Que há-de guiar-te à vitória! Simbolizam os 5 reis mouros (Refrão) As 5 quinas derrotados por D. Afonso Hen- riques na batalha de Ourique. Às armas, às armas! Sobre a terra, sobre o mar, Os 5 pontos bran- Representam as 5 chagas de Às armas, às armas! cos dentro de cada Cristo. quina Pela Pátria lutar Simbolizam as localidades for- Contra os canhões marchar, marchar! Os 7 castelos tificadas que D. Afonso Henri- ques conquistou aos Mouros. Representa o mundo que os Escola EB 2,3 de Briteiros navegadores portugueses des- A esfera armilar cobriram nos séculos XV e Ano lectivo: 2010/2011 XVI e os povos com quem tro- caram ideias e comércio. Curso: EFA O verde Simboliza a esperança. Disciplina: Cidadania e Profissionalidade (CP) Simboliza a coragem e o san- NG: Programação O vermelho gue dos portugueses mortos em combate. Trabalho elaborado por: Vincent Vieira
  • O 5 de Outubro e a Queda da As razões do fim da Monarquia O Governo Provisório Monarquia D. Manuel II, na tentativa de se opor à crescente Nas últimas décadas do século XIX, o descontenta- Depois da proclamação da República foi criado um força republicana, tentou governar com o apoio de mento da população crescia. Para pagar as obras governo provisório, presidido pelo Dr. Teófilo Braga, públicas, o governo contraía dívidas, aumentava os que governou Portugal até ser eleito o primeiro Presi- todos os partidos monárquicos. Mas, a sua falta de impostos, e o custo de vida. Os pobres estavam mais preparação para reinar (tinha apenas 18 anos), as dente da República Portuguesa, em Agosto de 1911. pobres e os ricos cada vez mais ricos. intrigas dos que o rodeavam e o número crescente O governo provisório tomou várias medidas que mar- As pessoas achavam que a monarquia não era a de simpatizantes do Partido Republicano faziam caram logo a diferença entre a Monarquia e a Repú- melhor forma de governar um país, pois era o rei que prever que o fim da Monarquia estava próximo. blica: governava a vida toda e, quando morria era o filho Na madrugada de 4 de Outubro de 1910, iniciou-se mais velho que tomava o seu lugar. - Adoptou-se uma nova bandeira; em Lisboa a Revolução Republicana. Os problemas que as pessoas viam na monarquia - O Hino Nacional passou a ser “A Portuguesa”; Os militares republicanos e os populares pegaram eram devido a coisas muito simples: - A moeda passou a ser o escudo em vez do real; em armas e grande parte concentrou-se na Rotunda, - E se o rei governasse mal? - Estabeleceu-se a igualdade entre filhos legítimos e actual Praça de Marquês de Pombal, em Lisboa. A - E se fosse cruel para com os súbditos (o povo)? filhos ilegítimos. marinha de guerra bombardeou o Palácio das - E se ficasse doente ou louco? Necessidades, onde se encontrava a família real, que - E se tivesse ideias extravagantes que prejudicassem se pôs em fuga. as pessoas? Embora as tropas fiéis à Monarquia fossem em número superior, não conseguiram organizar-se para acabar com a revolta. Assim, a Revolução A Implantação da República Republicana saiu vitoriosa. Na manhã do dia 5 de Outu- bro de 1910 foi proclamada a República, pondo fim à Monarquia que durou quase oito séculos em Portugal. Proclamação da República na Câmara Municipal de Lisboa. 5 de Outubro de 1910 Dr. Teófilo Braga