A ORIGEM DE LÚCIFER...Estiveste no Éden, jardim de Deus;   cobrias-te de toda pedra preciosa:   a cornalina, o topázio, o ...
INTRODUÇÃOLUCIFER viveu no primeiro Jardim do Éden, um jardimmineral, antes de Adão e Eva. Não era um jardim vegetal.Era u...
LÚCIFER FOIEXPULSO DO CÉU...    Apocalipse 12:12  “Levantou poeira...”
...Um dia, no Reino Celestial, Deus criou um anjo e lhe deu onome de: “Lúcifer” que significa:        “cheio de luz”...
Este anjo era santo, pois, era obediente ao seu criador. Com opassar do tempo ele foi promovido e recebeu o nobre título d...
Ele cantava louvores ao seu Criador. E não cantava dequalquer jeito, cantava com o coração. Cantava com a alma,cantava com...
Lúcifer desejava ser adorado e reverenciado por todosos anjos, os quais eram seus irmãos celestiais. Ele se sentiaimportan...
Deus entregara a Lúcifer muitas coisas. Depositandoassim, total confiança nele. A dor da decepção foi tão grandequanto o a...
Revoltado, sentindo-se inferior cada vez mais, Lúciferentão começara convencer a muitos anjos de que ele, e só ele,entre o...
Deus assistia a tudo nesse momento, pois sua visãoonipotente e sua sabedoria onisciente, registravam cada passodaquela gue...
Muitos anjos estavam machucados, feridos, comprofundos cortes em seus corpos. Todos notaram ali que: aguerra havia acabado...
O querubim da guarda, tornou-se “satanás” - o inimigode Deus. E por esta razão o seu plano é destruir toda ahumanidade. El...
Os séculos passariam, diversas nações surgiriam edesapareceriam na história da humanidade. Até que, umasimples virgem judi...
A BATALHA NO CÉU        E houve batalha no céu; miguel e os seus anjos batalhavam contra odragão e os seus anjos; mas não ...
Gema (mineralogia)Uma gema é um mineral, rocha (como a lápis-lazúli) ou materialpetrificado que, quando lapidado ou polido...
Características e classificaçãoAs gemas são descritas e classificadas por gemólogos através dediferentes especificações té...
CRISTAL DE QUARTZO ROSA
ESMERALDA: é uma das pedras mais valiosas, juntocom o diamante e o rubi. O principal produtor mundial é aColômbia. Na hist...
JASPEJASPE: apresenta geralmente uma aparênciavermelha, com manchas e listras, o quemotivou seu nome em grego, que signifi...
...E tinha a glória de Deus; e a sua luz era semelhantea uma pedra preciosíssima,   como a pedra de jaspe,        como o c...
ValorUma gema é apreciada especialmente pela sua beleza ou grandeperfeição, portanto, a aparência é quase sempre o atribut...
ÁGUA-MARINHAÁGUA-MARINHA: é a variedade azul do berilo.Os antigos druidas celtas usavam o berilo paraadivinhação. Consta q...
Geodo de ametista                Drusa de ametistaAMETISTA: é a variedade roxa do quartzo. É o símbolo do"terceiro olho" d...
AMETISTA LAPIDADAAté o século XVIII, a ametista era tão valiosa quanto odiamante, mas a descoberta de abundantes jazidas n...
Tratamentos dados às gemas As gemas são muitas vezes tratadas para realçar a cor e a transparência. Dependendo do tipo e e...
TURMALINA PARAÍBA              TURMALINA SANDÍATURMALINA VERDE BRUTA
Mina de diamante a céu abertoem Kimberley, na África do Sul
Lúcifer – o anjo caído  ...Tu eras o querubim, ungido paracobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio...
CRISTAL DE CITRINO                              CITRINO LAPIDADOCITRINO: é um quartzo com impurezas férricas, as quaisgera...
DIAMANTEDIAMANTE: é a pedra mais dura da natureza. Umdiamante só pode ser cortado por outro diamante. Por estemotivo, é ut...
DIAMANTE KOH-I-NOORAo longo da história, muitos diamantes tornaram-semundialmente famosos, como o Koh-i-Noor, o Orloff,o C...
Revestimentos Mais recentemente, algumas gemas são melhoradas através dautilização de um revestimento que altera a sua cor...
Lista de gemas  Existem cerca de 130 espécies minerais que foram utilizadas  como gemas, com 50 espécies mais comuns. Este...
Materiais artificiais ou sintéticos utilizados como gemas:Zircônia cúbica (artificial)Coríndon sintéticaEspinélio sintétic...
GRANADAGRANADA: não é uma pedra, mas um grupo de pedrasque têm a característica comum de apresentarfrequentemente cristais...
JADEJADE: era considerado pedra sagrada na China antiga ena civilização maia. Seu nome vem do espanhol piedra deijada. Ija...
LÁPIS-LAZÚLILÁPIS-LAZÚLI: pedra azul-marinha que era muitoutilizada na antiguidade para decoração e como cosmético,este so...
ÔNIXÔNIX: variedade de quartzo com faixas brancas e pretas.É mais valioso que o mármore. É a pedra oficial da medicinavete...
Olavo Bilac1865 – 1918   “...Invejo o ourives quando escrevo:   Imito o amor   Com que ele, em ouro, o alto relevo   Faz d...
RUBI: apresenta a mesma composição química da safira,só que é vermelho, devido à presença de cromo. O rubi éextremamente r...
OPALAOPALA: é a pedra nacional da Austrália. Apresenta apropriedade de apresentar diferentes cores de acordo com oângulo p...
PÉROLAPÉROLA: é uma esfera brilhante produzida por ostrasquando um corpo estranho, normalmente um grão de areia,penetra no...
QUARTZOQUARTZO: é a pedra preciosa mais abundante,provavelmente devido à sua grande resistência a fatores físicose químico...
...Tu estavas no Éden, jardim  de Deus; e cobrias-te com todas as pedras preciosas...         EZEQUIEL 28:13
RODOCROSITARODOCROSITA: é carbonato de manganês (MnCO3).É usada principalmente para produção de manganês, porémtambém é ut...
SAFIRASAFIRA: o nome vem do hebraico sapir. Pode ser de váriascores, mas predomina a variedade azul. O maior produtor mund...
TOPÁZIOTOPÁZIO: o nome vem do grego Topaz, que era o nome deuma ilha no mar Vermelho da qual se extraía uma pedra amarela....
TURQUESATURQUESA: provavelmente, o nome é uma referênciaaos turcos, que comerciavam a pedra na Europa. A turquesaera a ped...
PEDRAS PRECIOSAS
“...Arcanjo Miguel derrotando Lúcifer...”
A DERROTA DE LÚCIFER E SEUS ANJOS...
Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado,até que se achou iniqüidade em ti.         Ezequiel 28:15
...Elevou-se o teu coração     por causa da tua       formosura...       Ezequiel 28:17
...corrompeste a tuasabedoria por causa do teu resplendor...     Ezequiel 28:17
O AUTOR                 Nasceu em 1979, no alto da Moóca, na grande São                 Paulo. Viveu parte da sua infância...
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
LÚCIFER e as Pedras Preciosas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

LÚCIFER e as Pedras Preciosas

12,040

Published on

LUCIFER viveu no primeiro Jardim do Éden, um jardim mineral, antes de Adão e Eva.

Não era um jardim vegetal. Era um lugar cheio de PEDRAS PRECIOSAS, sobre as quais, ele - LUCIFER - caminhava. Ezequiel 28:12-19

Após ter sido expulso do reino celestial, LUCIFER e seus anjos rebeldes e perversos, foram lançados para a terra com violência.

Por esta razão, a cantora IVETE SANGALO, ao prestar-lhe homenagens, diz: "...LEVANTOU POEIRA..."

"A MINHA SORTE GRANDE FOI VOCÊ CAIR DO CÉU...

MEU ANJO QUERUBIM..." (Sorte Grande - IVETE SANGALO)

* Apocalipse 12:12

* Ezequiel 28:12-19

* Isaías 14:14

* Lucas 10:18

2 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • @Michael Anderson Resende .........vá estudar mais as ESCRITURAS SAGRADAS, depois você comenta. Primeiro se ESTUDA, APRENDE, depois faz comentários.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Meu amigo, não existe primeiro jardim do Eden, só existiu um, não houve segundo. Adão e Lucifer viveram milhões de anos como conteporâneos. Sua queda foi anterior a existência de Eva. Com a queda de lucifer Deus protegeu o Jardim e o que estava fora do jardim foi destruído, os dinossauros que lá viviam, os mesmo dinossauros que adão dera nome. Da mesma forma que depois protegeu o jardim para Adão e Eva não voltar após sua queda, logicamente o fez com os anjos caídos, Lúcifer teve que entrar numa serpente para conseguir adentrar no jardim, claro que Deus sabia que ele estava ali, conseguiu ser mais astutos que os anjos que ali perambulavam, mas Deus interroga a serpente e lhe dar sua primeira profecia que o filho do home pisaria na cabeça dela.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
12,040
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
22
Actions
Shares
0
Downloads
206
Comments
2
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "LÚCIFER e as Pedras Preciosas"

  1. 1. A ORIGEM DE LÚCIFER...Estiveste no Éden, jardim de Deus; cobrias-te de toda pedra preciosa: a cornalina, o topázio, o ônix, acrisólita, o berilo, o jaspe, a safira, a granada, a esmeralda e o ouro... Ezequiel 28:13
  2. 2. INTRODUÇÃOLUCIFER viveu no primeiro Jardim do Éden, um jardimmineral, antes de Adão e Eva. Não era um jardim vegetal.Era um lugar cheio de PEDRAS PRECIOSAS, sobre asquais, ele - LUCIFER - caminhava. (Ezequiel 28:12-19)Após ter sido expulso do reino celestial, LUCIFER e seusanjos rebeldes e perversos, foram lançados para a terra comviolência. Por esta razão, a cantora IVETE SANGALO, aoprestar-lhe homenagens, diz: “...A minha sorte grande foi você cair do céu...” “...É lindo o seu sorriso, o brilho dos teus olhos...” “...Meu ANJO-QUERUBIM...” “...Levantou poeira...” * Música: “Sorte Grande” – Ivete Sangalo __________________________________ Referências bíblicas: *Apocalipse 12:12 * Ezequiel 28:12-19 * Isaías 14:12-14 * Lucas 10:18
  3. 3. LÚCIFER FOIEXPULSO DO CÉU... Apocalipse 12:12 “Levantou poeira...”
  4. 4. ...Um dia, no Reino Celestial, Deus criou um anjo e lhe deu onome de: “Lúcifer” que significa: “cheio de luz”...
  5. 5. Este anjo era santo, pois, era obediente ao seu criador. Com opassar do tempo ele foi promovido e recebeu o nobre título de“querubim”; cuja função era guardar a porta do santuário ondeestá o trono de Deus. Lúcifer era um anjo querido por todos no céu. Eleobedecia a Deus. Ele se prostrava em reverência e submissãoao seu Senhor, que criou todo esse imenso universo queconhecemos. Com milhares e milhares de galáxias e planetasdistantes de nós. Tudo isso foi criado por um único Deuspoderoso! Além de ser um anjo querido, Lúcifer também tinha aconfiança de todos no reino celestial. Um dia ele se destacouentre os seus irmãos e foi consagrado por Deus como:“Ministro do louvor celestial”. Ele regeria então, a partir daí, o maior coral de anjosexistente no céu! Para juntos, adorarem ao único Deus, dignode todo louvor e toda adoração. Sua fama espalhou-se por todoo Reino Celestial. Assim, o nome de Lúcifer fora cada vez maisengrandecido, pela sua forma de obedecer e servir a Deus – Oseu Criador. Em seu ofício como “querubim-da-guarda”, sempredemonstrava extremo cuidado com a sala do Trono de Deus; enão deixava ninguém entrar nela. sem autorização.Até mesmo seus irmãos, os outros anjos, eram obrigados a seidentificarem primeiro para então receberem autorização paraentrar naquela sala especial. Gabriel, seu irmão, sempre estava junto ao Trono deDeus. Porém, sempre se identificava ao passar pela porta.Sendo assim, o Trono de Deus era guardado com muitasegurança. No Reino Celestial, todos respeitavam as ordens doDeus todo poderoso. Havia um imenso espírito de temor a Deusno coração de Lúcifer. Embora ele fosse um dos principais no céu, fazia tudopara a glória e para a honra de seu Criador. Pois Deus o haviaseparado, não só para ser um simples “guarda”, mas, para serum “grande maestro”. Lúcifer tinha uma sinceridade fora docomum, ele era perfeito.
  6. 6. Ele cantava louvores ao seu Criador. E não cantava dequalquer jeito, cantava com o coração. Cantava com a alma,cantava com todo o seu ser. Ele cantava com lágrimas desantidade, em perfeita harmonia musical, pois diversos sonsemanava de si. Lúcifer era um maestro nato, exaltava a Deus, eordenava que todos os anjos do Reino Celestial cantassem comigual fervor em seus corações. Tudo para agradar ao criador.Ele, como um bom maestro, sempre dedicado em seu serviço,ensaiava com muito fervor. Um maestro exigente, perfeccionista ao extremo, nãopermitia erros, falhas ou deslizes. Era extraordinário comoregente de um enorme coral. Ele mesmo afinava seusinstrumentos musicais e, seguindo seu exemplo, os outrosanjos assim o faziam também. O Criador havia preparado paraele toda sorte de instrumentos musicais, pois dizia em seucoração: “Criarei para mim um grande maestro”. Lúcifer posicionava os seus músicos de acordo com aordem e classe angelical, para manter uma perfeita harmoniasonora . Assim estavam os “serafins”, “querubins”, “anjos”,“arcanjos”, “seres viventes”, os “principados” e as“potestades”. Desse modo, todas as classes angélicas estavamreunidas em um só coral, para louvar e adorar ao EternoCriador. E claro, esta grande orquestra estava sob a regência deseu grande maestro – Lúcifer. Deus se sentia feliz, e recebia os louvores com muitasatisfação e honra, pois criara os anjos para exaltarem o seusanto nome, de geração a geração. Por esta razão, Deus estavaradiante e extremamente feliz! Em todo o universo era possívelnotar a alegria do supremo criador! Mas, infelizmente essa história tomou um rumodiferente. Depois de tantas glórias vividas, Lúcifer deixara umsentimento de orgulho invadi-lo até penetrar seu coração, antestão puro e perfeito, tão sublime diante de Deus. Oh, que tristeza! Lúcifer começou a desejar ser adorado assim como opróprio Deus o era entre os anjos do céu. Logo, ele, olhandopara dentro da sala, na qual estava o Trono de Deus, sentiuvontade de ter um trono também, semelhante aquele lindoTrono que estava sob sua proteção.
  7. 7. Lúcifer desejava ser adorado e reverenciado por todosos anjos, os quais eram seus irmãos celestiais. Ele se sentiaimportante, ocupando os cargos de: “querubim da guarda” e“maestro no Reino Celestial”. Tais posições fizeram com que ele se exaltasse, aoponto de desejar ser igual a Deus. E quando ele menosesperava, o seu coração já havia se corrompido. Pois a invejamanchara o seu caráter e a sua personalidade angélica. Nesse instante, Lúcifer – um anjo, da classe dosquerubins, criado para ser um bom maestro, e ter sob seucomando todas as hostes angelicais, as quais lhe eramsubmissas no momento da adoração e louvor a Deus -transformara-se em: Satanás – o inimigo de Deus. Como numametamorfose, Lúcifer se tornou outra pessoa. Tal transformaçãotrouxe para o Reino Celeste: tristeza, vergonha e dor! Aquele querubim – ungido e separado para ser“maestro da música”, o qual tinha a função de organizar todasas hostes celestes em perfeita harmonia na hora do louvor e aadoração a Deus – em fração de segundos, tornara-se umANGELICIDA! Lúcifer passou a planejar como se elevaria acima dasmais altas nuvens. Pois este era o intento do seu coração que,tornara-se invejoso e malvado. Sua brilhante luz de outrora,apagou-se completamente. O seu desejo constante, após suatransformação repentina era somente: ser igual a Deus – OCriador. Igualar-se ao seu criador. NÃO, NÃO e... NÃO! Começara um grande conflito no Reino Celeste. Deum lado – Lúcifer – um querubim, que agora está disposto ainsurgir-se contra o seu Criador. O que exatamente o inspira é,nada mais nada menos que: INVEJA. Deus, cujas obras são magnificas, perfeitas, e só Elepossui ao mesmo tempo:“onisciência”, “onipresença”, “onipotência” - sentiu-seprofundamente traído por aquele que Ele mesmo havia criado,com todo amor e carinho...
  8. 8. Deus entregara a Lúcifer muitas coisas. Depositandoassim, total confiança nele. A dor da decepção foi tão grandequanto o amor com que Deus o amava. Surgia então, naeternidade: o primeiro inimigo de Deus. Os anjos choravam de tristeza, sem entender o motivode tudo aquilo. Seus rostos estavam pálidos, sem nenhumaexpressão feliz naquele momento. Pois a transformação deLúcifer os assustara. E perplexos, eles não tinham forças paracantar e louvar a Deus, estavam todos angustiados. Naquele cenário mórbido, o rosto de Lúcifer começaraa perder aquele lindo brilho, com que encantava e causavaadmiração nos demais anjos do Reino Celeste.Muitos eram os comentários acerca de suas asas brilhantes. Alguns anjos diziam: “olha, como Lúciferresplandece! ele é lindo mesmo, queria ser assim. Olha as suasasas, são lindas! Como é lindo o seu voo, ele é bonito demais!” E assim, Lúcifer recebia vários elogios dos seusadmiradores. Com toda essa fama e popularidade a sua volta,ele sentiu-se um “deus”. Foi assim que, cercado de honras eglórias por todos os lados, chegou a dizer: “Eu subirei acimadas mais altas nuvens e estabelecerei o meu trono acima doTrono de Deus e serei semelhante ao Deus altíssimo...” Um sentimento hostil havia entrado em seu coração,deixando-o totalmente descontrolado e irreconhecível. Lúcifertornou-se de uma hora para outra: um grande traidor. Tudo issopor que já não se sentia alguém, sendo apenas um simplesquerubim da guarda. Ocupando o posto de maestro da músicacelestial. Pois, em seu coração, Lúcifer cobiçava algo maior.Segundo o seu ponto de vista, maligno e egoísta. Ele desejavaser maior que o próprio Deus – O Criador. E tal loucura era algoeternamente impossível de acontecer, pois Deus, O Supremo eÚnico Criador, jamais daria a Sua Divina Glória a outrem.Tampouco o seu Trono, o qual Lúcifer sempre guardara comtotal fidelidade e dedicação!
  9. 9. Revoltado, sentindo-se inferior cada vez mais, Lúciferentão começara convencer a muitos anjos de que ele, e só ele,entre os demais anjos, poderia ser um rei supremo. E assim, terseu próprio reino. Mas, persuadindo a milhares de anjos, eledizia-lhes que para isso teria que travar uma grande guerra nocéu. Cheio de ódio por dentro, sentimento até entãodesconhecido dos anjos – Lúcifer começara a primeira guerracelestial da eternidade. Após longas horas de conversação, ediversas reuniões que, eles imaginavam serem “secretas” -escondidas dos olhos de Deus - Lúcifer conseguira montar umgrande e numeroso exército. Os mesmos participantes daquele harmonioso eimenso coral angélico, formaram a terça parte dos anjos que,iludidos com as falsas palavras de Lúcifer, decidiram de livre eespontânea vontade, desprezar ao Criador e unirem suas forçaspara pelejarem contra as outras hostes angelicais do SupremoCriador! E assim, a terça parte dos anjos ficaram do ladodaquele querubim, antes tão manso e humilde, agora, violento,invejoso e revoltado. Querendo a qualquer custo, dominaracima de Deus, das regiões celestiais e acima de toda aextensão do Reino espiritual. Tal loucura subira ao coração deLúcifer. O orgulho e a inveja o alimentava constantemente. Foi assim que todos aqueles anjos foram seduzidos pelaspalavras persuasivas daquele maestro que era cheio de luz emuito amor. Mas, infelizmente, tornou-se por si mesmo o“maestro do ódio”. Decidido a impor suas leis e a dominar sobre todas ashostes angelicais, Lúcifer começara uma grande guerra.Insultos e palavrões começam a surgir nos lábios daquelequerubim que, fora ungido única e exclusivamente para:bendizer e adorar ao Criador. A boca que, outrora declamava lindas frases e canções,começara a pronunciar blasfêmias, palavrões e uma série deperversidades contra o Eterno Criador. Ataques e contra-ataques eram desferidos de ambas as partes. Alguns anjoseram mais fracos, sem preparo nenhum para guerras e batalhas.Pois ali estavam acostumados a viverem em perfeita paz eharmonia. Para eles, Jamais houvera sequer um episódioviolento como aquele em toda a história.
  10. 10. Deus assistia a tudo nesse momento, pois sua visãoonipotente e sua sabedoria onisciente, registravam cada passodaquela guerra entre: os anjos do bem e os anjos de Lúcifer.Pois este passara a ser um chefe de exército, cujo título foradado por si mesmo ao desejar batalhar contra o seu CriadorSupremo. Lúcifer enfurecia-se cada vez mais. Pois muitos anjoso desprezaram, e negaram-lhe o favor. Por toda parte ouviam-se gritos, asas batendo-se umasnas outras, vozes de desespero, xingamentos, palavrõeshorríveis, da parte de Lúcifer que, cada vez mais tomava ódiodos anjos de Deus. Os quais temendo ao Supremo Criador, nãose uniram a ele. E assim, os anjos do bem negaram-lhe a aliançaque fora proposta durante os seus discursos, cheios deegoísmo, ódio, arrogância e inveja. Miguel, um general de guerra, toma a frente da batalha e,seguindo as ordens do Eterno Criador, ele avança para abatalha com seu grande exército. Assim, aquela guerraangelical chegara ao seu momento crucial. O angelicida convocava todos os seus parceiros, paradestruírem totalmente as forças do bem. Miguel cauteloso,porém valente, com sua espada, pelejava como um bomsoldado, cheio de garra e vigor. Pois para ele, defender o ReinoCelestial era uma ordem irrevogável. Afinal, disto dependiatodos os seres angélicos, envolvidos naquela grande batalha. Lúcifer continuava a xingar aquele que vive e Reinaeternamente, em cujas mãos tem está todo o poder. E assim,fere com golpes de espada a muitos anjos, os seus própriosirmãos. Havia naquele querubim muito ódio, muita raiva e muitaloucura. Só mesmo Depois de muito tempo, depois de muitasatrocidades, o confronto entre a luz e as trevas chegara ao fim. A batalha entre os anjos do bem e os anjos do mal –os quais eram santos, mas, uma vez iludidos por Lúcifer,tornaram-se demônios – estava encerrada! Nesse instantehouve silencio no céu. E era possível ver os estragos causadospela aquela guerra cruel e traiçoeira.
  11. 11. Muitos anjos estavam machucados, feridos, comprofundos cortes em seus corpos. Todos notaram ali que: aguerra havia acabado! Mas, as marcas e os traumas ficariampara sempre em suas mentes. A paz e a harmonia voltou a quelelugar. O Eterno Criador consolou os seus santos anjos. E tudovoltou ao normal. Quanta tristeza no coração do Criador, assistindo umaguerra entre irmãos, membros de uma mesma família! Ó Deustenha misericórdia! Lúcifer enfrentou o grande exército de Deus, porémnão prevaleceu, e não houve mais lugar para ele em nenhumaparte do Reino Celeste, nem para os seus anjos. Assim, de umavez por todas, o nome de Lúcifer e dos seus seguidores foiriscado para sempre do Reino Celestial. Lúcifer e aquela terça parte dos anjos, foram lançadospara baixo, na esfera terrestre. E nunca mais ocuparão um lugarno céu, pois eles se rebelaram contra o seu Criador. A partirdaquele instante, o Reino dos Céus se alegrou pois, Lúcifer e osseus anjos, foram expulsos de lá para sempre e eternamente. OReino dos Céus esteve em festa, após aquela violenta batalhano Céu!
  12. 12. O querubim da guarda, tornou-se “satanás” - o inimigode Deus. E por esta razão o seu plano é destruir toda ahumanidade. Ele planeja matar, roubar e destruir todas ascoisas criadas por Deus. No jardim do Éden, ele usou a serpente para conversarcom Eva e assim, enganá-la, para que esta desse do frutoproibido a Adão, o seu esposo. Com isso, o primeiro homemcriado a imagem e semelhança de Deus, foi enganado e tambémiludido por ele – Lúcifer: o querubim caído! A partir deste episódio, narrado no livro de Gênesis,a humanidade torna-se amaldiçoada. Com o passar dos anos edos séculos, os homens se tornariam idólatras, violentos,assassinos, perversos, homossexuais. Muitas doenças seinfiltrariam na humanidade que, iludida por Lúcifer, passaria asofrer grandes e terríveis danos. * Lúcifer tornou-se Satanás
  13. 13. Os séculos passariam, diversas nações surgiriam edesapareceriam na história da humanidade. Até que, umasimples virgem judia, em Israel, nasceria, e seria escolhida paradar à luz O SALVADOR DA HUMANIDADE: JESUS CRISTO. Jesus Cristo nasceu para cumprir o papel que Adãodeixou de cumprir no jardim do Éden. Por esta razão ossofrimentos de Cristo foram muito dolorosos. Pois, Lúcifer, quetornara-se “satanás” cuidou em prová-lo de todas as formaspossíveis e imagináveis, para fazê-lo desistir do plano dasalvação.Mas Jesus Cristo cumpriu o seu papel perfeitamente e assim,esmagou a cabeça da serpente. Jesus Cristo morreu eressuscitou ao terceiro dia, e subiu aos Céus, conforme todasas palavras proferidas pelos profetas ao longo dos séculos.E assim, os seus escolhidos, os quais Ele comprou com o Seusangue, aguardam a Sua volta em glória junto com os Seussantos anjos. * Jesus Cristo breve voltará!
  14. 14. A BATALHA NO CÉU E houve batalha no céu; miguel e os seus anjos batalhavam contra odragão e os seus anjos; mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente chamada diabo e satanás, que engana todo mundo, ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. APOCALIPSE 12: 7
  15. 15. Gema (mineralogia)Uma gema é um mineral, rocha (como a lápis-lazúli) ou materialpetrificado que, quando lapidado ou polido, é colecionável ouutilizável para adorno pessoal em joalheria. Outros são orgânicos,como o âmbar (resina de árvore fossilizada) e o azeviche (umaforma de carvão).Algumas gemas, embora valiosas e bonitas, não sãosuficientemente duras ou são frágeis demais para serem usadas emjoias (por exemplo, rodocrosita), mas são exibidas nos museus eprocuradas por colecionadores.1 - Turquesa,2 - Hematita,3 - Crisocola,4 - Olho de tigre5 - Quartzo,6 - Turmalina,7 - Cornalina,8 - Pirita,9 - Sugilite,10 - Malaquita,11 - Quartzo rosa,12 - Obsidiana,13 - Rubi,14 - Ágata muscínea,15 - Jaspe,16 - Ametista,17 - Ágata azul,18 - Lápis-lazúli Uma seleção de seixos de gemas polidos por abrasão em tambor cilíndrico. O seixo maior tem 40 mm de comprimento.* FONTE: Wikipédia, a enciclopédia livre
  16. 16. Características e classificaçãoAs gemas são descritas e classificadas por gemólogos através dediferentes especificações técnicas. Em primeiro lugar, vem suacomposição química. Os diamantes, por exemplo, são constituídospor carbono (C), os rubis e safiras, por óxido de alumínio (Al2O3).Dependendo da simetria dos cristais, as gemas são enquadradasem um de sete sistemas cristalinos: cúbico, hexagonal, trigonal,tetragonal, ortorrômbico, monoclínico ou triclínico.Um outro termo usado é o hábito, a forma ou combinação de formasque a gema exibe. Como exemplo, os diamantes cristalizam nosistema cúbico e são encontrados frequentemente na formaoctaédrica. As gemas são classificadas em grupos, espécies ouvariedades. Por exemplo, o rubi é a variedade vermelha da espéciecoríndon enquanto que todas as outras cores desse mineralconstituem a variedade safira.A esmeralda (verde), a água-marinha (azul), a bixbyíta (vermelha), agoshenita (incolor), o heliodoro (amarelo) e a morganita (rosa) sãotodos variedades da espécie mineral berilo. Turmalina e granadasão nomes de grupos de gemas, não de uma espécie ou variedade.As gemas caracterizam-se por: índice de refracção, dispersão, pesoespecífico, dureza, clivagem, modo de fratura e brilho.Podem exibir ou não pleocroísmo e luminescência e têm umespectro de absorção característico de cada uma delas. Certosmateriais ou falhas numa gema podem estar presentes na forma deinclusões características . As gemas de um determinado localpodem apresentar características próprias que não são vistas namesma gema quando procedente de outras ocorrências. _______________________________
  17. 17. CRISTAL DE QUARTZO ROSA
  18. 18. ESMERALDA: é uma das pedras mais valiosas, juntocom o diamante e o rubi. O principal produtor mundial é aColômbia. Na história do Brasil, está ligada ao nome dobandeirante Fernão Dias Paes, conhecido como o"caçador de esmeraldas".Ironicamente, Fernão vagou por anos pelo interior doBrasil à procura de esmeraldas, mas nunca as encontrou.Ao morrer, pensou as ter encontrado, mas, após suamorte, comprovou-se que as pedras verdes supostamenteesmeraldas eram na verdade turmalinas.É a pedra que representa a medicina. É a variedade verdeou vermelha do berilo.
  19. 19. JASPEJASPE: apresenta geralmente uma aparênciavermelha, com manchas e listras, o quemotivou seu nome em grego, que significava"pedra manchada". Em inglês, se chama jasper,que é também o nome de uma canção dobrasileiro Caetano Veloso.
  20. 20. ...E tinha a glória de Deus; e a sua luz era semelhantea uma pedra preciosíssima, como a pedra de jaspe, como o cristal resplandecente... Apocalipse 21:11
  21. 21. ValorUma gema é apreciada especialmente pela sua beleza ou grandeperfeição, portanto, a aparência é quase sempre o atributo maisimportante das gemas. As características que tornam uma gemabela ou desejável são a cor, fenômenos ópticos incomuns nointerior da pedra, uma inclusão interessante tal como um fóssil,uma raridade e às vezes a própria forma do cristal natural.O diamante é uma gema altamente apreciada, pois é a substânciamais dura conhecida e além disso reflete a luz de uma maneiraprópria e apelativa quando facetado. No entanto, os diamantesestão longe de ser raros, sendo extraídos anualmente milhões dequilates. Tradicionalmente, as gemas mais comuns eramclassificadas em pedras preciosas e em pedras semipreciosas; aprimeira categoria foi determinada sobretudo por uma história deuso eclesiástico, devocional ou cerimonial e pela sua raridade.Somente cinco tipos de gemas foram consideradas preciosas:diamante, rubi, esmeralda, safira e ametista. Hoje em dia, todas asgemas são consideradas preciosas, embora quatro das cincogemas cardinais (excluindo a agora comum ametista) sejamgeralmente, mas nem sempre, as mais valiosas. ÁGATA ÁGATA: é uma pedra multicor, com várias camadas. Muitas vezes é artificialmente tingida. Seu nome deriva de Achates (hoje Dirillo), rio siciliano no qual foi encontrada pela primeira vez. Brasil e Uruguai são grandes produtores mundiais.
  22. 22. ÁGUA-MARINHAÁGUA-MARINHA: é a variedade azul do berilo.Os antigos druidas celtas usavam o berilo paraadivinhação. Consta que as primeiras bolas de cristalforam de berilo, somente posteriormente sendoutilizados os cristais de quartzo. Água-marinha após lapidação
  23. 23. Geodo de ametista Drusa de ametistaAMETISTA: é a variedade roxa do quartzo. É o símbolo do"terceiro olho" dos místicos. Segundo a lenda, foi criadaquando o deus grego do vinho, Dionísio, ficou irado com oshomens e jurou lançar tigres contra o primeiro ser humanoque cruzasse a sua frente.Na mitologia, uma mulher chamada Ametista, que se dirigia aotemplo da deusa grega Diana, surgiu e foi atacada pelos tigres.A deusa Diana teve piedade da mulher e transformou-a emcristal, para que ela não sentisse mais dor. Arrependido,Dionísio derramou vinho sobre o cristal, tornando-o violeta.
  24. 24. AMETISTA LAPIDADAAté o século XVIII, a ametista era tão valiosa quanto odiamante, mas a descoberta de abundantes jazidas noBrasil fez com que seu valor caísse bastante. Brasil,Uruguai e Madagascar são grandes produtores mundiaisde ametista.Normalmente, a ametista encontra-se na natureza sob aforma de geodos ou drusas. Geodos são pedras ocasrevestidas internamente por cristais de quartzo ouametista. Drusas são agrupamentos irregulares decristais sobre uma matriz.
  25. 25. Tratamentos dados às gemas As gemas são muitas vezes tratadas para realçar a cor e a transparência. Dependendo do tipo e extensão do tratamento, estes podem afectar valor das gemas. Alguns tratamentos são muito usados e, na prática, aceitáveis enquanto outros não o são.CalorQuando aquecidos, os topázios branco e amarelo apresentamvários tons de rosa.Radiação99% das pedras de topázio azul encontrado no mercado sãopedras tratadas através de radiação. Trata-se de umtratamento estável e totalmente aceito pelo mercado vistoque as pedras azuis de topázio apresentam na sua maioriauma grande quantidade de inclusões. Dependendo dotratamento o lote de pedras permanece entre um a três anosno laboratório que efetuou o tratamento esperando ateperder o nível de radiação e poder ser comercializado.Ceras e óleos As esmeraldas contêm fissuras naturais que por vezes sãopreenchidas com óleo de origem mineral ou resina tipo Opticon deforma a disfarçá-las. Este tipo de tratamento é bastante utilizado nocomércio de esmeraldas.Já o tratamento com óleo ou resina com pigmentação verde éconsiderado uma falsificação. De qualquer forma depois de algumtempo e algumas agressões típicas do uso constante da joia, estematerial (óleo) tende a secar e as fissuras voltam a aparecerdesvalorizando o material.
  26. 26. TURMALINA PARAÍBA TURMALINA SANDÍATURMALINA VERDE BRUTA
  27. 27. Mina de diamante a céu abertoem Kimberley, na África do Sul
  28. 28. Lúcifer – o anjo caído ...Tu eras o querubim, ungido paracobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras preciosas andavas.Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti... Ezequiel 28:14-15
  29. 29. CRISTAL DE CITRINO CITRINO LAPIDADOCITRINO: é um quartzo com impurezas férricas, as quaisgeram uma coloração amarela, laranja ou vermelha (daí onome, "citrino", uma referência às frutas cítricas, as quaisapresentam estas colorações). É uma pedra relativamentebarata e muito usada na joalheria. Os maiores produtoresmundiais são Brasil e Escócia.
  30. 30. DIAMANTEDIAMANTE: é a pedra mais dura da natureza. Umdiamante só pode ser cortado por outro diamante. Por estemotivo, é utilizado na indústria como material cortante eperfurante. A maior parte do diamante extraído da natureza,oitenta por cento, é utilizada na indústria. Apenas vinte porcento é utilizada na confecção de joias.Símbolo de riqueza, é a jóia preferida para as alianças denoivado e casamento. Simbolicamente, significa aindestrutibilidade do amor. Seu nome vem do grego adamas,que significa "inconquistável". Sem dúvida, uma referênciaà sua dureza. O diamante é a única pedra preciosa que écomposta por um único elemento, o carbono.Até o século XVII, praticamente todos os diamantesproduzidos no mundo vinham da Índia. Nos séculos XVIII eXIX, o maior produtor mundial tornou-se o Brasil, devidoprincipalmente às jazidas na região da cidade de Diamantina,no estado brasileiro de Minas Gerais. Atualmente, o maiorprodutor mundial é a África do Sul.
  31. 31. DIAMANTE KOH-I-NOORAo longo da história, muitos diamantes tornaram-semundialmente famosos, como o Koh-i-Noor, o Orloff,o Cullinan I e o Hope.Tanto o diamante quanto o grafite são compostosexclusivamente por carbono. A diferença entre os doisestá no modo como os átomos de carbono se arranjamem cada um: no grafite, cada átomo de carbono se liga atrês outros, enquanto que no diamante cada átomo seliga a quatro outros. Esta pequena diferença faz com queo grafite seja um dos minerais mais macios e baratos, e odiamante, um dos mais duros e caros.
  32. 32. Revestimentos Mais recentemente, algumas gemas são melhoradas através dautilização de um revestimento que altera a sua cor e aparência. Porexemplo, o topázio é por vezes tratado com uma camada de dióxidode titânio, que altera a cor do topázio para dourado com algumairidescência. Este revestimento não é permanente e pode serdanificado.Gemas artificiais e sintéticasGema sintética é aquela produzida em laboratório, mas que existena natureza; a gema artificial também é produzida em laboratório,mas não é conhecida na natureza. Algumas gemas sãomanufacturadas para imitar outras gemas. Por exemplo, a zircóniacúbica é um substituto artificial do diamante.As imitações copiam a aparência e a cor da pedra real mas nãopossuem as mesmas características químicas e físicas. Porém, asgemas sintéticas não são meras imitações, já que são produzidasusando gemas naturais, através de recristalização.Por exemplo, o diamante, o rubi, a safira e a esmeralda podem serproduzidos em laboratório, com características químicas e físicasidênticas às dos materiais naturais. Há muitos anos que seproduzem em grande quantidade diamantes sintéticos de pequenotamanho para serem utilizados em abrasivos industriais. Apenasrecentemente foram produzidos diamantes sintéticos de maioresdimensões com qualidade de gema, especialmente variedadescoloridas.
  33. 33. Lista de gemas Existem cerca de 130 espécies minerais que foram utilizadas como gemas, com 50 espécies mais comuns. Estes incluem:ÁgataAlexandrita e outras variedades de crisoberiloAmetistaÁgua-marinha e outras variedades de beriloCrisocolaCrisoprásioEspinélioFeldspato (pedra da lua)GranadaHematitaJade - jadeíte e nefriteJaspeLápis-lazúliMalaquitaObsidianaOlivina (Perídoto)OpalaPiritaQuartzo e suas variedades, como Olho de tigre, Citrino, Ágata e AmetistaSugiliteTanzanite e outras variedades de zoisiteTopázioTurquesaTurmalinaZircão Minerais que raramente ocorrem em formas com qualidade gemológica: Andaluzite Axinite Benitoíte Bixbyíta (berilo vermelho) Cassiterite Clino-humite Iolite Kornerupine Moissanite natural Zeólita (Thomsonite)
  34. 34. Materiais artificiais ou sintéticos utilizados como gemas:Zircônia cúbica (artificial)Coríndon sintéticaEspinélio sintéticaMoissanite sintéticaHá vários materiais orgânicos usados como gemas, incluindo:ÂmbarOssoCoralMarfimAzevicheMadrepérolaPérola
  35. 35. GRANADAGRANADA: não é uma pedra, mas um grupo de pedrasque têm a característica comum de apresentarfrequentemente cristais granulares (daí o nome "granada").Ainda que se associe a granada à cor vermelha, ela pode serde várias outras cores também.
  36. 36. JADEJADE: era considerado pedra sagrada na China antiga ena civilização maia. Seu nome vem do espanhol piedra deijada. Ijada significa "flanco" em espanhol, e era umareferência às propriedades curativas que o jade exerceriasobre os rins. É a pedra mais apreciada no oriente. JADE BRANCA
  37. 37. LÁPIS-LAZÚLILÁPIS-LAZÚLI: pedra azul-marinha que era muitoutilizada na antiguidade para decoração e como cosmético,este sob a forma de pó, após trituração da pedra. Éconsiderada a pedra oficial dos psicólogos. Os lápis-lazúlisde maior valor são extraídos da região de Badakshan, noAfeganistão.
  38. 38. ÔNIXÔNIX: variedade de quartzo com faixas brancas e pretas.É mais valioso que o mármore. É a pedra oficial da medicinaveterinária.
  39. 39. Olavo Bilac1865 – 1918 “...Invejo o ourives quando escrevo: Imito o amor Com que ele, em ouro, o alto relevo Faz de uma flor. Imito-o. E, pois, nem de Carrara A pedra firo: O alvo cristal, a pedra rara, O ÔNIX prefiro...” (Profissão de Fé) Anéis em pedra ÔNIX
  40. 40. RUBI: apresenta a mesma composição química da safira,só que é vermelho, devido à presença de cromo. O rubi éextremamente raro na natureza, sendo mais comum o rubiartificial. Um rubi artificial foi utilizado na produção do primeiroraio laser. O nome "rubi" vem do latim ruber ou rubino, quesignificam "vermelho". Depois do diamante, é a pedra mais dura.Exatamente por isto, o rubi é utilizado como encaixe dosponteiros em relógios, voltímetros e amperímetros.Tradicionalmente, é a pedra do anel dos advogados. O rubi podeser usado na produção de raios laser.
  41. 41. OPALAOPALA: é a pedra nacional da Austrália. Apresenta apropriedade de apresentar diferentes cores de acordo com oângulo pelo qual é vista, propriedade esta denominadaopalescência. A Austrália destaca-se entre os produtoresmundiais. O nome "opala" vem do sânscrito upala, quesignifica "pedra preciosa". Por ser uma pedra com certo teorde água, é aconselhável guardá-la envolta em algodão úmidoou óleo, para conservar sua integridade e beleza.
  42. 42. PÉROLAPÉROLA: é uma esfera brilhante produzida por ostrasquando um corpo estranho, normalmente um grão de areia,penetra no interior da ostra e é envolvido por uma secreçãoda ostra. As pérolas podem ser prateadas, creme, douradas,verdes, azuis ou negras. As melhores pérolas são extraídasda região do golfo Pérsico. O Japão domina a tecnologia decultivo de ostras produtoras de pérolas. O uso de pérolas éantiquíssimo, tendo sido registrado na antiga escriturahindu Rig Veda.
  43. 43. QUARTZOQUARTZO: é a pedra preciosa mais abundante,provavelmente devido à sua grande resistência a fatores físicose químicos. Compõe-se de cristais de sílica (SiO2). Pode ser devárias cores: transparente (cristal-de-rocha), branco, fumê, verde,rosa, marrom, com ou sem estrias. Pode se encontrar sob aforma de cristais geométricos ou de seixos. O maior produtormundial é o Brasil.
  44. 44. ...Tu estavas no Éden, jardim de Deus; e cobrias-te com todas as pedras preciosas... EZEQUIEL 28:13
  45. 45. RODOCROSITARODOCROSITA: é carbonato de manganês (MnCO3).É usada principalmente para produção de manganês, porémtambém é utilizada para produção de pedras preciosas, apóslapidação. É considerada a pedra nacional da Argentina, onde échamada de "pedra do inca".
  46. 46. SAFIRASAFIRA: o nome vem do hebraico sapir. Pode ser de váriascores, mas predomina a variedade azul. O maior produtor mundialé o Sri Lanka. É a pedra dos engenheiros.
  47. 47. TOPÁZIOTOPÁZIO: o nome vem do grego Topaz, que era o nome deuma ilha no mar Vermelho da qual se extraía uma pedra amarela.Ao longo da idade Média, se chamava de topázio qualquer pedrapreciosa amarela. Hoje em dia, se considera topázio somente apedra com a composição Al2 (F,OH)2 SiO4.Um dos filmes do diretor inglês Alfred Hitchcock se chama Topaz("topázio", em inglês).
  48. 48. TURQUESATURQUESA: provavelmente, o nome é uma referênciaaos turcos, que comerciavam a pedra na Europa. A turquesaera a pedra nacional da Pérsia e, até hoje, o Irã produz osmelhores exemplares. Os antigos egípcios extraíam turquesana península do Sinai para confeccionar joias. Os índiosnavajos dos Estados Unidos a consideravam uma pedrasagrada. Sua cor varia entre o verde e o azul. É uma pedrafrágil.A música Trem das cores, do brasileiro Caetano Veloso,menciona em um de seus versos um "anel de turquesa".
  49. 49. PEDRAS PRECIOSAS
  50. 50. “...Arcanjo Miguel derrotando Lúcifer...”
  51. 51. A DERROTA DE LÚCIFER E SEUS ANJOS...
  52. 52. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado,até que se achou iniqüidade em ti. Ezequiel 28:15
  53. 53. ...Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura... Ezequiel 28:17
  54. 54. ...corrompeste a tuasabedoria por causa do teu resplendor... Ezequiel 28:17
  55. 55. O AUTOR Nasceu em 1979, no alto da Moóca, na grande São Paulo. Viveu parte da sua infância em São Vicente, litoral paulista. Em 1986, os seus pais mudaram para a cidade de Suzano, no interior de São Paulo, onde residem atualmente. Sempre foi apaixonado pelas artes plásticas, música e literatura. Em 2001 recebeu o chamado de Jesus Cristo, para ser um pregador do evangelho. Em 2006 fez teologia pelo Seminário Nacional ITEJ– Brasília– DF. Como um simples poeta cristão, usando o pseudônimo: “JUNIOR OMNI” - os seus poemas e poesias – bem como o seu polêmico testemunho - “ROCK N ROLL – A MÚSICA DO INFERNO” – encontram-se espalhados pela internet.WEBSITE:http://WWW.A-VISAO-DO-INFERNO.BLOGSPOT.COMhttp://www.bookess.com/profile/junioromni32/books/ JESUS AMA VOCÊ!

×