Os salmos de Lamentação e Imprecatórios (I)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Os salmos de Lamentação e Imprecatórios (I)

on

  • 6,252 views

Estudo No. 12 – Os livros poéticos (I) – Os Salmos

Estudo No. 12 – Os livros poéticos (I) – Os Salmos

Statistics

Views

Total Views
6,252
Views on SlideShare
4,053
Embed Views
2,199

Actions

Likes
1
Downloads
61
Comments
0

3 Embeds 2,199

http://www.juerp.org.br 2131
http://juerp.org.br 58
http://dev.dablioti.com.br 10

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Os salmos de Lamentação e Imprecatórios (I) Presentation Transcript

  • 1. O livro dos Salmos Estudo 12 Os salmos de lamentação - Imprecatórios (I) Salmos São muitos (77), pelo que estaremos dividindo em dois grupos nestas duas últimas lições.
  • 2. Introdução Nestas duas últimas lições do trimestre estaremos meditando em salmos que muito nos constrangerão. Realmente, o conteúdo que estaremos lendo é uma faceta da mensagem bíblica que no contexto do cristão, não compreendemos muito.
  • 3. Sim, porque 2 mil anos depois da revelação escrita de Deus ter se fechado, a mensagem que mais nos marca é a do Novo Testamento, com Cristo, recomendando exatamente o contrário daquilo que iremos ler em muitos dos salmos: “ Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem” (Mt 5.44)
  • 4. Ou a mensagem de Paulo recomendando aos crentes não viverem se lamentando ou se autocondoendo: “ Vigiai, estai firmes na fé, portai-vos varonilmente, sede fortes” (1Co 16.13) “ Regozijai-vos sempre. Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (1Ts 5.16,18)
  • 5. A dificuldade em compreender-se tais textos é que devemos ter uma visão bem contextualizada da história do povo de Deus, e da progressiva revelação divina que se escrevia, para o melhor entendimento de tais citações de lamúrias e de maldições imprecadas contra terceiros.
  • 6. Principalmente lembremos que a formação dos valores culturais, morais e espirituais de Israel estava ainda em seu início. O povo de Deus precisava ser vacinado contra o pecado que grassava ao seu redor, nos povos e nações pagãos que habitavam na região de Israel.
  • 7. Na didática divina, o seu povo tinha que afastar-se do pecado, pois este trazia conseqüências funestas, o que o levava à lamentação (dor e sofrimento) e à imprecação (a maldição contra o ímpio). Observem que esta situação teve que ser absorvida por Israel, durante os 400 anos do tempo interbíblico, para que o povo estivesse então em condições de receber a mensagem do Evangelho.
  • 8. É dentro deste contexto que vamos entender alguns dos 33 salmos que estaremos perpassando em leituras alternadas de forma a ter-se uma visão geral do ensinamento que deveremos retirar dessas lições finais. São eles os salmos: 3,4,5,6,7,9,10,12,13,14,17,22,25,26,28,31, 35,36,38,39,41,42,43,44,49,51,52,53,54,55,56,57,58. Daremos destaque a dois deles:
  • 9. Salmo 3 Versículos: 1; 4; 7 Salmo 4 Versículos: 1; 6; 8 Salmo 5 Versículos: 1; 6; 10 Salmo 6 Versículos: 2; 6; 10
  • 10. Salmo 7 Versículos: 1; 6; 16 Salmo 9 Versículo: 3; 15; 17 Salmo 10 Versículos: 1; 2; 15 Salmo 12 Versículos: 3; 7; 8
  • 11. Salmo 13 Versículos: 1; 3; 4 Salmo 14 Versículos: 1; 3; 4 Salmo 17 Versículos: 6; 8,9; 13 Salmo 22 Versículos: 1; 15; 20
  • 12. Salmo 25 Versículos: 16; 17,18; 19 Salmo 26 Versículos: 1; 9; 10 Salmo 28 Versículos: 3; 4; 5 Salmo 31 Versículos: 9; 10; 17
  • 13. Salmo 35 Versículos: 4; 6; 8 Salmo 36 Versículos: 3; 11; 12 Salmo 38 Versículos: 6; 8; 19 Salmo 39 Versículos: 4; 10; 12
  • 14. Salmo 41 Versículos: 4; 5; 9 Salmo 42 Versículos: 3; 6; 9 Salmo 43 Versículos: 1; 2; 5 Salmo 44 Versículos: 4; 22; 24
  • 15. Salmo 49 Versículos: 16; 17,18; 19 Salmo 51 Versículos: 1; 5,9; 11 Salmo 52 Versículos: 2,3; 5; 7 Salmo 53 Versículos: 2; 5; 6
  • 16. Salmo 54 Versículos: 2; 3; 7 Salmo 55 Versículos: 2,3; 4,5; 15 Salmo 56 Versículos: 1; 5,6; 7 Salmo 57 Versículos: 1;4; 6
  • 17. Salmo 58 Versículos: 2; 3; 6,7; 10 Conclusão Como se pôde verificar muitos versículos são bem semelhantes. Ou seja, a mensagem é a mesma em praticamente todos os salmos: A lamentação do justo pelos seus erros ou pela ação do ímpio e a conseqüência danosa para a vida daquele que peca.
  • 18. Poderemos verificar nesta série que continuamos na semana próxima que as mensagens de diversos motivos encontram-se em todos os salmos. Nestes, porém, há um destaque maior para a lamentação e a imprecação. Como meditação final fique a lembrança que foi através de mensagens como estas que o povo de Deus aprendeu a evitar o pecado e a odiar o pecador, o que nos tempos de Cristo seria radicalmente mudado neste segundo aspecto.