• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Estudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
 

Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl

on

  • 14,477 views

 

Statistics

Views

Total Views
14,477
Views on SlideShare
5,560
Embed Views
8,917

Actions

Likes
1
Downloads
59
Comments
2

3 Embeds 8,917

http://www.juerp.org.br 8548
http://juerp.org.br 368
http://www.google.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Efésios

    Comentário:
    A epístola aos Efésios apresenta, de modo geral, doutrina na primeira metade e exortação na segunda; contudo, esta divisão não é absoluta. O discurso doutrinal é ocasionado pela situação prática, e as exortações se acham adornadas com formosas verdades.
    O louvor inicial é de regozijo pelo plano de Deus para os crentes, mediante a redenção efetuada por Jesus Cristo e pela obra do Espírito Santo. Fazendo uma pausa para pronunciar duas orações (1:15-23 e 3:14-19), o apóstolo Paulo explica com minúcias as inferências e significados da redenção no que se refere a estar livre do pecado, à nova vida de vitória, e ao mistério da unidade de todos os crentes e sua união com Cristo.
    Na segunda metade apresentam-se inferências de caráter ético segundo a unidade cristã, o novo andar, o amor, a humildade, as relações humanas construtivas, e a luta vitoriosa contra o mal, mediante a completa dependência das realidades espirituais.

    Autor:
    Sem dúvida alguma, o apóstolo Paulo é o autor desta epístola. Nenhum dos antigos intérpretes da Bíblia parece discordar desta opinião. Conquanto a epístola tenha sido escrita também com a intenção de que circulasse entre outras igrejas da Ásia, não resta dúvida de que o autor tinha em mente, ao escrevê-la, a igreja que ele fundara na grande metrópole de Éfeso. As provas indicam que tanto o manuscrito como a doutrina nos ministram que a epístola esteve relacionada com a igreja de Éfeso desde época antiqüíssima. Parece que o apóstolo escreveu essa carta quando estava encarcerado em Roma, quase ao mesmo tempo em que escreveu as epístolas a Filemon e aos Colossenses, e que foi enviada por meio do mesmo amigo. Tíquico, que o estivera visitando (ano 62 ou 63 d.C.).
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Gálatas

    Chave: A justificação é pela fé

    SÍNTESE e AUTOR

    O apóstolo Paulo escreveu esta carta aos gálatas convertidos em alguma época situada entre os anos 48 a 53 de nossa era. Mestres judaico-cristãos haviam procurado predispor contra o apóstolo os gálatas convertidos., dizendo-lhes que, como gentios, deviam ser circuncidados (5:2-6; 6:12-15) e praticar o ritual da lei (4:10) para que fossem salvos. Mediante uma carta, Paulo reivindica sua autoridade como expositor do evangelho, e condena a posição judaizante como legalismo anticristão.
    Paulo sustenta que os crentes, tanto judeus como gentios, desfrutam de completa salvação em Cristo. São justificados (3:6-9), adotados (4:4-7), renovados (4:6; 6:15), e feitos herdeiros de Deus segundo a promessa do pacto com Abraão (3:15-18). Desse modo, a fé no Cristo do Calvário liberta-nos para sempre da necessidade de buscar a salvação pelas obras da lei. De qualquer maneira, esta busca é impossível, uma vez que a lei não salva, nem era esse seu propósito (3:19-24). Os crentes não devem, portanto, voltar ao princípio de guardar a lei como base para a salvação, pois do contrário voltam à escravidão (5:1) privando-se da graça de Cristo (5:2-4). Devem, antes, apegar-se à liberdade que Cristo lhes deu, e servir a Deus e ao próximo no poder do Espírito, como homens livres (5:13-18), realizando com alegria a vontade de seu Salvador (6:2).
    O argumento de Paulo demonstra que todas as versões legalistas do evangelho são corrupções deste, e que o gozo da liberdade cristã depende de ver que a salvação é somente pela graça, unicamente mediante Jesus Cristo, recebida exclusivamente pela fé.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Estudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl Presentation Transcript

    • As cartas de Paulo III Gálatas, Efésios, Filipenses e ColossensesDiretrizes paraas igrejas primitivasque valem para asigrejas cristãs de hoje
    • As cartas de Paulo III Gálatas, Efésios, Filipenses e Colossenses Estudo 12“Damos sempre dar graças a Deus” Texto bíblico – Colossenses 1 e 2 Texto áureo – Colossenses 1.3-5 “Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós, desde que ouvimos falar da vossa Fé, em Cristo Jesus, e do Amor que tendes a todos os santos, por causa da Esperança que vos está reservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do Evangelho.”
    • A cidade de Colossos era umadas mais importantes da região da Frígia, uma província daÁsia Menor nos tempos do NovoTestamento, a Turquia de hoje. Ficava a 120 quilômetros de Éfeso e próxima aos caminhos que levavam a outras cidades citadas como “as igrejas da Ásia”, no Apocalipse de João: Sardes, Pérgamo e principalmente Laodicéia, queficava mais perto dela, no vale do rio Lico. Foi muito importante nos períodos que antecederam o Império Romano, decaindo um pouco depois disto.
    • Segundo podemos depreender do texto bíblico Paulo não foi o fundador desta igreja, nem mesmo deveria conhecer muitos de seus membros, composta queera ela de maioria provavelmente gentia. Os comentaristas acreditam que o Evangelho chegou ali quando Paulo se encontrava pregando em Éfeso, por intermédio de Epafras, que seria um dos líderes daquela igreja. Como essa carta é uma daquelas conhecidas como “daprisão”, os estudiosos apontam oaprisionamento de Paulo em Romacomo o local de onde teria sido a carta escrita.
    • Não há indicações seguras paraque os comentaristas apontem a razão de ser do nome daquela cidade. Colossos, do grego “kolossai”, quer dizer isto que exatamente depreendemos (colosso, algo grande e magnífico). Para os historiadores a única razão plausível para o nome, pois a cidade não seria tão grande para justificar tal título, seria a sua posição num vale bem extenso, o vale do rio Lico, de onde no horizonte, se deveria avistar uma grande cadeiamontanhosa (os montes Taurus, talvez).
    • O grande propósito da carta de Paulo aos crentes em Colossos é contribuir para o crescimento espiritual deles. Por isso emalgum lugar identificamos o título deste estudo, como “a vivência cristã”. Paulo está chamando os crentes em Colossos a uma vidade comunhão fraterna entre eles, e especialmente, de comunhão com o Senhor de tal forma, que esta carta, juntamente com a que foi escrita aos Efésios, é tida por muitos comentaristascomo a mais avançada teologia do apóstolo, com centralidade na pessoa de Cristo.
    • Vamos abrir então as nossas Bíblias nesta preciosacarta de Paulo. Vamos ler ali, aquilo que escrito a dois mil anos atrás tem muito a ver com todos nós e com todas as igrejas de Cristo, em pleno século XXI. Colossenses 1 e 2 é a nossa jornada de hoje!
    • Colossenses 1.1-8 O perfil da igreja de Cristo, ontem e hoje "Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,orando sempre por vós, desde que ouvimos falar da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes a todos os santos." Eis aí, o perfil de uma igreja de Cristo para os nossos dias. Colossos, cerca de dois mil anos atrás nos ensina de maneira expressiva que uma igreja cristã deve viverpela fé em Cristo Jesus, pelo amor que compartilha entre os seus membros (v.3), e "pela esperança que lhe está reservada nos céus" (v.4). Será que nós hoje, igrejas deCristo, no Brasil e no mundo, estamos vivendo motivados e conduzidos pela fé?... pelo amor?... pela esperança?...
    • Colossenses 1.9-16 Um desafio para aigreja de Cristo, ontem e hoje Neste trecho, Paulo traz um desafio à igreja que eleelogiava, mas que desejava ver cada vez mais engajada na luta do ministério cristão, afirmando que todas essas exigências que apresentava eram pura e simplesmente um pequeno reflexo em face do mérito maior do Senhor Jesus, Salvador dela."porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele." Cl 1.16
    • Colossenses 1.17-23 Uma valiosa palavra Este texto é de profundo saber teológico. Alguns aspectos bem intrínsecos aos melhor conhecimento da doutrina de Cristo como Senhor e Salvador do mundo estão aí descritos, a começar porsua perfeita identidade divina e presença junto ao Criador no atoda criação: "Ele é antes de todas as cois.as, e nele subsistem todas as coisas.“ Cl 1.17 No entanto, o apóstolo aborda ainda outrosaspectos bem complexos sobre a pessoa de Cristo: "ele é o cabeça da igreja... ele é o princípio e o primogênito da ressurreição... ele tem a proeminência em tudo... o Pai fez com que nele habitasse toda a plenitude... pelo sangue na cruz trouxe a paz ao ser humano... reconciliando-nos com Deus". Basicamente, toda a doutrina da teologia de Jesus Cristo está aí descrita por Paulo que finaliza, inclusive, lembrando que para pregar esta verdade, "ele foi constituído ministro", pelo Pai.
    • Colossenses 1.24-29 Um chamado e um privilégio Deste texto podemos destacar:-Primeiro, com alegria embora em meio ao sofrimento ele se considera como continuador da obra de Cristo para a constituição de sua igreja: "Agora me regozijo no meio dos meus sofrimentos por vós, e cumpro na minha carne o que resta das aflições de Cristo, por amor do seu corpo, que é a igreja“ . -Segundo, agradece a bênção que recebeu por ter sido eleito ministro do Evangelho para a sublime revelação aos homens, da salvação em Cristo: "... da qual (igreja) eu fui constituído ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, a fim de cumprir a Palavra de Deus, o mistério que esteve oculto dos séculos, e das gerações; mas agora foi manifesto aos seus santos" (v. 24,25,26).
    • Colossenses 2.1-7 Uma chamada ao crescimento O texto aos colossenses é rico de expressões significativas a respeito da pessoa de Cristo. No texto acima, uma delas se sobressai de forma bem eloqüente por sua profundidade e significado (v.6,7): "Portanto, assim como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, assim também nele andai, arraigados e edificados nele, e confirmados na fé,assim como fostes ensinados, abundando em ação de graças."Ou seja, a vida cristã há que ser vivida em prol do melhor amanhã. Não podemos nos acomodar àquilo que somos ouque já alcançamos. A fé em Cristo deve nos levar semprea objetivos maiores amanhã do que hoje. É ele, o Senhor Jesus que, agindo em nós vai fazer-nos trilhar os caminhos deste crescimento.
    • Colossenses 2.8-15 A necessária firmeza doutrinária Na sequência do texto ele prossegue chamando atenção para os cuidados que devemos ter em não nos deixar levar por pregações ou influências que podem nos desviar do melhor rumo espiritual: "Tende cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofia e vãs sutilezas, segundo as tradições dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e nãosegundo Cristo". Cl 2.8 Porém, esta sua palavra não é apenasnegativa e restritiva. Ou seja, não se deixem levar por tais impressões apenas por serem indevidas ou inadequadas ao crente verdadeiro, mas sim, porque vocês têm algo muito melhor, muito superior a tudo isto que o mundo e seus gurus podem oferecer.
    • Colossenses 2.16-23 Uma palavra de alerta Chamando atenção para que evitassem a discussão entre eles de questões de somenos importância dedicando-se isto sim, a uma vida de pureza diante do Senhor: "Ninguém, pois, vos julgue pelo comer, ou pelo beber... Da mesma forma, recriminando-os pois à guisa de humildade e santidade, ficassem a criticar ou julgar ocomportamento uns dos outros: "Ninguém atue como árbitrocontra vós... inchado vãmente pelo seu entendimento carnal... enão retendo a Cabeça (Cristo)"... E, para finalizar fazendo um desafio aos crentes: "Se morrestes com Cristo quanto aosrudimentos do mundo, porque vos sujeitais ainda a ordenanças, como se vivêsseis no mundo?...
    • Conclusão1) Você percebe em sua igreja astrês características de uma igrejacristã primitiva conforme Paulo? E em sua vida?2) Destas três qualidades qual você considera como a mais essencial?3) Qual o ato de fé mais marcantepraticado por você recentemente? 4) E de amor? 5) E de esperança?