Your SlideShare is downloading. ×
Buscai ao Senhor, e vivei
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Buscai ao Senhor, e vivei

2,911
views

Published on

Estudo 07 - Os profetas menores - Amós 4 a 6 - EBD - JUERP

Estudo 07 - Os profetas menores - Amós 4 a 6 - EBD - JUERP

Published in: Spiritual, Travel

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,911
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
37
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Os profetas menores (I) (Oséias, Joel, Amós, Obadias e Jonas) Estudo 07 – “Buscai ao Senhor, e vivei” Amós denuncia a injustiça e chama à conversão Amós, capítulos 4 a 6
  • 2. Depois de termos caminhado pelas profecias negativas de Amós, com a expressão de juízos divinos contra diversos povos que sempre hostilizaram Israel (Capítulos 1 a 3), vamos ver no domingo de hoje o profeta voltar-se quase que exclusivamente contra o seu próprio povo. Esse texto de hoje, é um dos mais expositivos do profeta contra Israel e Judá, juntamente.
  • 3. No domingo de hoje, os professores terão a oportunidade de vislumbrar de maneira muito clara a suprema atualidade do texto de Amós quando olhamos para o mundo ao nosso redor. (A opulência dos ricos contra a miséria dos pobres; os cataclismas climáticos ocorrendo; A falsa segurança em que vivemos – O apagão)
  • 4. Esta era, mais ou menos, a situação do povo de Deus. Enquanto os ricos viviam nababescamente, os pobres eram desprezados. A exploração da natureza já se dava naquela época, sendo esta a razão, por certo, das pragas que ocorriam. Os textos da Bíblia que deverá estar aberta para acompanhamento da leitura, vão nos mostrar claramente isto.
  • 5. Amós 4.1-5 – O consumismo dos ricos “ Ouvi esta palavra, vós, vacas de Basã... Que oprimis os pobres... Que esmagais os necessitados... Que transgredis em Betel e em Gilgal... Pois disso gostais, ó filhos de Israel...” Sim, o mundo se consome com tais práticas.
  • 6. Amós 4.6-10 – Os avisos de Deus “ Por isso, vos dei limpeza de dentes... Falta de pão... Retive a chuva... Crestamento e ferrugem... A praga... A peste... A guerra com a perda de vidas...” Assim Deus chamou o seu povo à razão. Mas, pelo visto, isto de nada adiantou, pois:
  • 7. Amós 4.11,12 – A chamada à razão: “ contudo, não vos convertestes a mim, diz o Senhor. Portanto, assim te farei, ó Israel, e porque isso te farei, prepara-te, ó Israel, para te encontrares como o teu Deus..” E diante de tanta insensibilidade a declaração de sua soberania e domínio:
  • 8. Amós 4.13 – Um texto áureo: “ Porque é ele que forma os montes e cria o vento, e declara ao homem qual seja o seu pensamento, o que faz da manhã trevas, e anda sobre os lugares altos da terra; o Senhor, o Deus dos exércitos é o seu nome” Sim, é isto que o homem até hoje se esquece.
  • 9. Amós 5.1-7 – O chamado ao seu povo: “ Pois, assim diz o Senhor à casa de Israel: Buscai-me e vivei... Não busqueis a Betel... Nem a Gilgal... Buscai ao Senhor, e vivei... Para que ele não irrompa na casa de José como fogo e a consuma.” Sim, é isto que está por acontecer ao homem.
  • 10. Amós 5.8 – Mesmo diante do seu poder: “ Procurai aquele que fez as plêiades e o Oriom, e torna a sombra da noite em manhã, e transforma o dia em noite; o que chama as águas do mar, e as derrama sobre a terra; o Senhor é o seu nome.” Sim, ainda assim o homem continua distante.
  • 11. Amós 5.11 – Enquanto à volta dele... “ Portanto, visto que pisais o pobre, e dele exigis tributo de trigo, embora tenhais edificado casas de pedras lavradas, não habitareis nelas; e, embora tenhais plantado vinhas desejáveis, não bebereis do seu vinho.” Por isso, o Senhor volta a chamar:
  • 12. Amós 5.14-17 – O Senhor torna a apelar: “ Buscai o bem e não o mal, para que vivais... Aborrecei o mal e amai o bem... Estabelecei juízo à porta... Talvez o Senhor, o Deus dos exércitos, tenha piedade do resto de José... Porque passarei pelo meio de ti, diz o Senhor.” O que quer dizer exatamente isto?
  • 13. Amós 5.18-23 – O aviso se torna dramático: “ Ai de vós... Não será, pois, o dia do Senhor trevas e não luz?... Aborreço, desprezo as vossas festas, e não me deleito nas vossas assembléias solenes... Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos, porque não ouvirei a melodia das tuas liras.”
  • 14. Amós 5.24 – O seu plano era outro. O seu desejo para o seu povo era diferente: “ Corra, porém, a justiça como as águas, e a retidão como o ribeiro perene.” Mas, porque isto não aconteceu, o fim sobrevirá
  • 15. Amós 6.1-14 – A corrupção de Israel não poderia trazer outro fim que não este: “ Ai dos que vivem sossegados em Sião... Ai dos que dormem em cama de marfim... Que bebem vinho em taças... Pois eis que o Senhor ordena, e a casa grande será despedaçada, e a casa pequena reduzida a fragmentos... Não nos temos nós tornado poderosos por nossa própria força?”
  • 16. Conclusão: Perguntas que incomodam! 1. Que diferença existe entre o quadro social retratado por Amós e o nosso hoje? 2. Estamos indo ao encontro do necessitado? 3. Onde estamos cultuando? 4. Em Betel, Gilgal, ou em verdade? 5. Que dizer dos ídolos de hoje?
  • 17. Conclusão: Mais algumas: 6. Que falar do culto à Madonna?... 7. Que falar da nova série “Crepúsculo”? 8. Que falar da opulência do Qatar? 9. Que falar do novo filme: O fim do mundo? 10. Você está se preparando para o dia 21.Novembro de 2012?
  • 18. Só mesmo voltando ao texto de Amós e repetindo para cada um de nós: “ Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.”