Avaliação de Impacto da Formação

11,814
-1

Published on

Impacto da Formação

Published in: Technology, Business
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
11,814
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
347
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Avaliação de Impacto da Formação

  1. 1. Módulo: O Processo de Avaliação da Formação PARTE 3 Avaliação de Resultados
  2. 2. Fases do Processo de Avaliação Linha temporal de Execução da Intervenção da Formação (Desenvolvimento) Avaliação “ EX-ANTE” (Pré-Avaliação) Situação Pós-Formação Avaliação “ ON-GOING” (Avaliação do Processo) Avaliação “ EX-POST” (Impacto) Incide sobre: Contexto, Características e Objectivos da intervenção formativa. Centra-se no momento de execução da formação . (Integra elementos da avaliação “ex-ante” e desenvolve-se em função dos aspectos a considerar numa avaliação “ex-post”.) Efectuada algum tempo após a realização da formação para apuramento de impactes.
  3. 3. AVALIAÇÃO “EX-POST” <ul><li>Conceito: </li></ul><ul><li>“ Efectuada após a conclusão da formação, produz informação sobre os seus resultados e efeitos gerados pela intervenção formativa ao nível dos seus benefícios (directos e indirectos).” </li></ul><ul><li>Fontes: Rodrigues (1993); Capucha (1996) </li></ul>
  4. 4. AVALIAÇÃO “EX-POST” <ul><li>Conceitos Associados: </li></ul>Avaliação Externa Auditoria da Formação Avaliação de Impactes Avaliação da Utilidade Disseminação de Resultados Garantia de Qualidade
  5. 5. AVALIAÇÃO DE IMPACTES <ul><li>Conceito: </li></ul><ul><li>“ Visa aferir as mudanças ocorridas ao nível do desempenho dos indíviduos, das organizações e eventualemente do contexto socioeconómico no qual estes se inserem, decorrentes da implementação de determinado programa/projecto formativo.” </li></ul><ul><li>Fontes: Kirpatrick (1998). </li></ul>
  6. 6. AVALIAÇÃO DE IMPACTES <ul><li>Podemos falar de impactes: </li></ul>Directos Indirectos Primários Secundários Primários Secundários Positivos Negativos Curto Prazo Médio Prazo Longo Prazo
  7. 7. AVALIAÇÃO DE IMPACTES <ul><li>Factores Críticos: </li></ul><ul><li>A clara identificação da situação de partida (enfoque na realização de diagnósticos de necessidades de formação nos quais é efectuada uma identificação rigorosa dos objectivos finais a alcançar quer pelos indivíduos aquando do seu regresso ao respectivo contexto de desempenho, quer pela organização no seu todo). </li></ul><ul><li>A definição consensual , quer de objectivos de aprendizagem a alcançar, quer de indicadores e/ou níveis de desempenho a alcançar. </li></ul>
  8. 8. AVALIAÇÃO DE IMPACTES <ul><li>Factores Críticos (Cont.): </li></ul><ul><li>A integração e apropriação de resultados de avaliações anteriormente efectuadas . </li></ul><ul><li>A reflexão acerca do momento oportuno para a aferição de impactes decorrentes da implementação de intervenções de natureza formativa. </li></ul><ul><li>A reflexão acerca da cadeia de impactes esperados. </li></ul><ul><li>O envolvimento dos stakeholders chave. </li></ul><ul><li>Identificação, a montante da realização da formação, das condições necessárias ao processo de transferência de saberes para os contextos de aplicação da formação. </li></ul><ul><li>A reflexão acerca de eventuais influências de factores externos . </li></ul><ul><li>A institucionalização de sistemas de gestão da informação . </li></ul><ul><li>Realização de análises custo-benefício. </li></ul>
  9. 9. ANÁLISE CUSTO - BENEFICÍO <ul><li>Conceitos: </li></ul><ul><li>Análise Custo-Benefício(RCB): </li></ul><ul><li>“ Quantifica e compara o valor monetário gerado pelos benefícios da formação com os seus custos.” </li></ul><ul><li>Avaliação do Retorno do Investimento (ROI): </li></ul><ul><li>“ Quantifica e compara o valor monetário gerado pelo impacte da formação, com os seus custos (expresso em percentagem)” </li></ul>
  10. 10. ANÁLISE CUSTO-BENEFÍCIO (RCB) <ul><li>Fórmula RCB: </li></ul><ul><li>RCB = </li></ul>Benefícios da Formação Custos da Formação
  11. 11. AVALIAÇÃO DO RETORNO DO INVESTIMENTO (ROI) <ul><li>Fórmula ROI: </li></ul><ul><li>ROI(%) = </li></ul>Benefícios Líquidos da Formação Custos da Formação X 100
  12. 12. AUDITORIA DA FORMAÇÃO <ul><li>Conceito: </li></ul><ul><li>“ Exame sistemático dos imputs, outputs e impactes de um sistema formativo, com base num referencial de critérios explícitos, permitindo identificar eventuais problemas e respectivas soluções”. </li></ul><ul><li>Fontes: IPQ </li></ul>
  13. 13. AUDITORIA DA FORMAÇÃO <ul><li>Condições pré-existentes: </li></ul><ul><li>A construção de um referencial ajustado ao contexto em que vai ser aplicado. </li></ul><ul><li>O envolvimento da gestão de topo ao longo de todo o processo. </li></ul><ul><li>A promoção de uma cultura de melhoria contínua. </li></ul><ul><li>A mobilização de todos os implicados no processo para a sua manuntenção. </li></ul><ul><li>O desenvolvimento de um sistema de comunicação eficaz. </li></ul><ul><li>A preparação dos responsáveis pela sua aplicação. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×