Your SlideShare is downloading. ×
0
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Funções de linguagem
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Funções de linguagem

12,190

Published on

Funções: emotiva, referencial, apelativa, metalinguística, poética. (adap.Internet)

Funções: emotiva, referencial, apelativa, metalinguística, poética. (adap.Internet)

Published in: Education, Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
12,190
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
12
Actions
Shares
0
Downloads
252
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Elementos da Comunicaçãoe Funções da Linguagem Prof. Ivan Santos
  • 2. OBJETIVO
    Compreender e usar as diferentes formas de linguagem como recurso de organização textual, tendo em vista os objetivos que se quer alcançar e o público que se quer atingir.
  • 3. Ao terminar esse estudo,
    você deverá ser capaz de:
    Analisar a função da linguagem predominante nos textos em situações específicas de comunicação.
  • 4. ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO
  • 5. REFERENTE (Assunto)↑EMISSOR ↔ MENSAGEM↔ RECEPTOR(Envia a mensagem)(Recebe a mensagem) ↓ CÓDIGO(Conjunto de signos, linguagem utilizada) ↓ CANAL ↓ (Meio pelo qual a mensagem é transmitida: fala, revista, livro etc)
  • 6. FUNÇÕES DA LINGUAGEM
  • 7. Funções de Linguagem
    Emotiva
    Referencial
    Conativa ou apelativa
    Metalinguística
    Fática
  • 8. ÊNFASE NO EMISSOR
    FUNÇÃO EMOTIVA
  • 9. CARACTERÍSTICASDA FUNÇÃO EMOTIVA
    SUBJETIVIDADE – Predomínio da primeira pessoa (eu)
    VISÃO INTIMISTA
    UNILATERALIDADE
    PREOCUPAÇÃO COM O “EU”
    OPINIÕES E RELATOS PESSOAIS
  • 10.
  • 11.
  • 12. Não sei quem sou, que alma tenho.Quando falo com sinceridade não sei com que sinceridade falo.Sou variamente outro do que um eu que não sei se existe (se é esses outros)...Sinto crenças que não tenho.Enlevam-me ânsias que repudio.A minha perpétua atenção sobre mim perpetuamente me pontatraições de alma a um caráter que talvez eu não tenha,nem ela julga que eu tenho.Sinto-me múltiplo.Fernando Pessoa
  • 13. ÊNFASE NO REFERENTEASSUNTO
    FUNÇÃO REFERENCIAL
  • 14. CARACTERÍSTICAS DA FUNÇÃO REFERENCIAL
    OBJETIVIDADE
    ÊNFASE NA INFORMAÇÃO
    CONHECIMENTO E ESCLARECIMENTO
    LINGUAGEM DENOTATIVA
    VISÃO UNIVERSAL
    PREFERÊNCIA PELA 3ª PESSOA
    TESES, TEXTOS JORNALÍSTICOS, CIENTÍFICOS, MANUAIS
  • 15.
  • 16. 20/08/2009 - 14h00
    Mulher diz que foi atacada por David Copperfieldda AssociatedPress, em Seattle
    Uma mulher entrou com um processo contra o mágico David Copperfield alegando que foi ameaçada e atacada sexualmente por ele enquanto passava alguns dias como hóspede da ilha particular de Copperfield nas Bahamas.
    Os advogados do mágico, AngeloCalfo e ParryEakes, negam as acusações e afirmam que o processo é uma "extorsão de dinheiro planejada e simples".
    O jornal "Seattle Times" afirma que a mulher é uma modelo de 22 anos e antiga candidata ao Miss Washington.
    Ela diz que conheceu Copperfield quando ele se apresentou na cidade de Kennewick, em 2007, e naquele ano foi convidada para visitar sua ilha particular.
    O jornal também afirma que o processo foi registrado em 29 de julho de 2007 em um tribunal de Seattle contra David SethKotkin, nome de batismo de Copperfield.
  • 17. ÊNFASE NO RECEPTOR
    FUNÇÃO CONATIVA
    OU APELATIVA
  • 18. OBJETIVO DO TEXTO COM PREDOMINÂNCIA NA FUNÇÃO CONATIVA OU APELATIVA
    MUDAR HÁBITOS
    INFLUENCIAR
    CONVENCER / PERSUADIR
    ORDENAR
    CONVIDAR
    APELAR
    SUGESTIONAR
    Linguagem da Propaganda
  • 19. CARACTERÍSTICAS DA FUNÇÃO APELATIVA OUCONATIVA
    Verbos no imperativo
    Orações que expressam desejos
    Referência direta ao receptor
  • 20.
  • 21.
  • 22. DESEJO
    Carlos D. de Andrade
    Desejo a você,fruto do mato,cheiro de jardim,namoro no portão,domingo sem chuva,segunda sem mau humor,sábado com seu amor,filme do Carlitos,chope com amigos,crônica de Rubem Braga,
    viver sem inimigos,filme antigo na TV,ter uma pessoa especial,e que ela goste de você,música de Tom com letra de Chico,frango caipira em pensão do interior,ouvir uma palavra amável,ter uma surpresa agradável,ver a banda passar,noite de lua cheia.
  • 23. ÊNFASE NO CÓDIGO
    FUNÇÃO METALINGUÍSTICA
  • 24. CARACTERÍSTICAS DA FUNÇÃO METALINGUÍSTICA
    Código abordando o próprio código
    Poema que fala de poema
    Música que fala de música
    Teatro que fala de teatro
  • 25. Escher (1898-1972 )
  • 26. Gastei uma hora pensando em um versoque a pena não quer escrever.No entanto ele está cá dentroinquieto, vivo. Ele está cá dentroe não quer sair.Mas a poesia deste momentoinunda minha vida inteira. Drummond
  • 27. ÊNFASE NO CANAL
    FUNÇÃO FÁTICA
  • 28. FUNÇÃO FÁTICA
    Testar o canal de comunicação
    Avaliar o nível de entendimento
  • 29.
    • E aí, cara, tudo bem?- Tudo, e lá?- Indo, tipo assim, né?- Pô, e a meninada?- É, sei lá, vai...
  • ÊNFASE NA MENSAGEM
    LINGUAGEM POÉTICA
  • 34. CARACTERÍSITCAS DA FUNÇÃO POÉTICA
    Preocupação estética
    Linguagem repleta de figuras
    Combinações sonoras, visuais
    Provoca impacto quer seja visual, emotivo ou mesmo sonoro
    Jogo de palavras
    Pode agir conjuntamente em quase todas as outras funções
  • 35.
  • 36.
  • 37. Marcelo Moura
  • 38. Augusto de Campos
  • 39. Você consegue relacionar as funções da linguagem aos elementos da comunicação?
    REFERENTE________________↑EMISSOR↔MENSAGEM↔RECEPTOR____________ _____________ _____________↓CÓDIGO_____________↓CANAL______________
  • 40. Você consegue relacionar as funções da linguagem aos elementos da comunicação?
    REFERENTE________________↑EMISSOR↔MENSAGEM↔RECEPTOR___________ _____________ __________↓CÓDIGO_____________↓CANAL______________
    Referencial
    Poética
    Emotiva
    Conativa ou apelativa
    Metalinguística
    Fática
  • 41. Teste os seus conhecimentos
  • 42. IDENTIFIQUE OS ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO
    • Emissor ou remetente:
    Publicação.
    • Receptor ou destinatário:
    Os leitores.
    • Mensagem principal:
    Veja o que muda na prova e prepare-se melhor.
    • Código: A língua portuguesa.
    • 48. Canal: mídia impressa.
    • 49. Contexto ou referente: Novo Enem.
  • TEXTO 1
    Qual a função predominante neste texto?
    “É mais fácil suportar dores crônicas do que a fome. Trinta e cinco anos de clínica me ensinaram que geralmente somos patifes para dores agudas de forte intensidade; vi doentes rolarem no chão e suplicarem a Deus que se lembrasse deles no auge de uma cólica renal, de uma crise de vesícula ou de uma cefaléia excruciante. Em compensação, muita gente convive com dores crônicas na coluna, cólicas abdominais, episódios repetitivos de enxaquecas, estoicamente, sem lamentar a sorte. (...)Já com a fome não é assim. Quando ela aperta, o prazer de estar vivo desaparece. A paisagem mais encantadora, a mulher amada, o prêmio da loteria, nada traz ao faminto alegria que se compare a um prato de comida.”
    Dráuzio Varella
  • 50. Qual a função predominante neste texto?
    Colabore com a campanha Natal sem Fome.
    Ação contra a Fome e pela Cidadania.
  • 51. Qual a função predominante neste texto?
    Funai mantém alimentos estocados onde índios passam fome
    Um mutirão foi formado ontem por determinação da Presidência da República para que as cerca de 27 toneladas de alimentos estocadas há 19 dias na sede da Funai em Dourados (MS), sejam embaladas e distribuídas aos índios. Desde janeiro, 21 indiozinhos morreram de desnutrição. A Funai alegava não dispor de pessoal ou material para embalar os alimentos entregues pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O governo federal desconhecia o fato de que os alimentos estavam estocados enquanto os índios passam fome na região.
    O Globo, 11 mai 05.
  • 52. Qual a função predominante neste poema?
    O bicho
    Vi ontem um bicho
    Na imundície do pátio
    Catando comida entre os detritos.
    Quando achava alguma coisa,
    Não examinava nem cheirava:
    Engolia com voracidade.
    O bicho não era um cão.
    Não era um gato,
    Não era um rato.
    O bicho, meu Deus, era um homem.
    Manuel Bandeira
  • 53. TEXTO 5
    Qual a função predominante neste verbete?
    fome
    [Do lat. fame.]
    S. f.
    1. Grande apetite; urgência de alimento.
    2. Subalimentação (1).
    3. Falta do necessário; penúria, miséria.
    4. Situação de míngua ou escassez de víveres: a fome assolou a região.
    5. Fig. Avidez, sofreguidão.
    Dicionário Aurélio
  • 54. Qual a função predominante nesta página?
  • 55. Qual a função predominante no texto de Paulo Leminski?
  • 56. TEXTO 7
    Qual a função predominante na capa desta revista?
  • 57. Qual a função predominante neste anúncio?
  • 58. Qual a função predominante nesta imagem?

×