Liberalismo Inglês

13,518 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
13,518
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
100
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Liberalismo Inglês

  1. 1. LIBERALISMO INGLÊS TRABALHO DE FILOSOFIA
  2. 2. TEORIA DO LIBERALISMO• Liberalismo é o sistema sócio-político-econômico baseado na defesa da liberdade do indivíduo em todos os aspectos de sua vida: Religioso, Econômico, Cultural, Político e Intelectual.• Na prática liberalismo quer dizer um sistema onde o indivíduo tenha liberdade para escolher sem ser obrigado pelo estado (Governo).• Liberalismo é também considerado como o oposto do socialismo.
  3. 3. PRINCIPAIS PENSADORES• Adam SmithEconomista e Filósofoescocês nascido em1723, é considerado opai da economia moder-na.
  4. 4. • John LockeFilósofo Inglês nascidoem 1632 que éconsiderado como umdos criadores do libera-lismo.
  5. 5. LIBERALISMO INGLÊS• No século XIX, a Inglaterra constituía o país mais poderoso do mundo, pois o império colonial britânico expandira-se pelos diversos continentes. Além disso, vivia-se o apogeu da Revolução Industrial, que criou uma nova ordem, essencialmente moderna, com novos parâmetros econômicos e sociais.• No campo da Filosofia, a teoria utilitarista, os principais representantes foram Jeremy Bentham e John Stuart Mill.
  6. 6. • Jeremy BenthamÉ o fundador do utilitarismo. Visa o“princípio da utilidade”: o único critériopara orientar o legislador é criar leis quepromovam a felicidade para maior númerode cidadãos. E, nesse sentido, critica asresoluções liberais que levam ao egoísmo.O governo deve visar a felicidade para umnúmero cada vez maior de pessoas. Seusobjetivos são: prover a subsistência,produzir a abundância, favorecer aigualdade e manter a segurança. Paratanto, são necessárias eleições periódicas,sufrágios livres e universal, liberdade decontrato.
  7. 7. • John Stuart MillDesenvolveu o liberalismo na linhade aspiração mais democrática.Atento ao sofrimento das massasoprimidas, defendeu acoparticipação na indústria bemcomo a representação proporcionalna política afim de permitir aexpressão de opiniões minoritárias.Sob a influência da sua mulher,Harriet Taylor, feminista e socialista,participou da fundação da primeirasociedade defensora do direito devoto para as mulheres.
  8. 8. O ESTOPIM• A revolução industrial aumentara a concentração urbana. Os operários, organizados em sindicatos e influenciados por ideias socialistas e anarquistas, reivindicavam melhores condições de trabalho e de moradia.• O impacto das recentes organizações de massa deram a tônica do pensamento político do século XIX. Diante das novas exigências de igualdade, segundo as quais a liberdade deveria se estender ao número cada vez maior de pessoas por meio da legislação e de garantia jurídicas, começou a configurar-se o liberalismo democrático.
  9. 9. As reivindicações da igualdade manifestaram-se dasmais variadas maneiras:• Defesa do sufrágio universal contra o voto censitário, que excluía os não proprietários das esferas de decisão; pressões para reformas eleitorais;• Ampliação das formas de representação (partidos, sindicatos);• Exigência de liberdade de imprensa;• Implantação da escola elementar universal, leiga, gratuita e obrigatória, cuja luta se mostrou bem sucedida na Europa e nos Estados Unidos.
  10. 10. Podemos citar como princípios básicos doliberalismo:• Defesa da propriedade privada;• Liberdade econômica;• Mínima participação do estado na vida da sociedade, especialmente nos assuntos econômicos;• Igualdade perante a lei;
  11. 11. O PENSAMENTO LIBERAL• Liberalismo Conservador, que defende a liberdade, mais não a democracia: nele não prevalecem aspirações igualitárias;• Liberalismo Radical, que além da liberdade, defende a igualdade, a extensão dos benefícios a todos.
  12. 12. • As suffragettes
  13. 13. EQUIPE:• Mari Anny• Magna• Sebastião• Rosana

×