Your SlideShare is downloading. ×

Introdução banco de dados i

450

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
450
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Introdução Banco deDados - IBanco de DadosProfessor: Israel Cunha
  • 2. O que é banco de dados?• O banco de dados é uma entidade dearmazenamento de dados um possui um modoestruturado e com a menor quantidade de dadosexcessivos (redundância) possível.• Estes dados podem ser utilizados por qualquerprograma ou site.• Pode-se também ser acessados por meio de redesque usam estes dados através de um sistema decomputação ( Software/programa de computador)
  • 3. O que é banco de dados?• “Banco de Dados ou Base de Dados (BD) é umacoleção de dados ou informações relacionadasentre si. Elas representam aspectos do mundoreal com significado próprio e que desejamosarmazenar para uso futuro.”(Guimarães, 2003)• “Uma base de dados é uma coleção de dadosinter-relacionados, representando informaçõessobre um domínio específico.”(Korth, 1994)
  • 4. O que é banco de dados?• “Um sistema de banco de dados é basicamenteapenas um sistema computadorizado demanutenção de registros. O banco de dados, porsi só, pode ser considerado como equivalenteeletrônico de um armário de arquivamento; ouseja, ele é um repositório ou recipiente para umacoleção de arquivos de dadoscomputadorizados.” (Date, 2004)
  • 5. O que é banco de dados?• O banco de dados possui várias versões deprogramas e métodos de trabalho como:• PostgreSQL, MySQL, Hibernate, Oracle, SQLServer, SyBase, Firebird, Microsoft Acess, entreoutros.• Abreviação de banco de dados é DB que vem doInglês Data Base.
  • 6. Conceitos Gerais• BANCO DE DADOS: Este é o conjunto de todos osdados/arquivos físicos.• CAMPO: É a informação computacional real quepossui valor significativo ao usuário.• DADO: É o conteúdo de um campo quandoinserido em um banco de dados.
  • 7. Conceitos Gerais• REGISTRO: Conteúdo de um grupo de campos.• ARQUIVO: Conjunto de Registros• TABELAS LÓGICAS - Representam as estruturasde armazenamento de dados.
  • 8. Conceitos Gerais• S.G.D.B. (Sistema Gerenciador de Banco deDados) :É o software responsável pelo gerenciamento dosdados no Banco de Dados.• MODELO DE BANCO DE DADOS:Representa a estrutura física no qual o banco dedados foiprojetados. O modelo identifica a estruturainterna de recuperação e armazenamento dosdados no qual o SGBD foi projetado.
  • 9. Conceitos Gerais
  • 10. Exemplos de DB:• Agenda ;• Lista Telefônica;• Anotações;• Memória Humana;• Apostilas;• Livros.
  • 11. Banco de Dados e sua aplicação• Uma Aplicação de banco de dados e um softwareexclusivo para gerenciar o banco de dados;• Este aplicativos possui uma quantidade muito grande denecessidades e objetivos, podendo trabalhar com elesdesde um pequeno software até um sistema complexo.• O aplicativo possui um sistema gráfico que facilita avisualização do banco de dados.• O sistema que possibilita o gerenciamento do banco é oSGDB.
  • 12. Banco de Dados - Propriedades• O banco de dados possui base em umarepresentação de algum aspecto real.• O banco de dados é projetado, elaboradoconstituído e carregado com dados e informaçãopara uso futuro.• O banco de dados é uma gaveta cheia deinformação virtual e logica com relacionamentoque possui um propósito.
  • 13. SGDB• Existem Regras para que um sistema quemanipula os dados sejam o SISTEMA DEGERENCIAMENTO DE DADOS ( SGDB)• AUTO-CONTENÇÃO• INDEPENDÊNCIA DE DADOS• ABSTRAÇÂO DE DADOS• VISÕES• TRANSAÇÕES• CONTROLE AUTOMÁTICO DE ACESSO
  • 14. Auto-contenção• É a maneira em que relacionamos os dados emanipulamos os dados dentro de um banco dedados.1. Se há dados alocados, se contém dados.2. Se possui descrição logica para os dados.3. Se há relacionamento entre os dados.4. Quais as formas de acesso aos dados.
  • 15. Independência de dados• Este por sua vez trata de sua estrutura dearmazenamento dos dados em um banco dedados sempre levando em consideração todos osfatores de estrutura.• Estas Aplicações são imunes a qualqueralteração na sua estrutura de armazenamento.• Estas Aplicações são imunes a qualqueralteração no método de acesso aos dados.
  • 16. Abstração de Dados• No modelo de armazenamento de dadossomente os programadores e DB vai saber comoos dados estão sendo trabalhados internamentono banco de dados.• Não há necessidade de usuários recebainformações detalhadas de como é o processode armazenamento de dados no banco dedados.
  • 17. Visões• Possibilita sua manipulação de maneira coesa efirme levando em consideração o que realmenteo usuário necessita, existem varias formas deidentificar a necessidades do usuário.• São as formas voláteis de analisar ( Olhar ) osdados para que realmente atenda o que ousuário queira, tenha necessidade.
  • 18. Transações• Gerencia todos os dados de forma que verifiquesua possível integridade, verificando se possuialgum erro ou se foi gerado um erro durante suamanipulação.• Não necessita de outro aplicativo / software /programa de computador para fazer a verificaçãoda integridade dos dados.
  • 19. Controle automático de acesso• Possibilita que vários usuários usem o banco dedados ao mesmo tempo sem que aja qualquerperca de dado ou erros no banco.• Faz uma gestão de cada usuário a cada parte dobanco para que não seja inserida informaçõesconflitantes, ou seja, dois usuários acessando amesma informação no banco de dados.
  • 20. Características do SGDB• Controle de Redundância• Compartilhamento de dados• Controle de acesso• Interfaceamento• Esquematização• Controle de integridade• Backup
  • 21. Controle de Redundância• As informações não sofrem mudanças no localde armazenamento podem assim ser acessadado mesmo lugar no momento em que sejasolicitada.• Não podem ser armazenados em locaisdiferentes do local original dos dados.
  • 22. Compartilhamento de dados• Garantir o acesso de vários usuários ao mesmolugar sem possibilitar erros durante o processo.• Garantir a concorrência de dados para acessoaos dados sem possibilitar nenhum erro.
  • 23. Controle de acesso• Seleciona os usuários que possuem acesso aosdados e cadastra os mesmo.• Cada usuário possui sua seu critério depermissão selecionada• Assim cada usuário tem acesso seletivo.
  • 24. Interfaceamento• Facilita a recuperação de qualquer dado.• Facilita a regeneração das informações nobanco.
  • 25. Esquematização• É um recurso que facilita a relação entre astabelas;• Facilita a manutenção do banco de dados;• Facilita a compreensão do relacionamentos;
  • 26. Controle de integridade• Possibilita uma segurança dos dados;• Possibilita o acesso de vários programas acessemo os dados;• Não compromete a integridade dos dados;
  • 27. Backup• Facilidade de recuperação de dados nas falhasde hardware e software.• Quando vou recupera os dados?• Nas falhas de hardware• Nas falhas de software.
  • 28. SGDB• Criar, alterar e eliminar estruturas dearmazenamento.• Inserir, consultar, alterar e eliminar dados.• São características positivas: velocidade,facilidade de acesso, redução da redundância,evita-se inconsistência, controle de integridade,controle de concorrência, maior segurança(quedas do sistema e acesso de pessoas nãoautorizadas).

×