Reprodução dos animais (alterada)

1,756 views
1,465 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,756
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
69
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reprodução dos animais (alterada)

  1. 1. REPRODUÇÃO NOS ANIMAIS
  2. 2. Comportamentos reprodutores No período do acasalamento, o macho e a fêmea de alguns animais têm atitudes características que constituem o seu comportamento reprodutor. Este comportamento varia de espécie para espécie. Em algumas espécies, os machos lutam para defender o seu território e a posse das fêmeas. Noutras, as cores do corpo tornam-se mais garridas para atrair a fêmea. Noutras, ainda, libertam cheiros que atraem o outro sexo. Há ainda animais cujos machos, na época do acasalamento, fazem exibições nupciais para atrair a fêmea: cantam, emitem sons, fazem gestos, dança,… Durante a exibição O grou macho nupcial, a ave-lira nupcial executa diante da macho abre a sua fêmea uma exibição cauda colorida junto nupcial em convite da fêmea. ao acasalamento
  3. 3. Durante a época da reprodução, a abetarda macho faz grandes exibições: abre a cauda, incha o peito, arqueia as asas levantando as penas e inclina a cabeça para trás, depois roda muito lentamente sobre as patas. A abetarda realiza uma espécie de dança para atrair a fêmea. Esta dança tem o nome de “banho de espuma” pois parece realmente que a ave fica coberta de espuma e muito maior.Os rituais de acasalamento ou paradas nupciais, permitem que macho e nupciaisfêmea da mesma espécie se reconheçam e que a fêmea escolha o macho com asmelhores características para transmitir à descendência, bem como com maiorcapacidade física para defender o território e as crias.
  4. 4. O que é a reprodução ?É o processo pelo qual os seres vivos dão origem a outros semelhantes.
  5. 5. TIPOS DE REPRODUÇÃO Reprodução Sexuada Reprodução Assexuada É apenas necessário um indivíduo para dar origem a um novo ser semelhante. Exº Estrela do mar, hidra, e bactérias. São necessários doisindivíduos (macho e fêmea) para dar origem a um novo ser semelhante. Ex.ªs Mamíferos, aves, répteis,etc…
  6. 6. CÉLULAS SEXUAISCélulas sexuais femininas: óvulos Células sexuais masculinas: espermatozóides Fecundação : União de um óvulo com um espermatozóide A célula que resulta da fecundação é o ovo
  7. 7. FECUNDAÇÃO Fecundação externa Fecundação internaDá-se fora do corpo da Dá-se dentro do corpo da fêmea. fêmea (normalmente dentro deágua – como é o caso da Exº Mamíferos, aves e répteismaioria dos peixes e dos anfíbios).
  8. 8. DISMORFISMO SEXUALConjunto de características externas que permitem distinguir o macho dafêmea. SEM DISMORFISMO DISMORFISMO DISMORFISMO SEXUAL POUCO ACENTUADO ACENTUADO O macho facilmente se Não se distingue o O macho é mais robusto distingue da fêmea macho da fêmea: e a sua cabeça é maior; pelo colorido das suas Exº Gaivota macho e Ex.º Boi e vaca penas; gaivota fêmea. Exº Leão e Leoa e galo e galinha.
  9. 9. DESENVOLVIMENTO DO NOVO SER VÍVIPAROS OVÍPAROS OVOVIVÍPAROS O novo ser desenvolve-se O novo ser desenvolve-se O novo ser desenvolve-se dentro de um ovo comno interior do corpo da mãe fora do corpo da mãe, casca muito e à custa dos dentro de um ovo fina que fica dentro domateriais (nutrientes) que que lhe fornece as reservas corpo da mãe esta lhe fornece alimentares para o seu desenvolvimento
  10. 10. DESENVOLVIMENTO APÓS O NASCIMENTOAlguns animais, ao nascer, têm já uma forma semelhante à do ser adulto. Há, contudo,outros animais que sofrem grandes transformações até atingirem a forma adulta. DESENVOLVIMENTO DIRECTO DESENVOLVIMENTO INDIRECTO Se o novo ser nasce semelhante aos progenitores. O novo ser nasce com um aspecto diferente dos progenitores, sofrendo transformações internas e externas até se tornar adulto.
  11. 11. METAMORFOSESChamam-se metamorfoses às profundas mudanças de forma que sofremalguns animais, desde o nascimento até ao estado adulto. COMPLETA INCOMPLETA Quando os indivíduos passamQuando as transformações apresentam directamente da faseas fases - Larva, ninfa e adulto. Exemplo: borboleta. larvar à fase adulta. Exemplo: gafanhoto.
  12. 12. METAMORFOSE DA BORBOLETA A) Ovo da borboleta B) Lagarta C) Preparando o casulo D e E) Dentro do casulo (crisálida) F,G e H) Rompendo a cutícula da crisálida I) Borboleta pronta para voar
  13. 13. METAMORFOSE DO GAFANHOTO
  14. 14. METAMORFOSE DA RÃ

×