Um Serviço de Frente
PRIMEIROS ACORDES <ul><li>Você toca violão?Gosta de cantar? Quando se trata de iniciar uma canção na igreja todos olham pr...
OBJETIVO: <ul><li>Levar-nos a um encontro mais aperfeiçoado com o MÚSICO DOS MÚSICOS, o autor de toda bela música. </li></...
<ul><li>A música influencia multidões tanto positivo quanto negativo.No nosso caso claro positivo; e se formamos  temos um...
<ul><li>Não podemos perder mais tempo é hora de iniciarmos um caminho de amadurecimento musical de acordo com nossas neces...
<ul><li>Gosto de cantar. Se estou triste,a música me alivia.Se estou alegre ela multiplica minha alegria.Quando estou agit...
Um serviço de  Frente <ul><li>Entre as diversas formas de elevar a nossa voz a Deus uma delas é o canto. </li></ul><ul><li...
<ul><li>O cristianismo procura ser uma nova proposta de vida para as pessoas, e deve usar de todos os meios viáveis para q...
<ul><li>Partindo de um ponto vista cristão temos uma certeza clara e infeliz; a música em sua riqueza de melodia , letra ,...
A MÚSICA COMO MINISTÉRIO <ul><li>Você já pensou no significado da palavra “Ministério”? </li></ul><ul><li>Pois bem a palav...
<ul><li>Cuidado com o brilho,muitos já usa o nome como “MINISTÉRIO DO BRILHO”, pessoas que só gosta de aparecer, procura f...
Uma questão de discipulados <ul><li>O cristão é um discípulo de Jesus. O Batismo imprime em nós uma identidade de discípul...
O Chamado <ul><li>“ Tendo Jesus subido ao monte, chamou quem ele quis,e fora a ele”. </li></ul><ul><li>Uma coisa é Deus pr...
<ul><li>A partir do momento em que nos conscientizamos de que fomos chamados, um outro passo se faz necessário:A PERSEVERA...
<ul><li>O que se segue ao chamado de Deus ao decidirmos seguir e servir a Jesus de forma comprometida é a instrução recebi...
A instrução <ul><ul><ul><li>Nossa escola de discipulado acontece na companhia do Mestre.È na escuta de suas palavras que t...
<ul><li>Não aprendemos para simplesmente acumularmos informações, mas para partirmos em missão, a fim de proclamarmos o qu...
O envio <ul><li>Chegamos, então, ao ponto alto de todo um trajeto feito pelo discípulo: o envio. Tanto o chamado como toda...
Alicerçados sobre a rocha que é Deus <ul><li>Para testemunharmos em nós a missão continuada de Jesus, é necessária uma pro...
<ul><li>O verdadeiro artista consagrado a Deus sabe que sua vida, sua arte, seu talento só ganham sentido quando enraizado...
O zelo pelo serviço <ul><li>Este zelo se expressa no empenho que temos em função do crescimento e aperfeiçoamento do servi...
<ul><li>O zelo pela missão é fundamental. </li></ul><ul><li>Uma característica necessária dos ministros de música: não se ...
<ul><li>Somos chamados por Deus para a missão que assumimos, e por termos sido chamados por Deus, saibamos que não somos c...
O melhor instrumento para Deus <ul><li>O ser humano dentro do desígnio de Deus tem um lugar especial foi criado com a capa...
<ul><li>Quem de nós nunca desejou que nosso grupo estivesse completo com todos instrumentos e instrumento de boa qualidade...
<ul><li>Quando vamos comprar um instrumento procuramos observar qual a melhor marca, a qualidade de som,e com certeza fica...
O crescimento como graça de Deus <ul><li>Se pararmos para pensar na forma com que temos assumido o nosso ministério entre ...
<ul><li>Não importa o tempo de serviço; o Senhor não tem contado quantas canções você já cantou,mas a qualidade com que fo...
Sem mim nada podeis fazer <ul><li>É o Senhor quem nos faz crescer. Portanto,crendo e querendo,ou seja confiando e empenhan...
O crescimento como dever pessoal <ul><li>Deixar tudo por parte de Deus seria muito cômodo ou irresponsabilidade de nossa p...
<ul><li>Devemos ser dóceis,corajosos e ousados diante da graça de Deus. Creiamos que cada vez que ouvimos a Escritura nos ...
<ul><li>Ao dizermos “sim” ao querer de Deus em nossa vida,comprometemo-nos com esta decisão.Assim como Ele, em sua fidelid...
<ul><li>Muitas são as formas de seguir Jesus, são vários os ministérios, mas um só  é o Senhor. </li></ul><ul><li>Dizemos ...
<ul><li>Todo e qualquer esforço de nossa parte em direção a Deus já implica a ação de Deus em nós, que fielmente antecipa-...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Ministério de música

369

Published on

Published in: Devices & Hardware
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
369
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Ministério de música"

  1. 2. Um Serviço de Frente
  2. 3. PRIMEIROS ACORDES <ul><li>Você toca violão?Gosta de cantar? Quando se trata de iniciar uma canção na igreja todos olham pra você? </li></ul><ul><li>Então venham conosco, talvez o Senhor precise de você em um serviço MUITO importante na comunidade:O MINISTÉRIO DE MÚSICA. </li></ul>
  3. 4. OBJETIVO: <ul><li>Levar-nos a um encontro mais aperfeiçoado com o MÚSICO DOS MÚSICOS, o autor de toda bela música. </li></ul><ul><li>Hoje temos uma grande necessidade de sermos formados, só não assume isso quem vive na soberba achando que sabe tudo. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>A música influencia multidões tanto positivo quanto negativo.No nosso caso claro positivo; e se formamos temos uma maior capacidade de influenciar a muitos com mensagens cristã </li></ul><ul><li>A Igreja necessita que nos aperfeiçoemos no dom que Deus nos deu. Não podemos acomodar no que sabemos temos que correr atrás de crescimento técnico, espiritual e litúrgico. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Não podemos perder mais tempo é hora de iniciarmos um caminho de amadurecimento musical de acordo com nossas necessidades . </li></ul><ul><li>Pe. Cleidmar Moreira CN </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Gosto de cantar. Se estou triste,a música me alivia.Se estou alegre ela multiplica minha alegria.Quando estou agitado ela me acalma. Quando me sinto desmotivado ela me anima. </li></ul>
  7. 8. Um serviço de Frente <ul><li>Entre as diversas formas de elevar a nossa voz a Deus uma delas é o canto. </li></ul><ul><li>A voz que Ora e canta não se limita de comunicar. </li></ul><ul><li>Toda voz que se eleva já fala antes mesmo de se decifrar o que se diz. </li></ul><ul><li>Numa realidade em que a música tem influenciado tanto as pessoas não podemos deixar de considerar nossa importância neste contexto, onde podemos transformar a música em um canal da Boa-nova. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>O cristianismo procura ser uma nova proposta de vida para as pessoas, e deve usar de todos os meios viáveis para que sua mensagem aos confins da terra,e a música vem a ser um forte instrumento de evangelização, porque vivemos em época em que nunca o homem atingido e envolvido por tanta música, em quantidade , intensidade , gêneros e estilos. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Partindo de um ponto vista cristão temos uma certeza clara e infeliz; a música em sua riqueza de melodia , letra ,ritmo e até expressões culturais tem perdido suas riquezas.Hoje as pessoas perderam informações de valores e experiências .Não se faz mais músicas com letras bonitas, valorizam somente o ritmo e muitas vezes empobrecido,deixando de ser uma arte para ser apenas barulho aos nossos ouvidos. </li></ul>
  10. 11. A MÚSICA COMO MINISTÉRIO <ul><li>Você já pensou no significado da palavra “Ministério”? </li></ul><ul><li>Pois bem a palavra ministério quer dizer serviço; o ministro é um servo. Então o ministro de música é um servo de Deus através da música. </li></ul><ul><li>Não encontraremos aqui status mas sim serviço. </li></ul><ul><li>É uma vivência mais na perspectiva do outro e não de se mesmo estamos ali num compromisso eclesial de servir e não ser servido. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Cuidado com o brilho,muitos já usa o nome como “MINISTÉRIO DO BRILHO”, pessoas que só gosta de aparecer, procura fazer bonito porque está na frente dos outros. </li></ul><ul><li>Deveríamos chamar ministério do reflexo, porque nele refletimos a glória de Deus por meio do cântico inspirados . </li></ul>
  12. 13. Uma questão de discipulados <ul><li>O cristão é um discípulo de Jesus. O Batismo imprime em nós uma identidade de discípulos, por isso nossa proximidade de segmento deve crescer constantemente até chegar a comunhão com o mestre Jesus. </li></ul><ul><li>Isso fará entender que não vivemos para nós mesmos, mas sim direcionados pela orientação deste discipulado. Não podemos mais ser o que somos sem referência a esta comunhão. </li></ul>
  13. 14. O Chamado <ul><li>“ Tendo Jesus subido ao monte, chamou quem ele quis,e fora a ele”. </li></ul><ul><li>Uma coisa é Deus precisar da gente, outra é ele querer precisar de nós é bom termos clara esta diferença,para que não venhamos achar que estamos no ministério por conta de méritos pessoais,ou porque somos melhores que os outros,e por isso somos chamados.O chamado de Deus é pura gratuidade; é dom que não exige mérito mas simplesmente a docilidade da aceitação. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>A partir do momento em que nos conscientizamos de que fomos chamados, um outro passo se faz necessário:A PERSEVERANÇA no mesmo.isso depende em grande parte de cada um.Em grande parte, porque mesmo quando respondemos ao chamado de Deus a qualquer serviço,não podemos fazer sem o auxílio de sua graça, a qual devemos estar em constante busca.No entanto,esta graça de Deus,necessária para nossa resposta, não será frutífera em nós sem uma atitude de determinação e convicção pessoal. </li></ul>
  15. 16. <ul><li>O que se segue ao chamado de Deus ao decidirmos seguir e servir a Jesus de forma comprometida é a instrução recebida d’Ele porque é o nosso mestre e Senhor.O nosso caminho começa sempre com o primeiro passo aqui nesse caso com o chamado.Mas como nenhum caminho se faz com um passo só a instrução será sua continuidade acontecer no ato do seguimento. </li></ul>
  16. 17. A instrução <ul><ul><ul><li>Nossa escola de discipulado acontece na companhia do Mestre.È na escuta de suas palavras que também as nossas ganham sentido.Querermos, portanto, frutificar em nossa missão sem que estejamos unidos a Jesus será perda de tempo.Não iremos longe ou, certamente, nem sequer sairemos do lugar. </li></ul></ul></ul>
  17. 18. <ul><li>Não aprendemos para simplesmente acumularmos informações, mas para partirmos em missão, a fim de proclamarmos o que ouvirmos e testemunharmos o que presenciamos. E é bom que não esqueçamos que quando somos enviados, passamos a ser uma presença autorizada da Pessoa do nosso Mestre. </li></ul>
  18. 19. O envio <ul><li>Chegamos, então, ao ponto alto de todo um trajeto feito pelo discípulo: o envio. Tanto o chamado como toda a instrução recebida pelo seguidor de Jesus agora passarão a ser concretizados; é aí que ganham sentido. Aquele que foi chamado/instruído agora ensina; o discípulo torna-se agora um mestre em nome do seu Senhor. </li></ul>
  19. 20. Alicerçados sobre a rocha que é Deus <ul><li>Para testemunharmos em nós a missão continuada de Jesus, é necessária uma profunda experiência de Deus, o que foi uma constante em sua vida, ou seja, não podemos refletir em nós aquilo que não temos. É preciso encher-nos do Espírito Santo, e de Sua unção, para que possamos estar prontamente capacitados.Tudo isso é algo que parece claro: se não temos conhecimento e experiência de um aprofundamento no mistério divino, o nosso canto não sairá de uma dimensão superficial. </li></ul>
  20. 21. <ul><li>O verdadeiro artista consagrado a Deus sabe que sua vida, sua arte, seu talento só ganham sentido quando enraizados n’Aquele que é a fonte de todos os dons. Ainda que seja preciso deixar-se escolher, Deus só chama aqueles a quem Ele quer(Cf. MC3,13). Ora, se por Deus fomos chamados e por Ele capacitados, então, mãos à obra no testemunho! </li></ul>
  21. 22. O zelo pelo serviço <ul><li>Este zelo se expressa no empenho que temos em função do crescimento e aperfeiçoamento do serviço, sobretudo, quando sabemos não ser donos do dom, mas administradores de um valor que nos foi confiado. O dom é de Deus, mas o cuidado sobre ele e o serviço a partir do mesmo é de competência nossa. E quanto mais somos fiéis, valorizando e zelando pelo nosso ministério, tanto mais estaremos produzindo os frutos desejados por Deus nesta maneira específica de evangelizarmos. </li></ul>
  22. 23. <ul><li>O zelo pela missão é fundamental. </li></ul><ul><li>Uma característica necessária dos ministros de música: não se deve contentar com pouco quando se sabe que serve a Deus. </li></ul><ul><li>Zelar pelo serviço, é acreditar que todo empenho realizado é sinal de aperfeiçoamento do ministério a nós confiado. </li></ul>
  23. 24. <ul><li>Somos chamados por Deus para a missão que assumimos, e por termos sido chamados por Deus, saibamos que não somos cantores como quaisquer. Aceitamos ser porta-vozes do Deus Compositor. Ora, ser ministro de música é algo mais sério do que pegar um violão e animar a liturgia da comunidade. Respondemos com um sim ao chamado de Deus, não simplesmente para fazermos o papel de animador durante a Missa. Ser com todo o nosso coração, com toda a nossa alma e com toda nossa força, ministro de música. </li></ul>
  24. 25. O melhor instrumento para Deus <ul><li>O ser humano dentro do desígnio de Deus tem um lugar especial foi criado com a capacidade de dialogar com seu Deus. Sua resposta positiva pode significar a realização do querer de Deus na obra da criação. Nas mãos do seu Criador deve se considerar como Seu maior colaborador. </li></ul>
  25. 26. <ul><li>Quem de nós nunca desejou que nosso grupo estivesse completo com todos instrumentos e instrumento de boa qualidade. </li></ul><ul><li>Mas não teríamos vantagem nenhuma se tivermos bons instrumentos e não nos preocuparmos em ser bons instrumentos. Sim, devemos procura ser excelentes instrumentos nas mãos Deus. </li></ul>
  26. 27. <ul><li>Quando vamos comprar um instrumento procuramos observar qual a melhor marca, a qualidade de som,e com certeza ficaríamos um bom tempo escolhendo, pediríamos opinião, qual é a melhor marca, e qual é a mais preferida pelos músicos.Mas se um dia passar pela nossa cabeça qual a marca preferida de Deus para proclamação do seu louvor, não tememos em dizer que a marca preferida de Deus leva o seu nome. </li></ul>
  27. 28. O crescimento como graça de Deus <ul><li>Se pararmos para pensar na forma com que temos assumido o nosso ministério entre outras coisas, perguntamos: </li></ul><ul><li>Quais as conquistas obtidas? </li></ul><ul><li>Que limitações ainda são comum em nosso meio? </li></ul><ul><li>O que fazer para avançarmos no caminho?Tais perguntas são comum em nosso meio e necessárias para que avancemos sempre mais no cumprimento da vontade de Deus. </li></ul>
  28. 29. <ul><li>Não importa o tempo de serviço; o Senhor não tem contado quantas canções você já cantou,mas a qualidade com que foi cantada. È como diz palavra de Deus:“ Seja qual for o grau a que chegamos, o que importa é prosseguirmos decididamente ”(Cl 3,16). </li></ul><ul><li>Em Deus devemos ter uma meta, e a conquistamos a cada dia que renovamos nosso compromisso com Ele.O Senhor deseja o crescimento e não podemos ficar alheio a este desejo de Deus.É necessário que busquemos e vivamos cada missão como a primeira de nossas vidas. </li></ul>
  29. 30. Sem mim nada podeis fazer <ul><li>É o Senhor quem nos faz crescer. Portanto,crendo e querendo,ou seja confiando e empenhando na busca, estaremos prontos a assumir toda a missão que por Ele a nós foi confiada. </li></ul><ul><li>Deus proporciona meios e possibilidades para crescermos restas nos assumir com fé, convicção e força de vontade. </li></ul><ul><li>Deus quer contar conosco e muita coisa depende de nós da mesma forma que ouvimos do Senhor que sem mim nada podeis fazer que possa soar em nosso coração Ele dizendo: Através de ti muito tenho a realizar. </li></ul>
  30. 31. O crescimento como dever pessoal <ul><li>Deixar tudo por parte de Deus seria muito cômodo ou irresponsabilidade de nossa parte.Em se tratando de santidade é muito comum ouvirmos pessoas falando como é difícil ser santo. A Santidade é um percurso desafiante em nossa vida, pois o mundo nos ameaça de todos os lados devemos observar mais as manifestações de Deus em nossa vida para reconhecer as muitas maneiras e possibilidades de viver este chamado. </li></ul>
  31. 32. <ul><li>Devemos ser dóceis,corajosos e ousados diante da graça de Deus. Creiamos que cada vez que ouvimos a Escritura nos dizer : “Pertencei a mim Santos, como eu sou santo, eu, o Senhor; vos distingui do meio dos povos para que pertençais a mim”( Lv 20,26),é porque o próprio Senhor que nos chama nos dará condição.Deus deu ao ser humano a capacidade do sim e do não. </li></ul>
  32. 33. <ul><li>Ao dizermos “sim” ao querer de Deus em nossa vida,comprometemo-nos com esta decisão.Assim como Ele, em sua fidelidade para conosco, devemos nós também viver a fidelidade para com Ele. </li></ul><ul><li>Precisamos fazer valer o dom que Deus no deu, frutificar por meio dele; é como nos ensina a parábola dos talentos; o talento é oferecido, mas precisa ser multiplicado,produzido.Não podemos baratear a graça de Deus, o que seria vivê-la sem discipulado, sem a cruz,sem a consciência do Cristo vivo que assume nossa história. </li></ul>
  33. 34. <ul><li>Muitas são as formas de seguir Jesus, são vários os ministérios, mas um só é o Senhor. </li></ul><ul><li>Dizemos com isso que em tudo o que assumimos em aliança com Deus,algo necessariamente depende de nós. </li></ul><ul><li>A qualidade de nosso serviço depende do aperfeiçoamento constante que devemos buscar, </li></ul><ul><li>evidentemente impelidos pela Sua graça que nos precede. </li></ul>
  34. 35. <ul><li>Todo e qualquer esforço de nossa parte em direção a Deus já implica a ação de Deus em nós, que fielmente antecipa-se como quem muito deseja formar seus filhos para a missão. </li></ul><ul><li>O que é muito e desagradável muitos dizerem: “É para Deus pode ser de qualquer jeito!”Ou então “ Na hora o Espírito inspira!”. </li></ul><ul><li>Mas onde fica a técnica necessária para cantar ou tocar bem o nosso instrumento?Sobre isso insistimos ao falar do zelo pelo serviço. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×