• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A coragem de ser mãe e mestra
 

A coragem de ser mãe e mestra

on

  • 214 views

Recebi da amiga Neide, compartilho.

Recebi da amiga Neide, compartilho.

Statistics

Views

Total Views
214
Views on SlideShare
214
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A coragem de ser mãe e mestra A coragem de ser mãe e mestra Presentation Transcript

    • Maio! Mãe! Maria! A coragem de ser Mãe e Mestra!
    • O mês de maio para o cristão católico tem um “sabor” especial. Pois venera-se, nessemês, Maria, a Mãe de Jesus. Mas o que Maria tem a nos ensinar com sua vida? É possível ter Maria como espelho e exemplo de vida?
    • Muitas são as citações de sua presença na vida de Jesus transcritas na Bíblia como umtodo, pois o Novo Testamento concretizou as verdades anunciadas pelo Antigo. E, entre essas verdades, a Mãe do Messias também estava presente em forma de anúncio.
    • Quero chamar a atenção, entretanto, a duas qualidades muito nítidas na pessoa de Maria, a Mãe de Jesus: Maternidade e “Maestria”. Maria ensina a ser mãe e ensina a ensinar.
    • Pois Jesus, apesar de ser o Filho de Deus, assumiu a condição humana (com exceção dopecado) e, por isso, passou por todas as crises humanas da adolescência e juventude até atingir seus trinta e poucos anos, uma idade madura que lhe possibilitou aceitar a vontade do Pai.
    • Aqui que chamo a atenção, pois toda educação cristã deve ter esse objetivo, levar a concretização da vontade de Deus a nosso respeito e não a nossa própria vontade. Maria foimestra quando deu a Jesus condições e ferramentas para interpretar a vontade de Deus na sua vida. Eis a “maestricidade” mariana.
    • Portanto todas as mães, inspiradas em Maria, devem oferecer condições a seus filhos dereconhecerem qual é a vontade de Deus e obedecê-la. Mesmo que isso signifique sofrimento e sacrifício. Tamanha maestria exigiu abertura a ação do Espírito Santo na Anunciação; solidariedade com Isabel que estava para dar a luz; reflexão diante da revelação dos Reis Magos;
    • paciência ao “perdê-lo” no templo; coragem para dividir a responsabilidade de ouvir a Palavra de Deus e colocá-la em prática; suavidade para apresentar a Jesus a necessidade dos noivos diante da falta de vinho; fidelidade até aos pés da cruz; e por último confiança, com os discípulos, na ressurreição de seu Filho.
    • Exemplo não falta. É só parar, acreditar e buscar viver! Maria, Mãe e Mestra rogai por nós!PARABÉNS A TODAS AS MÃES E QUE MARIA CONTINUE A SER O MAIOR E MELHOR EXEMPLO.
    • Texto – Internet – Música – Maria , Minha Mãe Maria – Pe. Joãozinho Imagens – Google – Formatação – Altair Castro