Autodesk 2012 Anita Dedding - Ipdmaq

509 views
439 views

Published on

Apresentação de Anita Dedding, Secretária Executiva do IPDMAQ – Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Máquinas e Equipamentos, da ABIMAQ, no evento: Autodesk Inovação Brasil 2012 – Tendências e Soluções para Indústria Nacional Vencer no Mercado Global, em 07/ago/12, na sede da Amcham - Câmara Americana de Comércio, em S. Paulo

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
509
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Autodesk 2012 Anita Dedding - Ipdmaq

  1. 1. Softwares e Inovação Anita Dedding Secretária Executiva do IPDMAQ Inovação Brasil 2012 AMCHAM – American Chamber of Commerce 7 de agosto 2012
  2. 2. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DEMÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - ABIMAQ
  3. 3. ABIMAQ• Fundada há 75 anos• (origem: Sindicato de Máquinas Têxteis)• Possui mais de 1.500 empresas associadas e representa 4,5 mil empresas• Em 2011 – Faturamento superior a 80 bilhões de reais – Exportação: 12 bilhões de dólares – Importação : 30 bilhões de dólares Déficit de 18 bilhões de dólares• O setor gera mais de 260 mil empregos diretos, e segundo dados do IPEA, 1,6 milhões de postos de trabalho em sua cadeia produtiva.
  4. 4. INDÚSTRIA DE BENS DE CAPITAL POR PORTE LOCALIZAÇÃO69% São Paulo 4% Paraná11% Rio Grande do Sul 3% Minas Gerais6% Rio de Janeiro 2% Demais regiões5% Santa Catarina
  5. 5. ESCRITÓRIOS REGIONAISSRMG - BELO HORIZONTESRNN - NORTE-NORDESTESRPI - PIRACICABASRPR - CURITIBASRRJ - RIO DE JANEIROSRRP- RIBEIRÃO PRETOSRRS - PORTO ALEGRESRSC- JOINVILLESRVP - VALE DO PARAÍBASRDF - BRASÍLIA
  6. 6. SERVIÇOS & BENEFÍCIOS• Câmaras Setoriais (25)• Conselhos de Mercado (6)• Grupos de Trabalho (2)• Indicadores Econômicos e Dados Estatísticos• Comércio Exterior• Financiamentos• Consultoria Jurídica, Trabalhista, Civil, Comercial e Tributária• Feiras no Brasil• Centro de Convenções• Portal B2B- Tecnologia
  7. 7. CÂMARAS SETORIAIS• Ar Comprimido e Gases. • Máquinas-Ferramenta e Sistemas• Bombas e Motobombas. Integrados da Manufatura.• Máquinas e Equipamentos para • Máquinas. e Implementos Agrícolas. Cimento e Mineração. • Máquinas. para a Indústria Alimentícia,• Equipamentos de Irrigação. Farmacêutica e Refrigeração.• Equipamentos Navais e de Offshore. • Máquinas. Rodoviárias.• Fornos e Estufas Industriais. • Projetos e Equipamentos. Pesados.• Ferramentaria e Modelação. • Máquinas. Equipamentos. Instrumentos• Equipamentos para Ginástica. para Controle da Qualidade, Ensaio e• Equipamentos Hidráulicos, Pneumáticos Medição. e Automação Industrial. • Transmissão Mecânica.• Máquinas e Acessórios para Indústria do • Válvulas Industriais. Plástico. • Motores e Grupos Geradores• Equipamentos. para Movimentação e • Vedações. Armazenagem. • Sindicato nacional das Indústrias de• Máquinas e Acessórios Têxteis. Equipamentos para Saneamento Básico• Máquinas e Equipamentos Gráficos. e Ambiental.• Máquinas e Equipamentos para Madeira.
  8. 8. Conselhos e Grupos de TrabalhosConselhos de Mercado• Automotivo• Bioenergia• Energia Eólica• Metalurgia e Mineração• Óleo e Gás• Saneamento AmbientalGrupos de Trabalho• Máquinas e Equipamentos para Limpeza• Guindaste 8
  9. 9. IPDMAQINSTITUTO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DAINDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOSOrigem: Programa de Governo PACTI (Edital 1998: Entidades Tecnológicas Setoriais) Criado em 2003 pela ABIMAQObjetivo: Criar um ambiente favorável à realização de atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) pelas empresas do setor de BK. 9
  10. 10. Ambiente favorável à inovação ... Primeiro, é preciso discutir alguns conceitos e definições ... P&D são atividades de Inovação Tecnológica, importante para as empresas que buscam um diferencial competitivo, frente ao excesso de oferta de produtos disponíveis no mercado e que queiram ocupar novos nichos de mercado. A Gestão da Inovação é hoje para as empresas o que a Gestão da Qualidade foi nos anos 80. O conceito de inovação não é novo, mas hoje, é preciso que esse assunto seja bem administrado pelas empresas, para que elas possam crescer ou se manter no mercado. 10
  11. 11. Empresas que inovamFaturam maisEmpregam maisPagam maisExportam maisSão longevasE principalmente, se diferenciam das suas concorrentes, entre outraspossibilidades 11
  12. 12. Marco Legal da Inovação Inovação - “Introdução de novidade ou aperfeiçoamento no ambiente produtivo ou social que resulte em novos produtos, processos ou serviços.” (Comforme a Lei de Inovação Federal nº. 10.973, de 2 de Dezembro de 2004) ... o estreitamento ou abrangência do conceito traz vantagens e desvantagens
  13. 13. Como aplicar o conceito na prática? Manual de Oslo Manual Frascati
  14. 14. Manual de OsloAtividades de Inovação• Atividades internas de P&D• Aquisição externa de P&D• Aquisição de outros conhecimentos externos• Utilização de softwares específicos• Aquisição de máquinas e equipamentos atualizados• Treinamento• Introdução das inovações tecnológicas no mercado• Projeto industrial e outras preparações técnicas para produção e distribuição•
  15. 15. Manual FrascatiI - Inovação Tecnológica: a concepção de novo produto ou processo de fabricação, bem como a agregação de novas funcionalidades ou características ao produto ou processo que implique melhorias incrementais e efetivo ganho de qualidade ou produtividade, resultando maior competitividade no mercado;II - Pesquisa Tecnológica e Desenvolvimento de Inovação Tecnológica. Atividades relativas a: a) pesquisa básica dirigida b) pesquisa aplicada c) desenvolvimento experimental d) tecnologia industrial básica e) serviços de apoio técnico Fonte: Manual Frascati (Decreto nº 5.798, de 07.06.2006, regulamenta os incentivos fiscais às atividades de pesquisa tecnológica e desenvolvimento de inovação tecnológica 15
  16. 16. 16
  17. 17. Chegar a um consenso sobre o que é ou não inovação édifícil ...É importante que as empresas considerem os diferentes conceitos deinovação para estruturarem seus projetos.Apoio financeiro do BNDES ou FINEP? Manual de OsloIncentivos Fiscais? Manual Frascati 17
  18. 18. Apoio financeiro a projetos de inovaçãoDiferentes instrumentos de apoio• Recursos Reembolsáveis• Subvenção Econômica• Recursos Não Reembolsáveis• Incentivos Fiscais• Mestre e Doutores na Empresa 18
  19. 19. Softwares nas atividades de inovação 19
  20. 20. Pesquisa de Inovação Tecnológica do IBGE A pesquisa segue as diretrizes metodológicas definidas no Manual de Oslo, da OCDE, de 1997. Mais especificamente, ela se inspirou na experiência do modelo harmonizado proposto pelo EUROSTAT, a terceira versão da Community Innovation Survey.
  21. 21. Pesquisa de Inovação Tecnológica do IBGE Salário Pró-labore Retiradas de sócios e proprietários Equipe própria da empresa para pesquisa e Honorários desenvolvimento (considere todas as áreas Comissões envolvidas de alguma forma nas atividades de Ajuda de custo inovação) Décimo terceiro salário Abono de férias Gratificações Serviços de pesquisa e desenvolvimento Contratação de Consultoria (pessoa jurídica e/ou física) Custeio de parcerias com Universidades e Especialistas Institutos de Pesquisa (inclui investimentos de contrapartida) Transporte (materiais e cargas) Estocagem Outros Serviços ligados à pesquisa e Limpeza desenvolvimento Segurança Reparação e manutenção Contas de água
  22. 22. Despesas com atividades de inovação Materiais de laboratório Despesas com combustíveisMateriais para pesquisa e desenvolvimento Livros Periódicos Assinatura de bibliotecas Juros de financiamentoDespesas administrativas para pesquisa e Despesas de escritório desenvolvimento Despesas postais Telecomunicação Aquisição para áreas de teste Construção de laboratório e instalações piloto Terrenos e construções para pesquisa e Edificação desenvolvimento Aquisição de Edifício Melhorias, modificações e reformas em edifícios. Instalação de máquinas e equipamentos LeasingMáquinas e equipamentos para pesquisa e Desenvolvimento de máquinas e equipamentos desenvolvimento próprios Melhorias nos equipamentos existentes
  23. 23. Despesas com atividades de inovação Compra de licença de direitos de exploração de Aquisição conhecimentos patentes e uso de marcas externos Invenções não patenteadas Aquisição de Know how Desenho Engenharia Automatização de processos Aquisição de software Simulação Virtual Processamento e transmissão de dados, voz, gráficos, vídeos Outros Treinamento Novos teoremas e algoritmos Sistemas operacionais, linguagens de programação, gestão de dados, programas de comunicações e ferramentas. Tecnologias de Internet (novos protocolos de comunicação) Desenvolvimento de software Desenho, desenvolvimento, adaptação e manutenção. Resoluções gerais para a captura, transmissão, armazenamento, recuperação, tratamento ou apresentação de informação.
  24. 24. Desempenho de softwares em processos deinovação na indústria
  25. 25. Quantidade de empresas120.100100.100 106.862 80.100 60.100 28% 40.100 30.291 11% 20.100 27% 100 8.250 942 Total de empresas Empresas com Empresas que Fabricantes de que responderam a dispêndio em adquiriram máquinas que adquiriram PINTEC 2008 inovação software software para inovação
  26. 26. Valores investidos100 bilhões 43,2 10 bilhões 3% 1 bilhão 1,1 8%100 milhões 83,5 10 milhões Total gasto pelas Total gasto por fabricantes Total gasto com empresas que investiram em aquisição de software de máquinas com aquisição de inovação software
  27. 27. OBRIGADA PELA ATENÇÃO! Anita Dedding anita.dedding@abimaq.org.br (11) 5582-6317

×