Your SlideShare is downloading. ×
Apresentação  manejo florestal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apresentação manejo florestal

349
views

Published on


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
349
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MANEJO FLORESTAL SUSTENTÁVEL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA SECRETÁRIA DE BIODIVERSIDADE E FLORESTAS PROGRAMA NACIONAL DE FLORESTAS
  • 2. PRÁTICAS TRADICIONAIS DE EXPLORAÇÃO DA VEGETAÇÃO NATIVA * USO COM FINS PECUÁRIOS * USO COM FINS AGRÍCOLAS * USO COM FINS FLORESTAIS * USO PARAOBTENÇÃO DE PRODUTOS DIVERSOS
  • 3. MANEJO FLORESTAL DA CAATINGA É A FORMA DE UTILIZAÇÃO DA CAATINGA QUE: * GARANTE A RECUPERAÇÃO E REGENERAÇÃO DA VEGETAÇÃO SEM PREJUDICAR O SEU EQUILÍBRIO AMBIENTAL. * CONCILIA A PRODUÇÃO COM A CONSERVAÇÃO.
  • 4. OBJETIVOS * PRODUÇÃO FLORESTAL MÁXIMA A LONGO PRAZO; * SUPORTE FORRAGEIRO ADICIONAL; * IMPACTO AMBIENTAL MÍNIMO; * PRODUÇÃO MADEIREIRA LEGALIZADA. * PRODUTORES RURAIS * CONSUMIDORES DE PRODUTOS FLORESTAIS PÚBLICO - ALVO
  • 5.  VEGETAÇÃO: * ESTOQUE E SUA DISTRIBUIÇÃO POR ESPÉCIE E POR CLASSE DIAMÉTRICA * IMA E CICLO DE CORTE * REGENERAÇÃO (SEMENTES, REBROTA DE CEPAS E RAÍZES)  FORMA DE EXPLORAÇÃO: * TIPO DE EXPLORAÇÃO FLORESTAL * TALHONAMENTO * TRATOS SILVICULTURAIS ASPECTOS TÉCNICOS
  • 6. ASPECTOS ECONÔMICOS * INVESTIMENTO INICIAL REDUZIDO * RENDA CONSTANTE * PRODUÇÃO IMEDIATA A PARTIR DA APROVAÇÃO DO ÓRGÃO AMBIENTAL * RENDA ADICIONAL ATRAVÉS DA DIVERSIFICAÇÃO DA CAPACIDADE PRODUTIVA * ISENÇÃO DA TAXA DE REPOSIÇÃO FLORESTAL
  • 7. ASPECTOS SOCIAIS ASPECTOS ECOLÓGICOS * IMPACTOS REDUZIDOS * MANUTENÇÃO DA BIODIVERSIDADE E DA PRODUTIVIDADE DO SOLO * REALIZAÇÃO DA REPOSIÇÃO FLORESTAL “IN LOCO” ASPECTOS LEGAIS *PRODUÇÃO E CONSUMO MADEIREIRO ATENDENDO A LEGISLAÇÃO VIGENTE - IBAMA *SEGURIDADE DE RENDA E EMPREGO CONSTANTE, EVITANDO O ÊXODO RURAL
  • 8. VANTAGENS * PERMITE O USO EQUILIBRADO DA VEGETAÇÃO; * RETIRA DA MATA, NO MÁXIMO, O SEU INCREMENTO, ASSEGURANDO A SUSTENTABILIDADE DO SISTEMA PRODUTIVO; * INTEGRA-SE AS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS; * É UMA ATIVIDADE PRÓPRIA DAS ESTAÇÕES SECAS E, PORTANTO, COMPLEMENTAR NA FORMAÇÃO DA RENDA DO PRODUTOR; * É UMA ATIVIDADE FINANCIADA PELO BANCO DO NORDESTE.
  • 9. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA * INSTRUÇÃO NORMATIVA 001* * PLANTA DA PROPRIEDADE * ITR * DOCUMENTO DE JUSTA POSSE * ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART, DE TÉCNICO HABILITADO NA ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO .
  • 10. OUTRAS EXIGÊNCIAS * AVERBAÇÃO DA RESERVA LEGAL * PAGAMENTO DE TAXA * ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO POR ENGENHEIRO FLORESTAL HABILITADO * ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE * RESERVA LEGAL - MÍNIMO DE 20%
  • 11. COMO FAZER O MANEJO QUANT. MADEIRA INVENTÁRIO ESPÉCIES RASO TIPO DE CORTE SELETIVO TALHÕES ORGAN.CORTE FAIXAS DOCUMENTAÇÃO PLANO DE MANEJO FLORESTAL AVALIAÇÃO E APROVAÇÃO - IBAMA FINANCIAMENTO - BNB ACOMPANHAMENTO E AUTORIZAÇÃO ANUAL - IBAMA EXPLORAÇÃO

×