Pilares de uma estratégia SEO Mobile

464
-1

Published on

A Inesting vai estar representada pelo nosso director de projectos, Bernardo Brandão, no Fórum SEO, que decorre no dia 10 de Outubro em Lisboa.
Apresentação de Bernardo Brandão durante o eShow Lisboa. Na sua apresentação, Bernardo Brandão falou sobre as estratégias de optimização SEO para smartphones.

Com a democratização dos smartphones, as marcas sentem cada vez mais necessidade de criar sites adaptados a este tipo de suporte. Nesta apresentação serão abordados os princípios a que esses sites deverão obedecer para ter bons resultados nos motores de busca.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
464
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pilares de uma estratégia SEO Mobile

  1. 1. Pilares de uma estratégia SEOMobileAPRESENTAÇÃO | OUTUBRO.2012 PAG. 1
  2. 2. O Mobile Browsing representa 10% da navegaçãoweb mundialO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 2 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  3. 3. E a tendência é exponencialmente crescente:quase triplicou em 2 anosO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 3 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  4. 4. Motores de busca são os tipos de site maisacedidos via SmartphoneFonte: The Google Mobile Movement Study, Google 2011O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 4 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  5. 5. Como responder a este novo comportamentode navegação?Esta tendência criou a necessidade de desenvolvimento dewebsites desenvolvidos para serem visualizados e utilizados viasmartphones.Isto criou não só um desafio para os marketeers, designers eprogramadores web, mas também para os motores de busca.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 5 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  6. 6. Em Dezembro de 2011 o Google lança o Smartphone Googlebot-Mobile.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 6 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  7. 7. Porquê um Googlebot para smartphones? Encontrar e lidar melhor com conteúdo especificamente criado para ser visualizado em smartphones Lidar melhor com reencaminhamentos desenvolvidos para smartphones (prevê que poupe ao utilizador até 1 segundo de tempo após este clicar no link da página de resultados)O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 7 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  8. 8. O que ter em conta no lançamento de umaestratégia SEO mobile?#1 Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meu site?#2 Qual o aspecto do meu site nos terminais móveis?#3 Que opção de desenvolvimento é a ideal?#4 Como ajudar os motores de busca a encontrar o site?#5 Que cuidados devo ter nos conteúdos e estratégia de links?O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 8 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  9. 9. Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meusite?Tentar perceber via Google Analytics não apenas a quantidade,mas também os conteúdos que são mais acedidosPode acontecer que apenas uma área específica do site está adespertar interesse nos visitantes deste segmento, e que pode serpor isso de optimização prioritáriaO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 9 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  10. 10. Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meusite?O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 10 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  11. 11. Quantas visitas “mobile” tem actualmente o meusite?Um vector análise para posterior keyword research é verificar seexiste diferença nos tipos de pesquisa mobile e não-mobileA intuição pode levar a entender que as pesquisas mobile sãomenos complexas, mas um estudo Google (2009) afirmou quesão apenas ligeiramente menos compostas:Em média uma pesquisa mobile é composta por 2,44 palavras,enquanto uma desktop tem 2,93 palavras.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 11 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  12. 12. Qual o aspecto do meu site nos terminaismóveis?A necessidade de alterações do site “normal” para visualizaçãoem terminais móveis está muito dependente do seucomportamento para diferentes resoluções.A ferramenta “Screenfly” (http://quirktools.com/screenfly/)permite simular visitas de diferentes aparelhosO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 12 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  13. 13. Qual o aspecto do meu site nos terminaismóveis?O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 13 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  14. 14. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 1: Responsive Web DesignSe o conteúdo das versões móvel e desktop for o mesmo. Exibe omesmo HTML no mesmo URL, usando apenas CSS para adaptar oaspecto do site (é o recomendado pelo Google, embora seja deimplementação técnica mais difícil).Todo o esforço SEO ao nível de links externos e conteúdo feitopara o site “normal” é transposto para o “mobile”.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 14 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  15. 15. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 1: Responsive Web DesignO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 15 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  16. 16. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 2: Dynamic ServingExibe no mesmo URL diferentes conteúdos (diferente HTML e CSS)conforme o terminal seja móvel ou não (detectadoautomaticamente)O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 16 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  17. 17. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 3: Criação de um site paralelo (m.domínio.com)Na prática é um site desenvolvido à medida para os terminaismóveis com URLs e conteúdos próprios.Com esta solução é preciso ter cuidado com a questão deconteúdos duplicados, pois pode haver o risco de existir porçõesde conteúdo semelhante em URLs diferentes.Não é a solução ideal do ponto de vista do SEO, porque a tratar-se na prática de um site distinto, obriga a duplicação de esforços(link building, copywriting…)O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 17 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  18. 18. Que opção de desenvolvimento é a ideal?Hipótese 3: Criação de um site paralelo (m.domínio.com)Para relacionar os sites deve-se depois adicionar “SwitchboardTags” para que os motores de busca percebam que se tratam deversões do mesmo conteúdo.Na página desktop adicionar:<link rel=“alternate” media= only screen and (max-width: 640 px)“href=“http://m.dominio.com/pagina-1” >Na página mobile adicionar:<link rel=canonical” href=“http://www.dominio.com/pagina-1”>O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 18 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  19. 19. Como ajudar os motores de busca a encontrar osite?Se se optou por desenvolver um site paralelo então, para umarápida e correcta indexação é aconselhado: Criar um mobile sitemap e fazer o upload para o Google Webmaster Tools – lista dos URL que queremos ter visitados pelo bot Linkar versão normal para a versão mobileO conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 19 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  20. 20. Que cuidados devo ter nos conteúdos eestratégia de links?#1. Keyword Research com os utilizadores mobile em vistaFundamental se o negócio for de natureza local (um restaurante etc.) querepresentam uma parte grande das pesquisas feitas mobile: fundamental ter nosite palavras que identifiquem a localização da empresa.A ferramenta de Keywords do Google AdWords permite filtrar os resultados por tipo de dispositivo.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 20 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  21. 21. Que cuidados devo ter nos conteúdos eestratégia de links?#2. Utilizar as palavras-chave nas Title Tags e Meta DescriptionNormalmente os browsers mobile exibem menos caracteres da Title Tag, mas naspáginas de resultados dos motores de busca, o limite habitual dos 65 parecemanter-se.No caso da Meta Description a dimensão deverá rondar os 90-155 caracteres.#3. Utilizar as palavras-chave no Conteúdo das PáginasE cada página deve ter as suas palavras-alvo diferentes e ajustadas aos seusobjectivos.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 21 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  22. 22. Que cuidados devo ter nos conteúdos eestratégia de links?#4. Angariar links externos (também de outros sites móveis)Os links externos parecem também importantes nas pesquisas mobile (emboratestes tendem a concluir que o impacto é menor que na tradicional).O lançamento de um site mobile por si só pode ser um chamariz para ganharlinks, e a popularidade inicial pode ser reforçada com a submissão do site emdirectórios mobile.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 22 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.
  23. 23. Conclusões É muito provável que a parcela de visitantes mobile de qualquer site cresça nos próximos anos, e que o Mobile Search seja uma fonte de tráfego cada vez mais importante. É então fundamental garantir que estes visitantes e os motores de busca consigam interpretar correctamente o conteúdo do site por esta via. O paradigma do responsive web design parece estar a preferência dos motores de busca, e transformar-se numa boa prática de SEO mobile.O conteúdo desta proposta é privilegiado e confidencial e destina-se exclusivamente ao respectivo destinatário. Todos os direitos de PAG. 23 propriedade da presente proposta estão reservados à Inesting - Marketing Tecnológico, SA.

×