Your SlideShare is downloading. ×
Configuração de Drivers
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Configuração de Drivers

861

Published on

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
861
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
33
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Fundada em 1997Pioneira na Industria: Primeira a ter um produto para Microsoft Windows CE Web e XML integration em IHM/SCADA Patente em comunicação com Banco de DadosCertificações:Prêmios:
  • 2.  Aquisição de dados  Mais de 240 drivers nativos, OPC, APIs  Comunicação com ou sem fio (Wireless)  Suporte para diferentes camadas fisicas Visualização Gráfica  Suporte a Multiplas platformas  Suporte para plataformas Móveis  Thin Clients (Web, Mobile Access, Secure Viewer)  Linked symbols Tarefas de fundo  Roda como Serviço ou Aplicação  Monitoramento e Gerenciamento de Alarmes  Gráfico de Tendencias (Trend) incorporado ao produto  Registrador de Eventos  Interface para SQL Relational Databases (MS SQL Server, Oracle, MS Access, etc)  Sistema de Segurança com suporte a Active Directory  Receitas / Relatórios  Gerenciamento remoto de projetos
  • 3. InduSoft Web Studio é uma solução fácil de seutilizar para projetos de IHM/SCADA/MES/OEERoda em qualquer Sistema OperacionalMicrosoft (32 and 64 bits) incluindo WindowsCE/Mobile, Embedded XP/Standard, Windows7 & 8 e todas as Server Editions (2003/2008/2012)
  • 4. Mesmo projeto em Todas plataformas suportadas pela MicrosoftSCADAOEE / MES HMI Independencia de escolha de Hardware! Mobile
  • 5. 2013 Windows CE 6.x, 7 Windows 7 & 8 CEView v7.1 1997Windows CE v1.0 Windows 95 CEView v1.0
  • 6. SecureViewer Web Thin Viewer Local Client Remoto Comunicação via TCP/IP InduSoft Web Studio Processo Central Tags Database Canal de Comunicação Controlador Driver (CLP)
  • 7. Camada Física:  Utilizando as APIs comuns do Sistema Operacional Windows  Serial: padrão: RS232 (Voltagem) RS422/485 (Correntw) USB Nota: O canal é dedicado  Ethernet Note: Multiplas Conexões Ref.: http://icpdas-usa.com  Utilizando APIs de 3os  Barramentos Específicos, como CAN, Profibus, DeviceNet, ControlNet, Interbus, ASi, DH+, etc…
  • 8. Camada Física - Serial: A porta de comunicação física será usada apenas para aquele tipo de comunicaçãoRS232 (Voltagem) – distâncias curtas (30m), ponto-a-pontoRS422/485 (Corrente) – suporta multiplos nós da rede edistâncias mais longas
  • 9. Camada Física - Ethernet:  A mesma porta física pode ser usada com vários serviços, como comunicar com o CLP, mas também ter acesso a Internet, e-mails, etc…  Os PLCs com porta Ethernet normalmente suportam comunicações com outros PLCs e várias IHMs/Supervisórios simultaneamente
  • 10. Camda Física - Outras: Dependendo do protocolo ou do barramento, você precisará de um cartão ou adaptador conectado ao seu computador para poder fazer fazer parte da rede de comunicação com os equipamentos Esses cartões instalarão Device Drivers e APIs que o driver utilizará na comunicação com a rede Alguns dos barramentos mais utilizados, que requerem cartão: Profibus-DP ControlNet DeviceNet DH+ / DH485 / RIO Interbus Modbus Plus ControllerLink
  • 11. Camada Lógica:Protocolos: Esquema das mensagensA grande maioria dos drivers é baseada no esquema Master x Slave Master: Lado da comunicação que inicia a requisição da comunicação Slave: Lado da Comunicação que aguarda receber as mensagens do Master para então responder com os dados pedidos Ref.: http://www.modbus.org
  • 12. Camada Lógica:Protocolos: Esquema de mensagensExemplo de um envio de mensagemMaster: envia a mensagem. É o que chamamos de TX (Transmit) Header Message Error CheckHeader: normalmente a identificação da mensagem, do receptor e da funçãodesejada (leitura, escrita, status, etc…)Messagem: Conteúdo principal, por exemplo, valores a serem escritos,endereços a serem lidos, etc…Error Check: Operação realizada para a conferir a consistência da mensagem
  • 13. Camada Lógica:Protocolos: Esquema das mensagensExemplo de um envio de mensagemSlave: responde a mensagem enviada pelo Master. Chamamos de RX (Receive) Header Message Error CheckHeader: bytes que identificam a resposta, normalmente incluem o numero debytes que serão enviados, função de resposta, etc…Message: contém a informação pedida pelo MasterError Check: Operação realizada para a conferir a consistência da mensagem
  • 14. Camada Lógica:Fatores que influenciam na comunicação:Tamanho da Mensagem: Dependendo do Protocolo e do Fabricante, amensagem tem um número máximo de Bytes que podem ser trocadas Alguns Controladores suportam apenas 32 WORDs por mensagem Outros, desde 64 até 512 wordsSe o driver envia um pedido ao CLP querendo mais dados do que o que oprotocolo suporta, o CLP responderá dizendo que a solicitação é inválidaNúmero de mensagens trocadas: Uma vez que os protocolos tem limitaçõesquanto a quantidade de bytes a serem trocados, muitas vezes temos que trocarvárias mensagens com o CLP para conseguirmos ler toda a informação desejada Menos mensagens = Comunicação mais rápida Programe o seu CLP tendo em mente as especificações do protocolo de comunicação
  • 15. Camada Lógica:Fatores que influenciam na comunicação: Casos especiaisPACs, CIP: A maioria dos novos Programmable Automation Controller, utilizamnomes de Tags no programaUm exemplo bem comum disso são os CLPs com Ethernet/IP da Rockwell:ControlLogix, FlexLogix, CompactLogix, Micrologix 1100/1400A comunicação com esses CLPs são influenciadas por essas limitações O número máximo de bytes suportado pelo CIP é: TX: 544 bytes RX: 493 bytes O nome dos Tags influencia sim no tamanho das mensagens!Isto significa que Nomes deTag mais curtos permitem mais Tags por mensagem =Comunicação mais rápida! Use Arrays!!! - 1 Tag Name + several values!
  • 16. A camada Lógica:Fatores que influenciam na comunicação: Casos especiaisDrivers que usam APIs de 3rd-Party APIsAlguns drivers utilizam APIs de 3.os, por diversas razõesBeckhoff TwinCAT (TWCAT) - ADSOMRON – Fins/Sysmac Gateway (OMRON)CodeSys (COSYS) - PLCHandlerModbus Plus (MODPL) – Cyberlogic MBX SuiteStraton (STRAT) – Q-InterfaceDH+ / RIO using SST Card (SSTDH/STRIO)O driver é “Linkado” a essas APIs e chama as funções que trazem a informaçãoA performance desses drivers depende 99% da performance dessas APIs
  • 17. Camadas Física é LógicaPara Drivers TCP/IP - EthernetBaud-rate (Taxa de transmissão) mais rápidaMesma porta física para vários serviçosMúltiplas conexões simultâneas com o mesmo ou vários CLPs
  • 18. Main Driver Sheet (MDS) :Pros: Configuração simples: o endereçamento normalmente é igual ao utilizado no software de programação do CLP Cáculo automático da distribuição de grupos de comunicação Possibilidade de comunicação sempre ou somente quando o tag é mostrado em Telas Nota: A leitura acontece em grupos: quanto menos grupos, melhor a performance, portanto mantenha os endereços de comunicação próximos no CLP!Contras: A Taxa de leitura é fixa e igual para todos os endereços Você tem que configurar a Estação em cada linha! É mais difícil identificar erros É mais dificil identificar em qual grupo um certo tag está Escreve apenas um ítem de cada vez!
  • 19. Main Driver Sheet (MDS) :
  • 20. Main Driver Sheet (MDS) Solucionando problemas:  Use a Output Window (LogWin)  Dependendo do driver, os erros mais comuns são:  Station Errada • A sintaxe desse campo varia para cada driver. Alguns requerem só um numero, outros o endereço IP, a porta TCP, etc…  Parâmetros errados da comunicação • Alguns drivers suportam diferentes familias de CLPs (ABTCP, ABKE) e essa configuração é feita na janela “Driver Settings” • Para drivers seriais, erro no Baud Rate, Paridade, RTS  Endereço errado (não existentes N70, DB10, 441001, etc…)
  • 21. Main Driver Sheet (MDS) Solucionando problemas:  Na “Output Window” você pode habilitar o log de mensagens e ter uma ideia de onde está o error  Para drivers que usam nome de Tags, o erro mais comum é a digitação do nome errado na planilha!  Habilite o “Protocol Analyzer” para ver qual tag não existe no CLP
  • 22. Main Driver Sheet (MDS) Debugando MDS – para ter uma ideia de quais tags estão em quais grupos de comunicação, siga os passos abaixo:  Abra o arquivo .App utilizando um editor de texto (Notepad)  Encontre a seção [Options]  Crie o seguinte parâmetro: DumpDriverSheets=1  Salve o arquivo e abra o projeto do InduSoft novamente  Quando você chamar o Runtime, as planilhas com os grupos de comunicação serão criadas na pasta WebDump do projeto. Use a opção “Open Project File” para abrir essas planilhas e analiza-las
  • 23. Main Driver Sheet (MDS) Mudando a taxa de leitura.  Abra o arquivo .App utilizando um editor de texto (Notepad)  Encontre a seção [Options]  Crie o seguinte parâmetro: MainDrvAlwaysTrigger=<tagname>  <tagname> é o nome de uma Tag que, quando mudar de valor, disparará as leituras na MDS. Você pode usar os System Tags, como o BlinkFast (200 ms rate) ou criar o seu próprio trigger  Salve o arquivo, feche-o e abra o projeto no IWS  Na janela de Output, você verá a nova taxa de leitura
  • 24. Standard Driver Sheet (SDS)
  • 25. Standard Driver Sheet (SDS)Standard Driver SheetPros: Controle total da Comunicação. Você decide quando ler ou escrever Leitura constante ou por requisição Escrita de Grupos ou de Ítens Status de comunicação individual por grupo 1 configuração de Station para todo o grupo Qty./project Main Driver Sheet 1 Standard Driver Sheet(s) 9999 Rows/sheet 4096 4096Contras: You decide what triggers each sheet independently: Configuração menos amigável do que na MDS Scan period approx 600ms (default) -Independent Read/Write Triggers -Enable Read When Idle Configuração manual dos blocos: atenção nos -Enable Write On Tag Change tamanhos Apenas ua estação por planilha PLC address Mix type Single type for each sheet Apenas 1 tipo de endereço por planilha Utilização de muitas planilas – manutenção mais complicada
  • 26. Standard Driver Sheet (SDS)Standard Driver SheetEnable Read When Idle:  Use esse campo para obter a comunicação mais rápida possível  Tem uma prioridade mais baixa do que os outros eventos de comunicação “Idle” Significa que o driver não está em um aoperação de Read Trigger, ou escrita  Leituras da MDS tem uma prioridade mais altaRead Trigger: Recomendado para leturas em situações específicas, ou Leituras com taxa constante Pode ser utilizado para a leitura de receitas, parâmetros de PID, etc..  Prioridade mais alta do que “Enable Read”  Compartilha a prioridade com a Main Driver Sheet shares
  • 27. Standard Driver Sheet (SDS)Standard Driver SheetEnable Write on Tag Change:  Use esse campo para escrita individual de ítens  Cada tag mudado é uma mensagem para o PLC  Quando utilizado ao lado de Write Status and Write Completed Permite um controle total do status da comunicação  Tem priridade mais alta que leituras  Recomendado para escrita de BitsWrite Trigger: Recomendado para escrita de vários endereços simultaneamente, como receitas, parâmetros de PID, etc…  Nota: normalmente não funciona com escrita de Bits
  • 28. Driver Update Baixe o driver do site da InduSoft’s FecheInduSoft Web Studio Rode o Setup program (e.g. MODBU.exe) Selecione a pasta de instalação Siga as instruções da tela Ao final, o driver foi atualizado Execute o“Install System Files” para WinCE
  • 29. Customized Training is also Available at your Facility! Contact:training@InduSoft.com
  • 30. Email (US) info@indusoft.com (Brazil) info@indusoft.com.br (Germany) info@indusoft-germany.de USASupport support@indusoft.comWeb site (English) www.indusoft.com (Portuguese) www.indusoft.com.br (German) www.indusoft-germany.de BrazilPhone (512) 349-0334 (US) +55-11-3293-9139 (Brazil) +49 (0) 6227-732510 (Germany) GermanyToll-Free 877-INDUSOFT (877-463-8763)Fax (512) 349-0375
  • 31. Email (US) info@indusoft.com (Brazil) info@indusoft.com.br (Germany) info@indusoft-germany.de USASupport support@indusoft.comWeb site (English) www.indusoft.com (Portuguese) www.indusoft.com.br (German) www.indusoft-germany.de BrazilPhone +1(512) 349-0334 (US) +55-11-3293-9139 (Brazil) +49 (0) 6227-732510 (Germany) GermanyToll-Free (USA) 877-INDUSOFT (877-463-8763)Fax +1(512) 349-0375

×