Presentación Ronald Siqueira Barbosa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Presentación Ronald Siqueira Barbosa

on

  • 1,748 views

Relatório final dos testes realizados para o rádio digital

Relatório final dos testes realizados para o rádio digital

Statistics

Views

Total Views
1,748
Views on SlideShare
1,713
Embed Views
35

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

4 Embeds 35

http://indotel-tvdigital.blogspot.com 26
http://www.indotel.gob.do 6
http://www.slideshare.net 2
http://indotel-tvdigital.blogspot.com.ar 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Presentación Ronald Siqueira Barbosa Presentación Ronald Siqueira Barbosa Presentation Transcript

    • RELATÓRIO FINAL DOS TESTES REALIZADOS PARA O RÁDIO DIGITAL Eng.º Ronald Siqueira Barbosa ● maio, 20 2009 ●
    • Os radiodifusores gostariam de manter as instalações de suas estações na mesma planta instalada e por no ar simultaneamente os sinais analógicos e digitais nas mesmas transmissões. Existem no Brasil cerca de 4.500 estações AM e FM com transmissões analógicas. Para os radiodifusores não seria possível desistir de suas estações AM e FM e construir outras em diferentes lugares para transmissão digital com novos serviços.
    • Há quatro sistemas de rádio digital no mundo reconhecidos pela UIT: Eureka 147 Novos Serviços e Novas Faixas de Frequências ISDBT-ts DRM Não São Necessárias Novas Faixas de Frequências HD Radio
    • Estações Selecionadas AM FM 1 – Fundação Padre Anchieta 1 – Sistema Clube de Comunicação 2 – Rádio Tiradentes 2 – Sompur São Paulo Radiodifusão 3 – Estação de Simulação
    • Dois princípios foram estabelecidos para avaliação do Sinal Híbrido AM e FM (IBOC – HD Radio): 1) Avaliação de desempenho digital compreendendo: - Robustez do sinal digital - Área de Cobertura; e - Qualidade do Áudio Digital 2) Avaliação da compatibilidade do sinal híbrido AM e FM (HD Radio): - com os sinais analógicos existentes no PBFM e PBOM - com os sinais analógicos hospedeiros, e - com outros sinais digitais envolvidos.
    • Layout para testes nos pontos fixos
    • Layout para testes de mobilidade
    • Veículo
    • Veículo
    • A Seleção de um adequado Sistema para Brasil  Não demanda espectro adicional e atribuição de novas faixas de freqüências para as estações AM e FM;  Permite um processo suave de transição da tecnologia analógica para a digital;  Não vincula o processo de implantação pela estação com o processo de aquisição de novos receptores pela audiência, fornecendo, portanto, liberdade para a escolha do melhor tempo para a migração de cada parte;
    • A Seleção de um adequado Sistema para o Brasil  Ser capaz de melhor a qualidade do áudio para ambas AM e FM as estações;  Uso de receptores amigáveis e disponíveis no mercado para os ouvintes;  Utilizando a maior parte da infraestrutura de transmissão das estações existentes.
    • Planejamento para os Testes de Avaliação de Desempenho  Duas estações foram consideradas na cidade São Paulo: - Fundação Padre Anchieta – Estação AM - Sompur Radiodifusão – Estação FM São Paulo tem uma situação bastante desfavorável para a recepção de sinais de rádios – Altos níveis de ruído feito pelo homem, grande densidade de altos edifícios, inadequada condutividade para difusão das ondas de rádio AM e difícil topografia para a recepção em FM.
    • São Paulo
    • Planejamento para os Testes de Avaliação de Desempenho  Uma estação foi considerada na cidade de Belo Horizonte: - Rádio Tiradentes Ltda – Estação AM  Uma estação foi considerada na cidade de Ribeirão Preto: - Sistema Clube de Comunicação Ltda – Estação FM
    • Belo Horizonte
    • Ribeirão Preto-SP
    • Cordeirópolis-SP
    • Planejamento para Avaliação dos Testes de Desempenho  Para a cobertura noturna: - Rádio Gaúcha S/A – Estação AM Rádio Gaúcha foi escolhido pela Anatel por causa de sua teórica cobertura noturna através da onda espacial cobrindo Ribeirão Preto e Belo Horizonte.
    • FREQÜÊNCIA POTÊNCIA EMISSORA PERÍODO LOCALIDADE CLASSE (kHz) (kW) Fundação Padre Anchieta Diurno e – Centro Noturno (onda 1200 São Paulo B 100/20 Paulista de de superfície) Rádio e TV Educativas Rádio Tiradentes Diurno 1150 Belo Horizonte B 50/5 Ltda. Rádio Gaúcha Noturno (onda S/A (avaliação 600 Porto Alegre A 100/100 espacial) específica) Tabela 1 –Planejamento da Avaliação de Cobertura Digital - AM IBOC
    • FREQÜÊNCIA EMISSORA CANAL LOCALIDADE CLASSE (MHz) Sompur São Paulo 96,9 245 São Paulo E3 Radiodifusão Ltda. Sistema Clube de 100,5 263 Ribeirão Preto E3 Comunicação Ltda. Estação de Teste (somente 90,5 213 Cordeirópolis C cobertura) Tabela 2 – Planejamento da Avaliação de Cobertura Digital - FM IBOC
    • Planejamento de Testes para Avaliação da Compatibilidade Anatel elencou as estações relevantes através do estabelecimento de um critério, baseado sobre seus regulamentos técnicos para transmissão analógica. Uma estação é considerada relevante quando a relação de proteção é violada do cálculo teórico na viabilidade técnica do canal, calculada pelo método ponto-área.
    • EMISSORA POTENCIAL EMISSORA RELEVANTE INTERFERENTE TIPO DE INTERFERÊNCIA E PERÍODO Freqüência Freqüência Emissora Classe Localidade Emissora Classe Localidade (kHz) (kHz) Canal 1º Fundação Padre Rádio Emissora Adjacente Inferior Anchieta – Sorocaba Vanguarda 1210 B Diurno Centro Paulista 1200 B São Paulo Belo Ltda. 1190 B Canal 1º de Rádio e TV Horizonte Rádio Guarani Adjacente Superior Educativas S/A Noturno Rádio Belo de Divinópolis Canal 1º Adjacente 1150 B 1140 C Divinópolis Tiradentes Ltda. Horizonte Ltda. Superior Diurno Rádio Gaúcha Porto Rádio Ribeirão Canal 1º Adjacente 600 A 590 B Ribeirão Preto S/A Alegre Preto Ltda. Superior Noturno Fundação Rádio e Cultural de Televisão Canal 1º Adjacente 840 B São Paulo Radiodifusão 830 B Nova Odessa Bandeirantes Superior Diurno Arthur de Ltda. Souza Valle Tabela 3 – Planejamento da Avaliação do impacto da transmissão digital AM IBOC sobre a recepção de estações relevantes analógicas
    • EMISSORA POTENCIAL INTERFERENTE EMISORA RELEVANTE (digital) (analógica) TIPO DE INTERFE- Freqüênc Freqüênc RÊNCIA Emissora ia Canal Classe Localidade Emissora ia Canal Classe Localidade (MHz) (MHz) Fundação Sistema Cultural Santa Rita Canal 1º Clube de Ribeirão Professora do 100,5 263 E3 100,3 262 C Adjacente Comunica Preto Astrogilda Passa Superior ção Ltda. Mariano Quatro Damasceno Energia Rádio Cidade Canal 1º Santo 97 FM 97,7 249 E3 de 97,5 248 A1 Itu Adjacente André Ltda. Campinas Ltda. Superior Rádio Vox Estação de Cordeiró- Canal 1º 90,3 212 A4 Americana 90,5 213 C 90 Ltda. Teste polis Adjacente Inferior Canal 1º Estação Rádio Vox 90 90,5 213 C Cordeiró-polis 90,3 212 A4 Americana Adjacente de Teste Ltda. Superior Tabela 4 – Planejamento da avaliação do impacto da transmissão digital sobre a recepção de estações relevantes
    • Infraestrutura e procedimentos para os testes de campo a) Testes de Desempenho Para levantamento da cobertura, a Anatel recomenda, através dos guias de procedimentos, as medidas do sinal recebido no deslocamento sobre 4 rotas radiais, gravando:  Qualidade Objectiva da recepção por meio da BLER ou no mínimo uma indicação do estado da recepção (com qualidade digital máxima - estereo, digital – baixa qualidade - mono - or analogico);  Intensidade do sinal (nível de Intensidade de campo, em µV/m);  Intensidade de ruído e/ou sinais interferentes de emissoras localizadas em canais adjacentes (nível de Intensidade de campo, em µV/m );  Recording Audio for subjective evaluation later. b) Testes de Compatibilidade Testes de compatibilidade verifica o impacto da transmission digital sobre a recepção do canal analógico hospedeiro e também sobre outros canais analógicos em operaçãos na próximos do canal utilizado para a transmissão híbrida, dependendo sobre a ocupação espectral da transmissão digital.
    • AM
    • AM
    • Rádio Tiradentes
    • Sompur Radiodifusão - FM
    • Testes Pontos Fixos – Fundação Padre Anchieta
    • Testes Pontos Fixos – Fundação Padre Anchieta
    • Testes Mobilidade – Fundação Padre Anchieta
    • Testes Mobilidade – Fundação Padre Anchieta
    • Testes Mobilidade – Fundação Padre Anchieta
    • Rádio Tiradentes – Belo Horizonte
    • Rádio Tiradentes – Belo Horizonte
    • Testes Mobilidade – Belo Horizonte Incluir o Video BH-OM2
    • Resultados Consolidados – Belo Horizonte
    • Resultados do Noturno – Rádio Gaúcha-RS
    • Rádio Digital Medições em Pontos Fixos
    • Medições em Pontos Fixos
    • Testes Pontos Fixos •Azul: Com sinal digital e sinal analógico com boa recepção •Verde: Com sinal digital e sinal analógico com recepção regular a péssima •Rosa: Sem sinal digital e sinal analógico com recepção regular a boa •Vermelho: Sem sinal digital e sinal analógico com recepção péssima ou inexistente
    • Resultados Testes Mobilidade – Sompur-FM Incluir o video SP-2
    • Resultados Consolidados – Sompur-FM Incluir o video SP-FM2
    • Mobilidade sem Digital e Pontos Fixos
    • Testes Pontos Fixos – Sistema Clube
    • Resultados Teste Mobilidade – Sistema Clube Incluir o video RP-FM 2
    • Resultados Consolidados – Sistema Clube
    • Resultados Classe C e Estação RadCom Cp = 7 km Cp = 24 km 90,3 MHz – Classe A4 – Americana – SP – Analógico e Digital 90,5 MHz - Classe C e Comunitária – Cordeirópolis – SP
    • Resultados – Classe C e Estação RadCom Avaliação do desempenho da estação de teste Classe“C” em Cordeirópolis-SP Para a avaliação do desempenho de uma Classe C com transmissão híbrida, uma estação de teste foi projetada e instalada em Cordeirópolis. AMERICANA/A4 CORDEIRÓPOLIS/C 90,3 MHz 90,5 MHz
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária Avaliação do Desempenho da Classe “C” e Estação de Teste em Cordeirópolis-SP Para a avaliação do desempenho de uma estação classe “C” com transmissão híbrida, uma estação de teste foi projetada e instalada em Cordeirópolis. A Rádio Independência de Cordeirópolis Ltda, que opera na frequência de 104,5 MHz, cedeu parte de sua infraestrutura, torre e casa do transmissor para a instalação da estação de teste.
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária Avaliação do Desempenho da Classe “C” e Estação de Teste em Cordeirópolis-SP – cont. A estação de teste foi colocada em Cordeirópolis porque isso criava uma interessante situação para nossa avaliação: o canal 213 C, frequência of 90,5 MHz, preparada para teste lá foi teoricamente não viável tecnicamente, com os canais analógicos constantes no PBFM em operação. Segundo os cálculos teóricos pela Recomendação ITU R 1546, há inviabilidade com os canais 212 A4, frequência de 90,3 MHz, da Radio Vox Ltda., que também opera com transmissão híbrida IBOC FM e o canal 214 B1, frequência de 90,7 MHz, da Rádio Centenário de Araras.
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária Avaliação Pontual do limite de redução da potência da estação de Classe “C”, mantendo a recepção digital De acordo com a recomendação da Anatel sobre esta mesma instalação da estação de teste Classe “C”, uma estação com características de uma RadCom foi obtida, usando uma antena com 2 elements, aplicando sobre esta ao mesmo tempo o sinal analógico e o sinal digital, com 25 W potência e máscara do sistema HD Radio da iBiquity.
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária Incluir a imagem FN_Cord_1
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária Teste de Recepção Interna (“Indoor”) A fim de determinar a mínima potência para recepção de sinal, 2 pontos foram selecionados para teste de recepção indoor, que representa a mais crítica situação de recepção. Os pontos P1 e P2, situados dentro do raio de 1km que está dentro da área de serviço de uma estação RadCom.
    • Resultados – Classe C e Rádio Comunitária
    • ANÁLISE DOS RESULTADOS - Área de Cobertura Dos resultados dos testes, a primeira observação relevante refere-se à tecnologia analógica, visto que em ambas AM e FM, as predições teóricas de cobertura não são confirmadas na prática. Os resultados sugerem que a cobertura real da estação analógica, especialmente aquelas AM, é menor do que aquela estimada por modelos para determinação da intensidade de campo atualmente adotados. Para essas, dois fatores parecem afetar mais intensamente os resultados: os valores usados das condutividades dos solos e crescimento do ruído urbano em cidades, especialmente nos grandes centros. Para as estações de FM, quando aplicado os modelos de propagação disponíveis, usando o método ponto-a-ponto e o método dos relevos digitalizados, a cobertura estimada são perto daquelas as quais foram verificados os pontos medidos.
    • ANÁLISES DOS RESULTADOS - Qualidade do áudio Para os pontos fixos medidos situados dentro do contorno protegido teórico da estação, observou-se que houve recepção digital em vários pontos onde a qualidade do áudio analógico foi considerada regular ou péssima, na avaliação no campo (pontos verdes sobre os mapas). Assim, do ponto de vista da qualidade do sinal recebido, os resultados sugerem que a transmissão digital pode prover uma melhor cobertura na medida em que há recepção digital, cuja qualidade é superior, onde a recepção analógica não é considerada boa.
    • ANÁLISE DOS RESULTADOS - Robustez Os resultados dos testes indicam que o sistema HD Radio para ambos AM e para FM, melhora a robustez do sinal com respeito a modulação analógica, ainda que a faixa de AM demande melhorias. Em função da faixa de frequência de operação e da estreita largura de faixa e, consequentemente, da baixa taxa de bits da transmissão HD Radio na faixa AM, não é surpresa o fato que sua robustez seja menor do que o sistema FM. Entretanto, os efeitos observados do ruído radioelétricos, sobre a recepção do sinal digital na faixa AM sinalizam a que as futuras versões do sistema HD Radio continuem a considerar o crescimento do ruído radioelétrico no ambiente urbano.
    • RESULTS OBTAINED ANÁLISE DOS RESULTADOS
    • CONCLUSÕES Uma vez completado esse processo que envolveu o planejamento, preparação e realização de testes com o padrão IBOC no Brasil, mais especificamente com o sistema AM e FM HD Radio e levando-se em conta os resultados, análises, discussões e avaliação que foram decorrentes, a ABERT chegou às conclusões apresentadas a seguir:
    • CONCLUSÕES 1) Quanto ao padrão IBOC- “In-Band On- Channel” 2) Quanto ao sistema HD Radio 3) Quanto ao processo de digitalização das estações
    • CONCLUSÕES 1) Quanto ao padrão IBOC - quot;In-Band On- Channel“  O padrão IBOC é o mais adequado para a digitalização das estações AM e FM do Brasil;  O padrão IBOC é o que proporciona a transição de tecnologia com o menor impacto, tanto para as emissoras quanto para o público em geral, porque: o A emissora opera no seu próprio canal, não implicando novo planejamento de canais, possibilitando o aproveitamento da planta tecnológica instalada e reforçando a fidelização do público ouvinte; o O público ouvinte pode continuar a sintonizar sua Rádio no sistema analógico, não havendo necessidade imediata de adquirir novos receptores, já que as transmissões híbridas permitem a transmissão simultânea dos sinais analógicos e digitais; o Cada radiodifusor poderá iniciar a transição de acordo com sua disponibilidade e estratégia, mas levando em conta a necessidade de manter o seu público ouvinte e a sua competitividade, conquistando o “público digital”.
    • CONCLUSÕES 2) Quanto ao Sistema HD Radio  O sistema HD Radio dispõe de uma versão para a faixa de OM e uma versão para a faixa de FM;  O sistema HD Radio no atual estágio de desenvolvimento tecnológico melhora o desempenho com relação à modulação analógica, mas na faixa de OM ainda demanda melhorias na robustez;  O sistema HD Radio, mesmo já tendo sido adotado oficialmente em seu país de origem, continua em processo de evolução e deverá desenvolver versões mais robustas, mais imunes ao ruído urbano, crescente nos grandes centros;  O sistema HD Radio, na versão para FM, apresenta um bom desempenho em baixa potência, inclusive nos níveis de potência aplicáveis às Rádios Comunitárias – RadCom;  Não foram observadas interferências nos casos testados;  O sistema HD Radio é uma opção para o padrão de rádio digital a ser adotado no Brasil e, no presente momento, é a única alternativa IBOC em situação operacional.
    • CONCLUSÕES 3) Quanto ao processo de digitalização das estações  A digitalização das estações de OM e FM é uma necessidade real diante do aparecimento das novas tecnologias competidoras na distribuição de conteúdo, assim como dos crescentes desafios à qualidade de recepção analógica e do fato de que somente o Rádio ainda é analógico;  É necessário que se promova um conhecimento mais aprofundado e estruturado da tecnologia;  É necessário promover a qualificação de profissionais;  É necessário que haja um estreito acompanhamento dos constantes avanços da tecnologia que permitam melhorar o desempenho do sistema;  É importante a continuidade da operação das emissoras com os sistemas híbridos instalados e, ainda, que sejam permitidas novas autorizações aos radiodifusores interessados, em promover o treinamento dos profissionais envolvidos, possibilitar a pesquisa e a geração de novos conteúdos, estimular inovações na linguagem da radiodifusão, bem como permitir a implementação e avaliação imediata das novas versões desenvolvidas.
    • Obrigado. ABERT-SET ronald@abert.org.br radiodigital@abert.org.br ronald@set.com.br DE ALMEIDA DONZELLI CONSULTORES