Your SlideShare is downloading. ×
0
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
O Espírito Santo e o dom de Línguas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O Espírito Santo e o dom de Línguas

8,761

Published on

Recebe o dom de línguas todo aquele que é batizado com o Espírito Santo?

Recebe o dom de línguas todo aquele que é batizado com o Espírito Santo?

Published in: Spiritual
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
8,761
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
269
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Capítulo 11 Espírito Santo Dons e Batismo
  • 2. DONS NECESSÁRIOS <ul><li>Os dons espirituais são diversos (I Cor.12:4,8-10). </li></ul><ul><li>Todos são necessários (I Cor. 12:22). </li></ul><ul><li>Deus como doador é quem decide quem recebe, que dons e quantos (Mat.25:14; I Cor.12:11,18). </li></ul><ul><li>São dádivas graciosa, emergem de Deus, sem alusão a grau de mérito por parte do receptor. </li></ul><ul><li>Alguns religiosos, hoje, concentram-se em dois: cura e línguas. </li></ul>
  • 3. DOM DE LÍNGUAS <ul><li>O escritor pentecostal Grant é categórico: </li></ul><ul><li>“… receber o batismo sem falar línguas estranhas é impossível… a língua Celestial será a senha para a entrada no Céu.” O Batismo no Espírito Santo, Grant, pág. 97,99,123,81. </li></ul>
  • 4. RECEBERAM O ESPÍRITO SANTO E NÃO FALARAM EM LÍNGUAS <ul><li>Os samaritanos (Atos.8:15-17) </li></ul><ul><li>João, o Batista (Luc.1:15) </li></ul><ul><li>Maria mãe de Jesus (Luc.1:35) </li></ul><ul><li>Izabel, prima de Maria (Luc.1:41) </li></ul><ul><li>Zacarias, Pai de João Batista (Luc.1:67) </li></ul><ul><li>Jesus Cristo (Luc.3:22) </li></ul><ul><li>Os sete diáconos da Igreja Apostólica (Atos.6:1-7) </li></ul><ul><li>Estevão (Atos.6:5; 7:55) </li></ul><ul><li>Paulo e Barnabé (Atos.9:1-9,17-18; 13:2-3). </li></ul>
  • 5. LÍNGUAS “ESTRANHAS” OU IDIOMAS? <ul><li>I Cor.14:2,4-6 – Pode-se notar que se trata de línguas desconhecidas. </li></ul><ul><li>I Cor.12:10,28 – “variedades de línguas”, define tratar-se de outros idiomas. </li></ul><ul><li>No Pentecostes os discípulos falaram línguas desconhecidas para eles, mas línguas existentes. </li></ul><ul><li>Idiomas estrangeiros. </li></ul><ul><li>O dom era necessário </li></ul>
  • 6. POR QUE O DOM ERA NECESSÁRIO? <ul><li>Jesus comissionou os discípulos (Mat.28:19). </li></ul><ul><li>Os discípulos eram: pessoas incultas, pescadores… </li></ul><ul><li>Falavam apenas o aramaico, limitado, simples. </li></ul><ul><li>Ali estavam diante de uma multidão (Atos.2:5,9-11). </li></ul><ul><li>O que fazer? Como aproveitar a oportunidade? (Atos.2:4) </li></ul><ul><li>A preocupação de Lucas em fazer a lista dos 16 países presentes deixa claro tratar-se de idiomas existentes. </li></ul>
  • 7. <ul><li>Jesus garantiu aos Seus discípulos a capacidade de falar outros idiomas (Mar.16:17). </li></ul><ul><li>Promessa feita após a grande Comissão – IDE. </li></ul><ul><li>O Pentecostes foi a comprovação de que este dom é a capacidade para cumprir a ordem de pregar. </li></ul>
  • 8. A LÍNGUA DE CORINTO <ul><li>Aspectos da igreja de Corinto: dissensões (I Cor.1:11); demandas (I Cor.6:6-7); adultério (I Cor.5:1). </li></ul><ul><li>O Ambiente não era favorável à decida do Espírito. </li></ul><ul><li>Estavam desvirtuando o dom de línguas. </li></ul><ul><li>Como o ambiente não era propício, por causa das desavenças, emitiam sons “que ninguém entende” (I Cor.14: 2). </li></ul>
  • 9. A LÍNGUA DE ÉFESO ATOS 19 <ul><li>Paulo encontro um grupo de cristãos (Atos.19:7). </li></ul><ul><li>O cristianismo precisava ser implantado neste foco da deusa Diana. (Atos.19:27). </li></ul><ul><li>Atos.19:6 – Eles, pelo poder do Espírito Santo, passaram a possuir estes dons, para edificar a igreja (Dom de Profecia) e pregar aos estrangeiros (Dom de Línguas). </li></ul>
  • 10. A LÍNGUA DE CESARÉIA ATOS. 10 <ul><li>Atos 10:44-47 – “também receberam como nós”. Expressão afirmativa, bem como comparativa. </li></ul><ul><li>Pedro está se reportando à descida do Espírito Santo em Jerusalém, sete anos antes: Atos 2. </li></ul><ul><li>Era o mesmo dom (Atos. 11:15,17; 15:8). </li></ul>
  • 11. CURA OU SALVAÇÃO <ul><li>Para alcançar o mundo com o “IDE”, Deus capacitou Seus discípulos com o dom de línguas. </li></ul><ul><li>Seria impossível cumpri-lo naquela época. </li></ul><ul><li>O dom de cura à época de Jesus era não só necessário mas vital. </li></ul><ul><li>Falta de higiene, rede de esgoto, água potável – facilitava a doença. </li></ul><ul><li>Não havia hospitais, médicos, remédios, anestesia. </li></ul>
  • 12. TENHO OU NÃO O ESPÍRITO SANTO <ul><li>Os crentes que não falam línguas “são templos desertos …” Luz S. Fenômenos Pentecostais, Elemer Hasse, 24. </li></ul><ul><li>Se somos filhos de Deus (Rom.8:16), temos o Espírito Santo (II Cor.1:22). </li></ul><ul><li>É através do Espírito Santo que o homem reconhece e abandona o pecado (João.16:8). </li></ul><ul><li>Como saber se o Espírito Santo habita no coração, ou se apenas convence do pecado?: (Gál.5:22,19-21). </li></ul>
  • 13. O BATISMO DO ESPÍRITO “cheio” <ul><li>Não é uma experiência isolada, temporária e dramática, ocorrida em determinado momento </li></ul><ul><li>É uma dotação especial de poder ao crente salvo. </li></ul><ul><li>Andar no Espírito é o primeiro passo. </li></ul><ul><li>O crente vai andando no Espírito (crescendo na fé). </li></ul><ul><li>O Poder do Espírito vai descendo (capacitando-o). </li></ul><ul><li>O crente batizado nas água em nome da Trindade está completo. </li></ul>
  • 14. <ul><li>“ Ser continuamente cheio do Espírito é, na verdade, um desafio de cada dia. Nada, a não ser uma contínua vida de oração, contínua disciplina espiritual e constante vigilância, capacitará o cristão de continuar a ser cheio do Espírito Santo.”- Pr. Endruvit, teólogo. </li></ul><ul><li>Batismo significa imergir. O batismo do Espírito sugere que somos imersos em Cristo. </li></ul><ul><li>Falou em línguas? Não! Mas sua vida cristã mudou para melhor. </li></ul>
  • 15. O VERDADEIRO PROFETA <ul><li>Dependendo da época ou situação, certo dom pode ser mais necessário que outro. </li></ul><ul><li>I João 4:1 – Vivemos num tempo em que há muitos “sinais e maravilhas”. </li></ul><ul><li>Devemos orar pedindo sabedoria para divisar a verdade do erro. (Apoc.12:17; 19:10). </li></ul><ul><li>I Cor. 14:5 – O Espírito de Profecia (o maior de todos os dons), é Deus falando por meio de um profeta para conduzir o remanescente. </li></ul>
  • 16. <ul><li>Nos últimos dias iam levantar-se falsos profetas (Mat.24:24). </li></ul><ul><li>Como saber se é verdadeiro um profeta. Surgirá entre os remanescentes (Apoc.14:12; 12:17). </li></ul>
  • 17. O FALSO PROFETA <ul><li>Mat. 24:24 </li></ul><ul><li>Isa. 8:20 – Obediência irrestrita a toda a vontade de Deus (Êxo.20), e testemunho pessoal (Mat.7:16), são a segura guia divina para divisar o falso do verdadeiro. </li></ul>
  • 18. QUANDO O CRENTE RECEBE O ESPÍRITO SANTO? <ul><li>Só tem o Espírito quem fala em línguas, não é bíblico. </li></ul><ul><li>O Espírito vem ao crente quando: se converte (Atos.2:38); obedece (Atos.5:32); ora (luc.11:13); possui fé (Gál.3:14). </li></ul><ul><li>Passa a morar no crente (I Cor.3:16) </li></ul><ul><li>Passa a produzir frutos (Gál.5:22). </li></ul><ul><li>Quem recebe o Filho, recebe o Pai e o Espírito, pois são todos um só Deus (João.14:21-23). </li></ul>
  • 19. VERDADEIRO DOM DE LÍNGUAS <ul><li>Capacidade de falar outros idiomas sem os haver estudado. </li></ul><ul><li>Recurso divino para facilitar a pregação do evangelho aos estrangeiros. </li></ul>
  • 20. FALSO DOM DE LÍNGUAS <ul><li>Palavras complicadas, esquisitas, místicas, incompreensíveis, proferidas por alguém em delírio, em transe ou mesmo em estado normal (neste caso é pura vaidade, condicionamento da mente, ou exibicionismo). </li></ul>

×