I Oficina de Restauração de

   Paisagens Florestais


    Rio Branco – Acre - Brasil




Articulação entre atores na ação...
A abordagem de paisagem não é algo novo...
é um novo olhar que busca formas de planejamento e
execução mais participativas...
Restauração de Paisagens Florestais


Processo que visa recuperar a integridade ecológica e
  aumentar a qualidade de vida...
Negociando e harmonizando interesses na paisagem


- Atores   governamentais,    não   governamentais,               priva...
Fortalecendo capacidades nas pessoas e
instituições



- Capacitação na ação Ú aspectos técnicos relativos à
restauração; ...
Etapas para ordenação e manejo da paisagem com vistas
  a aprendizagem coletiva


1. Definir unidades e limites na paisage...
4.Analisar e comunicar os resultados

           - mobilização para ação e aprendizagem
           - quem envolver / com q...
Não existe uma fórmula única...


-Processos tem que ser adaptados às especificidades de cada paisagem e
aos objetivos da ...
GPFLR - Conclusões das oficinas já realizadas



- Aprendizagem deve estar baseada em redes nacionais
e regionais já exist...
GPFLR – locais de
                            Inglaterra
aprendizagem
                            2 localidades
          ...
Tomar uma paisagem...




            Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
Opções...


                    Madeira        Biodiversidade            Well forested
                                   ...
Analisar os fatores que influenciam sua dinâmica...

                                   LOCAL
                            ...
GLOBAL


   Aumento da         Crescimento            Demanda
   demanda por        populacional           por minerais
  ...
Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
Redes através da paisagem




                                                                “Eu na
verde – local        ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Articulação entre atores na ação e aprendizagem para a restauração de paisagens florestais

650 views
573 views

Published on

Presentation by IUCN on the FLR workshop in Rio Branco - Acre – Brazil.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
650
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Articulação entre atores na ação e aprendizagem para a restauração de paisagens florestais

  1. 1. I Oficina de Restauração de Paisagens Florestais Rio Branco – Acre - Brasil Articulação entre atores na ação e aprendizagem para a restauração de paisagens florestais Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  2. 2. A abordagem de paisagem não é algo novo... é um novo olhar que busca formas de planejamento e execução mais participativas. - Paisagem não é um conceito de escala – limites e extensão devem ser definidos de acordo com os objetivos que se quer atingir com a gestão da paisagem; - Buscar o equilíbrio entre o bem-estar humano e a conservação da paisagem; - Colaboração entre diversos atores / envolvimento e participação; - Estabelecer processos de comunicação; - Respeitar as identidades; - Criar instrumentos de gestão da ação e aprendizagem. Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  3. 3. Restauração de Paisagens Florestais Processo que visa recuperar a integridade ecológica e aumentar a qualidade de vida em paisagens florestais • Participativo • Funcionalidade dos sistemas que compõem o mosaico da paisagem • Economicamente sustentável • Adaptivo (para gerar a mudança social, econômica e ambiental) • Avaliação e aprendizagem consistente • Decisões na escala / no contexto da paisagem Maginnis, 2005: Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  4. 4. Negociando e harmonizando interesses na paisagem - Atores governamentais, não governamentais, privados e movimento social e outros Ú processos contínuos e colaborativos de reflexão, negociação, tomada de decisão, experimentação, monitoramento e aprendizagem - Entendimento dos processos que estão causando mudança na paisagem e construir visão de futuro compartilhada -Planejamento participativo -Integraçao entre conservação e desenvolvimento - Equidade e transparência na distribuição de benefícios Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  5. 5. Fortalecendo capacidades nas pessoas e instituições - Capacitação na ação Ú aspectos técnicos relativos à restauração; governança - Capacidade de planejar e monitorar as ações, aprender da prática e gerir o conhecimento - Garantir oportunidades para aprendizagem mútua Ú troca; une conhecimento tradicional/local e científico - Gestão descentralizada Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  6. 6. Etapas para ordenação e manejo da paisagem com vistas a aprendizagem coletiva 1. Definir unidades e limites na paisagem de interesse - identificar a área e a dinâmica da paisagem - identificar os componentes da paisagem (inclui cobertura vegetal, uso do solo, propriedade da terra) 2. Identificar os atores, relações, interesses e ações - Direitos, responsabilidades, benefícios e relações - Atividades dos atores, seu impacto na paisagem e fatores determinantes – mosaico dos diferentes usos da terra - Como vêem seu papel atual e potencial no manejo da paisagem - Pode ser necessário rever os limites da paisagem pré-estabelecidos Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  7. 7. 4.Analisar e comunicar os resultados - mobilização para ação e aprendizagem - quem envolver / com que foco e profundidade 5. Negociar objetivos e planejar ação 6. Implementar, monitorar e aprender Monitorar Monitorar Avaliar Agir Avaliar Agir Planejar Planejar Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  8. 8. Não existe uma fórmula única... -Processos tem que ser adaptados às especificidades de cada paisagem e aos objetivos da intervenção - Considerar princípios e diretrizes e adaptá-las ao contexto regional como “moldura” para ação, monitoramento e aprendizagem - GPFLR - Identificação de ações piloto / locais de aprendizagem e facilitadores de redes de troca -Maio – Indonésia -Junho – Ruanda -Outubro – Brasil e Inglaterra Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  9. 9. GPFLR - Conclusões das oficinas já realizadas - Aprendizagem deve estar baseada em redes nacionais e regionais já existentes - Facilitação descentralizada por um ator local - Integrar a aprendizagem, geração e troca de conhecimento - Desenvolver capacidades como ponto central da rede - Ação aprendizagem em diferentes niveis – do local ao regional Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  10. 10. GPFLR – locais de Inglaterra aprendizagem 2 localidades Holanda China 1 localidade Estados Unidos 1 localidade Tailandia 1 localidade Brasil: Acre Indonesia 12 Ghana Ruanda localidades 7 localidades em em potencial potencial Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  11. 11. Tomar uma paisagem... Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  12. 12. Opções... Madeira Biodiversidade Well forested catchment Agricultura de subsistência Terras ancestrais Pastagem Turismo Agricultura comercial Assentamentos Biocombustíveis Recursos minerais Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  13. 13. Analisar os fatores que influenciam sua dinâmica... LOCAL Politicas Migração municipais e estaduais Demanda local por alimentos Investimento externo Preços no mercado local Pressão demográfica Relações de poder Atividades econômias Descentralização Questões fundiárias Empoderamento das minorias Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  14. 14. GLOBAL Aumento da Crescimento Demanda demanda por populacional por minerais alimentos Preço das das commodities Mudanças No padrão de dieta Demanda por Mudanças climáticas biocombustíveis Interesse na biodiversidade Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  15. 15. Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza
  16. 16. Redes através da paisagem “Eu na verde – local minha rosa - nacional paisagem” Unión Internacional para la Conservación de la Naturaleza azul– international

×