Your SlideShare is downloading. ×
0
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Psicologia Positiva Aplicada ao Coaching - José Roberto Marques

3,954

Published on

Published in: Education
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,954
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
329
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. PSICOLOGIA POSITIVA APLICADA AO COACHING José Roberto Marques Presidente do IBC, Master Coach Senior & Trainer
  • 2. Psicologia Positiva A Psicologia Positiva é o enfoque científico e aplicado da descoberta das qualidades das pessoas e da promoção de seu funcionamento positivo (Snyder 2007). A abordagem proposta pela psicologia positiva representa uma mudança de paradigma em relação ao questionamento vigente na psicologia aplicada sobre aquilo que há de errado com as pessoas, na medida em que desloca o foco para a identificação e compreensão das qualidades e virtudes humanas com vistas a uma vida mais feliz e produtiva.
  • 3. Psicologia Positiva O psicólogo americano, Martin Seligman, é o principal expoente e um dos disseminadores da Psicologia Positiva, e junto a outros pesquisadores tem buscado o que há de positivo na vida cotidiana, as emoções positivas e as qualidades humanas.
  • 4. Psicologia Positiva De certa forma, a Psicologia Positiva dá um passo adicional em relação ao processo de Coaching, uma vez que, propõe uma investigação sobre a identidade do indivíduo - quem eu sou - antecedendo a investigação sobre o que fazer, preponderante no processo de Coaching.
  • 5. Psicologia Positiva De acordo com Seligman (2003), o edifício da Psicologia Positiva está sendo construído sobre três pilares fundamentais, em que cada um deles pode ser alinhado ao Coaching: 1. BEM-ESTAR SUBJETIVO POSITIVO satisfação com a vida, otimismo); (felicidade, 2. CARÁTER POSITIVO (forças pessoais e virtudes); 3. GRUPOS, COMUNIDADES E CULTURAS POSITIVAS (instituições positivas);
  • 6. Psicologia Positiva Coaching Positivo: No Coaching Positivo o foco são as qualidades humanas, forças pessoais e comportamentos funcionais que o coachee já possui e que podem auxiliá-lo na conquista de seus objetivos. Isso não significa que os GAPs não sejam trabalhados. Porém, para o Coaching Positivo, a superação de um GAP não leva o indivíduo à sua zona de excelência. Além disso, estudos comprovam que pessoas felizes são mais produtivas e criativas, o que agrega uma importância adicional a todo trabalho que, tal como o Coaching Positivo, objetive o aumento dos níveis de felicidade do indivíduo.
  • 7. Psicologia Positiva Processos chaves da Resiliência 1. Atribuir sentido à adversidade; 2. Olhar positivo; 3. Transcendência e espiritualidade; 4. Flexibilidade; 5. Coesão; 6. Recursos sociais e econômicos; 7. Clareza; 8. Expressões emocionais “abertas”; 9. Colaboração na solução de problemas.
  • 8. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill
  • 9. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 1. Associação com outras pessoas com o mesmo perfil de pensamento A primeira revela que todos os grandes homens tiveram que se associar a outras pessoas para conseguir realizar seus objetivos, uma vez que todos compreenderam a interdependência, buscaram principalmente pessoas que seguiam a mesma linha de pensamento. Assim todos trabalhavam em rapport com seus sócios. Saiba que a união de duas ou mais mentes, gera um todo maior do que a soma das partes. Isso se chama de Master Mind ou Mente Mestra. Sozinho ninguém consegue o sucesso que muitos conseguiram.
  • 10. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 2. Objetivo principal definido Muita gente diz que quer mudar sua vida, mas quando são perguntadas o que realmente querem, se atrapalham para dizer. Sabem que não querem continuar do jeito que estão. O objetivo principal na vida, deve ser escolhido com um grande cuidado, e depois de escolhido deverá ser escrito e colocado num lugar onde se possa vê-lo pelo menos uma vez por dia. Isso tem por efeito psicológico, impressionar o subconsciente da pessoa de tal maneira que ela aceite esse propósito como um lema, um projeto, uma planta que precisa ser regada todos os dias e que finalmente dominará as suas atividades na vida e o guiará passo a passo para a consumação desse objetivo. Sem ter um objetivo traçado, é muito complicado realizar alguma coisa. Não devemos ser 100% orientados a metas, mas se não tivermos um lugar para onde ir, dificilmente saberemos onde chegar.
  • 11. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 3. Confiança em si Próprio As pessoas de sucesso demonstram grande confiança em seu potencial. São pessoas que buscam resolver os problemas, e não criar problemas. A autoconfiança é essencial para quem quer empreender algo. Quem vai confiar um investimento em alguém que não demonstra segurança? Qual cliente vai comprar algo de alguém que duvida de si mesmo?
  • 12. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 4. Economia As pessoas de sucesso tem o hábito da economia. Em uma tradução mais moderna, podemos dizer que a educação financeira é uma das regras essenciais para quem quer obter o sucesso. Embora o dinheiro não seja a única ferramenta para medir o sucesso de uma pessoa, quando estamos falando de negócios e empresas, essa é a principal medida do sucesso. O levantamento mostra que as pessoas bem sucedidas sabem controlar suas finanças e assim possuem sempre dinheiro para investir em oportunidades, e para arriscar em empreendimentos que se não derem certo, também não os deixariam no meio da rua.
  • 13. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 5. Iniciativa e Liderança Outro ponto bastante claro com o passar do tempo foi o de que as pessoas de sucesso possuem um perfil de líder e não de seguidor. Todos tomam a iniciativa de assumir o controle de suas próprias vidas, de empreender , de sair da mesmice e levar outras pessoas no mesmo caminho. Embora algumas pessoas realmente não tenham o perfil de liderança, isso pode ser trabalhado e melhorado para levar outras pessoas a trabalharem com você, em uma iniciativa própria ou mesmo para convencer outros a comprarem seus serviços e produtos. É preciso demonstrar liderança.
  • 14. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 6. Imaginação Pensar fora da caixa. Essa é uma lei entre homens bem-sucedidos. Boa parte deles precisou muitas vezes usar a imaginação para pensar em um negócio que não existia, para criar uma solução na qual ninguém pensou antes, para criar coisas novas. Existe uma série de técnicas para desenvolver a imaginação e a criatividade, mas o ponto principal é você forçar-se a mudar suas rotinas de ações e pensamentos e não ter receio de experimentar coisas novas.
  • 15. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 7. Entusiasmo Aqui chegamos a um ponto muito importante. Muita gente parece ter um desejo de mudar de vida, mas acaba não indo em frente. É como se faltasse o combustível para levar o carro adiante. Esse combustível que move homens e mulheres rumo a grandes descobertas e empreendimentos é o entusiasmo. Grande parte dos maiores realizadores do mundo, eram absolutamente apaixonados por seus objetivos principais definidos a ponto de isso despertar neles grande entusiasmo para seguir em frente, mesmo quando todas as condições pareciam adversas. O homem geralmente triunfa com mais facilidade num campo de esforços em que se lança de corpo, alma e coração.Criar entusiasmo em si mesmo, literalmente viver com paixão é um dos desafios mais intensos e prazerosos que você pode impor a si mesmo.
  • 16. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 8. Autocontrole Ter autocontrole é, na verdade, ser o líder de si mesmo. É pensar no longo prazo, avaliar as consequências de cada ação. Ter a ideia exata de que tudo o que você faz, o aproxima ou o afasta de seu objetivo principal definido. Não ser escravo das tentações mundanas ou de estados alterados da consciência. É um passo essencial para quem quer estar no comando da própria vida.
  • 17. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 9. Hábito de fazer mais do que a obrigação Existem dois tipos de pessoas que não vão para a frente: aquelas que não fazem o que lhes é pedido e aquelas que só fazem o que lhes é pedido. Se você quer se destacar em sua área de atuação, precisa criar o saudável hábito de andar a milha extra, sempre fazer mais do que lhe pedem, sempre fazer mais do que é obrigado a fazer. Do contrário, você será apenas uma pessoa mediana igual a tantas outras.
  • 18. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 10. Personalidade atraente Os negócios são resultados diretos de interações humanas. Cultivar uma personalidade atraente é ser uma figura agradável, simpática, bem apresentada. Não estamos falando aqui de padrões de beleza e sim de comportamentos que o tornem uma companhia agradável para os outros. Existem pessoas que não fazem a menor questão de serem simpáticas. Elas estão no direito delas, porém para quem quer levar sua carreira a patamares mais altos, além da competência, é preciso ser uma companhia no mínimo agradável.
  • 19. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 11. Pensar com exatidão Ter foco é essencial para quem quer obter sucesso, devemos aprender a dirigir os nossos pensamentos somente para os assuntos, fatos e informações que de alguma forma nos deixarão mais próximos de nosso objetivo principal definido. A meta é passar a raciocinar positivamente apenas com base em fatos comprovadamente verdadeiros, que possuam importância real e que sejam úteis de alguma maneira.
  • 20. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 12. Concentração Esse ponto parece ser muito mais difícil hoje em dia do que no passado. Isso porque boa parte da humanidade sofre com distúrbios de déficit de atenção. As novas tecnologias e outros processo recebem apenas uma pequena fração da nossa atenção. O resultado é a falta de foco, sensação de excesso de informação e um grande sentimento de frustração. A saída é treinar a própria mente para pensar com exatidão, técnicas de meditação, o hábito a leitura e procurar fazer uma coisa de cada vez, mas sempre focado, pois isso é muito importante para esse tipo de treinamento.
  • 21. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 13. Cooperação Além de se associar com pessoas com a mesma linha de pensamento, os homens de sucesso entendem que a cooperação é o melhor caminho para a realização pessoal e coletiva. Isso inclui ver os concorrentes apenas como outros players do mercado, não como inimigos. Significa ver os funcionários não como escravos, mas como pessoas que estão colaborando para tornar o seu sonho realidade. A cooperação deve se dar em todos os níveis, pensando não somente no interesse próprio, mas também no bem-estar das pessoas com quem você se relaciona.
  • 22. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 14. Fracasso Como o fracasso pode ser uma das leis do sucesso? É simples. Todas as pessoas que atingiram uma grande realização na vida, fracassaram algumas vezes. Na verdade, como diria Thomas Edson, aprenderam maneiras de “não inventar a lâmpada”. O fracasso deve ser visto como um grande aliado. Cada vez que você falha, você descobre uma maneira de não realizar o seu objetivo, elimina um caminho. Continue fazendo isso até você achar a trilha. Você já ouviu essa pergunta: Quantas vezes você deixaria o seu filho cair antes de desistir de ensiná-lo a andar? As pessoas respondem com simplicidade: Ora, ele vai cair até conseguir andar. E aí está a fórmula mágica do sucesso. Não existe maneira de fracassar, apenas de aprender como não chegar lá.
  • 23. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 15. Tolerância Para lidar com o fracasso, com as limitações de outras pessoas e as suas próprias, com as adversidades que a vida nos impõe, é preciso ter uma boa dose de tolerância e paciência. Você já deve ter percebido que não existe ninguém no mundo que consiga ter todas as coisas sob controle. Coisas que queremos não acontecem, coisas que não queremos acontecem. O segredo é nos desapegar de querer controlar tudo e ter tolerância e paciência para ir acertando e errando até chegar onde queremos, seguindo sempre em frente.
  • 24. Psicologia Positiva As 16 Leis do Sucesso de Napoleon Hill 16. Fazer aos outros aquilo que você quer que seja feito a você mesmo Sem dúvida alguma é a regra de Ouro dessa lei. É usada em grande parte das religiões e filosofias de vida já criadas no mundo. Se ela fosse realmente levada a sério, viveríamos em um mundo bem melhor. No momento em que você percebe que somos todos seres vivos do meio-ambiente, ai meu amigo, temos uma grande oportunidade de nos libertarmos de padrões limitadores. Tratar as outras pessoas como a si mesmo e assim dar um passo importante para a compreensão de nossa existência. "O que a mente do homem pode conceber e acreditar, pode ser alcançada." Napoleon Hill
  • 25. Psicologia Positiva Benefícios da Psicologia Positiva junto ao Coaching  Ampliação e aprimoramento de conhecimentos;  Criação de novas perspectivas;  Transformação da maneira de como nos comportamos diante de nossas experiências, sendo elas positivas ou não.  Valorização do Ser Humano, seu potencial, assim como sua motivação e capacidades individuais;  Ampliação do processo de ressignificação;  Compreensão positiva de eventos psicológicos;  Compreensão dos efeitos da positividade no comportamento;
  • 26. Psicologia Positiva Felicidade 1- Tenha amigos
  • 27. Psicologia Positiva Felicidade 2- Pratique uma religião
  • 28. Psicologia Positiva Felicidade 3- Não se compare aos outros
  • 29. Psicologia Positiva Felicidade 4- Conte as coisas boas da vida a alguém ou faça um diário
  • 30. Psicologia Positiva Felicidade 5- Escute música
  • 31. Psicologia Positiva Felicidade 6- Mexa-se
  • 32. Psicologia Positiva Felicidade 7- Tenha um plano
  • 33. Psicologia Positiva Felicidade 8- Seja gentil
  • 34. Psicologia Positiva Felicidade 9- Trabalhe com o que gosta
  • 35. Psicologia Positiva Felicidade 10- Perdoe
  • 36. Psicologia Positiva Felicidade 11- Faça uma faxina na sua mente
  • 37. Psicologia Positiva Felicidade 12- Procure ajuda
  • 38. Psicologia Positiva
  • 39. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP Descrição das Forças Pessoais de Caráter Um dos principais focos de pesquisa da Psicologia Positiva é o estudo das Forças e Virtudes Pessoais. Estas forças são capacidades naturais que nos motivam a fazer o bem ou a agir em prol do bem-estar de outra pessoa legitimamente e sem a necessidade de receber uma recompensa financeira, por exemplo. Estas ações positivas são essenciais para o fortalecimento de nossas virtudes, uma vez que alimentam o sentimento de reciprocidade. Ao reafirmamos nossas forças pessoais, os sentimentos positivos tornam-se ainda mais gratificantes e significativos a cada ação. Ao todo são 24 Forças de Caráter. Normalmente dispomos de 3 a 7 forças centrais, ou seja, que são mais utilizadas cotidianamente e, estas, em maior ou menor escala, caracterizam o perfil pessoal de cada indivíduo.
  • 40. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP Aqui apresentamos estas 24 forças agrupadas em 6 virtudes principais: 1 –Sabedoria. Amor ao aprendizado, Criatividade, Curiosidade, Critério, Perspectiva. 2 –Coragem. Perseverança, Vitalidade , Bravura, Integridade. 3 – Humanidade. Amor, Inteligência, Generosidade. 4 –Justiça. Trabalho em Equipe, Equidade, Liderança. 5 – Temperança. Perdão, Humildade, Prudência, Autocontrole. 6 – Transcendência. Apreciação de Beleza, Gratidão, Esperança, Bom Humor, Espiritualidade
  • 41. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 1. Sabedoria Forças cognitivas que abrangem a aquisição e o uso do conhecimento.
  • 42. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 1. Sabedoria 1.1.Amor ao Aprendizado Dominar novas habilidades, temas e conhecimentos, seja sozinho ou formalmente; esta força está relacionada à força curiosidade, mas vai além desta para descrever a tendência de sistematicamente complementar o que a pessoa conhece.
  • 43. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 1. Sabedoria 1.2.Criatividade [originalidade, engenhosidade] Pensar em maneiras novas e produtivas de conceituar e fazer coisas; inclui conquistas artísticas, mas não se restringe a elas.
  • 44. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 1. Sabedoria 1.3.Curiosidade [interesse, busca pelo novo, abertura a experiências] Ter interesse em experiências em curso por si só; encontrar assuntos e temas fascinantes; explorar e descobrir.
  • 45. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 1. Sabedoria 1.4.Critério [pensamento crítico] Considerar todos os aspectos e examinar todos os lados de uma situação; não se precipitar a uma conclusão; ser capaz de mudar de opinião ao verificar novas provas; analisar as provas de forma justa.
  • 46. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 1. Sabedoria 1.5.Perspectiva [sabedoria] Ser capaz de dar conselhos sábios aos outros; ter formas de olhar o mundo que fazem sentido para si e para os outros.
  • 47. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 2.Coragem Forças emocionais que implicam na determinação de se atingir objetivos mesmo em face de adversidades externas ou internas.
  • 48. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 2.Coragem 2.1.Perseverança [persistência, diligência] Terminar o que começou; persistir em uma linha de conduta apesar dos obstáculos; finalizar uma ação quando entender que está pronta; ter prazer em completar tarefas.
  • 49. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 2.Coragem 2.2.Vitalidade [entusiasmo, vigor, energia] Encarar a vida com animação e energia; não fazer as coisas pela metade ou sem vontade; viver a vida como se fosse uma aventura; sentir-se vivo e ativo.
  • 50. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 2.Coragem 2.3.Bravura [valentia] Não recuar ao enfrentar uma ameaça, desafio, dificuldade ou dor; defender o que é certo mesmo que haja oposição; atuar de acordo com suas convicções mesmo se elas forem impopulares; inclui bravura física, mas não se restringe a ela.
  • 51. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 2. Coragem 2.4.Integridade [autenticidade, honestidade] Falar a verdade, porém de uma forma mais ampla, apresentar a si mesmo de modo genuíno e agir com sinceridade; ser sem fingimento; assumir responsabilidade por seus sentimentos e ações.
  • 52. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 3.Humanidade Forças interpessoais que envolvem cuidar dos outros e fazer amizades.
  • 53. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 3.Humanidade 3.1.Amor Valorizar relações próximas com os outros, especialmente com aqueles que retribuem o carinho e o compartilhamento; ser próximo às pessoas.
  • 54. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 3.Humanidade 3.2.Inteligência [inteligência emocional, inteligência pessoal] Estar ciente dos motivos e sentimentos das outras pessoas e de si mesmo; saber o que fazer para se adequar a diferentes situações sociais; saber o que fazer para que as outras pessoas se interessem por uma determinada coisa.
  • 55. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 3.Humanidade 3.3.Generosidade [bondade, cuidado, compaixão, amor altruísta, simpatia] Fazer favores e boas ações para os outros; ajudá-los; cuidar deles.
  • 56. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 4.Justiça Forças cívicas que dão base a uma vida saudável em comunidade.
  • 57. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 4.Justiça 4.1.Trabalho em Equipe [cidadania, responsabilidade social, lealdade] Trabalhar bem como membro do grupo ou time; ser leal ao grupo; fazer a sua parte.
  • 58. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 4.Justiça 4.2.Equidade Tratar as pessoas da mesma forma de acordo com noções de justiça e equidade; não permitir que sentimentos pessoais interfiram em decisões sobre os outros; dar aos outros uma chance justa.
  • 59. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 4.Justiça 4.3.Liderança Encorajar um grupo do qual se é membro a “por a mão na massa” e, ao mesmo tempo, manter boas relações com o grupo; organizar atividades em grupo e assegurar-se de que elas aconteçam.
  • 60. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 5. Temperança Forças que protegem contra excessos.
  • 61. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 5.Temperança 5.1.Perdão Perdoar aqueles que erraram; aceitar as deficiências dos outros; dar aos outros uma segunda chance; não ser vingativo.
  • 62. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 5.Temperança 5.2.Humildade Permitir que as suas realizações falem por si; não se considerar mais especial do que é.
  • 63. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 5.Temperança 5.3.Prudência Ser cauteloso em suas escolhas; não assumir riscos desnecessários; não dizer coisas das quais possa se arrepender depois.
  • 64. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 5.Temperança 5.4.Autocontrole Regular o que sente e faz; ser disciplinado; controlar seus apetites e emoções.
  • 65. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 6. Transcendência Força que faz ligações com o universo como um todo e dá sentido às coisas
  • 66. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 6. Transcendência 6.1. Apreciação da Beleza [admiração, encantamento, engrandecimento] Perceber e apreciar a beleza, excelência e/ou desempenhos habilidosos nas mais variadas esferas da vida, desde a natureza à arte, à matemática, à ciência ou à experiência cotidiana.
  • 67. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 6.Transcedência 6.2.Gratidão Estar ciente e agradecido pelas boas coisas que acontecem; arranjar tempo para dizer obrigado.
  • 68. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 6.Transcedência 6.3.Esperança [otimismo, atenção mental ao futuro, orientação para o futuro] Esperar o melhor para o futuro e trabalhar para conseguir realizá-lo; acreditar que um bom futuro é algo que pode ser provocado.
  • 69. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 6.Transcedência 6.4.Bom Humor [graça] Gostar de rir e provocar; fazer os outros sorrirem; ver o lado positivo das coisas; fazer (não necessariamente contar) piadas.
  • 70. Psicologia Positiva Perfil das Forças Pessoais - PFP 6.Transcedência 6.5.Espiritualidade [fé] Tendo crenças coerentes sobre o maior propósito e significado do universo, sabendo onde se encaixa dentro do esquema maior, ter crenças sobre o sentido da vida que forma conduzir e proporcionar conforto.

×