Your SlideShare is downloading. ×
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Processo para Aquisição de Acervo Unasp 2011

642

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
642
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DEwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui COLEÇÕES DAS BIBLIOTECAS DO UNASPopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg Janeiro de 2011hjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmrtyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopas
  • 2. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 2ÍNDICEObjetivos 3Aquisição 4Doações 11Desbastamento 12Avaliação da coleção 13Censura 14Referencias bibliográficas 15
  • 3. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 3ObjetivosA política de desenvolvimento da coleção tem os seguintes objetivos:  Permitir o crescimento racional e equilibrado do acervo em todos os campos do conhecimento;  Determinar critérios para duplicação de títulos;  Estabelecer prioridades de aquisição de material;  Traçar diretrizes para o descarte de material.
  • 4. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 4AquisiçãoO processo de aquisição do acervo bibliográfico e outras mídias, para os cursosativos do UNASP (ensinos Fundamental e Superior) tem como base a políticainstitucional para atualização permanente dos acervos das bibliotecas e das redesde informação; tais parâmetros objetivam atender aos pressupostos: Estar em consonância com os currículos dos cursos; Bibliografias básica e complementar de cada curso devem ser oferecidas na proporção dos padrões de qualidade estabelecidos pelo MEC; A atualização dos acervos implica, além de aquisições permanentes, seleção e descarte de publicações obsoletas; Os acervos de multimídia devem ser atualizados, tanto no que se refere ao conteúdo, quanto em relação aos aspectos tecnológicos; Preferencialmente as aquisições devem priorizar as solicitações de coordenadores e professores dos cursos, as quais estarão baseadas nas bibliografias e mídias adotadas para cada disciplina;O processo de aquisição de novos acervos obedece aos seguintes parâmetros: 1. Por solicitação docente para um curso específico: 1.1 O professor visita a biblioteca para avaliar o acervo existente, específico para cada disciplina por ele ministrada, identificando neste acervo: 1.1.1 Todos os títulos que podem ser incluídos na bibliografia a ser indicada; o professor priorizará o acervo já existente, sempre que possível. 1.1.2 Do acervo existente, o professor listará para a Biblioteca, os títulos que considera desatualizados e indicados para
  • 5. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 5 descarte. Com base nestas indicações, a Biblioteca dará prosseguimento às medidas para atualização de acervos. 1.1.3 Com base nas ações anteriores, se for o caso, o professor selecionará de acordo com suas intenções pedagógicas, novos títulos para incluir na lista bibliográfica que utilizará efetivamente. Entre os critérios para a elaboração desta listagem, é importante considerar a perenidade do novo título (trata-se de um título do momento ou de uma publicação cujo conteúdo permanecerá atual por, pelo menos dois anos?). 1.2 Na seqüência, o professor elaborará a bibliografia básica e complementar para aquela disciplina, considerando o que a Biblioteca já possui, seus objetivos para a disciplina, o que há de mais atual no mercado e o interesse dos alunos. 1.3 O professor encaminha a sua bibliografia e solicitação, via e-mail, à Biblioteca. 1.4 O Departamento de Bibliotecas faz uma verificação para identificar, de cada item, quantos existem no acervo, e em que quantidades. 1.5 Com base nos critérios de quantidade, atualização, estabelecidos pelo MEC, para cada curso, o Departamento de Bibliotecas, elabora uma lista de solicitações (bibliográfica ou de quaisquer outros recursos) a serem adquiridas, indicando suas respectivas quantidades por exemplar. 1.6 A solicitação é encaminhada ao Departamento de Compras para cotação. O melhor resultado de cotação é encaminhado ao Departamento de Bibliotecas, que compartilha a informação com o coordenador do Curso diretamente interessado para uma avaliação final (nesta avaliação o coordenador considera, principalmente, a verba destinada à composição do acervo específico do curso, na Biblioteca). A Biblioteca encaminha ao Setor de Compras, via e-mail, a lista dos itens que serão efetivamente adquiridos. A aquisição é processada. 1.7 O material adquirido é encaminhado ao Departamento de Bibliotecas. 1.8 O Departamento de Bibliotecas informa ao professor solicitante e ao respectivo Coordenador de Curso sobre a chegada do acervo,
  • 6. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 6 bem como sobre o prazo previsto para que este esteja disponível/acessível para o público alvo. 1.9 O Departamento de Bibliotecas processa tecnicamente o material e faz a divulgação deste entre os clientes interessados, disponibilizando-o para consulta e empréstimo quando for o caso.2 Por solicitação de um cliente: O Departamento de Bibliotecas avalia a solicitação; caso considere pertinente (o título indicado não existe no acervo, está em afinidade com pelo menos um dos cursos oferecidos no UNASP ou apresenta conteúdo de interesse coletivo), encaminha a um ou dois professores habilitados na área da publicação e, após um consenso, encaminha ou não a solicitação ao Departamento de Compras, para os procedimentos de praxe.3 Publicações apresentadas por propaganda ou fornecedores: O Departamento de Bibliotecas avalia a solicitação; caso considere pertinente, (o título indicado não existe no acervo, está em afinidade com pelo menos um dos cursos oferecidos no UNASP ou apresenta conteúdo de interesse coletivo), encaminha aos professores habilitados na área da publicação e, após a avaliação destes, encaminha ou não a solicitação ao Departamento de Compras, para os procedimentos de praxe.4 Publicações indicadas por outros meios: O Departamento de Bibliotecas sempre consulta autoridades na área específica do conhecimento em questão, como também os Coordenadores dos cursos aos quais se destine a publicação, ou ainda, aos Departamentos Administrativos diretamente interessados. Somente após a análise deste grupo é que a aquisição poderá se dar.
  • 7. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 75 Critérios para Seleção Quando da formação do acervo, o material bibliográfico deve ser rigorosamente selecionado, observando os seguintes critérios: Adequação do material aos objetivos e nível educacional da Instituição; Autoridade do autor e/ou editor; Atualidade; Qualidade técnica; Escassez de material sobre o assunto na coleção da Rede de Bibliotecas; Aparecimento do título em bibliografias e índices; Preço acessível; Língua acessível; Número de usuários potenciais que poderão utilizar o material; Condições físicas do material;Serão adquiridos preferencialmente três títulos da bibliografia básica para cadadisciplina, sendo que o número de exemplares será calculado como um exemplarpara cada cinco alunos e um exemplar para cada 10 alunos da bibliografiacomplementar . O número de alunos deverá ser discriminado no formulário paraaquisição de documentos. A quantidade poderá sofrer variações de acordo com asmudanças dos critérios de avaliação institucional.5 Periódicos Correntes Impressos e Eletrônicos A cada ano, as Unidades de Informação realizarão uma avaliação nas estatísticas de utilização de periódicos correntes, com o objetivo de colher subsídios para tomada de decisões para a renovação dos mesmos. A listagem dos títulos com seu respectivo uso será analisada pela Comissão de Biblioteca, com o intuito de realizar:  Cancelamento de títulos que já não atendem as suas necessidades;  A inclusão de novos títulos necessários para o desenvolvimento do conteúdo programático e/ou atualização;  Manutenção dos títulos já adquiridos;
  • 8. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 8Para esta análise deverão ser observados os seguintes critérios: Quando houver a implantação de novos cursos; Títulos publicados na área, desde que o mesmo não seja assinado, emformato impresso ou on line; Quando houver necessidade de novo título em decorrência de alteração dagrade curricular;5.1 Periódicos de Caráter Informativo A Rede de Bibliotecas adquiriráperiódicos de informações gerais (locais, estaduais e nacionais), e revistas decaráter informativo de âmbito nacional (Veja, Isto É, etc.).Observações: O Departamento de Bibliotecas trabalha sempre no sentido deque este processo se dê de forma ágil e imediata, a fim de que os solicitantes eprincipalmente os clientes diretamente interessados – alunos – não sejamprejudicados com a falta ou a demora na disponibilização de publicações.
  • 9. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 9SÍNTESE DE PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO POR SOLICITAÇÃODOCENTE 5.1 O professor visita a biblioteca para avaliar o acervo existente, Identificando: 5.1.1 Títulos existentes na biblioteca, que podem ser incluídos na sua bibliografia; 5.1.2 Títulos existentes na biblioteca, que considera desatualizados, indicando-os para descarte. 5.2 O professor elabora a bibliografia básica e complementar a ser adotada, considerando o que a Biblioteca já possui e indicando, quando houver, os novos títulos necessários. A escolha de novos títulos deve considerar a perenidade da obra (trata-se de assunto do momento ou o seu conteúdo permanecerá atual por um tempo mínimo aceitável? A depender da área do conhecimento, este prazo é de 2 anos) 5.3 O professor encaminha a sua bibliografia e solicitação, via e-mail, à Biblioteca. 5.4 A Biblioteca analisa e define títulos e quantidades necessários para aquisição. 5.5 A Biblioteca encaminha ao Departamento de Compras para cotação; o melhor resultado de cotação é encaminhado à Biblioteca, que em consonância com a Coordenação do curso diretamente interessado define a lista dos itens a serem adquiridos. A Biblioteca encaminha esta lista ao Departamento de Compras que efetua a aquisição. 5.6 O material adquirido é encaminhado à Biblioteca. 5.7 A Biblioteca informa ao professor solicitante e ao respectivo Coordenador de Curso sobre a chegada do acervo, bem como sobre o prazo previsto para que este esteja disponível/acessível para o público alvo. 5.8 A Biblioteca processa tecnicamente o material, faz a divulgação e disponibiliza para consulta e empréstimo a aquisição.
  • 10. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 10 FLUXOGRAMA DO PROCESSO DE AQUISIÇÃO
  • 11. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 11Doações O plano de desenvolvimento do acervo das bibliotecas não contempla apenas a aquisição, expansão e atualização via compras; procedimentos no sentido de estimular a comunidade acadêmica – especificamente professores – como também outras instituições e amigos da pesquisa e da cultura, são empreendidos periodicamente, visando captação de doações.Serão aceitas as doações que enquadrarem-se nos seguintes critérios:Livros e Obras de Referência  Atualização do tema abordado no documento;  Estado físico do documento;  Documentos de interesse para o Centro UniversitárioPeriódicos  Em caso da existência do título, serão aceitos para completar falhas e/ou coleção;  Em caso de não existência do título, serão aceitos somente aqueles cujo conteúdo sejam adequados aos interesses da comunidade universitária;A Biblioteca pode dispor das doações recebidas das seguintes maneiras:  incorporá-las ao acervo;  Doá-las e/ou permutá-las com outras instituições;  Descartá-las.
  • 12. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 12DesbastamentoDesbastamento é o processo pelo qual se retira do acervo ativo, títulos e/ouexemplares, partes de coleções, quer para remanejamento ou para descarte. Deveser um processo contínuo e sistemático, para manter a qualidade da coleção. Odesbastamento da coleção deverá ser feito de acordo com as necessidades dasUnidades de Informação e com a apreciação da Comissão de Biblioteca.DescarteProcesso mediante o qual o material bibliográfico, após ser avaliado, é retirado dacoleção ativa, possibilitando a economia de espaço.Critérios para Descarte de Livros Inadequação: documentos cujos conteúdos não interessam à Universidade,incorporados ao acervo anteriormente, sem uma seleção prévia. Desatualização: este critério se aplica principalmente aos documentos cujosconteúdos já foram superados por novas edições. Entretanto, para aplicação destecritério, deve-se levar em consideração, principalmente, a área de conhecimento aque se refere a obra, havendo casos onde é de interesse a manter edições antigaspara fins de pesquisa. Condições Físicas (sujas, infectadas, deterioradas ou rasgadas): apósrigorosa análise do conteúdo e relevância do documento, se for considerado devalor e não disponível no mercado para substituição, deverá ser recuperado.Quando houver possibilidade de substituição e o seu custo for inferior ao darecuperação, será feita a aquisição e o documento descartado.Critérios para Descarte de Periódicos Coleções não correntes e que não apresentem demanda; Periódicos de divulgação geral e/ou de interesse temporário; Periódicos recebidos em duplicata; Coleções de periódicos de caráter não científico; Periódicos em condições físicas inadequadas. Quando um novo título é mais abrangente do que o já existente no acervo daBiblioteca; Quando não mais existir interesse no título pelo Curso, por motivosdevidamente justificados; Quando o título não apresenta utilização devidamente comprovada emestatística de uso;
  • 13. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 13Avaliação Da ColeçãoA avaliação sistemática da coleção deve ser entendida como o processo utilizadopara se determinar a importância e a adequação da coleção em função dosobjetivos da Biblioteca e do próprio Centro Universitário, possibilitando traçardiretrizes quanto à aquisição, à acessibilidade e ao descarte. As Unidades deInformação deverão proceder a avaliação do seu acervo quando necessário, sendoempregados métodos quantitativos e qualitativos, cujos resultados serãocomparados e analisados, assegurando o alcance dos objetivos da avaliação dacoleção. Na avaliação do acervo da Rede de Bibliotecas, serão utilizados osseguintes critérios:Distribuição Percentual do Acervo por ÁreaSerão analisadas a existência de documentos em cada área do conhecimentoministrado no Centro Universitário. A análise demonstrará quais os cursos quedevem ter a sua coleção aumentada (seja em exemplares, títulos, material emportuguês, etc.) e quais as áreas de pesquisa desprovidas de documentos quenecessitam de providências.Estatísticas de Utilização do Material Bibliográfico e EspecialA análise das estatísticas de uso do material permitirá a determinação dos títulosque requerem múltiplas cópias e daqueles cuja duplicação é desnecessária. Poroutro lado, se for comprovada a baixa utilização dos recursos bibliográficos emalguma área, a biblioteca deverá investigar a causa do problema, que poderia ser afalta de qualidade do material existente, desatualização, ausência de interesse,inexistência dessa área de estudo no Centro Universitário, desconhecimento daexistência da obra, etc.Sugestões dos ClientesA sugestão do usuário é um parâmetro seguro para se avaliar as coleções e,conseqüentemente, através da mesma poder-se-á: Verificar se a coleção satisfaz aos usuários; Determinar os tipos e níveis de necessidade em relação às coleções; Verificar as mudanças de interesse por parte da comunidade universitária.Comparação das Coleções com Listas, Catálogos e BibliografiasRecomendadas e/ou AdotadasA utilização deste método consiste na comparação do acervo com listas,bibliografias recomendadas e/ou adotadas, para verificar os itens não existentesnas Unidades de Informação e que devam ser adquiridos.
  • 14. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 14CensuraSerão resguardados os direitos dos usuários da biblioteca de escolheremlivremente suas leituras, de acordo com seus interesses e necessidades deinformação, havendo um cuidado na aquisição quanto ao conteúdo domesmo e se este se adequa a filosofia da instituição.
  • 15. Política de Desenvolvimento de Coleções das Bibliotecas do UNASP 15Referências BibliográficasCUNHA, Murilo Bastos da. As tecnologias de informação e a integração dabibliotecas brasileiras. Ci. Inf., Brasília, v.23, n.2, p.182-189, maio/ago. 1994.MARCHIORI, Patrícia Zeni. "Cibernática" ou biblioteca virtual: uma perspectiva degerenciamento de recursos de informação. Ci. Inf. Brasília, v.26, n.2, p. 115-124,maio/ago. 1997.POLÍTICA de desenvolvimento de coleções da Biblioteca Central da UniversidadeEstadual de Londrina. 1994POLÍTICA de desenvolvimento de coleções da Rede de Bibliotecas Unoeste.Disponível em http://www.unoeste.br/site/biblioteca/politica.asp#Política em 17set. 04MIRANDA, Ana Cláudia Carvalho de. Desenvolvimento de coleções em bibliotecasuniversitárias. Revista de biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v.4,n.2, p.1-19, jan./jun. 2007.

×