• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Resumo executivo-sobral
 

Resumo executivo-sobral

on

  • 1,111 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,111
Views on SlideShare
1,108
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

1 Embed 3

http://lemece.blogspot.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Resumo executivo-sobral Resumo executivo-sobral Document Transcript

    • Sobral
    • Apresentação Esta brochura contém resultados da pesquisa Bons Resultados no IDEB:estudo exploratório de fatores explicativos, aprovada no Observatório daEducação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais AnísioTeixeira (INEP), contando com recursos financeiros da Coordenação deAperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e realizada pelasseguintes instituições: Universidade de São Paulo (USP – Coordenação);Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e Universidade Estadual doCeará (UECE). São quatro conjuntos de resultados organizados da seguinte forma: Resumos Executivos dos resultados quantitativos e qualitativos da pesquisa de campo realizada nos dez municípios selecionados para a amostra: Sobral, Mucambo, São Gonçalo do Amarante, Catunda, Jijoca de Jericoacoara, Boa Viagem, General Sampaio, Martinópole, Ipu e Aratuba Trabalhos Concluídos: conjunto de trabalhos apresentados em forma de comunicação oral ou pôster em eventos nacionais/internacionais, regionais e/ou locais por pesquisadores, mestrandos ou bolsistas de Iniciação Científica. Trabalhos em Andamentos: projetos de pesquisa para dissertações de mestrandos e monografias de graduandos Pesquisas Associadas: projetos de pesquisas que tem relação direta ou indireta com o projeto do Observatório da Educação, desenvolvido na mesma amostra de municípios. Estes materiais foram produzidos para a 2ª Reunião Conjunta dos trêsgrupos de pesquisa realizada em 27 e 28 de maio de 2010, em Fortaleza,Ceará.
    • Resumo ExecutivoMunicípio Sobral UF: CE Indicadores Ranking Estado Ranking do BrasilIDH-M (2006) 3ºIDH (2000) 7º 3.015º do Brasil Geografia e DemografiaÁrea (Censo IBGE/2000) 2.122,99 Km² Tropical quente semiárido e tropical quente semiáridoClima brando, com chuvas de janeiro a maio.População Absoluto RelativoPopulação estimada 180.046 100%(2008)População urbana (2007) 155.974 86,63%População rural (2007) 24.071 13,37%População de 0 a 5 anos 21.828 12,13%População de 6 a 14 33.363 18,52%anosPopulação de 15 a 10.924 6,07%17anosInfraestruturaDomicílios (2007) 33.665Serviços de água (2007) 96,25%Serviços de esgotos 0,76%(2007)Energia elétrica (2008) 60.975Economia R$ PIB perPIB (2006) R$ 8.688,00 1.527.504.000 capita(2006) R$ R$Receita Total (2008) 227.843.823,1 FPM (2008) 60.924.253,38 0 R$FUNDEB (2008) 13.811.068,97Educação Infantil Fundamental Médio EJAEscolas (2008) 83 28*Matriculas (2008) 8.452 38.066 11.717 6.406Taxa de escolarização 56,39% 100% 65,1%liquidaDistorção idade/série 13,6% 56,4%(2006)Taxa de aprovação 92,9% 79,4%(IPECE2007) Séries iniciais Séries finais IDEB 2005 2007 2005 2007 4,0 4,9 O município de Sobral conta com uma rede própriaGrau de de ensino Decreto Nº 221/1999), com o atendimentoinstitucionalidade da rede nos níveis Educação Infantil e Ensino Fundamental.
    • O município de Sobral instituiu o ensino fundamental com duração de nove anos em 2001 (Lei Nº 294/2001). Além do Conselho Municipal de Educação, o município também tem o Conselho do FUNDEB e da Merenda Escolar. A rede municipal de ensino de Sobral é formada porInfra-instrutora da rede 60 estabelecimentos de ensino, sendo 36 na zonaescolar urbana e 24 na zona rural. Dentre elas, 50 ofertam Educação Infantil, 40 ofertam o Ensino Fundamental e 17 com Educação de Jovens e Adultos. De acordo com o Censo Escolar 2008, 31 (52%) das escolas possuem biblioteca, 5 (8%) têm laboratório de informática, 22 (37%) possuem quadra de esporte e 33 (55%) têm acesso à internet. Nenhuma escola possui laboratório de ciências. SOBRAL: professores por formação, 2007Formação dosprofissionais de 0% 5% 6%educação 8% 81% Fundamental Médio (Magistério) Médio (outra forma) Superior Graduação Superior Licenciatura A gestão educacional do município é orientada peloA política educacional na que os gestores denominam “Projeto” de Educaçãopolítica municipal de Sobral. Pesquisa diagnóstica realizada em 2000 revelou acentuados problemas no nível de leituras dos alunos da rede e, por isso, os gestores implantaram uma política educacional com foco na aprendizagem, com prioridade para a alfabetização durante as séries iniciais do ensino fundamental. Foram estabelecidas metas e definidas estratégias, sendo as principais: Alfabetização do conjunto de crianças de 6 e 7 anos de idade e a Alfabetização, em caráter de correção, de todos os alunos de 2ª à 6ª série que sabiam ler. As estratégias para a consecução destas metas organizaram-se em dois eixos: fortalecimento da ação pedagógica e da gestão escolar. Tais ações não são pontuais, retratando os esforçosEstratégias adotadas realizados para esse fim desde 2005, elas revelam opelo município para alcance da política de alfabetização do municípiomelhorar o IDEB cujo foco no 5º ano é estratégico para o IDEB. Outras ações implementadas no município: formação em serviço, material didático estruturado, aumento do número de coordenadores nas escolas, autonomia (administrativa, pedagógica e financeira) escolar,
    • monitoramento dos resultados do SAEB e da Prova Brasil e sua divulgação com Diretores, professores, pais e alunos; a relação próxima entre a Secretaria e os Diretores de escolas; controle da freqüência escolar e a formação em serviço de Diretores. Continuidade político-administrativa no município: aFatores de destaque na existência de um “Projeto educacional” que orienta opolítica municipal de estabelecimento de metas, objetivos, ações eeducação estratégias na Secretaria. Foco das políticas educacionais na aprendizagem, prioritariamente na Alfabetização Seleção Meritocrática de Diretores e liderança na pessoa do Diretor Escolar Política de monitoramento da aprendizagem através das Avaliações Externa e Internas Autonomias Administrativa, Financeira e Pedagógica nas escolas Relação estreita entre a Secretaria de Educação e as escolas Investimento na Formação dos professores Política de gratificação às escolas (núcleo gestor e professores) Fortalecimento da ação pedagógica, viabilizada por meio da qualificação do tempo escolar, estabelecimento das rotinas de sala de aula, material didático estruturado. Educação como um “valor agregado” no município. Planejamento contínuo com base em instrumentos compartilhados na rede.
    • TRABALHO CONCLUIDO Gestão Escolar e Ensino Médio: um estudo de caso em SãoTITULO Gonçalo do Amarante.AUTOR(ES) Sofia Lerche Vieira Ana Lídia Lopes do Carmo Edgar Nogueira Lima Iasmin da Costa Marinho Pâmela Félix Freitas Rosalina Rocha Araújo Moraes.PALAVRAS Política Educacional; Gestão Escolar; Ensino Médio; BonsCHAVES Resultados.OBJETIVO Identificar fatores que interferem nos bons resultados dos alunos nas escolas de Ensino Médio.AMOSTRA Uma escola de ensino médio em São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO ( ) COMUNICAÇÃO ORAL ( X ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: XV ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. DATA: 20 a 23 de abril de 2010RESUMOEste trabalho faz parte de pesquisa associada ao projeto Bons Resultados noIDEB: estudo exploratório de fatores explicativos, aprovada no Observatório daEducação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais AnísioTeixeira (INEP), contando com recursos financeiros da Coordenação deAperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e realizada pelasseguintes instituições: Universidade de São Paulo (USP – Coordenação);Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD); Universidade Estadual doCeará (UECE). O projeto Gestão Escolar e Ensino Médio: um estudo de casoem São Gonçalo do Amarante pretende identificar aspectos relacionados agestão da escola de Ensino Médio e resultados de rendimento e desempenhodos alunos. Para tanto, foram aplicados procedimentos e métodos relativos ainvestigação quantitativa em que se recorre a fontes diversas, em particulardados do INEP. Quanto aos aspectos qualitativos foram aplicadas entrevistassemi-estruturadas, “check-list” e roteiro de observação.A presente comunicação apresenta um recorte da pesquisa evidenciandodados a partir de trabalho de campo realizado na maior escola de EnsinoMédio do município de São Gonçalo do Amarante, com 1.490 matriculas,sendo 1.402 alunos do Ensino Médio localizada na zona urbana. Dadosretirados na pesquisa qualitativa apontam que existe motivação e liderança porparte do núcleo gestor da escola, sendo um dos foco da gestão ocomprometimento com a aprendizagem dos alunos; há uma clara definição demetas e rotinas pedagógicas tendo a Coordenação pedagógica papel relevanteno acompanhamento do trabalho docente; a escola vem desenvolvendo umtrabalho de reconhecimento dos bons resultados obtidos pelos alunos eprofissionais através de divulgação e celebração de vitórias obtidas.A pesquisa encontra-se em andamento sendo prematuro apontar conclusões,porém, o trabalho permitiu identificar subsídios importantes sobre os fatoresque interferem nos bons resultados do Ensino Médio.
    • TRABALHO CONCLUIDO Ensino Médio e bons resultados: uma escola em SãoTITULO Gonçalo do AmaranteAUTOR(ES) Ediane Faustino da Cunha Iasmin da Costa Marinho Izabel Sousa Araujo Pâmela Felix Freitas Sun-Eiby Siebra GonçalvesPALAVRAS Política educacional; Gestão escolar; Ensino médio; BonsCHAVES resultados.OBJETIVO Identificar as razões que motivaram bons resultados de desempenho escolar na escola de ensino médio de São Gonçalo do AmaranteAMOSTRA O município de São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO (X) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: XIV Semana Universitária universidade, Estado e sociedade. DATA: DE 09 A 13 DE NOVEMBRO DE 2009.RESUMOA presente comunicação traz um recorte da pesquisa, apresentando achados apartir de trabalho de campo realizado numa escola de Ensino Médio domunicípio de São Gonçalo do Amarante, cujo trabalho destaca-se pelos seusbons resultados. As entrevistas e observações permitiram caracterizar aescola, que possui: 11 funcionários; 50 professores e 1.490 alunos. É ainstituição com maior número de discentes da região situada na localidadeurbana. Uma análise dos instrumentais permitiu destacar: motivação eliderança por parte do núcleo gestor; comprometimento com a aprendizagemdos alunos e monitoramento dos resultados; metas e rotinas pedagógicas bemdefinidas; método próprio de avaliação de professores onde os alunosparticipam das avaliações; currículo organizado e objetivo, por meio dainclusão digital e do ensino de ciências; incentivo à qualificação dosprofessores para melhor uso dos ambientes pedagógicos; promoção ereconhecimento dos bons resultados obtidos pelos alunos e profissionais, compremiações por meio de placas do funcionário, aluno e professor destaque decada ano. A liderança é um dos fatores que interferem nos bons resultadosobtidos. Um dos maiores desafios da escola, segundo o diretor, foi motivar osalunos para a valorização do ensino público, pois grande parte deles nãoacreditava que podiam alcançar bons resultados estudando numa instituiçãopública. Os relatos mostram que antes dessa gestão a escola estavafisicamente debilitada e hoje apresenta uma estrutura renovada. Dispõe de 2Laboratórios de Informática, Laboratório de Ciências e Biblioteca com acervoconsiderável. OS entrevistados revelam que a escola trabalha coletivamente,com o apoio da comunidade e dos pais dos alunos. Um dos problemasdestacados pelo núcleo gestor é a falta de profissionais qualificados. Osinvestimentos e esforços feitos pela escola refletem nos rendimentos dosalunos, com destaque para o acentuado número de aprovações na Marinha,UECE, UFC, IFCE e bolsas de estudos do PROUNI. Como a pesquisa do qualo presente extrato se origina encontra-se em andamento é prematuro apontarconclusões.
    • TRABALHO CONCLUIDO Bons resultados no IDEB: o papel da Secretaria MunicipalTITULO de Educação em São Gonçalo do AmaranteAUTOR(ES) Ana Lidia Lopes do Carmo Sofia Lerche Vieira Edgar Nogueira Lima Karla Karine Fahel Evangelista Bruno Leitão Oliveira Ediane Faustino da Cunha Sun-Eiby Siebra GonçalvesPALAVRAS Ideb; Gestão educacional; Política educacional.CHAVESOBJETIVO Identificar as principais políticas educacionais que evidenciam o bom resultado no Ideb no município de São Gonçalo do AmaranteAMOSTRA O município de São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO ( X ) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) POSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: XIV Semana Universitária universidade, estado e sociedade. DATA: 09 a 13 de novembro de 2009RESUMOA presente comunicação traz um recorte da pesquisa, apresentando achadossobre as ações da Secretaria Municipal de Educação (SME) de São Gonçalodo Amarante a partir de trabalho de campo onde se utilizou entrevistas semi-estruturadas, check-list e observação. A presença da SME contribui dediversos modos para promover a aprendizagem. Isso se expressa através dapolítica de incentivo à formação dos profissionais e do acompanhamento emonitoramento das ações e dos resultados. Para atingir esses objetivos a SMEconta com parcerias de outras instituições, tais como: Defesa Civil, ConselhoTutelar, Secretaria da Saúde, Universidade Federal do Ceará, entre outras. OIDEB tem posição central na definição das políticas da SME. Várias das açõesadotadas pelo município têm como objetivo interferir diretamente nas taxas quecompõem esse índice, oferecendo subsídios para atingi-lo. Outra ação quevem apresentando resultados positivos é o diagnóstico bimestral dasdisciplinas Português e Matemática feito pela Secretaria em todas as escolasdo município. Mediante os resultados obtidos pelos alunos, a SME incentivaaulas de reforço nas escolas para essas disciplinas a fim de reduzir asdificuldades de aprendizagem encontradas. Considerando ser esta umapesquisa em andamento, é prematuro tecer considerações definitivas sobre osachados. É importante observar, porém, que as ações da SME de São Gonçalodo Amarante, voltadas para alcançar bons resultados no IDEB, contribuíramsignificativamente para o sucesso de suas escolas.
    • TRABALHO CONCLUIDO Gestão educacional em municípios cearenses: umaTITULO corrida por resultados no Ideb.AUTOR(ES) Ana Lidia Lopes do Carmo Sofia Lerche VieiraPALAVRAS Ideb; Gestão educacional; Política educacional.CHAVESOBJETIVO Identificar iniciativas em torno da gestão educacional por resultados e suas implicações para a qualidade da educação.AMOSTRA Municípios de Aratuba e São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO (X) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: XIV Semana Universitária universidade, estado e sociedade. DATA: 09 a 13 de novembro de 2009RESUMOA presente comunicação traz um recorte da pesquisa, apresentando achadossobre as ações da Secretaria Municipal de Educação (SME) de São Gonçalodo Amarante e Aratuba, a partir de trabalho de campo onde se utilizouentrevistas semi-estruturadas, check-list e observação. A presença da SMEcontribui de diversos modos para promover a aprendizagem. Isso se expressaatravés da política de incentivo à formação dos profissionais, acompanhamentoe monitoramento das ações e dos resultados. Para atingir esses objetivos, emSão Gonçalo, a SME conta com parcerias de outras instituições, tais como:Defesa Civil, Conselho Tutelar, Secretaria da Saúde, Universidade Federal doCeará (UFC), entre outras. O IDEB, nesse município, tem posição central nadefinição das políticas da SME. Várias das ações adotadas pelo município têmcomo objetivo interferir diretamente nas taxas que compõem esse índice,oferecendo subsídios para atingi-lo. Outra ação que vem apresentandoresultados positivos é o diagnóstico bimestral, das disciplinas Português eMatemática, realizado pela Secretaria em todas as escolas do município.Mediante os resultados obtidos pelos alunos, a SME incentiva aulas de reforçonas escolas para essas disciplinas a fim de reduzir as dificuldades deaprendizagem encontradas. Considerando ser esta, uma pesquisa emandamento, é prematuro tecer considerações definitivas sobre os achados. Éimportante observar, porém, que as ações da SME de São Gonçalo doAmarante, voltadas para alcançar bons resultados no IDEB, contribuíramsignificativamente para o sucesso de suas escolas. Cabe analisar se a corridapor resultados traz influencia positiva ou negativa para a qualidade do ensino.
    • TRABALHO CONCLUIDO Bons resultados no IDEB: um estudo de caso em escolaTITULO de são Gonçalo do AmaranteAUTOR(ES) Sofia Lerche Vieira Ana Lídia Lopes do Carmo Edgar Nogueira Lima Iasmin da Costa Marinho Pâmela Félix Freitas Rosalina Rocha Araújo Moraes.PALAVRAS Política educacional. Gestão Educacional. Gestão Escolar.CHAVES IDEB.OBJETIVOAMOSTRA O município de São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO ( ) COMUNICAÇÃO ORAL ( X ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: XV ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. DATA: 20 a 23 de abril de 2010RESUMOEste trabalho integra pesquisa mais ampla desenvolvida por três universidades:USP, UGFD e UECE. A iniciativa faz parte do Observatório da Educação doINEP, contando com recursos financeiros CAPES. O projeto, denominado BonsResultados no IDEB: estudo exploratório de fatores explicativos pretendeidentificar as razões que motivaram o alto desempenho do IDEB em 30municípios localizados em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Ceara. Trata-sede uma investigação de natureza quantitativa e qualitativa, onde além domaterial resultante do trabalho de campo in loco recorre-se a fontes diversas,em particular àquelas da base de dados do INEP. No trabalho de campo foramutilizados os seguintes procedimentos metodológicos: entrevistas semi-estruturadas, observação e “check-list”. A presente comunicação traz umrecorte da pesquisa, apresentando achados a partir de trabalho de camporealizado na Escola de Ensino Fundamental Adelino Alcântara Filho, quealcançou o mais alto Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)no município de São Gonçalo do Amarante. A análise dos dados evidencia quea Secretaria Municipal de Educação, contribui de diversas formas parapromover a aprendizagem. Os entrevistados mencionam que a gestãomunicipal representa continuidade da anterior, assegurando a mesma vertentepolítico-administrativa. Tais circunstâncias têm viabilizado a permanência, naSecretaria de Educação do Município, de gestores e técnicos que comungamdas mesmas concepções pedagógicas e de gestão educacional. A atualdiretora da escola, que assumiu o cargo no início de 2009, ainda não apresentauma atuação passível de ser analisada. Todavia, observaram-se váriasiniciativas da escola cujo objetivo é a melhoria dos resultados. Apesar de setratar de uma pesquisa ainda em andamento, a análise dos dados permitiuidentificar importantes aspectos sobre os fatores determinantes do bomresultado apresentados pela referente escola de Ensino Fundamental.
    • TRABALHO CONCLUIDO Ensino fundamental e bons resultados: uma escola emTITULO São Gonçalo do AmaranteAUTOR(ES) Pâmela Félix Freitas Sofia Lerche Vieira Larissa Martins Dantas Izabel Sousa Araújo Karla Karine Nascimento Fahel Evangelista Iasmin da Costa Marinho Ana Lídia Lopes do CarmoPALAVRAS Gestão; Sucesso escolar; Bom desempenhoCHAVESOBJETIVOAMOSTRA Escola de Ensino Fundamental de São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO ( X) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: XIV Semana Universitária universidade, estado e sociedade. DATA: 09 a 13 de novembro de 2009RESUMOA presente comunicação traz um recorte da pesquisa, apresentando achados apartir de trabalho de campo realizado na Escola de Ensino FundamentalAdelino Alcântara Filho, que alcançou o mais alto Índice de Desenvolvimentoda Educação Básica (IDEB) no município de São Gonçalo do Amarante. Aanálise dos dados evidencia que a Secretaria Municipal de Educação, contribuide diversas formas para promover a aprendizagem. Na fala dos sujeitos daescola são ressaltadas: as políticas de incentivo; a formação dos profissionais;visitas de supervisão, acompanhamento e monitoramento das ações e dosresultados da escola. Os entrevistados mencionam também que a gestãomunicipal representa continuidade da anterior, assegurando a mesma vertentepolítico-administrativa. Tais circunstâncias têm viabilizado a permanência, naSecretaria de Educação do Município, de gestores e técnicos que comungamdas mesmas concepções pedagógicas e de gestão educacional. A atualdiretora, que assumiu o cargo no início de 2009, ainda não apresenta umaatuação possível de ser analisada, dessa forma não se pode mencionar sualiderança como fator determinante nos bons resultados que a escola obtevenos anos de 2005 a 2007. Dentre as iniciativas que proporcionaram os bonsresultados, destacam-se reforços nas áreas de Matemática e Português,intensificados nos períodos que antecedem à Prova Brasil. A escola realiza umplano anual, que estabelece metas a serem alcançadas no que se refere àaprovação e reprovação. Percebe-se também forte engajamento dosprofessores no sentido de promover a aprendizagem, fazendoacompanhamento do progresso dos alunos, através de anotações e diversosmétodos avaliativos. Trata-se de uma pesquisa em andamento sendoprematuro tecer considerações definitivas sobre resultados e conclusões. Aanálise dos dados permitiu identificar importantes aspectos sobre os fatoresdeterminantes do bom resultado apresentados pela Escola de EnsinoFundamental.
    • TRABALHO CONCLUIDOTITULO Gestão e sucesso escolar: decifrando enigmasAUTOR(ES) Sofia Lerche Vieira Eloísa Maia VidalPALAVRAS Gestão escolar; Indicadores; Eficácia escolar.CHAVESOBJETIVOAMOSTRA Seis escolas públicas cearensesAPRESENTAÇÃO ( X) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: ANPAE 2009 DATA: 12 e 14 de agosto de 2009RESUMOA reflexão retoma questões de política educacional, a partir de pesquisa sobrefatores associados ao sucesso escolar em 6 escolas públicas cearenses combons resultados. Dado o intervalo entre a concepção do projeto e o trabalho decampo foi possível observar aspectos relativos à continuidade da gestão. Aanálise das taxas rendimento e dos indicadores de desempenho e dos dadoscoletados in loco evidencia resultados variáveis e nem sempre consistentes. Asevidências levam a supor que o sucesso pode ser fruto de circunstâncias decaráter episódico, artesanal e nem sempre planejado.
    • TRABALHO CONCLUIDO Gestão e sucesso escolar: visão de diretores versusTITULO indicadoresAUTOR(ES) Sofia Lerche Vieira Eloísa Maia VidalPALAVRAS Gestão; Sucesso escolar; Bom desempenhoCHAVESOBJETIVOAMOSTRA Seis escolas da rede publica do CearáAPRESENTAÇÃO ( X) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: ANPAE 2010 DATA: 29 de abril a 2 de maio de 2010RESUMOO texto apresenta resultados de estudo realizado em escolas públicasbrasileiras. Investigou-se inicialmente seis escolas, constatando-sedescontinuidades nos indicadores de desempenho e observando-se umagestão mais apoiada no senso comum que em evidências da literatura sobre osucesso escolar. A segunda etapa incluiu outras vinte escolas, aplicando-seainda um check-list junto aos diretores sobre a presença de tais fatores emsuas unidades. Percebeu-se uma visão heterogênea nem sempre em sintoniacom os indicadores, sendo oportuno melhor trabalhar a temática junto adirigentes escolares.
    • TRABALHO CONCLUIDO Gestão e inovação educacional: a (in)sustentabilidade dasTITULO políticas municipais*AUTOR(ES) Sofia Lerche VieiraPALAVRAS Gestão; Sucesso escolar; Bom desempenhoCHAVESOBJETIVOAMOSTRA Escola de Ensino Fundamental de São Gonçalo do AmaranteAPRESENTAÇÃO ( X) COMUNICAÇÃO ORAL ( ) PÔSTEREM EVENTO NOME DO EVENTO: ANPED 2010. DATA: 17 a 20 de outubro de 2010RESUMOEste trabalho tem por objetivo aprofundar a compreensão sobre o caráterinovador da gestão municipal na condução de políticas educacionais e refletirsobre sua eficácia. Para tanto, procede a uma revisão de estudos sobre boaspráticas nesta esfera do poder público em diversas unidades da federação.Com o objetivo de discutir a sustentabilidade de tais iniciativas no tempo,analisa-se o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) relativoaos anos de 2005 e 2007 dos municípios investigados nos referidos estudos.Verifica-se que, a despeito de serem consideradas experiências exemplaresem determinados momentos da trajetória das políticas educacionaisinstauradas a partir da transição para o Estado democrático, não há elementosconcretos para auferir a permanência de tais condições nos contextosconsiderados. Argumenta-se com base em tais evidências sobre a importânciade investigar mais a fundo os fatores que contribuem para a sustentabilidadedas iniciativas exitosas assim como de outras variáveis decisivas nesseprocesso.*TRABALHO INSCRITO AGUARDANDO PARECER COMITÊ CIENTÍFICO