• Like

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Voleibol documento de apoio

  • 12,064 views
Uploaded on

 

More in: Sports
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
12,064
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
272
Comments
0
Likes
5

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Educação Física Voleibol Caracterização do Voleibol O voleibol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujo objectivo é enviar a bola por cima da rede, fazendo-a cair no campo adversário e evitando que ela caia no nosso próprio campo, respeitando as regras de jogo. Cada equipa é constituída por doze jogadores, sendo seis efectivos e seis suplentes. O campo rectangular (18*9m), delimitado por duas linhas laterais e duas finais e dividido ao meio por uma rede. A rede deve estar colocada a 2,24m para os femininos e a 2,43 para os masculinos. O jogo é ganho pela equipa que vença três “sets”. Um “set” é ganho pela equipa que faz primeiro 25 pontos. No 5º “set”, que acontece quando as equipas estão empatadas a 2 “sets”, ganha a equipa que faz primeiro 15 pontos mas, caso as equipas se encontrem empatadas aos 14, ganha aquela que primeiro conseguir uma vantagem de 2 pontos da equipa adversária. Bom Estudo! 1
  • 2. Educação Física Voleibol A equipa de arbitragem é constituída por dois árbitros, um marcador e 2 ou 4 juizes de linha. Um árbitro colocado à altura da rede e no prolongamento desta, o outro no lado oposto mas ao nível dos jogadores. PRINCIPAIS REGRAS DO VOLEIBOL Posição dos jogadores e início do jogo Quando o jogador encarregue de executar o serviço inicia a jogada, os jogadores situam-se em duas linhas paralelas à rede, permitindo, no entanto, que sejam quebradas. Cada uma destas é composta por 3 jogadores, designado-se avançados os jogadores que ocupam uma posição mais próxima da rede e defesas os jogadores que estão atrás destes. O jogo começa com o serviço, realizado pelo jogador de uma das equipas, isto após a autorização do árbitro. Toques da equipa: Cada equipa tem direito a um máximo de três toques mais o toque do bloco, para reenviar a bola por cima da rede. Número de toques consecutivos: Um jogador não pode tocar na bola, voluntariamente, duas vezes na bola, à excepção do bloco. Neste caso, um jogador que toque na bola pode executar um segundo toque. Bom Estudo! 2
  • 3. Educação Física Voleibol Transporte: A bola deve ser batida, sem ser transportada, lançada, agarrada ou empurrada, podendo ressaltar para qualquer direcção. Toque na rede: É interdito tocar a rede em toda a sua extensão e nas varetas a menos que o toque não tenha influência na jogada. Penetração no campo adversário: É permitido pisar o campo contrário com os pés e com as mãos desde que pelo menos uma parte destes esteja em contacto ou sobre a linha central. É interdito tocar o solo do campo contrário com qualquer outra parte do corpo. Bola fora quando: a) Cai no solo inteiramente fora das linhas de delimitação; b) Toca um objecto fora do terreno, o tecto ou alguém exterior ao jogo; c) Toca as varetas, cabos, postes ou a própria rede no exterior das varetas/bandas laterais; d) Atravessa, completamente o plano vertical da rede, totalmente ou em parte pelo exterior do espaço de passagem entre as varetas. Faltas no serviço: Antes do serviço quando: a) viola a ordem de serviço; b) não efectua o serviço correctamente; c) demora mais de 5 segundos para o realizar; d) A bola não é largada antes de ser batida. Bom Estudo! 3
  • 4. Educação Física Voleibol Após o batimento da bola quando: a) o jogador que serve pisa a linha de fundo e campo; b) a bola não é batida com uma só mão, ou antebraço; c) toca um jogador da equipa que serve ou não passa o plano vertical da rede; Rotação ao serviço: Quando a equipa que receba ganha o direito ao serviço, os jogadores efectuam uma rotação, deslocando-se uma posição no sentido dos ponteiros do relógio. Sistema de pontuação: Cada vez que uma equipa faz cair a bola no campo adversário existe a atribuição de um ponto a essa equipa. Bom Estudo! 4
  • 5. Educação Física Voleibol Fundamentos técnicos ofensivos: POSIÇÃO BÁSICA DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Atitude preparatória que o jogador Permitir uma intervenção rápida, adopta, de modo a poder correcta e tecnicamente adequada responder com mais eficácia às à situação de jogo, sem perca de várias situações de jogo. equilíbrio. DETERMINANTES TÉCNICAS Peso do corpo equitativamente distribuído pelos dois apoios. Membros inferiores flectidos e pés afastados (lateralmente ou um à frente do outro), permitindo um bom equilíbrio. Tronco ligeiramente inclinado à frente (bacia em retroversão). Linha dos ombros à frente da linha dos joelhos. Membros superiores flectidos e afastados com cotovelos junto à bacia, e palmas das mãos viradas uma para a outra. Bom Estudo! 5
  • 6. Educação Física Voleibol PASSE DE FRENTE DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Projecção da bola com precisão Projecção da bola com as mãos para a frente quando situada no para a frente. plano superior. DETERMINANTES TÉCNICAS Fase Preparatória A partir da posição base fundamental, colocação do corpo debaixo da trajectória da bola. Braços elevados frontalmente e flectidos, com cotovelos orientados para a frente, ligeiramente para o lado e num plano superior ao dos ombros. Mãos voltadas para trás sem rigidez e dedos ligeiramente para dentro com polegares no alinhamento um do outro e indicadores voltados para trás (polegares e indicadores formam um "triângulo"). Fase Principal Braços flectidos com cotovelos à altura do rosto. A bola é tocada com a superfície interior dos dedos ligeiramente acima e à frente da cabeça. Acompanha a execução do passe uma extensão dos membros inferiores e superiores com movimento convergente dos braços. Fase Final Continuação da extensão dos membros inferiores e superiores (seguindo a trajectória da bola). Bom Estudo! 6
  • 7. Educação Física Voleibol PASSE DE COSTAS DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Projecção da bola com precisão Transmissão da bola com as mãos para trás quando situada no plano para trás. superior. DETERMINANTES TÉCNICAS Fase Preparatória Igual à do passe de frente. Fase Principal Extensão dorsal do tronco. Palmas das mãos viradas para cima. Braços flectidos com cotovelos à altura do rosto. Cabeça inclinada para trás. Contacto com a bola efectuado atrás do plano vertical do corpo. A bola é tocada com a superfície interior dos dedos ligeiramente acima da cabeça. Acompanha a execução do passe uma extensão dos membros inferiores e superiores com movimento convergente dos braços. Fase Final Extensão total do corpo à retaguarda com os braços e os olhos a seguirem a trajectória da bola. Bom Estudo! 7
  • 8. Educação Física Voleibol SERVIÇO POR BAIXO DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Envio da bola, através de um Colocação da bola no campo batimento com uma mão num contrário, dificultando ao máximo plano inferior, para o campo a sua recepção. contrário. DETERMINANTES TÉCNICAS Fase Preparatória Apoios e linha dos ombros dirigidos para o alvo (numa fase de aprendizagem). Apoio contra-lateral do braço hábil ligeiramente avançado. Flexão dos membros inferiores Tronco ligeiramente inclinado à frente (plano dos ombros à frente do plano dos joelhos). O braço hábil oscila à retaguarda, enquanto o outro segura a bola num plano ligeiramente superior ao plano dos joelhos e no prolongamento do braço hábil. Fase Principal Movimento de trás para a frente do braço hábil. Quando a mão que segura a bola perde o contacto com esta, a mão aberta do braço hábil (em extensão), realiza o batimento através de um impulso seco com a palma da mão, havendo uma elevação de todo o corpo e a passagem do seu peso para o apoio mais avançado. Bom Estudo! 8
  • 9. Educação Física Voleibol Fase Final Continuação do movimento de extensão de pernas (para cima e para a frente), assim como da elevação do braço hábil acompanhando o movimento de saída da bola. Após o batimento da bola, o pé mais recuado é "transportado" para um plano à frente do apoio dianteiro, possibilitando uma rápida entrada em campo de modo a prosseguir a sua acção em jogo. SERVIÇO POR CIMA DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Envio da bola, através de um Colocação da bola no campo batimento com uma mão num contrário, dificultando ao máximo plano superior, para o campo a sua recepção. contrário. Bom Estudo! 9
  • 10. Educação Física Voleibol DETERMINANTES TÉCNICAS Fase Preparatória Apoios e linha dos ombros dirigidos para o alvo. Apoio contra-lateral do braço hábil ligeiramente avançado. Pernas ligeiramente flectidas. Bola segura com uma mão ao nível da bacia subindo à altura dos ombros, ou mesmo partindo desta posição (ténis flutuante). Fase Principal No momento em que a bola é lançada ao ar (na vertical), verifica-se o avanço da bacia, acompanhado de um movimento posterior do tronco, mais acentuadamente do ombro cujo braço vai efectuar o batimento e a elevação dos dois braços, com uma maior amplitude do braço que vai bater a bola que vai ser armado atrás da cabeça. No momento em que a bola é batida, todo o corpo efectua um movimento de trás para a frente, passando todo o seu peso para o apoio mais avançado. O braço de batimento, efectua um movimento muito rápido, procurando bater a bola no seu ponto máximo de extensão, para lhe imprimir uma grande velocidade. O batimento da bola é feito com a palma da mão e através de um batimento seco. Bom Estudo! 10
  • 11. Educação Física Voleibol REMATE EM APOIO DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Projecção da bola com força para o Batimento da bola com uma mão campo contrário, criando e com os pés no chão. dificuldades à equipa adversária. DETERMINANTES TÉCNICAS Fase Preparatória Ligeira flexão dos membros inferiores. Elevação superior do braço de batimento e flexão do antebraço formando um ângulo de 90º. Mão executante ao nível da nuca. Braço não dominante em elevação antero-superior (a "apontar para a bola) e com o ombro avançado. O corpo arqueia-se dorsalmente. Fase Principal O batimento da bola inicia-se com a extensão rápida do braço dominante, acompanhada de extensão dos membros inferiores. A bola deve ser batida acima e à frente da cabeça (o mais alto possível e com o braço em extensão), através de um batimento seco e com liberdade articular do pulso. Fase Final O batimento da bola é seguido do avanço do ombro respectivo. Bom Estudo! 11
  • 12. Educação Física Voleibol Fundamentos técnicos defensivos: DESLOCAMENTOS DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Colocar-se rapidamente numa posição favorável à Movimento de execução das acções do jogo, de forma a criar a locomoção do relação adequada entre corpo / bola / gesto técnico jogador. e o posicionamento dos outros jogadores, em função da circulação da bola e da estratégia colectiva. DETERMINANTES TÉCNICAS A partir da posição base fundamental Deslocamento Frontal. Passo(s) à frente (curtas distâncias) Em corrida para a bola com paragem equilibrada para a intervenção sobre a bola (grandes distâncias). Deslocamento Lateral Passos curtos e rápidos; calcanhares não se tocam; pernas nunca se cruzam (curtas distâncias). Em corrida para a bola com paragem equilibrada para a intervenção sobre a bola (grandes distâncias). Deslocamento à Retaguarda Deslocamento atrás com passo(s) cruzado(s) (curtas distâncias) Rotação do corpo e corrida para a bola com paragem equilibrada para a intervenção sobre a bola (grandes distâncias). Bom Estudo! 12
  • 13. Educação Física Voleibol MANCHETE DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Projecção da bola quando animada Transmissão da bola com os dois de grande velocidade e/ou situada antebraços unidos. num plano inferior. DETERMINANTES TÉCNICAS Fase Preparatória Posição equilibrada, com o peso do corpo equitativamente distribuído pelos dois apoios. Membros inferiores, superiores e tronco flectidos. Pés paralelos (largura dos ombros), com um dos apoios avançado em relação ao outro. Braços e mãos ligeiramente afastados. Fase Principal Junção dos braços (em completa extensão) e mãos (sobrepostas ou com uma envolvendo a outra), com os cotovelos quase a tocarem-se. Peso do corpo desigualmente distribuído pelos dois apoios. Contacto com a bola no terço anterior dos antebraços, havendo uma extensão dos membros inferiores para cima e para a frente, iniciada pela perna mais recuada. Bola contactada abaixo do plano dos ombros Controle visual da bola. Fase Final Continuação da extensão do tronco e membros inferiores. Continuação do controle visual da bola. Bom Estudo! 13
  • 14. Educação Física Voleibol BLOCO DEFINIÇÃO OBJECTIVOS Defender a bola vinda do campo contrário. Passagem das mãos Formar uma barreira com as mãos de forma acima do plano da rede, a projectar a bola directamente para o solo sendo efectuado por do campo contrário. um, dois ou três O bloco efectua-se com o objectivo de jogadores atacantes atenuar ou deter o ataque do adversário. que se elevam Pode ser levado a cabo por um só jogador ou formando uma barreira em grupo de 2 ou de três jogadores, sendo, com as mãos. neste último caso, para defender uma zona importante do campo. DETERMINANTES TÉCNICAS Posição equilibrada, peso do corpo equitativamente distribuído pelos dois apoios, membros inferiores ligeiramente flectidos. Braços elevados frontalmente e flectidos, com cotovelos orientados para a frente, ligeiramente para o lado e num plano superior ao dos ombros. Mãos abertas, palmas das mãos viradas para a rede e colocadas ao nível da cara ou ligeiramente acima. Extensão dos braços e ligeira flexão do tronco. Recepção ao solo equilibrada através da flexão dos membros inferiores, para poder assegurar o equilíbrio do corpo e ficar preparado para iniciar uma nova acção de jogo. Bom Estudo! 14