• Save
AsNaSA Cabo Verde - National Water Safety Association
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Ola Jorge...tudo bem consigo? não sei se ainda lembras de mim!?Fiz o curso de salvamento aquático na Academia José Moreira da Silva!Tive a fazer uma pesquisa acerca do salvamento e descobri que é você quem esta por de traz disso tudo!Estou interessado em colaborar convosco e partilhar algum conhecimento nesta área!Se você poder entra em contacto comigo para podermos falar!abraço
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,982
On Slideshare
1,975
From Embeds
7
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
1
Likes
0

Embeds 7

http://www.ilsf.org 4
http://www.slideshare.net 3

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. AsNaSA Cabo Verde Associação Nacional de Salvamento Aquático
    • Organização com Base na Estrutura do ILS
    • Sistema de Formação Profissional de Cabo Verde
  • 2. Conferência WWS/2007 Dias 27, 28 e 29/Set.
    • Título:
    • AsNaSA Cabo Verde – Associação Nacional de Salvamento Aquático
    • Uma Nova Organização de Salva- Vidas nas Estruturas do ILS
    • e o Sistema de Formação Profissional e Emprego em Cabo Verde
  • 3. Situação Geográfica Cabo Verde, localiza-se em pleno Oceano Atlântico, entre os paralelos 15 e 17 de latitude Norte, na encruzilhada de três continentes – nomeadamente África, América e Europa – e distante 455 km da costa do Senegal.
  • 4.  
  • 5.
    • O  arquipélago de Cabo Verde tem uma área total de 4.033 km2. As suas ilhas são de origem vulcânica e têm, por isso, o relevo muito acidentado e um aspecto ressequido e árido.
    Cabo Verde
  • 6. Sistema de Formaçao Profissional e Emprego em C. Verde
  • 7. Contextualização :
    • É largamente aceite que o desenvolvimento de Cabo Verde tem como seu elemento chave, o desenvolvimento dos seus recursos humanos.
    • Tratando-se de um pequeno país insular e de parcos recursos naturais e que pretende integrar-se na economia mundial, é uma opção perfeitamente justificável, investir-se na Formação Profissional.
    • .
  • 8.
    • Com o Mar (Pescas e Transportes Marítimos e Aéreos) e o Turismo (Marítimo, Piscinas e Parques Aquáticos) com grande potencial em pleno desenvolvimento, importa posicionar a experiência-piloto da criação da AsNaSA Cabo Verde no contexto nacional.
  • 9.
    • Na sua especificidade de intervenção em Cabo Verde e na cooperação internacional do ILS; com Portugal via AsNaSA Portugal, em África – ILS África, na CPLP – AsNaSA’s CPLP e nas diversas estruturas especializadas do ILS a nível Mundial
  • 10.  
  • 11.
    • Os potenciais riscos de sinistralidade Aquáticos mais frequentes em Cabo Verde são nas praias e nas zonas costeiras.
    • A actividade piscatória é considerada um dos maiores riscos de ocorrências de sinistralidade aquática, porque de 75% desta actividade é feita de forma artesanal .
  • 12.
    • Por outro lado as actividades balneárias atraem todos os milhares de cabo-verdianos e turistas de todo o mundo, que não ficam indiferentes às condições climáticas e paisagísticas das praias e piscinas.
    • Nestes locais praticam-se actividades aquáticas como mergulho, Windsurf e pesca desportiva, tornando estes meios potenciais locais de ocorrência de sinistralidade aquática
  • 13.
    • A falta de Salva Vidas, de técnicos de segurança e Salvamento Aquático e de recursos materiais de salvamento aquático, que normalmente não existem nos meios aquáticos de Cabo Verde, torna estes locais de lazer e turismo em potenciais riscos de sinistralidade .
  • 14.
    • Tendo em conta estas lacunas de meios materiais e humanos de salvamento e os potenciais riscos de sinistralidade, preparou-se o seminário de Salvamento Aquático em Cabo Verde, num programa conjunto com AsNaSA Portugal, com objectivo foi de preparar e alertar as autoridades competentes e futuros técnicos para a necessidade de se implementar um Sistema Integrado de Salvamento Aquático em Cabo Verde.
  • 15. Associaçao Nacional Salvamento Aquatico Cabo Verde
  • 16.
    • OBJECTO SOCIAL
    • Trabalhar para Aumentar o Valor da Segurança e da Preservação da Vida Humana no Meio Aquático ;
    • Desenvolver o sistema de Salvamento Aquático e actuando como uma associação promotora do Desporto Humanitário Salvamento Aquático.
  • 17. OBJECTO SOCIAL Desenvolver actividades necessárias para a implementação dum Sistema Integrado de Qualidade de Salvamento Aquático em Cabo Verde.
  • 18.
    • A AsNaSA de Cabo Verde rege-se pelos “Conceitos de Salvamento de Vidas no Meio Aquático” Do ILS – International Life Saving:
    • Princípios Humanitários;
    • Tolerância e Respeito Por Todos;
    • Conduta e Comportamentos Éticos;
    • Trabalho Conjunto Para Alcançar Objectivos Comuns.
    VALORES da AsNaSA Cabo Verde
  • 19. PROGRAMAS DE FORMAÇÃO EXISTENTES : Breve visão sobre os percursos existentes na estrutura nacional do IEFP de Cabo Verde: Nível estrutural; Sistema Integrado de Educação-Formação-Emprego .
  • 20.
    • Desenho Curricular; Formação de Formadores; Formação Continua; Sistema Integrado de Gestão de Informação; Oferta Profissional Permanente e Políticas Activas de Emprego.
  • 21. AsNaSA Cabo Verde - Experiências e Projectos de Potencial Humano
  • 22. Fruto das necessidades nacionais, de muitas experiências e tentativas locais de organização inicial, a visão e a missão do ILS chegaram a Cabo Verde, pela mão de formandos de Cabo Verde que frequentaram cursos qualificados nos membros da AsNaSA Portugal , numa cooperação alargada, que envolveu e envolve dezenas de entidades oficiais e autárquicas de Cabo Verde desde 1996 .
  • 23. Muitos são os projectos que a AsNaSA Cabo Verde promove na área dos Recursos Humanos qualificados e urge implementar Estudos de SInQSalvA:
  • 24. Análise de Riscos que poderão optimizar os esforços empreendidos e melhor qualificar as intervenções, numa dimensão importante para melhorar as condições do Salvamento Aquático para os Cabo-Verdianos residentes, nos Estrangeiros e, que visitam, em trabalho e ou turismo a Cabo Verde.
  • 25.
    • Tipologia dos projectos em funcionamento e em elaboração para instalação no ciclo de 2007 a 2013 :
        • Instalação do Centro de Coordenação na Sede da AsNaSA Cabo Verde no concelho Tarrafal;
        • Reforço das Delegações já em funcionamento da AsNaSA Cabo Verde;
  • 26.
    • Preparação dos Projectos e Instalação das Delegações da AsNaSA Cabo Verde e de Unidades Mistas de Voluntariado e Profissionais de Salvamento Marítimo nos concelhos de:
    • S. Catarina, S. Miguel, S. Cruz, Maio, Espargos, Sal Rei, S. Filipe, Porto Novo;
    • Praia – 1ª fase e nos restantes concelhos numa 2ª fase.
  • 27.
        • PLANO DE FORMAÇÃO ENSIQSALVA CABO VERDE
        • Preparação das Actividades DeHuSA 2008-2012:
        • Participação no Lançamento da plataforma Nacional Para a Redução dos Riscos e Catástrofe, uma recomendação das Nações Unidas
        • Organização do III – Seminário Internacional de Cabo Verde – SInQSalvA Cabo Verde para o ano de 2009.
  • 28. Projectos de Base Mundial no grupo “AsNaSAs” CPLP, ILS e ILS África Muitos são os projectos da AsNaSA Cabo Verde que queremos partilhar e integrar na comunidade mundial que é o ILS, aos mais diversos níveis, bem como aceder aos apoios e programas de cooperação, na base do interesse comum para a construção dum mundo mais solidário e para a concretização do lema da WWS: Salvando Vidas por Todo o Mundo: Prevenção, Salvamento e Tratamento .
  • 29. Cooperar – vale sempre a pena!
  • 30. Obrigado! Autor: Jorge Dias (Cabo Verde) Morada: Cidade da Praia | País: Cabo Verde | E-mail: [email_address] | GSM: +238 996 07 96