Confecção de roupas esportivas

18,129 views
17,865 views

Published on

Artigo - 2

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
18,129
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
301
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Confecção de roupas esportivas

  1. 1. Confecção de roupas esportivas
  2. 2. ExpedientePresidente do Conselho DeliberativoRoberto SimõesDiretor-PresidenteLuiz Eduardo Pereira Barreto FilhoDiretor TécnicoCarlos Alberto dos SantosDiretor de Administração e FinançasJosé Claudio Silva dos SantosGerente da Unidade de Capacitação EmpresarialMirela MalvestitiCoordenaçãoNídia Santana CaldasEquipe TécnicaCarolina Salles de OliveiraAutorRoberto ChamounProjeto GráficoStaff Art Marketing e Comunicação Ltda.http://www.staffart.com.br
  3. 3. Apresentação do NegócioPraticar esportes é essencial para manter o organismo saudável,praticar exercícios físicos faz bem ao coração e ajuda a manter aexpectativa de vida da pessoa que o pratica. O vestuário utilizado deveser adequado à modalidade do esporte, à temperatura do local ondeserão executados e principalmente as necessidades físicas efisiológicas do esportista. São valorizadas, portanto, as característicascomo conforto térmico, sensorial, ergonômico e psicológico.É importante que a vestimenta tenha uma boa elasticidade, resistência,toque agradável, boa troca de umidade e calor com o ambiente eproteção contra agentes biológicos.Na parceria entre a moda e o esporte a recíproca é verdadeira. Se osesportes recebem influências do mundo da moda o contrário tambémacontece. Cada vez mais as marcas pegam emprestada a tecnologiausada nos uniformes dos atletas para desenvolver as roupas dodia-a-dia. Por outro lado, há muito tempo os estilistas perceberam quepara vestir homens e mulheres com conforto e praticidade nada melhordo que os tecidos esportivos. Hoje, as grandes marcas esportivastambém desenvolvem criações para ser usada a noite ou fora dascompetições esportivas. Além disso, não é preciso ser um super atletapara usar peças esportivas. Esta interação faz com que, cada vez mais,a moda e o esporte extrapolem os limites das quadras e camposesportivos e invadam as passarelas e ruas das cidades brasileiras,criando oportunidades de negócios para os empreendedores destesetor.Este documento não substitui o Plano de Negócio. Para elaboração doplano consulte o Sebrae mais próximo. Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 3
  4. 4. MercadoO estilo moderno e ao mesmo tempo confortável vem conquistandoum público cada vez mais numeroso. Embalado pelos grandes eventosesportivos e a popularização de práticas como o vôlei e ultimamente aginástica, sem falar é claro da velha preferência pelo futebol, oconsumo de roupas esportivas no Brasil tem crescido na mesmaproporção em que, em todas as faixas etárias e classes sociais,aumenta a preocupação com a beleza e a vida saudável. Esta mudançade comportamento impulsiona todos os setores econômicos, que vãodesde os crescentes indicadores das indústrias de suplementosalimentares, passando pela sofisticação das academias de ginástica atéa expansão do setor de confecção de roupas esportivas, observado noBrasil nos últimos anos. Embora o setor ainda não tenha númerosmuito precisos.Dados de 2010 da Abravest indicam que no Brasil existam mais detrês mil confecções de roupas esportivas, sendo 90% compostas pormicro e pequenas empresas, responsáveis pela criação de mais de 38mil empregos diretos e indiretos. Apesar da imprecisão dos números,empresários acreditam num crescimento do setor. Tanto é verdade,que constantemente as pesquisas tecnológicas vêm criando diferentestipos de novos tecidos, como o fio poliamida, com proteção contraraios solares, ação antibacteriana e o dryfit, além da constanteevolução tecnológica observada no maquinário utilizado pelo setor.As roupas usadas por atletas profissionais ou até mesmo os de fins desemana, vêm sendo desenvolvidas através de pesquisas e grandesinvestimentos por parte de empresas como a Dupont e a Rhodia, e quevisam principalmente o bem-estar, a comodidade e o conforto doesportista.Evolução na tecnologia, tanto na área têxtil como nos maquinários4 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  5. 5. envolvidos para sua fabricação, permite que o número de peçasfabricadas aumente a cada ano, com uma taxa média anual decrescimento beirando os 2%, segundo a Associação Brasileira daIndústria do Vestuário - Abravest.Mauricio José Teixeira, diretor da Physicus, uma das maioresempresas de equipamentos e acessórios esportivos da América Latina,afirma que “Vamos viver esporte até um ou dois anos após asolimpíadas. A produção e venda vai dobrar nesses setores ligados aoesporte. É um boom nunca visto antes no Brasil”.Segundo informações do Cadastro Geral de Empregados eDesempregados do Ministério do Trabalho o segmento de confecçãode artigos de vestuário alcançou em janeiro de 2010 um estoque de603.510 empregos formais, representando uma evolução de 10,85%,relativo a janeiro de 2007.LocalizaçãoAntes de se decidir pela escolha do imóvel para instalação de suaindústria de confecção o empreendedor deverá observar os seguintesdetalhes:- Verificar se o imóvel em questão atende as suas necessidadesoperacionais quanto à localização (proximidade de fornecedores,fontes de mão-de-obra, consumidores, atividades de confecçãocomplementares e não concorrentes) e capacidade de instalação (videitem Estrutura).- Certificar-se que o imóvel é atendido por serviços de água, luz, força,esgoto, telefone etc.O local ideal deve ser de fácil acesso, possuir estacionamentos paraveículos, local para carga e descarga de mercadorias e serviço de Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 5
  6. 6. transporte coletivo, lembre-se que o valor gasto no transporte de seusfuncionários irá compor a sua estrutura de custos.Ficar atento aos imóveis situados em locais sujeitos a inundações oupróximos às zonas de risco. Consulte a vizinhança a respeito.Verificar também na Prefeitura Municipal se as atividades a seremdesenvolvidas no local respeitam a Lei de Zoneamento do Município,já que alguns tipos de negócios não são permitidos em qualquer bairro.A consulta junto à Prefeitura é necessária para se conhecer asexigências do Corpo de Bombeiros e aquelas relativas ao CódigoSanitário, Código de Obras, além de instruções sobre a obtenção dealvará de funcionamento. As atividades econômicas da maioria dascidades são regulamentadas pelo Plano Diretor Urbano (PDU). É essaLei que determina o tipo de atividade que pode funcionar emdeterminado endereço.Exigências legais específicasÉ necessário contratar um contador profissional para legalizar aempresa nos seguintes órgãos:- Junta Comercial;- Secretaria da Receita Federal (CNPJ);- Secretaria Estadual de Fazenda;- Prefeitura Municipal, para obter o alvará de funcionamento;- Enquadramento na Entidade Sindical Patronal em que a empresa seenquadra (é obrigatório o recolhimento da Contribuição SindicalPatronal por ocasião da constituição da empresa e até o dia 31 dejaneiro de cada ano);- Caixa Econômica Federal, para cadastramento no sistema“Conectividade Social – INSS/FGTS”;- Corpo de Bombeiros Militar.6 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  7. 7. Além do cumprimento das exigências anteriores, é necessáriopesquisar na Prefeitura Municipal a legislação aplicada ao negócio deconfecções de roupas esportivas.O Sebrae local poderá ser consultado para orientação.EstruturaA estrutura física de uma indústria de confecção compreende uma áreanão inferior a 100m2, subdividida em quatro ambientes:- Produção: Neste ambiente estão dispostos os equipamentos eempregados envolvidos nos processos de corte, costura, acabamento,planejamento e controle da produção, os estoques de matéria prima eprodutos acabados, e ainda as áreas de expedição e manutenção.- Área Técnica: Neste local são desenvolvidos os novos produtos(design),modelagem, amostras, estudo das especificações, inspeção equalidade.- Atendimento e Vendas: A indústria deve dispor de um localapropriado para realizar o atendimento comercial, vendas e planejar eexecutar o marketing de seus produtos.- Finanças: Um espaço deve ser reservado para as atividadesrelacionadas aos controles financeiros, incluindo o controle das contasa pagar, compras, contas a receber cobrança e folha de pagamento. Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 7
  8. 8. PessoalA quantidade de profissionais está relacionada ao porte doempreendimento, para uma empresa de confecções de roupasesportivas de pequeno porte pode-se começar com treze pessoas,sendo:- um desenhista;- um modelista;- quatro costureiras;- uma cortadeira;- dois auxiliares de acabamento;- um auxiliar administrativo;- dois vendedores;- um auxiliar de serviços gerais.Os colaboradores devem ter as seguintes competências, que devem serfocadas durante o processo de seleção e contratação:- Desenhista: além da criatividade esse profissional precisa ter umavisão global do mundo contemporâneo. Deve apresentarconhecimentos de sociologia, modelagem, desenho, e história dovestuário. É desejável que possua curso superior em moda ou emdesign de moda.- Modelista: além da paciência e busca da perfeição esse profissionaldeve possuir talento para lidar com a geometria, saber distinguir osmais diversos tecidos e caimentos, ser criativo para buscar soluções eajustes para as idéias ainda imperfeitas do estilista. Ainda sãonecessários conhecimentos de informática, em razão da grandeutilização de software de design digital essencial para a produção emsérie.- Cortadores: saber operar máquina de corte, foco em planejamentopor processo manual e digital e conhecimento de riscos e cortes emtecidos de diferentes tipos. Deve ter senso de organização, agilidade eprecisão.8 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  9. 9. - Costureiras: experiência com máquinas de costura de diferentestipos e conhecimentos sobre os diferentes tipos de tecidos. Senso deorganização, agilidade, precisão e flexibilidade.- Vendedores: além de conhecer muito bem o produto, a empresa e omercado, o vendedor deve também conhecer as necessidades e oshábitos dos clientes e ter uma postura consultiva oferecendo soluçõesque atendam essas necessidades. Deve ter dinamismo, boacomunicação, empatia, percepção, persistência e ser um bom ouvinte.Investir constantemente no aperfeiçoamento dos colaboradores atravésde cursos, palestras, workshops que são oferecidos no mercado, ou ematividades de desenvolvimento realizadas na própria empresa, deve serpreocupação permanente do empreendedor.O empreendedor deverá participar de seminários, congressos e cursosdirecionados ao seu ramo de negócio, para manter-se atualizado esintonizado com as tendências do setor.Deve-se estar atento para a Convenção Coletiva do Sindicato dosTrabalhadores nas Indústrias de Confecções, utilizando-a comobalizadora dos salários e orientadora das relações trabalhistas,evitando, assim, conseqüências desagradáveis.O Sebrae da localidade poderá ser consultado para aprofundar asorientações sobre o perfil do pessoal e o treinamento adequado.Equipamentos São necessários os seguintes móveis e equipamentos:Mobiliário para a área administrativa:- microcomputador completo 1 – R$ 1.349,00- impressora 1 – R$ 299,00 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 9
  10. 10. - telefone 2 – R$ 129,80- mesas 2 – R$ 460,00- cadeiras 4 – R$ 204,00- armário para o escritório 1 – R$ 380,00Total mobiliário: R$ 2.821,80Fontes: www.walmart.com.brhttp://www.redecasa.com.br/detalhe.asp?P_ID=1133&SCT_ID=159www.martinello.com.brMóveis e Equipamentos para áreas de produção e exposição deprodutos:- microcomputador completo 1 – R$ 1.349,00- máquina industrial overloque com 2 agulhas motor ½ HP 4 – R$3.600,00- máquina galoneira com 3 agulhas 2 – R$ 3.720,00- máquina de cortar tecidos com 6’’ 2 – R$ 2.100,00- mesa para corte medindo 6,00 m x 1,80 m – R$ 800,00- mesa de madeira para acabamento, medindo 2,00 m x 0,90 m 2 – R$1.200,00- colarete de overloque 2– R$ 800,00- elastiqueira BT 2– R$ 4.600,00- Pespontadeira e de corte 1– R$ 3.600,00- balcão para exposição 3– R$ 1.350,00- prateleiras aramada 6– R$ 1.030,00- vitrines com rodízio 4- R$ 1.600,00- manequins infantil masculino 2 - R$ 680,00- manequim infantil feminino 2- R$ 612,00- manequim adulto masculino 2- R$ 1.130,00- manequim adulto feminino 3- R$ 1.830,00- espelhos 2- R$ 600,00- provadores 2 –R$ 160,00- máquina ECF 1- R$ 1.250,00- impressora matricial 1 – R$ 600,0010 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  11. 11. - alarmes 1 –R$ 150,00- telefones 2 – R$ 129,80- veiculo utilitário usado 1 – R$ 23.000,00Total dos equipamentos: R$ 56.920,80Fontes:Concordia Maquinashttp://www.concordiamaquinas.com.br/maquinas.asp?maq=5Ipermaq Comércio de Máquinas de Costurawww.ipermaq.com.brLeeder Maqwww.leeder.com.brMatéria Prima / MercadoriaA matéria-prima são os diversos tipos de tecidos, os acessórios edemais componentes utilizados na produção.As pesquisas tecnológicas vêm criando diferentes tipos de tecidos,como o fio poliamida, com proteção contra raios solares, açãoantibacteriana, ou fios que permitem que o suor atravesse o tecido edeixe o esportista mais seco, entre outros tantos benefícios. Apoliamida pode ser associada a outras fibras, como o elastano, queconfere ao tecido maior elasticidade. Os tecidos em poliamida têm avantagem de secar mais rápido e serem mais macios; o tecido étranspirante e mantém a temperatura do corpo estável.Também estão disponíveis no mercado tecidos próprios para a práticade esportes, como o Hidrofit que é um tecido especial para natação eresistente ao cloro, o Pet Dry da Petenatti, que tem alta absorção do Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 11
  12. 12. suor e a Lycra e a Suplex da Fibra Duponte. Características dealgumas fibras utilizadas na confecção de roupas esportivas: Poliéster:Fibra artificial sintética, obtida de processos químicos, derivada dopetróleo. Pode ser utilizada pura ou em mistura com algodão, viscose,nylon, linho ou lã, em proporções variadas. O poliéster é a mais baratadas fibras têxteis, sejam químicas ou naturais. Possui boa resistência àluz e ao uso; não enruga; boa elasticidade; resiste a maior parte dosprodutos químicos; de fácil tratamento; seca rapidamente; áspero; temtendência a formar bolinhas com o uso; desbota quando exposto aosol; encolhe com o calor. Outra desvantagem é o processo detingimento, o qual requer mais calor e leva mais tempo para ter a corfixada. Poliamida: A poliamida, ou nylon; nome comercial pelo qualtambém é muito conhecido; foi a primeira fibra sintética criada pelohomem. Tem como características a alta resistência, fácil lavagem,resiste ao amarrotamento, baixa absorção de umidade, toqueagradável, e secagem rápida. Uma grande vantagem da poliamida(nylon) em relação ao poliéster é o toque mais sedoso e melhortranspiração. Microfibra: o termo microfibra é concedido a fiossintéticos que são formados por filamentos extremamente finos. Estesfilamentos podem ser 60 vezes mais finos que um fio de cabelo e10.000 filamentos de microfibra podem pesar menos que 1 grama. Osartigos de malha produzidos com Microfibras possuem comocaracterísticas, o toque sedoso, vestem muito bem, encolhimento dapeça extremamente baixo, alta resistência, baixo amarrotamento e bomisolamento quanto a vento e frio. As microfibras podem ser depoliéster, poliamida (nylon), acrílico ou viscose.As mercadorias que uma confecções de roupas esportivas poderácomercializar, em geral, são:- bermudas e shorts- agasalhos esportivos- camisetas- calças- blusas e coletes12 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  13. 13. - regatas- vestuário para ginástica.Para a definição do mix dos produtos a serem oferecidos, o empresáriodeverá visitar concorrentes, ouvir permanentemente seus clientes e irfazendo adaptações ao longo do tempo.Organização do processo produtivoOs processos produtivos de uma indústria de confecção de roupasesportivas são divididos em:Modelagem: é a etapa do processo de criação dos moldes pelo estilistaou desenhista de moda. Nessa etapa ocorrem a confecção dos moldespara corte do tecido, levantamento de pesquisa para compra dosacessórios e tecidos e confecção das peças de mostruário para teste deprodução.Corte: essa etapa do processo de produção é o corte do tecido.Existem máquinas industriais de corte que necessitam de umaoperadora habilitada, para que não ocorra desperdício de tecido.Entretanto, se o corte for manual, tendo em vista que a produçãoinicialmente será pequena, é fundamental a preparação dos moldespara corte das partes do tecido que formarão a peça. O corte manual éuma tarefa que exige habilidade do operador. Com o auxílio de umaguilhotina (empresas maiores) ou de uma serra fita ou circular eseguindo os moldes elaborados anteriormente pela modelista, sãocortadas em grandes mesas (mesa de corte) várias peças do tecidosobreposto. Este é um momento delicado do processo produtivo, poisum erro nesta operação tem pouca chance de ser reparado,representando perda parcial ou total do tecido e atraso na produçãopara a empresa. Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 13
  14. 14. Enfesto:- Etapa do processo produtivo de uma confecção que consistena colocação de uma camada (folha) de tecido sobre a outra, de formaa facilitar o corte simultâneo das peças comercializadas pela empresa.O comprimento do enfesto é definido pelo comprimento do risco,acrescido das tolerâncias. A quantidade de folhas de tecido é definidaem função do pedido de peças, do equipamento de corte a ser utilizadoe em função da instabilidade do tecido.Overlock: - Após o corte, cada pedaço correspondente a uma parte dapeça de vestuário receberá o acabamento nas bordas, para evitar odesfiamento, chamado de overlock. Nas fibras sintéticas, em geral,este acabamento pode ser feito na costura final.Costura / montagem: Executada por costureiras, esta é a etapa maiscomplexa e intensiva em trabalho. Consiste na união de dois ou maiselementos de uma roupa. Nesta fase, as peças são repassadas àscostureiras que possuem funções diferenciadas na linha de produção eque trabalham seguindo uma seqüência lógica de tarefas. Durante oprocesso, são utilizados vários tipos de máquinas: zig-zag, overlock eetc. As partes da peça são unidas na máquina reta, devendo haverperfeito casamento entre elas, para assegurar o bom caimento daroupa.Acabamento: As etapas complementares ao processo de Acabamentosão: colocação de acessórios / aviamentos (botões, velcros, cordões,elásticos, etc.); lavagens; bordados ou gravações especiais. A últimaetapa é a colocação dos acessórios, como botões, bolsos, velcros, etc.Este trabalho é o mais rápido, mas é o que exige maior habilidade,porque a composição do acabamento final é responsável pelaqualidade visual do produto. Controle de qualidade; Etiquetagem,codificação e embalagem; Estoque / Expedição.14 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  15. 15. AutomaçãoA automação do processo de produção de roupas esportivas ocorre nasfases de design, corte e montagem das pecas: Design e modelagem -uso de sistemas CAD - Computer Aided DesignCorte – uso demáquinas operatrizes automatizadas para corte (sistemas CAM -Computer Aided Manufacturing).A área de maquinários para costura de roupas esportivas vemmerecendo constantes aperfeiçoamentos, com a introdução de novastécnicas para redução de custo na produção de peças. Dentre elas atecnologia Dynamic Function Cut, que consiste em cortar as roupas alaser em vez de costurá-las, elas são fusionadas por meio de calor.Além de eliminar grande parte dos custos da produção, eliminam ascosturas que podem incomodar os esportistas. Atualmente já existe ummaquinário que elimina duas etapas do processo atual de produçãosem costura, utilizando-se uma película elástica termo-adesiva anecessidade de elásticos nas peças é eliminada.Para a gestão da empresa há no mercado uma boa oferta de sistemaspara gerenciamento de pequenos negócios. Para uma produtividadeadequada, devem ser adquiridos sistemas que integrem as compras, asvendas e o financeiro. Os softwares possibilitam o cadastro de clientese fornecedores, controle de estoque, serviço de mala-direta paraclientes e potenciais clientes, cadastro de móveis e equipamentos,controle de contas a pagar e a receber, fornecedores, folha depagamento, fluxo de caixa, fechamento de caixa etc.Deve-se procurar softwares de custo acessível e compatível com umapequena empresa. Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 15
  16. 16. Canais de distribuiçãoO empreendedor deve escolher o melhor método de distribuição deseus produtos avaliando a possibilidade do emprego de representantesou a venda direta por meio de visitas a lojas, academias de ginástica,butiques, lojas de departamentos, etc. Outra alternativa a serconsiderada é participar de feiras ou abrir um estabelecimento próprioe comercializar a produção. A promoção do negócio pode ser realizadapor meio de desfiles, anúncios em revistas especializadas, catálogos emala direta.Embora requeira cuidados especiais no atendimento, logística dedistribuição dos produtos e manutenção do site, nos últimos anos umcanal de distribuição tem se destacado: as vendas de artigos devestuários pela internet, na modalidade e-commerce. Sob o ponto devista da experiência e suporte operacional, as lojas convencionais comum braço on-line têm vantagens consideráveis. Neste sentido, umagrande vantagem é que, nos seus negócios on-line elas podem contarcom uma estrutura operacional já experimentada, pois irá utilizar ossistemas de distribuição, atendimento e outros, já existente na lojaconvencional.InvestimentosInvestimento compreende todo o capital empregado para iniciar eviabilizar o negócio até o momento de sua auto-sustentação. Pode sercaracterizado como:- investimento fixo – compreende o capital empregado na compra deimóveis, equipamentos, móveis, utensílios, instalações, reformas etc.;- investimentos pré-operacionais – são todos os gastos ou despesas16 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  17. 17. realizadas com projetos, pesquisas de mercado, registro da empresa,projeto de decoração, honorários profissionais e outros;- capital de giro – é o capital necessário para suportar todos os gastos edespesas iniciais, geradas pela atividade produtiva da empresa.Destina-se a viabilizar as compras iniciais, pagamento de salários nosprimeiros meses de funcionamento, impostos, taxas, honorários decontador, despesas de manutenção e outros.Para uma empresa de confecções de roupas esportivas o empreendedordeverá dispor de aproximadamente R$ 93.742,60 para fazer frente aosseguintes itens de investimento:- Mobiliário para a área administrativa – R$ 2.821,80;- Construção e reforma de instalações – R$ 15.000,00;- Equipamentos – R$ 56.920,80;- Despesas de registro da empresa, honorários profissionais, taxas etc.-R$ 3.500,00;- Capital de giro para suportar o negócio nos primeiros meses deatividade – R$ 16.000,00.Capital de giroCapital de giro é um montante de recursos financeiros que a empresaprecisa manter para garantir a dinâmica do seu processo de negócio.O capital de giro precisa de controle permanente, pois tem a função deminimizar o impacto das mudanças no ambiente de negócios no qual aempresa atua.O desafio da gestão do capital de giro está, principalmente, naocorrência dos fatores a seguir:- variação dos diversos custos absorvidos pela empresa;- altos níveis de estoques levando-se em consideração a quantidade de Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 17
  18. 18. produtos necessários para compor os itens para venda;- aumento de despesas financeiras, em decorrência das instabilidadesdesse mercado;- baixo volume de vendas;- aumento dos índices de inadimplência;- aumento do volume de vendas a prazo (prazos de recebimentomaiores que os prazos de pagamento);- variação dos diversos custos absorvidos pela empresa;- custos fixos elevados tais como despesas de energia, aluguel,limpeza, etc. dentre outras que possa gerar desembolsos recorrentesacima do desejado.O empreendedor deverá ter um controle orçamentário rígido, de formaa não consumir recursos sem previsão.O empresário deve evitar a retirada de valores além do pró-laboreestipulado, pois no início todo o recurso que entrar na empresa neladeverá permanecer, possibilitando o crescimento e a expansão donegócio. Dessa forma a empresa poderá alcançar mais rapidamentesua auto-sustentação, reduzindo as necessidades de capital de giro eagregando maior valor ao novo negócio.No caso de uma empresa de confecções de roupas esportivas, oempresário deve reservar em torno de 30% do total do investimentoinicial para o capital de giro.Custos São todos os gastos realizados na produção de um bem ouserviço e que serão incorporados posteriormente ao preço dos produtosou serviços prestados, como: aluguel, água, luz, salários, honoráriosprofissionais, despesas de vendas e insumos consumidos no processode estoque e comercialização.18 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  19. 19. O cuidado na administração e redução de todos os custos envolvidosna compra, produção e venda de produtos ou serviços que compõem onegócio, indica que o empreendedor poderá ter sucesso ou insucesso,na medida em que encarar como ponto fundamental a redução dedesperdícios, a compra pelo melhor preço e o controle de todas asdespesas internas. Quanto menores os custos, maior a chance deganhar no resultado final do negócio.Abaixo apresentamos uma estimativa de custos fixos mensais típicosde uma empresa de confecção de roupas esportivas.1. Água, luz, telefone, internet – R$ 930,00;2. Salários, comissões e encargos – R$ 17.850,63;3. Taxas, contribuições e despesas afins – R$ 860,00;4. Transporte – R$ 2.817,00;5. Refeições – R$ 3.063,00;6. Seguros – R$ 1.354,00;7. Assessoria contábil – R$ 600,00;8. Segurança – R$ 400,00;9. Limpeza, higiene e manutenção – R$ 1.100,00.Fontes:Cartilha da Convenção Coletiva de Trabalho 2009-2010. Sindicato dosComerciários do Estado do Espírito Santo.Convenção Coletiva de Trabalho 2009-2010. Sindicato dasCostureiras de São Paulo e Osasco.Convenção Coletiva de Trabalho 2009-2011. Sindicato das Ind. deConfecções de Roupas em Geral de Goiânia.Diversificação / Agregação de valor Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 19
  20. 20. A forma mais usual de agregação de valor à roupa esportiva é oferecerprodutos diferenciados através de design e estilo próprio e dodesenvolvimento de uma marca própria para a confecção.O empreendedor deve manter-se sempre atualizado com as novastendências, novas técnicas, novos métodos, através da leitura decolunas de jornais e revistas especializadas, programas de televisão,feiras, ou através da Internet.DivulgaçãoO empreendedor deve prever no seu plano de divulgação uma reservade capital para investir num pequeno desfile de apresentação das peçase convidar donos de lojas e academias ou encarregados de compraspara assistir e comprar. Adicionalmente, deve-se ter disponível edistribuir catálogos com o mostruário completo e/ou ainda umcatálogo eletrônico, através de um website. É importante fornecer umadescrição detalhada da composição dos modelos (tipo de tecido, cores,tamanhos etc.) além de outras informações tais como: preço,condições de pagamento, entrega, etc.Outras formas de divulgação tais como o uso de telemarketing e daconfecção de material gráfico promocional (folders, flyers, cartõesetc.) com distribuição domiciliária até inserções comerciais em jornaisde bairro, revistas, rádio etc. Lembramos que a escolha da mídia maisadequada deverá levar em consideração a natureza do negócio,características do público-alvo e metas que se deseja atingir.A divulgação através de site na internet deve ser considerada, pois oacesso de pessoas à rede cresce permanentemente e em larga escala,atingido os mais diversos públicos, desde os que possuem maior poder20 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  21. 21. aquisitivo até os que estão na outra ponta. Possibilita também oalcance de consumidores e lojistas em qualquer parte do mundo.Ressalte-se que esse canal apresenta custo relativamente baixo e comforte e crescente apelo popular.A construção de um site deve ser bastante estudada em razão dascaracterísticas do negócio, como também é fundamental adicioná-loem diretórios especializados para empresas e motores de busca deinclusão manual como Google Adwords, Ask, Yahoo SearchMarketing, Microsoft Digital Advertising Solutions, Hot Words,dentre outros.Na medida do interesse e das possibilidades, poderão ser utilizadosanúncios em jornais de grande circulação, revistas e outdoor. Se for deinteresse do empreendedor, um profissional de marketing ecomunicação poderá ser contratado para desenvolver campanhaespecífica.Informações Fiscais e Tributárias É possível optar pelo SIMPLES NACIONAL - RegimeEspecial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuiçõesdevidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, desde quea receita bruta anual de sua atividade não ultrapasse a R$ 240.000,00(microempresa) ou R$ 2.400.000,00 (empresa de pequeno porte) erespeitando os demais requisitos previstos na Lei.Neste regime de tributação diferenciado, o empreendedor poderárecolher os seguintes tributos e contribuições, por meio de apenas umdocumento fiscal – o DAS (Documento de Arrecadação do SimplesNacional):- IRPJ (imposto de renda da pessoa jurídica);- CSLL (contribuição social sobre o lucro); Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 21
  22. 22. - PIS (programa de integração social);- COFINS (contribuição para o financiamento da seguridade social);- ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços);- INSS - Contribuição para a Seguridade Social relativa a parte daempresa (Contribuição Patronal Previdenciária– CPP).Conforme a Lei Complementar nº 128/2008, as alíquotas doSIMPLES Nacional, para esse ramo de atividade, vão de 4,5% até12,11%, dependendo da receita bruta auferida pelo negócio. No casode início de atividade no próprio ano-calendário da opção peloSIMPLES Nacional, para efeito de determinação da alíquota noprimeiro mês de atividade, o empreendedor utilizará como receitabruta total acumulada, a receita do próprio mês de apuraçãomultiplicada por 12 (doze).Se o Estado em que o empreendedor estiver exercendo a atividadeconceder benefícios de isenção e/ou substituição tributária para oICMS, a alíquota poderá ser reduzida conforme o caso. Na esferaFederal poderá ocorrer redução quando se tratar de PIS e/ou COFINS.MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL – Se a receita bruta anualnão ultrapassar a R$ 36.000,00, o empreendedor poderá se enquadrarcomo empreendedor Individual – MEI, ou seja, sem sócio. Neste caso,os recolhimentos dos tributos e contribuições serão efetuados emvalores fixos mensais conforme abaixo:O empresário não precisa recolher os tributos acima (nem pelo sistemaunificado), exceto: ISS e ICMS independente do faturamento, quandodevido de acordo com o ramo de negócio, para este caso:I - Sem empregado- R$ 51,15 a título de contribuição previdenciária do empreendedor- R$ 1,00 mensais de ICMS – Imposto sobre Circulação deMercadorias.22 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  23. 23. II - Com um empregadoNeste caso o empreendedor recolherá mensalmente, além dos valoresacima, os seguintes percentuais:- Retêm do empregado 8% de INSS sobre a remuneração;- Desembolsa 3% de INSS patronal sobre a remuneração doempregado.Conclusão: Para este segmento, tanto como LTDA quanto EI, a opçãopelo Simples Nacional sempre será muito vantajosa sobre o aspectotributário, bem como nas facilidades de abertura do estabelecimento epara cumprimento das obrigações acessórias.Fundamento Legal: Leis Complementares 123/2006, 127/2007,128/2008 e Resoluções do CGSN – Comitê Gestor do SimplesNacional.EventosSão Paulo Running ShowEvento: anualLocal: São Paulo - SPwww.runningshow.com.brIHRSA – Latin America Conference e Trade Show – Fitness BrasilEvento: anualLocal: São Paulo - SPwww.fitnessbrasil.com.brFeira Internacional da Indústria Têxtil e de Confecção - TEXFAIR DOBRASILEvento: anualLocal: Blumenau – SCwww.texfair.com.br Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 23
  24. 24. Feira de Tecnologias para a Indústria Têxtil - TecnotêxtilEvento: bienalLocal: Goiânia- GOwww.feiratecnotextil.com.brFeira Brasil Esportes – FebraespEvento: anualLocal: Santa Maria - RSwww.redebrasilesportes.com.brFeira Brasileira para a Indústria Têxtil - FebratexEvento: bienalLocal: Blumenau - SCwww.febratex.com.brFeira Brasileira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria Prima -FevestEvento: anualLocal: Nova Friburgo - RJwww.fevest.comSão Paulo Fashion Week – SPFWEvento: anualLocal: São Paulo - SPwww.saopaulofashioweek.com.brFashion RioEvento: anualLocal: Rio de Janeiro - RJwww.fashionrio.com.br24 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  25. 25. Entidades em GeralRelação de entidades para eventuais consultas:Associação Brasileira da Indústria Têxtil - ABITRua Marquês de Itu, 968 - Vila Buarque - São Paulo - SPCEP 01223-000(11) 3823.6100www.abit.org.brAssociação Brasileira das Indústrias de Não Tecidos e TecidosTécnicos – ABINTwww.abint.org.brAssociação Brasileira do Vestuário - ABRAVESTRua Chico Pontes, 1500 – Mart Center - Vila Guilherme - São Paulo -SPCEP 02067- 002(11) 690-4333www.abravest.org.brInstituto Nacional de Metrologia e Normalização - INMETROwww.inmetro.gov.brAlguns Fornecedores / FabricantesConcórdia MáquinasAv. Celso Garcia, 336, Brás – São Paulo - SPCEP 03014-000(11)2696-0322http://www.concordiamaquinas.com.br/Lantextil Máquinas Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 25
  26. 26. Av. Sete de setembro, 320, sala 2- Lajeado - RSCEP 95900-000(51) 3726-4252www.lantextil.com.brSC Máquinas São CaetanoRua São Caetano, 520, Luz – São Paulo - SPCEP 01104-000(11) 3227-2075www.mscaetano.com.brIpermaq Comércio de Máquinas de Costurawww.ipermaq.com.brLeeder Maqwww.leeder.com.brMoldplast(11) 3221-4747www.moldplast.com.brEletromóveis MartinelloAvenida Goiás, 1682-S, Bairro Alvorada - Lucas do Rio Verde - MT(65) 3549-1331www.martinello.com.brFermaraAv. Interdistrital, 810, Distrito Industrial-Santa Barbara d´Oeste - SPCEP 13456-120(11)3455-1333www.fermara.com.brOffice MóveisRua Jacques Felix, 319, Centro – Taubaté - SP26 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  27. 27. CEP 12020-060(12) 3621-3604www.officemoveis.com.brPonto5 Prateleiraswww.ponto5prateleiras.com.brObs.: Pesquisa na internet indicará outros fornecedores de produtospara confecções de roupas esportivas, que poderão estar localizadosmais próximos ao local de instalação do negócio.Normas Técnicas As normas técnicas são documentos de uso voluntário,utilizados comoimportantes referências para o mercado.As normas técnicas podem estabelecer requisitos de qualidade, dedesempenho, de segurança (seja no fornecimento de algo, no seu usoou mesmo na sua destinação final), mas também podem estabelecerprocedimentos, padronizar formas, dimensões, tipos, usos, fixarclassificações ou terminologias e glossários, definir a maneira demedir ou determinar as características, como os métodos de ensaio.As normas técnicas são publicadas pela Associação Brasileira deNormas Técnicas – ABNT.A norma NBR 13377 – Vestuário – Referenciais de medidas para o serhumano – padroniza os tamanhos de artigos de vestuários em funçãodas medidas do corpo humano. É aplicável à empresa de confecção deroupas esportivas.A norma NBR ISO 105-E02 – Têxteis – Ensaios de solidez de cor –Parte E02: Solidez da cor à água colorada (água de piscina) –especifica um método para a determinação da resistência da cor detêxteis de todos os tipos e em todas as formas à ação do cloro ativo emconcentrações como usadas para desinfecção de piscina. É aplicável à Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 27
  28. 28. empresa de confecção de roupas esportivas.A norma NBR ISO 3758 – Têxteis – Códigos de cuidados usandosímbolos – estabelece um sistema de símbolos gráficos, objetivando ouso de em artigos têxteis, fornecendo informações para prevenir danosirreversíveis para o artigo têxtil durante os processos de cuidados;especifica o uso desses símbolos em etiquetagem de cuidados. Éaplicável à empresa de confecção de roupas esportivas.A NBR 12.071 – Artigos confeccionados para vestuário -Determinação das dimensões - prescreve o método utilizado paramedir artigos confeccionados para serem modelos clássicos quepossuem medidas e posições referentes ao corpo humano e sirvamcomo base para medir modelos derivados. É aplicável à empresa deconfecção de roupas esportivas.GlossárioAbsorção: Capacidade do tecido ou malha de adquirir umidade.Propriedade muito importante que afeta entre várias características, oconforto, a formação de estática e o amarrotamento do tecido. Dentreas fibras usadas para produzir tecidos para a prática esportiva, uma daspreferidas é a poliamida, pois sua absorção de umidade é muito boa eequilibrada, alem da maciez e conforto que proporciona no tecido eseu contato com a pele.Ação Bacteriostática: Previne e controla o crescimento de bactérias,mas sem matá-las. Esta propriedade é incorporada nas roupas atravésde tratamentos que podem ser permanentes (não sai com as lavagens)principalmente quando feito a partir da produção do fio ou através denatecnologia e limitado (durabilidade média entre 15 a 30 lavagens)quando aplicado diretamente no tecido em banhos de acabamento.Estes tratamentos, chamados de antimicrobiais, agregam bem estar econforto nas roupas, pois evitam o mau cheiro, principalmente os28 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  29. 29. provenientes do suor.Antimicrobial: Tratamento que pode ser aplicado no fio ou tecido. Oobjetivo é prevenir a proliferação de bactérias a partir do suor ecombater o cheiro desagradável causado pelo desenvolvimento demicroorganismos nas roupas e meias. A identificação dos produtoscom este tratamento pode ser feita observando: o início da palavrasignifica qual o tipo de organismo que controla e o final dela indica deque forma, neste último pode ser do tipo “cida” que mata, ou “stático”que controla, mas não mata. Exemplos: Bactericida - que matabactérias.Capilaridade do tecido (Fabric Wicking) : Velocidade pela qual osuor ou a água passa pelo tecido através dos filamentos existentes nosfios utilizados em sua construção. No caso de roupas esportivas éutilizado como uma das indicações para verificar a velocidade deescoamento do suor e facilidade de secagem do tecido durante e após aprática esportiva.Compressão: Indica o quanto um tecido elástico irá comprimir a peledurante o uso. Este tipo de medição é utilizada em produtos de médiapara alta compressão e objetiva controlar o equilíbrio entre conforto eeficácia desta tecnologia, já usada em meias medicinais e alguns tiposespecíficos roupas esportivas de alta funcionalidade. Neste últimocaso, são realizados em peças que buscam diminuição do efeito dotrauma da prática esportiva na musculatura, aumentos de potenciamuscular, retardamento da fadiga e melhoria da propriocepção.Geralmente a medida é expressa em mm Hg (milímetros de mercúrio).Muitos confundem esta propriedade com Power ou Força.Conforto: Relacionado ao bem estar e a comodidade, refere-se aotecido ou roupa que minimize ou não gere incômodos durante o uso eno caso das roupas esportivas que agregue desempenho. No têxtil oapelo de confortável ganha cada vez mais abrangência e vem Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 29
  30. 30. envolvendo conceitos e estudos como a antropologia fisiológica(estudo do ser humano, suas funções e reações) e o confortopsicológico.Conforto Térmico: Quando o conforto térmico está em análise, osprincipais elementos a serem considerados são: 1) micro clima(temperatura do corpo entre a pele e a parte externa da roupa), 2)compressão da roupa no corpo e 3) toque do tecido na pele. Estudostêm mostrado que a sensação de conforto térmico é atingida quando omicro clima está em 32 +- 1ºC e a umidade relativa em 60 +- 10%. Opapel do tecido ou malha é manter a sensação de conforto ativando oubloqueando a transferência de calor e umidade dependendo dascondições ambientais (temperatura, umidade, vento, chuva, sol, neve)em equilíbrio com as atividades exercidas pelo corpo (parado,correndo, etc.).Conforto Psicológico: Enquanto o abrangente significado de confortoestá relacionado ao bem estar e comodidade (vide conforto), oconforto psicológico é a sensação que o usuário tem ao utilizar otecido ou roupa independentemente da tecnologia ou funcionalidade.Depende diretamente de diversos fatores como tipo de pessoa,atitudes, atividade ou prática esportiva, ambiente ou condições de uso.Ele é ainda comparativo, pois muitas vezes está baseado no maisdesenvolvido nível de produto disponível, estilo de vida enecessidades. No caso específico das práticas esportivas, o confortopsicológico pode até ser sentido com uma roupa um pouco maisincomoda, mas é certo que se ele assim a preferir algum benefíciomuito importante para sua atividade ou desempenho será fatalmentedetectada em laboratórios ou pesquisas.Decitex: Medida de espessura (grossura) de fios com filamentoscontínuos como poliamida e poliéster. Expresso em g por 10.000metros de fio. Exemplo: fio 80 decitex significa 80 g em 10.000 de fio,60 decitex = 60 g em 10000 m de fio.30 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  31. 31. Denier: Medida de espessura (grossura) de fios com filamentoscontínuos como poliamida e poliéster. Expresso em g por 9.000metros de fio. Exemplo: fio 40 decitex significa 40 g em 9.000 de fio,70 decitex = 70 g em 10000 m de fio. Uma meia-calça 20 deniersignifica que ela foi produzida com um fio de espessura 20, ou seja,pesa 20g em 9000 metros de fio.Dpf - Denier por filamento:.Medida de espessura (grossura) dosfilamentos individuais que compõem os fios químicos artificiais esintéticos. No caso das microfibras a espessura dos filamentos seráigual ou menor a 1 dpf. (vide microfibras).Dryfit: Tecido de microfibra lisa utilizado na confecção de camisas ecalções esportivos, que é um tecido 100% poliéster com altaresistência, leve, rápida absorção de umidade e equilíbrio térmico.Efeito Firmador: O mesmo que sustentação. Expressão utilizada paratecidos e peças com moderada para alta compressão. Servem comoindicador explicativo para produtos que modelam a silhueta. Para estestipos de produtos, a modelagem é de fundamental importância, poistecidos com alta compressão e modelagens amplas ou muito apertadaspodem não apresentar sustentação ou serem muito incomodas. Ainda,tecidos sem efeito firmador (baixa compressão) em modelagensapertadas além de não ter sustentação podem ficar muitotransparentes.Elastano: Fibra elástica de alta elasticidade e recuperação. Suacomposição é no mínimo de 85% de poliuretano segmentado e seesticado volta ao seu comprimento original rapidamente. O elastanomais conhecido mundialmente é o Lycra®, marca originariamente daDupont e atualmente da empresa Invista.Estabilidade Dimensional: Termo utilizado para descrever o Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 31
  32. 32. comportamento dos tecidos e roupas durante a lavagem. Estecomportamento pode ser de encolhimento ou crescimento. Expressogeralmente em %, quando apresenta o sinal de (-) significaencolhimento e quando acompanhado com o sinal (+) significacrescimento.Estrutura Tridimensional: Corresponde a tecidos que possuientrelaçamento diferenciado dos fios em três dimensões,comprimento/largura/altura. Caracterizam-se por apresentar certovolume e maciez, proporcionando um visual tipo “emborrachado”(dublado) além de proporcionar boa respirabilidade proporcionadospela altura (3ª. dimensão) que deixa espaços para a circulação do ar.Fibra: Material que compõem a matéria prima para a elaboração dotecido. Pode ser natural ou químico (artificial ou sintético).Filamento: Fibra de um comprimento indefinido. No caso das fibrassintéticas (poliamida, poliéster) elas são extrudadas, isto é, uma massacom a matéria prima passa por fieiras (cilindro com orifícios), queapós resfriamento e estiragem são convertidos em fio.Fio: Termo genérico utilizado para descrever um cabo contínuo defibras, filamentos ou outro material de possível utilização nafabricação de tecidos ou malhas.Força do tecido (Fabric Power): É uma medida, geralmente expressaem cN ou g, que mostra a força que será exercida pelo usuário paravestir uma roupa elástica em seu corpo.Gerenciamento de Umidade (Moisture Management) : Propriedadeonde a umidade do corpo é conduzida da pele para a parte externa dotecido sendo espalhada na superfície o mais rapidamente possível parapropiciar uma secagem mais rápida. Esta propriedade pode seragregada na roupa através da construção do tecido (capilaridade,32 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  33. 33. padronagens), via acabamentos químicos (conceito dry) ou ambos.Gramatura: Indica o peso/m2 do tecido ou malha. Útil para indicar aleveza e compactação do tecido.Hidrofílico: Capacidade do tecido de absorver água. HidrófugoCapacidade do tecido em não absorver água.High-Tech: Termo utilizado para descrever produtos ou tecidoselaborados com alta tecnologia.Impermeabilidade: Capacidade que um tecido ou malha tem debloquear a passagem de água ou outro tipo de líquido especificado naindicação do produto.Isolamento Térmico: Medida que verifica a propriedade que umtecido ou malha tem de bloquear a passagem de temperaturas friasexternas para o corpo ou manter o aquecimento do corpo sob taiscondições, não permitindo a perda ou dissipação deste calor.Mesh: Tipo de construção muito utilizado nos artigos esportivossendo caracterizado por ter um aspecto de rede e possuir muitosespaços entre os fios (alta porosidade). Pode ser feito em diversasconstruções de tecelagem e malharia.Micro Clima: Temperatura e umidade entre a pele e o lado externo dotecido. Microfibra: Nome dado a fios ou tecidos com filamentosultrafinos abaixo de 1 Dpf (Dpf - denier por filamento e 1 Denier =peso em g em 9000 metros de comprimento). Tecidos feitos com estesfios superfinos têm melhor toque, caimento, maciez e maiorcapilaridade. São mais suaves em contato com a pele e dependendo daconstrução do tecido ou malha podem propiciar características comomaior respirabilidade ou isolamento térmico. Em alguns casosespecíficos, principalmente no caso das poliamidas que são macias, Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 33
  34. 34. Dpf abaixo de 1,3 são excelentes para a linha esportiva, pois além demanter todas as características da microfibra, respondem melhor aorequisito de abrasão e durabilidade. Filamentos de 1 dpf ou menorespodem não corresponder quanto às exigências de durabilidade eformação de pilling (bolinhas) e neste caso testes de uso para certaspráticas devem ser avaliadas.Nylon: Marca utilizada pela Dupont quando da invenção da poliamidaem 1938. Com os avanços tecnológicos foi sendo gradativamenteabandonada para descrever produtos modernos em poliamida, masdevido o pioneirismo tornou-se um termo genérico e popular.Permeabilidade ao Ar: Propriedade do tecido ou malha em permitir apassagem de ar através de sua estrutura. Indica o grau da troca térmicae ventilação, propriedades diretamente ligadas ao conforto durante ouso sob determinadas condições de calor e umidade. Certos tipos deesportes de velocidade a penetração do ar tem que ser alta, mas namaioria das vezes, o bloqueio do vento é muito importante (exemploblusa corta vento). Uma baixa permeabilidade ao ar irá bloquear apenetração de ar frio e reduzirá o risco de encharcar a parte interna dotecido. Para atividades sob temperaturas quentes é preferível uma altapermeabilidade ao ar para acelerar a capilaridade (wicking), ou seja, acirculação do suor/vapor através do tecido. Para verificar o grau deconforto de um tecido, geralmente a permeabilidade ao ar é testadasimultaneamente com a permeabilidade ao vapor para traduzir maisfielmente as condições de uso, pois suor e sua evaporação estarãopresentes durante as práticas esportivas. Peso da peça Expresso em g éimportante para esportes radicais, aventura ou eco-esportes. Indicará opeso que o praticante irá carregar na mochila.Poliamida: Nome genérico do material utilizado na fabricação dosfios que compõem os tecidos e malhas. Foi a primeira fibra químicasintética criada pelo homem em 1938. Devido sua resistência, maciez,conforto e principalmente sua absorção equilibrada de umidade (4%) é34 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  35. 35. considerada dentre as fibras sintética a mais amigável a pele. Emtecidos ou malhas elásticas (misturada com elastano Lycra®), ondeajuste e contato direto com a pele exigem materiais confortáveis,conquistou a preferência dos consumidores.Poliéster: Fibra química sintética derivada do petróleo e composta deácido teraftálico e glicol. É uma das fibras sintéticas mais consumidasprincipalmente pelo seu baixo custo. Tem baixa absorção de umidadee comparada com a poliamida é mais dura e áspera.Porosidade: Espaços existentes na estrutura dos tecidos ou malhasresponsáveis por propiciar determinadas características de ventilação,isolamento, proteção UV, etc. Tecidos mais porosos são maispermeáveis ao ar e tendem a “respirar” mais, porem exibem menorproteção quanto aos raios UV-A e UV-B.Proteção UV: é importante em práticas outdoor. Propriedade dotecido ou malha de bloquear a passagem dos raios Ultra Violeta (A e Bprincipalmente), cujo objetivo é a proteção da pele contra queimadurasou outras lesões que podem evoluir com o tempo para câncer de pele.Esta proteção é variável conforme a cor, porosidade e fibras utilizadasna construção do tecido.Prova de Vento (Windproof): Propriedade do tecido de bloquear apassagem de ar a certa pressão.Repelente a Água (Water Repellency) : O grau pelo qual o tecidobloqueia a penetração de água em uma determinada pressão. Quando aágua bate no tecido ou malha tende a correr pela superfície sem serabsorvido por este. O acabamento repelente a água é aplicado atravésde produtos ou membranas para tornar o tecido hidrófugo. Serrepelente a água não significa ser a “prova d’água”.Respirabilidade do tecido (Fabric Breathability) : Propriedade que Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 35
  36. 36. permite o transporte do vapor (suor) para o lado externo da roupa,importante para manter o equilíbrio térmico. O método de teste maiscomum mede a resistência do tecido ou malha em relação àtransferência de vapor, assim, uma roupa com boa respiraçãocertamente terá uma baixa resistência à evaporação.Retenção de Umidade: Mede o grau que o tecido ou malha ficaencharcado após ser submetido à lavagem ou uso intensivo onde existaa presença de muito suor. Esta medição indica o nível de conforto quea peça irá proporcionar durante e após o uso, pois quanto maior o graude retenção de umidade maior a lentidão na secagem. No casoespecífico do esporte, durante o uso, lentidão de secagem (como oexemplo do algodão) significa maior tempo de uma peça úmida sobrea pele, gerando desconforto, calafrios e eventuais lesões como bolhase irritações.Strech: Termo derivado inglês que no têxtil é utilizado para indicarque o tecido ou malha tem elasticidade. Um strech equilibrado emmalharia e para roupas justa ao corpo significa elasticidade na medidacerta (entre 100 a 150%), nem muito elástico (acima de 200%) “tipochiclete” que deforma com facilidade, nem com pouca elasticidade(abaixo de 80%) que não propicia bom ajuste e conforto. Este conceitonão se aplica para os tecidos de tecelagem plana onde os valores deelasticidade geralmente são abaixo de 30% devido ao tipo deentrelaçamento dos fios. Neste último caso, para práticas esportivas,modelagens apropriadas e muitas vezes tecidos bi-elásticos (muitoraros no mercado) são cortados em viés para garantir bomdesempenho. Por este razão é mais utilizado em roupas mais soltascomo corta ventos entre outras.Supplex® : Marca da empresa Invista, inicialmente Dupont, para seuproduto com fibra poliamida com tecnologia air-jet (texturização a ar),que proporciona visual e toque similar ao algodão. (vide texturização).36 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  37. 37. Texturização: Processo que transforma a superfície dos fios comfilamentos lisos (poliamida, poliéster, acrílico), criando ondulações ouloops, que conferem aos tecidos e malhas aspectos e texturasdiferenciadas. Existem vários tipos de texturização, mas os maiscomuns são o tipo FT (falsa torção) onde o fio fica com volume eelasticidade e o tipo Air-Jet ou jateado a ar, neste caso ficando comaparência de algodão. Quando aplicado texturização nos fios o efeito épermanente.Transporte de Umidade: Movimento de vapor (água) de um ladopara outro do tecido através das fibras ou filamentos e influenciadopela ação do gerenciamento da umidade (capilaridade, construção dotecido, acabamento).Velocidade de Secagem: Tempo que o tecido ou malha necessita parasecar completamente após uso (com suor) ou lavagem. Tecidos quesecam rápido e que acompanhem a velocidade de secagem da pele sãoideais, pois alem de evitar calafrios e desconfortos, a peça secarapidamente, atributo importante no esporte em geral. A Velocidadede secagem doméstica também é uma medição muito utilizada e indicaquanto tempo a peça confeccionada irá secar após a lavagem caseiraou em lavanderias. Esta medida é útil para esportes de aventura oueco-esportes quando o usuário irá passar vários dias em competição ouausente de sua casa e não terá a sua disposição muitas peças paratroca, pois isto acarretará em muito peso na mochila ou bagagem.Importante: não confundir velocidade de secagem no corpo como o dalavagem pois são parâmetros e condições muito diferentes.Viscose: Fibra produzida a partir de polpa de madeira e pode serobtida através de vários processos. São fibras com alto poder deabsorção de umidade. O fio de viscose pode ainda receber tratamentoe torções para melhorar seu desempenho. No caso dos fios torcidos etratados, a principal vantagem é a não formação de pilling (bolinha),característica muito comum encontrada nos produtos de viscose com Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 37
  38. 38. elastano.Volume de Embalagem (Packability) : Propriedade do tecido decomprimir-se em pouco espaço (embalagem, mochila). Tecidoslaminados ou espatulados possuem camadas adicionais que agregampeso e rigidez. Tecidos encapsulados embalam mais facilmente empouco espaço em razão de não terem camadas extras. Tecidos leves ecompactos, combinação perfeita para atender este requisito.Extraído do Glossário dos Tecidos Funcionais Inteligentes, disponívelem http://www.padronagem.com.br/Glossario.aspxDicas do Negócio- Uma característica do setor de confecções é a constante necessidadede apresentar novidades. Para cumprir esse objetivo, as indústrias dosetor investem anualmente grandes somas de recursos em lançamentose promoções de novos produtos. Procure destacar-se com promoções eprodutos de qualidade, que atendam realmente às necessidades de seupúblico-alvo.- É essencial a atualização dos produtos, conforme as tendências damoda. O responsável pela preparação das coleções deve buscarinformações em revistas e feiras especializadas e estar atento a todosos referenciais da moda, para saber identificar o que terá de maiordemanda. Para isso a pesquisa de mercado é muito importante.- Elabore um plano de negócios detalhado para que tenha noção dosinvestimentos necessários e a determinação do preço real de seusprodutos. Este plano de negocio, dentre outras considerações, deveavaliar o custo beneficio de se terceirizar parte da produção ou manterconfecção própria em cada fase do processo (algumas empresas38 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  39. 39. compradoras exigem confecção própria). Caso opte pela terceirização,o que pode reduzir bastante a necessidade de investimento, a dica einvestir tempo suficiente para a adequada supervisão e controle dequalidade dos produtos feitos por terceiros.- Procurar fidelizar a clientela com ações de pós-venda, como: remessade cartões de aniversário, comunicação de novos serviços e novosprodutos ofertados, contato telefônico lembrando eventos epromoções.- A presença do proprietário em tempo integral é fundamental para osucesso do empreendimento, principalmente no início das atividades.- O empreendedor deve ser criativo e ousado validando conceitos decomunicação inovadores, de forma que consiga manter oempreendimento em evidência no mercado e diante dos consumidoresatuais e potenciais.Características específicas do empreendedorO empreendedor envolvido com atividades relacionadas a confecçõesde roupas esportivas precisa adequar-se a um perfil que o mantenha navanguarda do setor. É aconselhável uma auto-análise para verificarqual a situação do futuro empreendedor frente a esse conjunto decaracterísticas e identificar oportunidades de desenvolvimento. Aseguir, algumas características desejáveis ao empresário desse ramo.- Capacidade de treinar, orientar, motivar e premiar sua equipe.- Habilidade para criar campanhas de incentivo de vendas.- Habilidade social para promover encontros para a apresentação delançamentos e promoções de produtos.-Habilidades para estabelecer parcerias estratégicas no interior dacadeia têxtil, fornecedores de insumos e tecnologia. Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 39
  40. 40. -Saber identificar tendências de mercado e mudanças nocomportamento dos clientes.- Saber direcionar- se para segmentos específicos de clientes (conceitoe design).-Saber gerenciar estratégias de produção própria e subcontratação(terceirizada).-Habilidades para planejar e programar confecção de roupasdeterminando as operações e etapas a serem realizados, recursosnecessários e cronograma de execução.-Capacidade para planejar a produção, elaborar orçamentos e gerenciarcustos.- Aplicar procedimentos técnicos, normas técnicas, ambientais, desegurança, de saúde e higiene no trabalho e padrões de qualidadeadequados aos processos de confecção de roupas.- Pesquisar e observar permanentemente o mercado em que estáinstalado, promovendo ajustes e adaptações no negócio.- Ter atitude e iniciativa para promover as mudanças necessárias.- Saber negociar, vender benefícios e manter clientes satisfeitos.- Ter visão clara de onde quer chegar.- Planejar e acompanhar o desempenho da empresa.- Ser persistente e não desistir dos seus objetivos.- Manter o foco definido para a atividade empresarial.- Ter coragem para assumir riscos calculados.- Estar sempre disposto a inovar e promover mudanças.- Ter grande capacidade para perceber novas oportunidades e agirrapidamente para aproveitá-las.- Ter habilidade para liderar a equipe de profissionais da empresa deconfecções de roupas esportivas.Bibliografia ComplementarAIUB, George Wilson et al. Plano de Negócios: serviços. 2. ed. Porto40 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas
  41. 41. Alegre: Sebrae, 2000.ANDRADE, Patrícia Carlos de. Oriente-se: guia de profissões emercado de trabalho. Rio de Janeiro: Ed. Oriente-se, 2000.BARBOSA, Mônica de Barros; LIMA, Carlos Eduardo de. A Cartilhado Ponto Comercial: Como escolher o lugar certo para o sucesso doseu negócio. São Paulo: Clio Editora, 2004.BIRLEY, Sue; MUZYKA, Daniel F. Dominando os Desafios doEmpreendedor. São Paulo: Pearson/Prentice Hall, 2004.BREDARIOLI, Cláudia. Produtos étnicos ampliam participação nomercado. O Estado de São Paulo, Encarte Painel deNegócios,10/02/98, p.1, 8 e 9.COSTA, Nelson Pereira. Marketing para Empreendedores: um guiapara montar e manter um negócio. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2003.DAUD, Miguel; RABELLO, Walter. Marketing de Varejo: Comoincrementar resultados com a prestação de Serviços. São Paulo:Artmed Editora, 2006.DOLABELA, Fernando. O Segredo de Luisa. 14. ed. São Paulo:Cultura Editores Associados, 1999.GRAVE, Maria de Fátima. A modelagem sob a ótica da ergonomia.São Paulo: Zennex Publishing, 2004.GOULARTI FILHO, Alcides; JENOVEVA NETO, Roseli. Aindústria do vestuário: economia, estética e tecnologia. Florianópolis:Letras Contemporâneas, 1997.KOTLER, Philip. Administração de Marketing: a edição do novomilênio. 10. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2000. Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas 41
  42. 42. PARENTE, Juracy. Varejo no Brasil. São Paulo: Ed Atlas, 2000.PROGRAMA SÃO PAULO DESIGN. O papel do design nacompetitividade da cadeia têxtil e vestuário. Disponível em <http://www.spdesign.sp.gov.br/textil/41.htm > acesso em 11 abril de2010.RATTO, LUIZ. Comercio – Um Mundo de Negócios. Rio de Janeiro:Ed. Senac Nacional, 2004.SEBRAE MG. Confecção – Série Ponto de Partida para Início deNegócio, 2006.SILVA, Adilson Da. A Organização do Trabalho na Indústria doVestuário: Uma Proposta para o Setor da Costura, Dissertação,Florianópolis, 2002.SILVA, José Pereira. Análise Financeira das Empresas. 4. ed. SãoPaulo: Atlas, 2006.SINDICOMERCIARIOS, Sindicato dos Comerciários do Estado doEspírito Santo. Cartilha da Convenção Coletiva de Trabalho2009-2010. Disponível em <http://www.sindicomerciarios.org.br/arquivo/cartilha_convencao_coletiva.pdf> acesso em 14 de janeiro de 2010.42 Idéias de Negócios - confeccao-de-roupas-esportivas

×