Prevenção do Cancro do Colo do Úterona Era das Vacinas                                   19 e 20 de ABRIL 2012Hugo Sousa  ...
Medicina PreventivaEstratégias de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
Medicina PreventivaEstratégias de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
Cancro do Colo do ÚteroA patologia…  Epidemiologia  •Neoplasia Urogenital mais frequente na mulher em Portugal; Prevenção ...
Cancro do Colo do ÚteroA patologia…  Etiologia  •Infecção por HPV é causa necessária;        –   Transmissão sexual: anoge...
Cancro do Colo do ÚteroA patologia…  Etiologia  •Infecção por HPV é causa necessária;        –   Transmissão sexual: anoge...
Cancro do Colo do ÚteroA patologia…  Etiologia  •Infecção por HPV é causa necessária;        –   Transmissão sexual: anoge...
Cancro do Colo do ÚteroA patologia…  Etiologia  •Infecção por HPV é causa necessária;        –   Transmissão sexual: anoge...
Cancro do Colo do ÚteroA patologia…  Etiologia    Infecção                                                          Ca Col...
Cancro do Colo do ÚteroEstratégia de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa |...
Cancro do Colo do ÚteroEstratégia de Saúde Pública…         Prevenção Primária         •   Promoção do comportamento que p...
Cancro do Colo do ÚteroEstratégia de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa |...
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária         Objectivo Implícito         • Redução da incidência (número de novos cas...
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária         Ferramentas: Informação Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das ...
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária         Ferramentas: Vacina... Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das V...
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária         Objectivo Implícito         • Reduzir a prevalência (número total de c...
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária         Ferramentas: Rastreio                                                 ...
Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária         Ferramentas: Rastreio Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das ...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | ...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… PREVENÇÃO  Comportamento Sexual  •Castidade?????  •Abstinência sexual??...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo S...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA  •             ̧      A introducão da vacina contra o Vírus do...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA  •            ̧      A vacinacão universal de rotina com a vaci...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo S...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA          ̧  Educacão para a saúde e aquando da vacinacão:̧  •a...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO  Rastreio Organizado vs Rastreio Oportunista…  •Zona Norte: em...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO  Rastreio Organizado vs Rastreio Oportunista… Prevenção do Can...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO  Rastreio Organizado vs Rastreio Oportunista…                 ...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO  Rastreio Citológico… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na ...
Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO            Atualmente, será esta a            melhor estratégi...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…  Considerações…  •Variação dos tipos de HPV nas populações...                    ...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…  Considerações…  •Vacinar ou rastrear??? Prevenção do Cancro do Colo do Útero na ...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…  Considerações…  •Prevalência da infecção por HPV16 e 18 deverá diminuir nos próx...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…  Considerações…  •Prevalência da infecção por HPV16 e 18 deverá diminuir nos próx...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…  Considerações…  •Prevalência da infecção por HPV16 e 18 deverá diminuir nos próx...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…  Teste Ideal de Rastreio...  •Identificar todos os casos Negativos...        –   ...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens…                                                                     Segue para tr...
Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas   Hugo Sousa | 2012
OBRIGADO
Prevenção do Cancro do Colo do Úterona Era das Vacinas                                   19 e 20 de ABRIL 2012Hugo Sousa  ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Hpv 2012.04.19

2,753
-1

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,753
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
50
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Hpv 2012.04.19

  1. 1. Prevenção do Cancro do Colo do Úterona Era das Vacinas 19 e 20 de ABRIL 2012Hugo Sousa 6as Jornadas de Educação para a Saúde de Barcelos
  2. 2. Medicina PreventivaEstratégias de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  3. 3. Medicina PreventivaEstratégias de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  4. 4. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  5. 5. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Epidemiologia •Neoplasia Urogenital mais frequente na mulher em Portugal; Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  6. 6. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Etiologia •Infecção por HPV é causa necessária; – Transmissão sexual: anogenital/oral – Transmissão não sexual •A infecção por HPV ocorre num número elevado de mulheres logo após o início da actividade sexual, mas são resolvidas espontaneamente na maioria das jovens (90% dos casos) Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  7. 7. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Etiologia •Infecção por HPV é causa necessária; – Transmissão sexual: anogenital/oral – Transmissão não sexual •Existem diferentes tipos de HPV e só alguns são susceptíveis de promoverem o desenvolvimento de cancro: – Baixo Risco: HPV6, 11, etc… – Alto Risco: HPV16, 18, 33, 45, etc… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  8. 8. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Etiologia •Infecção por HPV é causa necessária; – Transmissão sexual: anogenital/oral – Transmissão não sexual •Existem diferentes tipos de HPV e só alguns são susceptíveis de promoverem o desenvolvimento de cancro: – Baixo Risco: HPV6, 11, etc… – Alto Risco: HPV16, 18, 33, 45, etc… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  9. 9. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Etiologia •Infecção por HPV é causa necessária; – Transmissão sexual: anogenital/oral – Transmissão não sexual •Factores de risco: – Idade da 1ª relação sexual – Múltiplos parceiros sexuais – Tabagismo – Sistema Imunitário enfraquecido – Doenças Sexualmente Transmissíveis Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  10. 10. Cancro do Colo do ÚteroA patologia… Etiologia Infecção Ca Colo Útero 6 meses 3 anos 6 anos 10 anos Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  11. 11. Cancro do Colo do ÚteroEstratégia de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  12. 12. Cancro do Colo do ÚteroEstratégia de Saúde Pública… Prevenção Primária • Promoção do comportamento que proporcione bem estar ou evite a doença; • Prevenção da exposição a factores de risco; • Vacinação; Prevenção Secundária • Rastreio Oportunistas; • Rastreios Organizados Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  13. 13. Cancro do Colo do ÚteroEstratégia de Saúde Pública… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  14. 14. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  15. 15. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária Objectivo Implícito • Redução da incidência (número de novos casos) de doença na população Objectivos Principais • Reconhecer a relação existente entre o HPV e o cancro do colo do útero; • Conhecer as formas de transmissão do HPV; • Reconhecer a existência de diferentes tipos de HPV; • Reconhecer as diferentes patologias associadas a cada estirpe de HPV; • Reconhecer as formas de prevenção do HPV e do cancro do colo do útero; • Compreender a importância do rastreio na prevenção do cancro do colo do útero; Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  16. 16. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária Ferramentas: Informação Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  17. 17. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Primária Ferramentas: Vacina... Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  18. 18. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  19. 19. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária Objectivo Implícito • Reduzir a prevalência (número total de casos) de doença na população Objectivo Principais • Identificar mulheres com lesões pré-malignas do colo do útero; • Identificar mulheres em risco de desenvolvimento de cancro do colo do útero; • Identificar mulheres infectadas por HPV; Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  20. 20. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária Ferramentas: Rastreio Normal Alterações celulares Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  21. 21. Cancro do Colo do ÚteroPrevenção Secundária Ferramentas: Rastreio Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  22. 22. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  23. 23. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… PREVENÇÃO Comportamento Sexual •Castidade????? •Abstinência sexual????? •Monogamia????? •Precauções com parceiros e comportamentos de risco… •Uso de Preservativo É a medida mais eficaz para prevenir DST e travar a sua disseminação, mas não confere protecção absoluta para a infecção por HPV… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  24. 24. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  25. 25. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA • ̧ A introducão da vacina contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) no Programa ̧ ̧ Nacional de Vacinacão (PNV) foi aprovada em 20 de Marco de 2008. • A vacina a administrar é tetravalente (Gardasil®), contra os genótipos 6, 11, 16 e 18. • O esquema vacinal fica completo com 3 doses: 0, 2 e 6 meses. Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  26. 26. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA • ̧ A vacinacão universal de rotina com a vacina HPV aplica-se às jovens que fazem 13 anos de idade no respectivo ano civil, iniciando-se com a coorte de nascimento em 1995 (13 anos em 2008). Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  27. 27. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  28. 28. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… VACINA ̧ Educacão para a saúde e aquando da vacinacão:̧ •a vacina não protege contra todos os genótipos de HPV causadores de cancro do colo do útero; ̂ ̧ •a vacina não tem eficácia terapeutica para infeccões eventualmente já existentes por genótipos de HPV incluídos na vacina. No entanto, tratando-se de uma vacina tetravalente, será eficaz contra os genótipos ainda não adquiridos; ̧ •a vacina não protege de outras infeccões sexualmente transmissíveis, pelo que devem adoptar comportamentos seguros; •deverão iniciar a rotina de rastreio do cancro do colo do útero, dois anos após o início da vida sexual activa; Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  29. 29. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  30. 30. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Rastreio Organizado vs Rastreio Oportunista… •Zona Norte: em teste desde 2009… •Zona Centro: activo •Zona Sul: em teste no Alentejo Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  31. 31. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Rastreio Organizado vs Rastreio Oportunista… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  32. 32. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Rastreio Organizado vs Rastreio Oportunista… Início actividade sexual Anual < 30 anos 18 21 30 ≈ 3/3 anos Citologia 2/3 anos ≥ 30 anos 30 Citologia + HPV 3 anos Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  33. 33. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Rastreio Citológico… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  34. 34. Cancro do Colo do ÚteroEstado da Arte em Portugal… RASTREIO Atualmente, será esta a melhor estratégia para o rastreio do cancro do colo do útero? Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  35. 35. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Considerações… •Variação dos tipos de HPV nas populações... 16, 18, 16, 18, 31, 45 31, 45 18 18, 45 18 31, 33 39, 59 Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  36. 36. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Considerações… •Vacinar ou rastrear??? Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  37. 37. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Considerações… •Prevalência da infecção por HPV16 e 18 deverá diminuir nos próximos 10 anos como consequência da vacinação… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  38. 38. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Considerações… •Prevalência da infecção por HPV16 e 18 deverá diminuir nos próximos 10 anos como consequência da vacinação… – diminuição casos positivos para HPV... – diminuição do número de lesões provocadas por HPV... – aumento falsos negativos por citologia... •Citologia – >90% especificidade! – 60% sensibilidade: 40% de falsos negativos (!!!!!!)... •Teste HPV – >95% sensibilidade! – 60% especificidade: 40% de falsos positivos (!!!!!!)... Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  39. 39. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Considerações… •Prevalência da infecção por HPV16 e 18 deverá diminuir nos próximos 10 anos como consequência da vacinação… – diminuição casos positivos para HPV... – diminuição do número de lesões provocadas por HPV... – aumento falsos negativos por citologia... •Citologia – >90% especificidade! – 60% sensibilidade: 40% de falsos negativos (!!!!!!)... •Teste HPV – >95% sensibilidade! – 60% especificidade: 40% de falsos positivos (!!!!!!)... Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  40. 40. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Teste Ideal de Rastreio... •Identificar todos os casos Negativos... – Alta Sensibilidade! •Identificar todos os casos Positivos... – Alta Especificidade! Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  41. 41. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  42. 42. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Segue para tratamento >95% Especificidade Repete aos 6/12 meses >95% sensibilidade Repete 3-5 anos após Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  43. 43. Cancro do Colo do ÚteroNovas Abordagens… Prevenção do Cancro do Colo do Útero na Era das Vacinas Hugo Sousa | 2012
  44. 44. OBRIGADO
  45. 45. Prevenção do Cancro do Colo do Úterona Era das Vacinas 19 e 20 de ABRIL 2012Hugo Sousa 6as Jornadas de Educação para a Saúde de Barcelos
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×