Your SlideShare is downloading. ×
Digital Strategy with Huge's Eduardo Torres
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Digital Strategy with Huge's Eduardo Torres

1,127

Published on

Managing Director of Huge's Brazil Office, Eduardo Torres, discusses strategic design in the digital landscape with Editora Arteccom's WIDE magazine.

Managing Director of Huge's Brazil Office, Eduardo Torres, discusses strategic design in the digital landscape with Editora Arteccom's WIDE magazine.

Published in: Design
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,127
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. E D I T O R AANO 8 . N 90 . MAIO/JUNHO 2012 WWW.REVISTAWIDE.COM.BR 0 0 0 9 0 I SSN 2178- 2407 9 772178 240007 R$ 11,90 Fonte de inspiração para os seus negóciosGrandes especialistas Excelência norevelam quais são relacionamentoos (novos) desafios do com os seus clientesSEO no e-commerce nas mídias sociais: explore o SAC 2.0 Sua marca no Facebook: Fique por dentro das novas tendências Experimente utilizar o QR-Code e amplie seus canais de venda Huge chega ao Brasil: foco em inovação e experiência do cliente Design Estratégico TÉCNICAS VALIOSAS PARA ESTIMULAR A CRIATIVIDADE E DIFERENCIAR OS SEUS PRODUTOS DOS DA CONCORRÊNCIA
  • 2. HUGENORTE-AMERICANA Por Tiago BoscoAGORA TAMBÉM EM VERDE E AMARELO tiago.bosco@arteccom.com.brCom sede em Nova York e há 12 anos no mercado, a HUGE, que faz parte do Grupo Interpublic etem como foco o desenvolvimento de plataformas de negócios e produtos online, sendo uma dasprincipais agências digitais de Design Estratégico e User Experience do mundo, chegou ao Brasilem 2011, abrindo seu escritório no Rio de Janeiro. No país, a equipe responsável pela direção daHUGE conta com nomes de peso, como Felipe Memória, sócio; Eduardo Torres, diretor geral; LucasHirata, diretor de criação; e Laura Lessa, diretora de User Experience, entre outros.86 | WIDE | 90 > MARKETING
  • 3. MARKETINGPara falar sobre a chegada dessa importante agência ao mer-cado brasileiro, conversamos com o diretor geral, EduardoTorres. Ele nos conta sobre suas experiências no exterior, asexpectativas da empresa na América Latina, a valorização dosprofissionais brasileiros mundo afora e muito mais. Confira!Eduardo TorresFormado em Ciência da Computação, com MBA em Gestão de Negócios pela FGV, o baiano Eduardo Torres é o atual diretor geral do escritório daHUGE no Brasil. Em seu rico portfólio, dirigiu também o setor de Desenvolvimento e Negócios do Yahoo! na Austrália, coordenou a área de Desen-volvimento de Sistemas na Globo.com e ajudou a construir a agência MPP Solutions.WIDE Há dois anos você faz parte da Huge, e assumiu recentemente é muito interessante e me fez estabelecer uma rede de conta-a direção geral da agência no Brasil. Antes disso, no entanto, traba- tos muito rica, no mundo inteiro. Diferentemente do Ocidente,lhou para importantes grupos, como Yahoo e Globo.com. Poderia naquele lado do mundo o Yahoo! tem uma posição dominantenos contar mais detalhes sobre sua trajetória profissional e nos dizer em muitos mercados em relação a concorrentes, como o Googlecomo se envolveu com a área digital? e outros. Pela posição que eu ocupava, tinha uma visibilidadeEDUARDO O meu envolvimento com a área digital aconteceu de muito grande e, principalmente, acesso às últimas tendênciasforma natural, em função de minha formação — cursei Ciência da tecnológicas no mundo e a projetos de vanguarda. A AustráliaComputação, tendo também estudado Psicologia e Publicidade. é considerada um mercado teste para muitos produtos dosNascido na Bahia, vim para o Rio fazer um MBA, após uma tem- grandes players de tecnologia, por ser um país de língua inglesaporada estudando Administração em Toronto, no Canadá. Meu e com uma população menor. Um eventual insucesso causariainício mesmo na área digital foi na Globo.com, onde eu coorde- menos impactos se comparado a testes nos mercados britâniconava uma área de Desenvolvimento de Sistemas. Construímos ou norte-americano. A cultura australiana não é tão diferenteas primeiras experiências digitais de programas, como o Big assim da nossa, pois também têm um pouco do nosso jogo deBrother Brasil, novelas e outras plataformas de jornalismo da TV cintura. É uma cultura tão receptiva e festiva quanto a nossa —Globo. Entre a Globo.com e o Yahoo!, ainda tive uma experiência tanto na vida pessoal quanto na profissional. Além disso, respei-gratificante na qual ajudei a construir uma agência interativa no tam bastante questões como o equilíbrio entre vida profissionalRio de Janeiro, chamada MPP Solutions, juntamente com alguns e pessoal e o respeito às diferenças, até em virtude da formação eex-colegas da Globo.com. De lá, fui para o Yahoo!, na Austrália, da composição étnica de sua população. Isso tudo fez desta umaonde fui Diretor de Business Development para Austrália e Nova experiência muito rica, pessoal e profissionalmente.Zelândia. Foram quatro anos muito interessantes. Retornei aoBrasil com um ótimo desafio, que era implantar a operação brasi- WIDE A HUGE conquistou um Leão de Bronze no Cyber Lions, emleira de uma das maiores agências do mundo, a HUGE. 2010, pela campanha “Pepsi refresh” e foi incluída pelo Advertising Age na lista das agências para se prestar atenção (Agency to Watch),WIDE O quanto a sua experiência trabalhando no exterior foi impor- de 2010 e 2011. Em sua opinião, qual o grande diferencial da agênciatante para você? Em quase quatro anos morando na Austrália, o que dentro desse mercado cada vez mais concorrido?de mais valor conseguiu absorver? EDUARDO O grande diferencial da HUGE é colocar os usuários noEDUARDO Já tinha tido outras experiências no exterior, como centro das experiências digitais projetadas. Queremos, de algumos estudos nos EUA e no Canadá. Porém, essa última experiên- modo, mudar a vida das pessoas que usam as plataforma desen-cia no Yahoo! da Austrália foi excepcional. Tive a oportunidade volvidas por nós. Essa é a nossa filosofia, e uma das variáveisde trabalhar em uma empresa global, com uma posição forte de determinantes para o sucesso de nossos projetos, sem dúvida. Ainfluência em outros mercados da Ásia e do Pacífico, o chamado HUGE é uma empresa de Design com foco em User Experience.APAC. Trabalhava com outros mercados, países diferentes, Acreditamos bastante em pesquisa e planejamento estratégicocomo se estivessem funcionando na sala ao lado da minha. Isso antes da ação tática. Lidamos com o digital de uma forma mais 90 > MARKETING | WIDE | 87
  • 4. “TÍNHAMOS UMA LISTA COM ALGUNS NOMES DE PRIMEIRA LINHA DO MERCADO QUE CONSIDERÁVAMOS FUNDAMENTAIS PARA DAR O PONTAPÉ INICIAL NA OPERAÇÃO.” Extras no eReader A Huge Rio é parte de família Huge que possui escritórios nos Estados Unidos, Europa e América Latina.abrangente, ou seja, não apenas como mais um meio de comuni- trabalhos com a qualidade HUGE, de acordo com a nossa filoso-cação, mas como uma plataforma integrada ao modelo de negó- fia. Isso é o que importa para nós.cio de nossos clientes, pensada estrategicamente. Em funçãodisso, conhecer a fundo o modelo de negócio de nossos clientes e WIDE Segundo Gene Liebel, sócio e Chief Strategy Officer da Huge,seus desafios também se torna fundamental. Tudo com o intuito a agência acredita que existe uma demanda por parte de grandesfinal de criar as melhores experiências digitais do mundo, que empresas brasileiras em criar negócios online de uma forma diferenteajudem a resolver os desafios do negócio e superem as expecta- do que vinha sendo feito no país até então. Em sua opinião, o que eletivas dos usuários. São objetivos complementares e certamente quis dizer com isso? Quais tipos de novos negócios seriam esses?determinantes para o nosso sucesso. EDUARDO Isso está diretamente relacionado com a nossa forma de pensar o digital, com a nossa filosofia e proposta de trabalho.WIDE Recentemente, a HUGE inaugurou um escritório no Brasil, Não são novos tipos de negócios online especificamente, mas amais precisamente na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade do Rio forma de conduzi-los, de enfrentar estrategicamente os novosde Janeiro. O que motivou a agência a abrir uma filial no país? Quais desafios que se apresentam com o mundo cada vez mais conec-as expectativas da empresa aqui na América Latina? tado. Os meios digitais não devem ser percebidos apenas comoEDUARDO A HUGE sempre teve brasileiros em nossa sede de novos meios para os quais as empresas precisam estender suasNova York. O primeiro deles, o Felipe Memória, hoje é um dos campanhas de comunicação e marketing. Não apenas isso. Essasócios da agência. Outro sócio norte-americano era casado com demanda, talvez ainda reprimida por parte das empresas, é deuma brasileira, ou seja, já havia um laço emocional com o Brasil. pensar o digital como plataforma eficaz de negócios — cada vezEsse fato, associado ao excelente momento econômico e à visibi- mais crucial para o sucesso — e como parte integrante da estraté-lidade do nosso país, pavimentou o caminho para nossa chegada gia da empresa, independentemente da separação clássica entreaqui. Acima de tudo isso, o Brasil sempre foi visto como um polo offline e online. Pensamos estrategicamente os meios digitais dede talentos muito grande. Os brasileiros que desembarcaram modo que estes alavanquem o core business dos nossos clientespor lá, em nossa sede, foram responsáveis por criar essa ótima de forma inovadora. Cada vez menos haverá divisão entre onlinepercepção por meio de sua capacidade e trabalho. Em função de e offline. Cada vez mais ambos serão a mesma coisa, ou seja, par-tudo isso, já tínhamos planos de abrir um escritório no Brasil — no tes indivisíveis do modelo de negócio. Esse é um processo irre-Rio especificamente — por acreditarmos no potencial e nas pers- versível e muitas empresas no Brasil já começam a perceber apectivas do mercado carioca, tanto do ponto de vista de negó- importância disso.cios nos próximos anos quanto sob a óptica de talentos. Mas umevento que acelerou a nossa chegada ao país foi o fato de termos WIDE Como foi realizada a montagem da equipe da HUGE no Brasil evencido uma concorrência internacional feita por uma grande como são divididas as atribuições dentro da agência?empresa brasileira do setor financeiro, a qual infelizmente não EDUARDO Uma de nossas principais premissas é entregar quali-podemos divulgar o nome por questões contratuais. Isso só ace- dade aos nossos clientes e, para isso, queremos ter as melhoreslerou o que já aconteceria. Nossos objetivos em relação aos mer- pessoas no nosso time. Uma combinação de profissionais expe-cados brasileiro e latino-americano são, acima de tudo, entregar rientes e profissionais com grande potencial, com vontade de88 | WIDE | 90 > MARKETING
  • 5. participar de desafios globais e de crescer e aprender muito ao encontra quando comparamos com os maiores centros — Estadoslongo do trajeto. Também nos preocupamos em formar e qua- Unidos e Europa? Poderia nos apontar as nossas principais virtudeslificar cada vez mais nossas pessoas, até porque algumas áreas e carências?e disciplinas que trabalhamos ainda carecem de mão de obra EDUARDO É sempre difícil comparar qualquer outro mercado aoexperiente, não só no Brasil. Mas contamos com a facilidade de norte-americano, que certamente está em um patamar de matu-trabalhar com recursos e expertise de outras sedes da HUGE. A ridade mais alto que os demais em relação ao digital. O mercadomontagem da equipe brasileira vinha sendo pensada mesmo brasileiro tem um potencial muito grande, sem dúvida. Temosantes de começarmos aqui. Tínhamos uma lista com alguns carências do ponto de vista de infraestrutura de dados, alto custonomes de primeira linha do mercado que considerávamos fun- e baixa penetração da estrutura de banda larga e redes de altadamentais para dar o pontapé inicial na operação. Estes forma- velocidade, por exemplo, que influenciam no desenvolvimentoram o esqueleto inicial da equipe e nos ajudaram a continuar do segmento de certa forma. Mas, mesmo com as dificuldades,atraindo talentos. Hoje, nosso time é formado, em sua maioria, nosso mercado tem se desenvolvido em um ritmo bastante ace-por designers — de interação e usabilidade, de produto, visuais, lerado. Temos uma das populações de usuários de internet maisdiretores de arte. Também temos estrategistas de produto, estra- engajadas e ativas do mundo. Participamos ativamente de redestegistas de conteúdo, gerentes de projeto, profissionais de rela- sociais e estamos entre os maiores grupos do planeta. Tambémcionamento com clientes e de inteligência de mercado. Somos em função disso e mesmo com as atuais carências, vivemos umum time bastante complementar, com skill sets complementa- momento em que as grandes empresas — aliás, não só as gran-res. Nossa forma de operar reflete muito isso; está longe de ser o des — começam a entender os canais digitais como parte críticaclássico ambiente de trabalho “departamentalizado”. A formação e indispensável para o sucesso de seus modelos de negócios nose o background de nosso time também é bastante diversificado. dias de hoje. Algumas são empresas que estão migrando para oTemos pessoas de sete estados do Brasil, além de três estrangei- mundo digital, outras já nasceram assim e têm isso em seu DNA.ros. Um exemplo é o nosso diretor de design, Liang Zhang — chi- Digital não é apenas mais um canal para estender suas campa-nês, criado no Canadá, veio do escritório da HUGE em Nova York nhas de comunicação e marketing. É muito mais do que isso.para cá. Para se ter uma ideia, temos um engenheiro de produção O mercado nacional vive um momento em que cada vez maise até uma bibliotecária de formação em nosso time — que numa empresas começam a abrir os olhos para essa nova realidade.definição generalista é uma agente mediadora entre a informa- Esse é um caminho sem volta, e isso faz parte de um processoção e quem a busca, de modo que o conhecimento chegue de gradual de amadurecimento de mercado. Acontecerá natural-forma rápida e satisfatória ao seu usuário, ou seja, uma estrate- mente e será dirigido sobretudo pela percepção dos clientes egista de conteúdo. Isso é ótimo para os nossos clientes, pois esses anunciantes para essa nova realidade de um mundo constante-diferentes perfis, diferentes ângulos de ver o problema e diferen- mente mais digital e dependente disso.tes experiências só enriquecem os projetos. WIDE “Para o ambiente digital, os profissionais brasileiros são melho-WIDE Antes de a Huge chegar definitivamente ao país, foi realizada res que os europeus em termos de talento.” O autor dessa afirmaçãoalguma pesquisa para conhecer melhor o segmento digital no Brasil? é Felipe Memória, um dos sete sócios globais da HUGE. E você, tam-Se sim, como se deu esse processo? bém partilha dessa opinião? Por quê?EDUARDO Realizamos, sim, estudos, por meio de nossos conta- EDUARDO A HUGE acredita muito nos talentos brasileiros.tos e conhecimento de mercado. Dentre outros processos, ana- Diferenciamo-nos, ainda, pela capacidade quase que inerentelisamos uma série de materiais disponíveis sobre os cenários do brasileiro de lidar com a escassez de recursos, de improvi-tecnológico e econômico do Brasil, bem como tendências que já sar, capacidade que talvez tenha sido desenvolvida ao longo dedespontavam no segmento digital no país. nossa história. Não só em função do tamanho absoluto de nossa população, com educação formal superior ou técnica, mas tam-WIDE Em relação aos projetos desenvolvidos pela HUGE no país, pode- bém pela estrutura etária da população brasileira no momentoria nos adiantar alguma novidade? Quais empresas vocês já atendem? atual em termos comparativos. Temos um manancial de talen-EDUARDO Nesses primeiros meses de operação no Brasil, desen- tos em potencial gigantesco. Podemos e devemos trabalharvolvemos parcerias muito fortes com a Abril Mídia e com a Oi, esses talentos de uma forma mais interessante, agindo ativa-dentre outras. São alguns projetos de vanguarda, mas ainda mente como fomentador de desenvolvimento para esse grupo.não podemos falar muito sobre eles especificamente. Em breve, Um dos fatores que nos deixa muito animados é podermos pro-quando estiverem no mercado, certamente serão bastante ver aos nossos talentos locais oportunidades aqui mesmo nocomentados. Estou certo de que muitos deles se tornarão refe- Brasil, em uma agência do porte da HUGE. Prover visibilidade erências em suas indústrias. projetos globais em nosso país. Como disse, acreditamos muito no Brasil como polo de talentos e estamos apostando na capa-WIDE Falando no mercado digital brasileiro, em qual estágio ele se cidade dos brasileiros. 90 > MARKETING | WIDE | 89

×