• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Aquecedor Solar - Henrimar
 

Aquecedor Solar - Henrimar

on

  • 3,273 views

Confira o manual do Aquecedor Solar para piscinas de fibra Henrimar. Conheça nosso produtos!

Confira o manual do Aquecedor Solar para piscinas de fibra Henrimar. Conheça nosso produtos!

Statistics

Views

Total Views
3,273
Views on SlideShare
1,710
Embed Views
1,563

Actions

Likes
0
Downloads
11
Comments
0

2 Embeds 1,563

http://www.henrimar.com.br 1470
http://wsi12.siteseguro.ws 93

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aquecedor Solar - Henrimar Aquecedor Solar - Henrimar Presentation Transcript

    • Coletor solar para piscinas · Manual do usuário15166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 1 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário Agradecimento: A Henrimar tem como objetivo principal comercializar produtos de alta qualidade, utilizando-se de conceitos e recursos com tecnologias inovadoras. Nossa prioridade é uma energia limpa e ambientalmente correta, que gere economia e recursos financeiros. Nossa principal missão é proporcionar satisfação aos nossos clientes e a toda a humanidade. Por isso, agradecemos por ter escolhido nossos produtos e a confiança Atenção: depositada. Com essa aquisição, você também está em compromisso A Henrimar, reserva o direito de alterar o conteúdo desse manual ou parte dele, sem e respeito com o meio ambiente. Juntos, estamos melhorando a prévio aviso e sempre que houver necessidade ou inovações. qualidade de vida do ser humano, usando produtos ecologicamente correto. 215166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 2 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário Índice: 1. Introdução.................................................................... 4 2.6. Conexão entre Coletores Solar............................. 13 2. Coletor solar H2Sol para piscinas........................ 6 2.6.1. Baterias de Coletores ................................ 15 2.7. Fixação de Coletores Solar .................................. 18 2.1. Características técnica............................................. 7 2.8. Exemplos de Instalação Hidráulica....................... 19 2.2. Coletor Solar............................................................. 9 2.8.1. Sistema com uma Bomba ......................... 19 2.2.1. Acessórios para Montagem........................... 9 2.8.2. Sistema com duas Bombas ...................... 21 2.2.2. Cuidados na Montagem............................... 10 2.8.3. Sistema com três Bombas ........................ 24 2.3. Definindo a Quantidade de Módulos...................... 11 3. Principais Problemas e Soluções ......................... 25 2.4. Posicionamento dos Coletores.............................. 12 2.4.1. Orientação dos Coletores............................ 12 2.4.2. Inclinação dos Coletores ............................ 12 2.5. Definindo a Área de Instalação dos Coletores....... 13 315166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 3 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 1. Introdução com temperaturas entre 28 e 30ºc; -- Em piscinas de competição em torno de 26,5ºc; Os produtos foram desenvolvidos com matéria prima que não -- Em piscinas para tratamentos de fisioterapia entre 33 e oferecem risco ao meio ambiente sendo quase que em toda 35ºc. sua totalidade reciclável. A maior preocupação da Henrimar é utilizar materiais nobres e tecnologias de ponta. Nossos Estes fatores indicam a necessidade de controle da produtos antes de irem para sua casa passam por rigorosos temperatura alcançada pelo sistema de aquecimento. A testes internos, de campo e laboratoriais, para que estejam maneira mais eficiente de controlar um sistema é através de devidamente certificados por institutos competentes e para dispositivos eletrônicos para acionamento automático dos que seu produto tenha o mesmo desempenho e qualidade equipamentos conforme as condições do processo. obtida nesses testes à instalação. Por isso pedimos que leia atentamente as instruções desse manual antes da instalação Um segundo aspecto importante é que o volume de água e siga rigorosamente suas recomendações. Alertamos em uma piscina é muito maior que em um reservatório de ainda que somente profissionais qualificados devem fazer a uso residencial, portanto necessita de uma quantidade muito instalação do seu equipamento. grande de energia para promover a elevação da temperatura da água. Por isso o sistema de aquecimento ideal é aquele que Os sistemas de aquecimento de piscinas possuem algumas conserva permanentemente a temperatura da água da piscina características diferentes dos sistemas de aquecimento para na sua faixa de utilização, completando pequenas variações consumo residencial. Elas precisam ser conhecidas para se de temperatura na medida em que ocorram perdas de calor obter um bom desempenho dos equipamentos escolhidos durante sua operação. para a função, pois a temperatura da água varia conforme a atividade desenvolvida na piscina: Este fator, a perda de calor, deve ser tratado com atenção, pois ele pode prejudicar o desempenho de um sistema de aquecimento se não for levado em consideração. -- Em piscinas residenciais, clubes e academias trabalha-se Existem 5 formas de perdas de calor que acontecem em uma 415166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 4 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário piscina são elas: condução, convecção, radiação, troca de O tipo de capa mais eficiente é a térmica, feita de plástico água e evaporação. formando pequenas bolhas de ar, que é recortado no formato 1. Condução: representa o calor perdido pelas paredes da da piscina para ficar flutuando sobre a água. A capa térmica piscina. Em piscinas enterradas a sua participação nas ajuda também na redução de perdas por convecção. perdas totais é praticamente desprezível. Para piscinas A posição da piscina assume também papel importante no suspensas recomenda-se o uso de isolamento térmico nas aquecimento, porque durante o uso, piscinas que recebem paredes; insolação na maior parte do tempo, funcionam também como 2. Convecção: é a forma como o calor é retirado através coletoras de calor. do movimento do ar sobre a superfície da piscina. Em Por último é indispensável que sejam seguidas as locais com predominância de vento é interessante uso de recomendações do fabricante quanto às condições de barreiras, como arbustos, ao redor da piscina, pois estas dimensionamento, montagem, peças, acessórios e tipos perdas podem atingir quase 25% do total; de instalações, para que se obtenha o melhor desempenho 3. Radiação: é a perda de calor através da natural emissão de possível do sistema. ondas magnéticas que ocorre com toda substância quanto maior for sua temperatura; 4. Troca de água: em condições normais de operação de uma piscina ocorrerá pequena troca de água durante a filtragem e limpeza, o que atinge menos de 5% da perda total de calor; 5. Evaporação: a perda de calor acontece quando partículas da superfície da água da piscina se transformam em vapor d´ água e levam consigo grande quantidade de energia. Pela evaporação podem ocorrer cerca de 60% das perdas, e a melhor forma de diminuí-la é através do uso de capas sobre a água quando a piscina não está sendo utilizada. 515166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 5 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2. Coletor Solar H2SOL para Aquecimento de Piscinas As placas coletoras para piscinas são fabricadas em resinas termoplásticas de alta qualidade e resistentes a ação dos raios Apesar do elevado índice de insolação existente no Brasil durante ultravioleta o que aumenta significativamente o tempo de vida útil todo o ano, nem sempre é possível a utilização de piscinas a qualquer do produto, sendo as suas principais vantagens: época devido à temperatura da água. Sistemas de aquecimento solar para piscinas não são novidade, pensando neste mercado e com -- Baixo custo de instalação e manutenção; foco muito forte em inovação tecnológica a Henrimar utilizando os -- Resistente à 20 M.C.A.; mais modernos conceitos e técnicas nas áreas da termomecânica, injeção e extrusão de plásticos, eletrônica e software desenvolveu -- Leve, flexível e de fácil instalação; um avançado sistema de aquecimento solar para piscinas. Estas -- Os módulos se encaixam uns com os outros, eliminando a tecnologias permitem uma excelente performance na geração e necessidade de uniões e outras conexões; conservação de água quente, mantendo-a sempre na temperatura -- Alto desempenho na geração e manutenção da água quente; desejada proporcionando aos seus usuários um alto grau de -- Grande área de absorção por metro quadrado com alto grau de satisfação. eficiência; -- Material atóxico, sem risco de corrosão e de encrustação. Fig. 1 - Coletor 615166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 6 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.1 - Características Técnicas Modelos H2SOL 2.0 H2SOL 3.0 H2SOL 4.0 Largura (m) 0,275 0,275 0,275 Comp. (m) 2,00 3,00 4,00 Área de captação 0,55m2 0,825m2 1,1m2 Pressão de teste 4,0 Kgf/cm2 4,0 Kgf/cm2 4,0 Kgf/cm2 Pressão de trabalho 2,0 Kgf/cm2 2,0 Kgf/cm2 2,0 Kgf/cm2 Peso vazio (Kg) 1,7 kg 2,3 kg 3,0 kg Peso cheio (Kg) 3,5 kg 4,9 kg 6,4 kg 715166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 7 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário Medidas: Coletor 2 x 0,275 2000 mm 345mm 437mm 437mm 437mm 345mm 275mm Coletor 3 x 0,275 3000 mm 345mm 462mm 462mm 462mm 462mm 462mm 345mm 275mm Coletor 4 x 0,275 4000 mm 345mm 473mm 473mm 473mm 473mm 473mm 473mm 472mm 345mm 275mm Fig.2 - Medidas de coletores H2SOL 815166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 8 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.2. Coletor solar 2.2.1. Acessórios para montagem Terminal de saída / entrada para módulo coletor: permite a conexão dos coletores à tubulação de entrada/saída. Trava de conexão dos coletores; Cap ou tampão dos coletores; Pente de fixação para o alinhamento dos tubos; Fig. 3 - Coletor solar Henrimar Anel o’ring. Responsável pela vedação de água do sistema, evitando vazamentos; Válvula quebra-vácuo. Evita pressões negativas durante a drenagem ao desligar a bomba. Essa válvula permite a entrada de ar no sistema. (acessório não incluso); Válvula eliminadora de ar (ventosa). Essa válvula é responsável por permitir a saída de ar / vapor do sistema; Válvula de retenção. Essa válvula permite o fluxo do líquido em uma só direção, podendo ser instalada na vertical ou horizontal de acordo com a especificação da válvula. Fig. 4 - Acessórios para montagem 915166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 9 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.2.2 - Cuidados na montagem Para que um sistema de aquecimento solar para piscinas funcione corretamente alguns cuidados devem ser considerados desde o ATENÇÃO momento da compra. -- Verifique se os acessórios para a montagem dos coletores a. Dimensionamento da quantidade necessária de placas coletoras e o estão corretos e em quantidade suficiente para a realização da tamanho mais adequado da placa. Para o correto dimensionamento montagem, bem como todo o material hidráulico necessário e alguns pontos importantes devem ser levados em consideração: ferramentas. Esse procedimento garante que não haja surpresas -- Tamanho da piscina; por falta de algum desses itens durante a instalação. -- Localização da piscina, incidência de “sombra”; -- Certifique-se que o local onde serão instalados os coletores é seguro. Utilize sapatos com proteção antiderrapante. A utilização -- Temperatura desejada da água; de EPI´s (Equipamento de proteção individual) é de grande -- Perfil de uso; importância para a segurança, bem como cuidados com redes -- Clima da Região (Quente, Temperado, Frio); elétricas presentes próximo as instalações. -- Escolha do equipamento de gerenciamento do sistema; -- Não trabalhar sob chuva ou quando estiver ocorrendo descargas -- Escolha da capa térmica mais adequada; atmosféricas (raios). -- Dimensões do telhado e local da instalação. b. O local de instalação das placas coletoras deve permitir a orien- tação dos coletores ao norte geográfico, para melhor absorção da energia solar. c. Instalações Hidráulicas: escolha da tubulação adequada e definição do sistema de circulação da água com uma ou mais bombas; d. Sistema de Apoio: de acordo com a necessidade de uso da piscina um sistema de apoio para aquecimento poderá ser recomendado para ser utilizado quando houver ausência prolongada do sol. 1015166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 10 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.3 - Definindo a Quantidade de módulos Tabela 2 - Classificação da Região Utilizaremos um cálculo matemático que nos levará a quantidade Temperatura desejada da Coeficiente por região de coletores necessários para aquecer todo o volume de água piscina Quente Temperada Fria da piscina e repor diariamente as perdas térmicas, mantendo-a 28C a 30C 0,8 1,0 1,2 aquecida. 31C a 34C 1,0 1,2 1,5 Recomendamos o uso de uma capa térmica na piscina, sempre que ela não estiver em uso, isto reduz bastante a perda de calor, b) Levantamento de informações: diminuindo a quantidade de coletores necessários. 1º passo: Verifique na tabela a temperatura desejada na piscina; Informações necessárias e cálculo da quantidade: 2º passo: Verifique na tabela o coeficiente de calculo de acordo com temperatura da Região; 3º passo: Verifique qual é a área da superfície da piscina; a) Tabela 1 - coeficientes para cálculos 4º passo: Verifique qual é a área da placa coletora que será utilizada (ver tabela 1). Região Quente Temperada Fria c) Fórmula utilizada para calculo da quantidade de coletores: Temperatura média local acima de 25C de 25C a 20C abaixo de 20 Manaus, São Paulo, Porto Alegre, Área da Piscina X Coeficiente da Tabela Fortaleza, Londrina, Curitiba, Quantidade de Coletores = Exemplo Área do Coletor Utilizado Cuiabá, Rio de Brasília, Belo Florianópolis, Janeiro Horizonte Joinville d) Calculando a quantidade de coletores: - Temperatura desejada = 30ºC - Coeficiente da Tabela = 1,0 (temperada) - Área da piscina = 32m2 1115166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 11 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário - Área do Coletor = de 1,1 m2 2.4 - Posicionamento dos coletores Os coletores para piscina podem ser posicionados inclinados ou 32 x 1.0 sem inclinação, apoiados diretamente sobre laje, piso, pergolados Quantidade de Coletores = ou outra superfície plana. Neste caso, como não estão inclinados, 1.1 não orientamos para o norte. Porém, quando forem instalados em telhado, talude ou outra superfície inclinada, devem seguir as re- Quantidade de módulos = 29.1 ajustados para 30. gras, referentes a orientação e inclinação. 2.4.1 - Orientação dos coletores Os coletores devem ser instalados com orientação para o norte geográfico. CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES ATENÇÃO: desvios em relação ao norte geográfico a. Estes cálculos levam em consideração que a piscina tenha profundidade mínima acima de 0,70 m, abaixo desta a. Até 15º não afeta o desempenho dos coletores; profundidade deve-se acrescer 20% na quantidade de b. Instalações com desvio entre 15º a 45º aumentar a coletores; quantidade de coletores em 15% e mantenha seu plano b. Caso a piscina esteja em uma área coberta e fechada a voltado ao norte; quantidade de coletores poderá ser reduzida em 10%; c. Não recomendamos a instalação de coletores com desvios c. Para piscinas profissionais (clubes, academias, hotéis, acima de 45º, pois isso prejudica seriamente o desempenho etc.) recomenda-se o uso de um sistema auxiliar de apoio nos períodos frios. ao aquecimento, para complemento de temperatura no inverno; d. Para piscinas de grande porte (área maior que 100 m2) consulte o departamento de engenharia da Henrimar para um dimensionamento mais adequado. 1215166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 12 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário b. Verifique se a área é suficiente para a alocação dos coletores; c. O local deve permitir livre aceso, de forma que não haja a necessidade de andar sobre os coletores; d. Verifique o peso total das baterias de coletores com água e certifique-se que a área onde será instalada suporta o peso. 2.6 - Conexão entre módulos 15º 15º l o A conexão entre coletores Henrimar é simples e dispensa o uso de ferramentas, siga os passos para a montagem. n Fig. 5 - Desvios em relação ao norte geográfico 1º Posicione os tubos condutores alinhados um ao outro; 2.5 - Definindo a área de instalação dos coletores VERIFICAÇÕES PRÉVIAS As placas coletoras podem ser instaladas em telhados, lajes, no piso ou em planos inclinados utilizando ou não suportes fabricados adequadamente. Porém devemos seguir algumas recomendações para uma perfeita instalação: a. Verifique se o local não esta sujeito a sombreamentos, ou seja, se não existe algum obstáculo que projete sua sombra sobre os coletores; 1315166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 13 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2º Limpe o encaixe do anel de vedação interno 4º Encaixe os tubos a dos dois coletores; serem conectados; 3º Encaixe o anel de 5º Pressione a trava no local vedação nos coletores; de união dos coletores até que a fixação seja perfeita; 1415166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 14 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.7.1 Baterias de coletores Válvula ventosa Para montar uma bateria de coletores, basta ligá-los em paralelo uns aos outros, conforme figura 8 que ilustra uma bateria de dois Sensor de temperatura coletores. Figura 7 - Coletores em bateria Figura 8 - Número máximo de coletores em uma bateria Para que uma instalação tenha um perfeito equilíbrio hidráulico - Uma bateria deve ter no máximo 20 módulos interligados, deve-se respeitar algumas regras: conforme mostra figura. O sistema (bomba e tubulações) deve ser calculado hidraulicamente de modo que a vazão no ponto de entrada da bateria seja igual ao número de coletores na bateria multiplicado pela vazão recomendada para cada coletor. 1515166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 15 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário CERTO ERRADO ERRADO Válvula ventosa Sensor de temperatura Montar no máximo Figura 9 - Exemplos de interligação de baterias em paralelo Válvula ventosa Sensor de temperatura Montar no máximo 1615166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 16 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário CERTO Exemplo de Interligação de baterias em paralelo CERTO CERTO ERRADO CERTO ERRADO 1715166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 17 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário -- Um sistema pode ser formado por um conjunto de baterias (2, 2.7 - Fixação dos coletores solar 3, 4 ou mais), interligados pela tubulação de alimentação e de retorno para a piscina, conforme figura 10. Ao início da instalação é muito importante a fixação dos coletores -- Baterias ligadas em paralelo ou em série devem ter as tubulações solar, para não correr o risco de serem levados por ventos ou qual- de alimentação e retorno do conjunto, dimensionadas de quer tipo de acidentes. forma que cada ponto de entrada nas baterias receba a vazão recomendada multiplicada pelo número de coletores da bateria Os coletores devem ser fixados somente pela parte superior, de for- e que a tubulação de retorno para a piscina tenha a capacidade ma a permitir sua dilatação, alinhe os coletores e para sua fixação calculada para escoar a somatória das vazões que cada bateria utilize arame de cobre, aço galvanizado ou abraçadeiras de nylon. proporciona ao sistema. -- Evite a utilização de joelhos 90º. Mantenha a saída dos coletores mais próximo possível da piscina, para que a perda térmica seja menor. -- Sempre instale a válvula quebra vácuo na tubulação, pois ela protege termicamento os equipamentos da casa de máquina evitando o superaquecimento na água do coletor quando parada. IMPORTANTE Para se definir o correto dimensionamento das tubulações e da bomba de forma a se obter uma perfeita distribuição da água, recomendamos que se consulte um engenheiro qualificado. Figura 10 - Fixação dos coletores 1815166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 18 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.8 - Exemplos de Instalação Hidráulica 2.8.1 - Sistema com uma bomba 1 - Filtragem + sistema solar Existem diferentes configurações para a instalação hidráulica em sistemas de aquecimento de piscinas com energia solar. As formas Nesta configuração (Fig. 11) a mesma bomba que promove a mais usuais serão abordadas neste manual. Para instalações mais circulação para filtragem da água, alimenta o sistema solar. Para complexas consulte a equipe de engenharia Henrimar. que o sistema solar atinja o melhor desempenho à água deve circular pelos coletores uma vazão de 250l/h por m2. Toda piscina possui um sistema de filtragem que circula a água por Portanto a bomba escolhida deve ser capaz de atender a maior meio de uma bomba hidráulica. vazão entre o sistema de aquecimento e o sistema de filtragem. O sistema de aquecimento solar pode ser acoplado ao sistema de Deve ainda fornecer altura manométrica (pressão) suficiente para filtragem ou pode ser instalado de forma independente, sendo ne- elevar a vazão até o nível da borda superior dos coletores solares. cessário neste caso, a utilização de outra bomba hidráulica para Na maioria dos casos a vazão requerida pelo sistema solar é maior operar o sistema solar. que a vazão do sistema de filtragem, o que pode levar à necessidade Como a quantidade de energia solar varia conforme as condições de escolha de um filtro maior. climáticas pode ser necessário, em alguns casos, a instalação de Quando a vazão do sistema solar for inferior à da filtragem, deverá um sistema auxiliar de aquecimento (gás, elétrico, diesel, etc.) cha- ser efetuada uma regulagem da vazão que vai para os coletores mado de sistema de apoio. Este outro sistema também pode ser através da manobra do registro do “by pass”. incorporado na instalação original da piscina ou possuir instalação Como o aquecimento solar depende do clima, podem ocorrer independente usando uma bomba própria. situações em que o fluxo de água deve ser desviado (uso do “by Estas diferentes configurações alcançarão melhor eficiência sem- pass”) dos coletores, para evitar perda de calor (quando os coletores pre que forem controladas por um gerenciador eletrônico para acio- estão mais frios que a água). Isto exige monitoramento constante namento automático dos equipamentos. Recomendamos a utiliza- uma vez que interromper automaticamente o funcionamento da ção do “Controlador Solar Henrimar” para este gerenciamento. bomba pode prejudicar a filtragem. A temperatura da água nos Os tipos de instalação adequados ao melhor desempenho do sis- coletores pode ser acompanhada por meio do “Controlador Solar tema solar Henrimar serão apresentadas a seguir, com a indicação Henrimar“. dos pontos mais favoráveis e menos favoráveis em cada caso. Ponto favorável: -- O custo com equipamentos e instalação é menor. 1915166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 19 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário VÁLVULA VENTOSA 2 - Filtragem + sistema solar + sistema de apoio: SENSOR DE TEMPERATURA COLETORES H2SOL Nesta configuração (fig. 12) a mesma bomba que promove a circulação para filtragem da água, alimenta o sistema solar e o sistema de apoio. Quando os coletores solares não estiverem com temperatura PAINEL DE COMANDO suficiente para aquecer a água (monitoramento através do “Controlador Solar Henrimar“, o fluxo de água deve ser desviado ÁGUA QUENTE manualmente por meio dos registros, passando o aquecimento ÁGUA FRIA a ser efetuado pelo sistema de apoio. Permanecem as mesmas necessidades de dimensionamento e operação citadas na opção 1). BY-PASS FILTRO Ponto favorável: -- A piscina permanece aquecida mesmo sem radiação solar disponível. BOMBA DO FILTRO Pontos desfavoráveis: SENSOR DE TEMPERATURA -- Precisa de um operador para manobrar os registros do sistema, Válvula de retenção acompanhando constantemente a operação. Água fria Água quente -- Em alguns períodos do ano poderá ocorrer custo com a energia Ligação elétrica consumida pelo sistema de apoio. Figura 11 - Instalação com uma bomba: filtragem e sistema solar. 2015166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 20 14/05/12 14:28
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário VÁLVULA VENTOSA 2.8.2 - Sistema com duas bombas SENSOR DE TEMPERATURA COLETORES H2SOL 1 - Filtragem + sistema solar: Nesta configuração (fig. 13), como uma bomba opera o sistema solar e a outra o sistema de filtragem é possível controlar a piscina de forma totalmente automática. Por meio do “Controlador Solar Henrimar“ a bomba do sistema PAINEL DE COMANDO solar somente será acionada quando a temperatura do coletor for superior a da piscina, e a bomba do sistema de filtragem poderá ser ÁGUA QUENTE AQUECEDOR DE APOIO programada para operar diariamente em horários pré-programados pelo tempo desejado. Cada uma das bombas deverá atender as condições de vazão e ÁGUA FRIA altura manométrica específicas de cada sistema. FILTRO IMPORTANTE Caso os sistemas utilizem os mesmos dispositivos de sucção e retorno da piscina, estes deverão ser BOMBA DO FILTRO especificados para suportar vazão igual à soma das vazões de cada sistema, uma vez que eles devem operar SENSOR DE TEMPERATURA simultaneamente em alguns períodos. Válvula de retenção Água fria Água quente Pontos favoráveis: Ligação elétrica -- Não precisa de um operador permanente para manobrar regis- tros do sistema durante a operação. Pontos desfavoráveis: -- Em alguns períodos do ano poderá não existir energia suficiente Figura 12 - Instalação com uma bomba: filtragem, sistema solar e apoio. para elevar a temperatura da água aos níveis desejáveis. 2115166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 21 14/05/12 14:29
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2 - Filtragem + sistema solar + sistema de apoio: VÁLVULA VENTOSA Nesta configuração (fig. 14), uma bomba opera o sistema solar e a SENSOR DE TEMPERATURA COLETORES H2SOL outra o sistema de filtragem, enquanto o sistema de aquecimento de apoio deve preferencialmente ser instalado no trecho do retorno após o sistema de filtragem, possibilitando assim o aquecimento independente quando o sistema solar estiver mais frio que a água da piscina. PAINEL DE COMANDO Por meio do “Controlador Solar Henrimar” a bomba do sistema ÁGUA QUENTE solar somente será acionada quando a temperatura do coletor ÁGUA FRIA for superior a da piscina, a bomba do sistema de filtragem poderá ser programada para operar diariamente em horários pré- determinados e pelo tempo desejado, enquanto o aquecimento do FILTRO sistema de apoio será acionado somente quando os coletores solar BOMBA DO COLETOR não estiverem com temperatura superior à da água da piscina. O “Controlador Solar Henrimar” deve ser programado para desativar os dois sistemas de aquecimento sempre que a piscina atingir a BOMBA DO FILTRO temperatura de uso. Cada uma das bombas deverá atender as condições de vazão e SENSOR DE TEMPERATURA Válvula de retenção altura manométrica específicas de cada sistema. Água fria Água quente Ligação elétrica IMPORTANTE Caso os sistemas utilizem os mesmos dispositivos de sucção Figura 13 - Sistema com duas bombas: filtragem e sistema solar. e retorno da piscina, estes deverão ser especificados para suportar vazão igual à soma das vazões de cada sistema, uma vez que eles devem operar simultaneamente em alguns períodos. 2215166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 22 14/05/12 14:29
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário Pontos favoráveis: -- Não precisa de um operador permanente para manobrar registros do sistema durante a operação. VÁLVULA VENTOSA SENSOR DE TEMPERATURA -- A piscina permanece aquecida mesmo sem radiação solar COLETORES H2SOL disponível. Pontos desfavoráveis: -- Em alguns períodos do ano poderá ocorrer custo com a energia consumida pelo sistema de apoio. -- O custo com equipamentos e instalação é maior. PAINEL DE COMANDO -- Precisa instalação e manutenção de filtro Y na entrada do ÁGUA QUENTE AQUECEDOR DE APOIO aquecedor de apoio para evitar entrada de areia do filtro no aquecedor. ÁGUA FRIA (pa ra e vita r are Filtr ia n oa oY FILTRO que ced or) BOMBA DO AQUECEDOR BOMBA DO FILTRO SENSOR DE TEMPERATURA VÁLVULA DE RETENÇÃO ÁGUA FRIA ÁGUA QUENTE Figura 14 - Sistema com duas bombas: filtragem, sistema solar e apoio. 2315166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 23 14/05/12 14:29
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário 2.8.3 - Sistema com três bombas: Pontos favoráveis: -- Não precisa de um operador permanente para manobrar regis- 1 - Filtragem + sistema solar + sistema de apoio: tros do sistema durante a operação. Nesta configuração (fig. 15), os três sistemas podem operar simul- -- A piscina permanece aquecida mesmo sem radiação solar dis- taneamente ou independentemente um do outro já que cada um ponível. possui sua própria bomba. Toda a operação pode ser gerenciada -- Consome menos energia de apoio devido à maior versatilidade automaticamente por meio do “Controlador Solar Henrimar”. no gerenciamento do sistema. A bomba do sistema solar somente será acionada quando a tempe- ratura medida nos coletores for superior à temperatura medida na Pontos desfavoráveis: piscina, a bomba do sistema de filtragem poderá ser programada -- Em alguns períodos do ano poderá ocorrer custo com a energia para operar diariamente ou semanalmente pelo tempo desejado e consumida pelo sistema de apoio se utilizado nestes períodos, a bomba do sistema de apoio será acionada sempre que o sistema -- Maior custo com equipamentos e instalação. solar não for capaz que suprir as necessidades de temperatura. A terceira bomba dá maior versatilidade ao sistema de apoio, que neste caso passa a ser acionado somente em temperaturas pré- -definidas (no “Controlador Solar Henrimar“, permitindo maior par- ticipação do sistema solar no aquecimento. Possibilita também a operação com a vazão ideal para o melhor desempenho do sistema de apoio. Cada uma das bombas deverá atender as condições de vazão e altura manométrica específicas de cada sistema. IMPORTANTE Caso os sistemas utilizem os mesmos dispositivos de sucção e retorno da piscina, estes deverão ser especificados para suportar vazão igual à soma das vazões de cada sistema, uma vez que eles devem operar simultaneamente em alguns períodos. 2415166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 24 14/05/12 14:29
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário VÁLVULA VENTOSA 3. Principais Problemas e Soluções SENSOR DE TEMPERATURA COLETORES H2SOL Problemas Local Causa Solução Refazer as conexões, Tubulação Conexão mal feita reapertar verificar os o’rings PAINEL DE COMANDO Placa coletora Falta vedação internos Vazamento ÁGUA QUENTE Defeito de Solicite assistência Tubo coletor fabricação técnica Henrimar ÁGUA FRIA Defeito de Solicite assistência Tubo condutor fabricação técnica Henrimar Controlador Ligue o controlador FILTRO BOMBA DO desligado solar AQUECEDOR SOLAR H2SOL Verificar filtros Verificar bombas BOMBA DO FILTRO Pouca vazão de Verificar dreno da água piscina AQUECEDOR DE APOIO Água não SENSOR DE TEMPERATURA ELÉTRICO OU A GÁS Piscina verificar se há aquece obstruções nos BOMBA DO AQUECEDOR DE APOIO coletores VÁLVULA DE RETENÇÃO Garanta total insolação Sombreamento ÁGUA FRIA nos coletores ÁGUA QUENTE Figura 15 - Instalação com três bombas: filtragem, sistema solar e apoio Falta de energia Verifique disjuntores Falta de capa Providencie capa térmica térmica 2515166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 25 14/05/12 14:29
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário A Pro-Sol garante os produtos de sua fabricação pelos prazos especificados A Garantia perde o valor nos seguintes casos: neste termo e indicada na etiqueta do produto, a partir da data da nota • Extinção do prazo de validade; fiscal emitida pela Pro-Sol ao consumidor final, contra qualquer defeito de • Utilização do aquecedor solar para fins que não tenham sido projetados; fabricação, desde que reclamado imediatamente após sua constatação, e • Instalação em desacordo com as orientações contidas no equipamen- os produtos tenham sido instalados conforme instruções do “Manual de to ou no Manual de Aquecimento Solar; Aquecimento Solar” que acompanha o equipamento. • Danos causados por causos fortuitos ou de força maior, agentes na- turais como vendaval, granizo, geada, etc; Esta garantia não se estende a vidros dos coletores, resistências e ter- • Ter sido violado ou concertado por pessoas não autorizadas da PRO mostato do reservatório térmico, cores e tonalidades dos materiais e SOL. das tintas utilizadas nos produtos, danos causados por queda ou aci- • Adaptação ou uso de peças que alterem o funcionamento do equi- dente nos transporte e danos com a aparência do produto desde que pamento; não comprometam a funcionalidade e a segurança do equipamento. • Utilização de água com composição físico-química que ataque inter- namente o equipamento; Peças, acessórios ou outros equipamentos utilizados na instalação do sis- • Circulação de substâncias químicas tais como óleos, corrosivos ou tema de aquecimento solar terão suas garantias de acordo com os termos qualquer fluído que venha danificar internamente o equipamento; dos respectivos fabricantes. • Ocorrência de terra ou areia no interior do equipamento, que venha A PRO-SOL terá até 7 dias, a partir da data de reclamação, para proceder à causar obstrução na circulação da água; assistência técnica através de atendimento próprio ou de pontos de vendas • Uso em rede hidráulica com pressão acima da especificação do equi- autorizados, em um raio de até 50km de localização dos mesmos onde os pamento. equipamentos foram adquiridos. Quando constatado que a reclamação não procede, as despesas decorren- Todas as despesas decorrentes da retirada, reinstalação e deslocamento te da assistência técnica, troca de produtos e peças, transporte e mão-de- do produto até a PRO-SOL, correm por conta exclusiva do proprietário do -obra, serão de responsabilidade do reclamante. equipamento. Nenhum Ponto de Venda ou Representante está autorizado a fazer exce- ções desta garantia, ou assumir compromissos em nome da PRO-SOL. 2615166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 26 14/05/12 14:29
    • Coletor solar para piscinas Manual do usuário Cliente: ________________________________________________________________________________ Endereço: __________________________________________________________________ n.º __________ Bairro:____________________________________________________ CEP: _________________________ Cidade: _________________________________________________________ Estado: _________________ E-mail: _______________________ Fone: _______________________ Fax: _______________________ Celular: _______________________ Produto Tamanho Tipo de aço Pressão usada Número de série Reservatório ___________ litros 304 Alta ________________ Placa ___________ m2 316L Baixa Produzido por: Pro-Sol Indústria e Comércio de Produtos de Energia Solar Ltda. Telefone: (11) 4543-6005 / 4543-6384 www.prosolsolar.com.br 2715166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 27 14/05/12 14:29
    • Henrimar INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PISCINAS LTDA. RUA HERMINIO CRISTÓVÃO, 255 – 3º DISTRITO INDUSTRIAL – AMÉRICO BRASILIENSE – SP CEP 14.820.000 FONE(16) 3393.9900 E-mail: Henrimar@Henrimar.com.br15166-PRO-SOL-Manual piscina Henrimar.indd 28 14/05/12 14:29