• Save
Reino protista
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Reino protista

on

  • 17,738 views

envia mensagem para helder em, helderpies1234@hotmail.com para pedir o download. obrigado

envia mensagem para helder em, helderpies1234@hotmail.com para pedir o download. obrigado

Statistics

Views

Total Views
17,738
Views on SlideShare
17,737
Embed Views
1

Actions

Likes
4
Downloads
0
Comments
4

1 Embed 1

http://search.tb.ask.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Reino protista Reino protista Presentation Transcript

  • Produzido por; Nº 17,29,7
  •  Nesse trabalho iremos falar sobre o Reino Protista, a sua classificação, sua respiração, nutrição e reprodução tanto a nível geral como a nível das classificação em Algas, Protozoários e Mixomicetos.
  •  Protozoários; Algas;  Morfologia e importância;  Reprodução nas algas. View slide
  •  A maioria dos seres vivos deste reino são eucariontes unicellulares, porém podem ser encontrados a multicelularidade, embora de estruturas muito simples e formas coloniais; A locomoção pode ser por flagelos, cílios e pseudópodes; Vivem em lugares onde há muita água: oceanos, rios e lagos, também encontram-se no habitat terrestre húmido, bem como em simbiose nos fluidos do corpo ou parasitando células do hospedeiros; View slide
  •  Protozoários – incluem seres com características semelhantes aos animais; Algas – incluem seres com características semelhantes às plantas; Mixomicetos - inclui seres com características semelhantes aos fungos.
  •  O citoplasma está diferenciado em duas zonas, uma externa, hialina, o ectoplasma, e outra interna, granular, o endoplasma. Nesta, existem vacúolos digestivos e inclusões. Reproduzem assexuadamente por bipartição, divisão múltipla e esporulação e sexuadamente com meiose e fusão dos gâmetas; Heterotróficos por ingestão; Quando as condições não são favoráveis enquistam-se (não evoluem) até as condições sejam melhoradas; Estão agrupados em seguintes filos:Flagellata, Rhysopoda, Ciliophora, Sporoza
  •  São seres vivos eucariontes unicelulares móveis ou imóveis, desprovidos de clorofilas; Os protozoários são, na grande maioria, aquáticos, vivendo nos mares, rios, tanques, aquários, poças, lodo e terra húmida. Há espécies mutualisticas e muitas são parasitas de invertebrados e vertebrados; A célula do protozoário tem uma membrana simples ou reforçada por capas externas protéicas ou, ainda, por carapaças minerais, como certas amebas;
  •  Nutrição: são heterótrofos por ingestão quando ingerem outros seres vivos, ou por absorção, quando absorvem moléculas orgânicas do meio em que vivem. Respiração: A respiração dos protozoários é predominantemente aeróbia. ocorrendo difusão directa dos gases em toda a superfície celular. Alguns protozoários parasitas que habitam o intestino de vertebrados realizam respiração anaeróbia, pois a concentração de oxigénio nestes ambientes é baixa.
  •  Pseudópodes ou pseudópodes (em grego: falsos pés - pseudo + podes) é um termo de protistologia que se refere às extensões fluídas do citoplasma de seres unicelulares, especialmente daqueles do filo protista dos rizópodes, utilizadas para a alimentação e a locomoção. São evaginações da membrana plasmática que surgem por meio de deslocamentos do citoplasma (sistema actina-miosina) e que movimentam a célula e englobam partículas.
  •  Em biologia, chamam-se flagelos a apêndices das células vivas, em forma de filamentos, que servem para a sua locomoção (no caso de organismos unicelulares - flagelados) ou para promover o movimento da água ou outros fluidos no interior do organismo, quer no processo da alimentação, quer na excreção.
  •  São seres que utilizam cílios (pequenos filamentos ao longo do corpo) na locomoção, como o Paramecium.
  •  São protozoários que não possuem estruturas de locomoção. Eles são todos parasitas e causam doenças. Entre eles está o plasmódio, causador da malária.Células vermelhas do sangue infectados como Plasmodium falciparum, causador da malária(nas setas). Para um organismo que não temestruturas de locomoção para capturaralimento, o parasitismo é uma adaptaçãoimportante.
  • Doenças Causadas por Protozoários: Malária;- Protozoários do gênero Plasmodium Amebíase;- Entamoeba histolytica Giardíase;- Giardia lamblia Tricomoníase;- Trichomonas vaginalis leishmaniose tegumentar;- Os protozoários do gênero Leishmania
  •  Doença de Chagas;- Trypanosoma cruzi Toxoplasmose;- Toxoplasma gondii Entre Outras.
  •  A classificação dos protozoários baseia-se fundamentalmente nos tipos de reprodução e de organelas locomotores. A locomoção se faz por batimento ciliar, flagelar, por emissão de pseudópodos e até por simples deslizamento de todo o corpo celular. Os protozoários estão incluídos no Reino Protista, subdivididos em quatro filos:
  •  Movimentam-se por meio de flagelos; Têm estrutura muito semelhante; São parasitas; Trypanosoma,e ste filo tem muitos que são importantes parasitas humanos: - Leishmania braziliensis, Causa a leishmaniose tegumentar. - Trypanosoma cruzi. Causa a doença de Chagas. - Giardia lamblia. Causa a giardíase (intestinal). - Trichomonas vaginalis. Causa a tricomoníase (no aparelho genital)
  •  Deslocam através dos movimentos ondulantes dos flagelos; Alimentam-se por ingestão. Capturam a presa ou absorvem os nutrientes através da membrana; Reproduzem-se assexuadamente por bipartição; É responsável pela doença de sono na África. Ex: Trypanossoma gambiense que causa a doença do sono, é transmitida pela mosca tsé- tsé que ao picar o individuo, injecta o parasita juntamente com a saliva.
  •  São protozoários que emitem os pseudopodes, que são usados na locomoção ou na apreenção dos alimentos; As amebas de vida livre que vivem em água doce apresentam vacúolo contrátil ou pulsátil para osmorregulação, eliminando o excesso de água que vai entrando no seu citoplasma; Dentre as amebas é importante a Entamoeba histolytica, que parasita o intestino humano, causando a disenteria amebiana ou amebíase.
  •  Heterotróficos por ingestão São marinhos, de água doce ou parasitas. Têm um ou mais núcleos, vacúolos digestivos e vacúolos contráteis (apenas nos de água doce); Reprodução assexuada por bipartição simples ou cissiparidade; Podem ser de vida livre ou parasitas (Entamoeba histolytica);
  •  São protozoários cuja a membrna plasmática possui prolongamentos abundantes e curtos designados de cílios; Os cílios são usados na apreenção de alimentos e na locomoção; Heterotróficos por ingestão; Alimentam-se por fagocitose; Pode reproduzir-se sexuadamente (conjugação) ou assexuadamente (bipartição); O género mais abundante é o Paramecium (Ex: Paramecium auelia).
  •  Vivem em meio marinho e de água doce; Além de orgânulos especializados, possuem dois núcleos: macronúcleo (funções vegetativas) e micronúcleo (funções genéticas: hereditariedade e reprodução); Apresentam extremidades anterior e posterior; na membrana, a entrada do alimento se dá pelo citóstoma e a saída de resíduos pelo citopígio (= citoprocto). A maioria é de vida livre;
  •  Não possuem orgânulos para locomoção. São todos parasitas obrigatórios; Apresentam um tipo de reprodução assexuada especial chamada de esporulação: uma célula divide seu núcleo numerosas vezes; depois, cada núcleo com um pouco de citoplasma é isolado por uma membrana, formando assim vários esporos a partir de uma célula;
  •  Ciclo de vida com uma fase sexuada e uma fase assexuada que ocorrem em diferentes hospideiros; O principal género é o Plasmodium, com várias espécies causadoras da malária (Plasmodium vivax). É importante também o Toxoplasma gondii, causador da doença toxoplasmose, de grande seriedade em mulheres grávidas até o terceiro mês.
  • Características gerais das algas: Alga é uma palavra que vem do latim e significa "planta marinha;" Organismos simples quase exclusivamente aquáticas; Eucariontes unicelulares, coloniais ou pluricelulares; Existem algas pluricelulares de diferentes formas e tamanhos. Elas podem ter a forma de filamentos, lâminas ou ramos As algas não possuem tecidos e órgãos especializados. Sendo assim, não tem raiz, caule, folha e nem flor; seu corpo é um talo, e, por isso, são chamadas de talófitas; Possuem baixo grau de diferenciação;
  •  Elas podem viver fixas, por exemplo, no fundo dos mares, dos rios e sobre rochas. Podem também flutuar na água; neste caso, podem possuir bolinhas como bóias e não as deixam afundar; As algas absorvem os sais minerais de que precisam através de toda a superfície de seu corpo; Autotróficos fotossintéticos,todas possuem clorofila a e carotenóides; Reproduzem assexuadamente e sexuadamente; As algas são encontradas em muitos lugares: nos mares, nos rios, nas lagoas, sobre pedras, troncos de árvores e outras superfícies muito húmidas;
  • Cyanophyta
  • Chlorophyta (algas verdes)
  • Phaeophyta (algas castanhas)
  • Rhodophyta (algas vermelhas)
  •  A reprodução assexuada se dá, principalmente, através de esporos. Outra forma de reprodução assexuada ocorre com pedaços destacados da alga, que brotam originando novas algas. A reprodução sexuada é feita através dos gâmetas, que são trocados pelas algas.
  • Os critérios de classificação das algas referem-se : Á natureza dos pigmentos fotossintéticos; Ao tipo de substâncias de reservas; À composição química da parede celular.
  •  Possuem como pigmento fotossintético clorofila a e b e carotenóides; Apresenta várias formas, unicelulares como as Chlamydomonas, coloniais como Volvox ou multicelulares como Espirogira; Reproduzem sexuadamente com anisogamia e isogamia e assexuadamente por fragmentação e zoósporos; Apresenta alternância de geração (R. sexuada);
  •  A maioria vive na água doce, mas alguns são marinhos, podendo também viver em ambiente húmido como o tronco das árvores ou no solo; São consideradas ancestrais das plantas , por apresentarem amido como substâncias de reservas, clorofilas a e b e carotenóides e a maioria apresenta celulose nas paredes celulares; Exemplo, as algas marinhas do género Ulva, que possuem representantes comestíveis e chamados de alface-do-mar.
  •  Possuem clorofilas a e c e carotenóides (fucoxantina) - como pigmento fotossintéticos; São todas multicelulares; A cor castanha é dada pela presença de fucoxantina; A maioria são marinhas, podendo encontrar – se presa às rochas ou flutuando à superfície dos mares; Reproduzem assexuadamente por fragmentação e zoósporos e sexuada com alternância de geração; Algumas espécies podem medir mais de 50 metros de comprimento; Exemplo: Bodelha, Sargassum.
  •  Possuem como pigmento fotossintético clorofila a e d e carotenóides e ficobilinas (ficocianina e ficoeritrina); São multicelulares filamentosas e raramente unicelulares; A cor vermelha é dada devida à presença da ficoeritrina, este pigmento permite-lhe viver em profundidades onde não é encontrado nenhum outro organismo fotossintético;
  •  As ficobilinas retêm as radiações azuis que são radiações que penetram mais profundamente na água; Reproduzem sexuada com alternância de geração e assexuadamente geralmente por esporolação e raramenye fragmentação ; A maioria é marinha, podendo viver na água doce ou no solo;
  • Divisão Pigmento Natureza Parede Habitat fotossintético das celular substâncias de reservasChlorophyta clorofila a e Amido Celulose A maioria b vive na água carotenóides doce, mas alguns são marinhos clorofila a e c Laminarina Matriz de QuasePhaeophyta carotenóides e manitol celulose e todas , incluindo a Algina marinhas fucoxantina clorofila a e d Amido Celulose e A maioriaRhodophyta carotenóides florideo materiais vive no mar, ficobilinas semelhante pépticos mas alguns (ficocianina e ao glicogénio são de água ficoeritrina) doce
  • Além dessas divisões podemos ter mais dois: Cyanophyta; Euglenophyta.
  •  1 - Graças à sua elevada capacidade fotossintética desempenham uma função importante no meio marinho:Porque são a maior fonte de oxigénio do planeta;Porque constituem a maior fonte de alimento de pequenos animais que vivem no seu ambiente; 2 - As Rodófitas são utilizadas para a extracção do ágar-ágar que é utilizado como meio de cultura para o crescimento de células e é a base de cosméticos também é usado para fazer cápsulas gelatinosas, sendo também utilizado em material dentário. Entre as algas vermelhas, existem formas comestíveis, como as algas do género Porphyra.
  •  3 – As castanhas constituem a base da alimentação de muitos animais marinhos e também são procurados para a extracção da algina, substância usada na indústria de doces e gelados. 4 – As clorófitas, o género Chlorella é utilizada na alimentação dos humanos e dos animais, pois contêm muitas vitaminas, excepto a vitamina C. Algumas são utilizadas como uma potencial fonte de oxigénio para os submarinos atómicos.
  •  As algas podem se reproduzir de forma sexuada ou assexuada. A reprodução assexuada se dá, principalmente, através de esporos móveis designados de zoósporos. Outra forma de reprodução assexuada ocorre com pedaços destacados da alga, que brotam originando novas algas. A reprodução sexuada é feita através dos gâmetas, que são trocados pelas algas. Apresenta dois fenómenos complementares: a fecundação e a meiose, sendo a haploidia consequência da meiose e a diploidia consequência da fecundação.
  •  São constituidas por estruturas cenocíticas; Vivem em lugares húmidos, em terrenos enlameados; Alguns são heterotróficos por absorção, tal como os fungos e outros mixomicetos como os amibóides são heterotróficos por ingestão, tal como os animais. Por este motivo podem ser microconsumidores e macroconsumidores;
  •  Reproduzem-se assexuadamente por esporulação; São constituidos por uma massa citoplasmática chamada plasmódio que apresenta uma estrutura multinucleadas constituidas por milhares ou milhões de núcleos.
  •  Ao longo desse trabalho vimos que o Reino Protista é um reino com uma vasta diversidade, podendo dividir-se em: Algas, Protozoários e Mixomicetos, podendo ser no geral autotróficos ou heterotróficos, e podendo fazer a reprodução tanto de forma sexuada como de forma assexuada , tendo alguns respiração anaeróbica e outros aeróbicos. Tivemos a oportunidade de produzir o nosso conhecimento e foi uma boa experiência proporcionada pela nossa professora de Biologia.
  • http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Rein os/bioprotista.php;http://pt.wikipedia.org/wiki/Protista;http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/rei no-protista/reino-protista-1.php;http://www.todabiologia.com/botanica/reino_ protista.htm;http://www.slideshare.net/profatatiana/reino- protista;