ESTADIO SUSTENTÁVEL: PROJETO MINAS SOLAR NO MINEIRÃO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

ESTADIO SUSTENTÁVEL: PROJETO MINAS SOLAR NO MINEIRÃO

on

  • 1,927 views

TRABALHO DE CIÊNCIA DO MEIO AMBIENTE (VERSÃO PRELIMINAR)

TRABALHO DE CIÊNCIA DO MEIO AMBIENTE (VERSÃO PRELIMINAR)

Statistics

Views

Total Views
1,927
Views on SlideShare
1,926
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

1 Embed 1

http://www.facebook.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

ESTADIO SUSTENTÁVEL: PROJETO MINAS SOLAR NO MINEIRÃO ESTADIO SUSTENTÁVEL: PROJETO MINAS SOLAR NO MINEIRÃO Presentation Transcript

  • PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS ENGENHARIA CIVIL 2° PERÍODO 1° TURNOESTÁDIO SUSTENTÁVEL: PROJETO MINAS SOLAR, GERAÇÃO DE ENERGIA LIMPA NO MINEIRÃO. Belo Horizonte 2012
  • COMPONENTES• Bruno Márcio Rezende Andrade; • Diogo Ferreira Chaves; •Fabio Norberto Oliveira; • Gleice Seixas dos Santos; • Harlison Felicíssimo Alves
  • OBJETIVO• Abordar alguns parâmetros para uma construção sustentável de maneira geral;• Demonstrar uma das aplicações de um dos parâmetros em uma construção sustentável, a produção de energia limpa no Mineirão;
  • INTRODUÇÃO• De acordo com o manual de obras públicas sustentáveis, para que uma obra seja considerada sustentável, ela deverá seguir quatro princípios básicos:• Ser ecologicamente correto, ser economicamente viável, ser socialmente justo e ser culturalmente aceito.
  • IMAPCTOS• Mais de 40% da energia é consumida pela construção civil;• O consumo de agregados no Brasil é 1,77 toneladas/ habitante ao ano;• Os resíduos gerados estão estimados em 150 kg/m² construído ( de 41% a 70% de resíduos sólidos)• Uma boa arquitetura e a economia de energia em prédios, causariam mais efeitos do que as restrições de gases estabelecidas pelo protocolo de Kioto. (UNEP, 2007)
  • FASESProjeto:•Deverá ser feita uma analise criteriosa da obra, comoespaço, solo consumo de energia e uso de materiais.Aplicação do projeto:•São observados pontos como o transporte e descarga,consumo de água e energia, a utilização de materiaisrecicláveis, o uso de eco produtos entre outros.Uso:•Deverá ser fornecida um conforto ao usuário.
  • FASESManutenção:•A edificação deverá ser planejada para possíveismanutenções e reestruturações, caso seja necessário.Demolição;•Deverá ser reaproveitado ou reciclado o que forpossível, promovendo um desmonte conscienteprecavendo-se da emissão de CFC e gasesinflamáveis.
  • ALGUNS ESTÁDIOS SOLARES “Weserstadium” Bremem, Alemanha Antes DEPOISAprox. 400 kWp – no concreto e 250 KWp embutido
  • ALGUNS ESTÁDIOS SOLARES Estádio Solar de TaiwanProjeto Catar, 20228.844 painéis –geração de 1,14 GWh/ano -podealimentar 80% da vizinhança -Custo :US$ 15 milhões -Feito para o WorldGames 2009
  • ALGUNS ESTÁDIOS SOLARES BadenovaStadium-Freiburg O primeiro estádio solar do mundo (1995) PV: 290 kWpe mais um sistema de aquecimento de água
  • O USO SUSTENTÁVEL DA ENERGIA• O uso sustentável da energia é o parâmetro que alicerça esse trabalho: “O uso da energia solar tanto para aquecimento como para geração de energia são soluções sustentáveis, muito viáveis em função das nossas condições climáticas, que precisam ser mais difundidas. Na região Sul onde se têm longos períodos de baixa temperatura, o ideal é que se implantem sistemas combinados – painéis de aquecimento solar com aquecedores de apoio (a gás ou elétricos) que são acionados quando a temperatura mínima requerida não é atingida pelo sistema de aquecimento solar”. (Princípios e Parâmetros para a Construção Sustentável).
  • PROJETO “MINAS SOLAR 2014”.• Requerimentos de Projeto.• Radiação solar disponível em bases confiáveis• Área disponibilizada de acordo com esboço arquitetônico• Volume e condições de financiamento• Carga estrutural máxima admitida (kg/m²)• Condições atmosféricas (umidade, temperatura)• Fazer um esboço arquitetônico com o layout proposto e procurar a aprovação do Patrimônio Histórico• Nível de retorno financeiro exigido pelo empreendedor• Elaborar cronograma e investir na formação de equipe para acompanhar o projeto.
  • PROJETO “MINAS SOLAR 2014”.• “MINEIRÃO SOLAR” A IDEIA.• A Cemig dentro de seu objetivo de manter a reputação de empresa ambientalmente sustentável, integrante do índice Dow Jones de Sustentabilidade, deu partida a ideia de um projeto de estádios solares para a Copa do Mundo de 2014, aproveitando o exemplo da Eurocopa2008, em cujos estádios teve o aproveitamento energético solar.• Um grande impulso dado foi o documento elaborado pelo Instituto Ideal e UFSC :“Estádios Solares -Opção Sustentável para a Copa 2014 no Brasil”.• A ideia da Cemig é a montagem de uma usina fotovoltaica, aproveitando a cobertura do estádio Mineirão, para gerar, entregar e comercializar a energia elétrica via rede de distribuição da empresa. Uma parte dessa energia poderá ser reservada ao estádio.
  • PROJETO “MINAS SOLAR 2014”.• Passos dados.• Para permitir uma decisão de investimento, foi encomendado um estudo de Viabilidade Técnico-Econômico (UFSC/Inst. Ideal) que analisou o custo da energia para algumas tecnologias a serem aplicadas, o aproveitamento de crédito de carbono e elaborou um projeto básico. Esse estudo é a base do nosso start up.• •Foi aberta uma linha de crédito junto ao KfW, já aprovado pelo governo brasileiro dentro do Acordo Brasil-Alemanha, para o financiamento do empreendimento, bem como no projeto de eficiência energética do estádio, no montante de 10 milhões de euros, em condições especiais.
  • PROJETO “MINAS SOLAR 2014”.• Assinado com a GTZ Brasil, um memorando de entendimentos, visando aprofundar a cooperação técnica e científica, com vistas ao treinamento dos nossos técnicos em eficientização energética e fontes renováveis, focando no momento a Copa 2014.• Feito contatos com a Aneel para avaliação de liberação de Tusde concessão de outros benefícios por se tratar de energia de pouco montante e com finalidade ambiental, além de ser específica para a Copa do Mundo 2014.
  • REFERÊNCIAS• CASAGRANDE JR.,Eloy F. Princípios e Parâmetros para a Construção Sustentável. 2008.• Disponível em: < http://aplicweb.feevale.br/site/files/documentos/pdf/23234.pdf >. Acesso em 15 de mar. 2012.• HENRIQUE LISBOA, Alexandre. Estádios Solares: Minas Solar 2014. Inova, março de 2011. Disponível em: < http://www.nipeunicamp.org.br/inovafv/admin/resources/uploads/alexand reheringerlisboa.pdf>. Acesso em 15 de mar. 2012.• SISTEMA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE. Manual de Obras Públicas Sustentáveis. SEMAD-SIL-SURL, Belo Horizonte, 2008. Disponível em: < http://webdav.sistemas.pucminas.br:8080/webdav/sistemas/sga/20121/4 86516_manual%20de%20obras%20p%C3%BAblicas%20sustent %C3%A1veis%20SEMAD.pdf >. Acesso em 15 de mar. 2012.• .
  • • Perguntas?