Nº 1.906 (Ano B/Roxo) - 5º Domingo da Quaresma - 25 de março de 2012           CF-2012: "QUE A SAÚDE SE DIFUNDA SOBRE A TE...
fragilidade humana da qual todos nós parti-     08. PARTILHANDO A PALAVRAcipamos. Neste caso, é necessário: VER -        J...
ressurreição e de sua atuação durante a vida     L.2 Senhor Jesus, sabedoria que não temterrena. Vemos então a comunidade ...
que já conseguiu realizar e o que tem como ob-         14. ABRAÇO DA PAZjetivo).Canto: Todo povo sofredor... nº 499.      ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

25 03 12

105

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
105
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "25 03 12"

  1. 1. Nº 1.906 (Ano B/Roxo) - 5º Domingo da Quaresma - 25 de março de 2012 CF-2012: "QUE A SAÚDE SE DIFUNDA SOBRE A TERRA" "VER E SEGUIR JESUS" Quaresma refletimos, rezamos e criamos ações que favorecem nossa saúde física, emocional e espiritual. Refrão: Eu vim para que todos tenham vida. Que todos tenham vida plena- mente. (2x) C.1 Nesta Liturgia, rezemos para que nos- sos governantes e a população busquem, cada vez mais, políticas públicas que favo- reçam qualidade de vida saudável para to- dos. Cantemos: 02. CANTO Acolhe ó Deus, o nosso canto... (CF -12) 03. SAUDAÇÃO E ACOLHIDA D. Reunidos como família, estamos con-Sugestão: colocar na entrada da igreja uma pla- gregados para o encontro com o Senhor.ca (banner ou mural): "Queremos ver Jesus". Ao Saudemos a Trindade Santa: Em nome dolongo do corredor outras duas ou três: "Jesus é oCaminho". Próxima à mesa da Palavra: "Jesus é Pai...a Verdade". Próximo ao Altar: "Jesus é a Vida". D. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo,Enquanto o povo vai chegando, acender a vela, o amor do Pai e a comunhão do Espíritocantando: "Queremos ver Jesus..." nº 36. Santo esteja sempre convosco.- Dia de entregar os envelopes da Coleta da So-lidariedade. Todos: Bendito seja Deus...01. MOTIVAÇÃO 04. DEUS NOS PERDOAC.1 Irmãos e irmãs sejam todos bem vindos D. A Campanha da Fraternidade deste anoà Festa da Vida! Em torno da Palavra en- traz a parábola do "Bom Samaritano" comocontramos o projeto de vida em abundância o modelo do cuidado. Todo ser humano éque Deus quer para todos. Ao longo desta convidado a cuidar do outro diante da
  2. 2. fragilidade humana da qual todos nós parti- 08. PARTILHANDO A PALAVRAcipamos. Neste caso, é necessário: VER - Jesus é caminho que nos conduz ao Pai. ACOMPADECER-SE - APROXIMAR-SE - Quaresma é um momento propício de reto-CURAR - DISPONIBILIZAR OS RE- mar nosso seguimento. O ato de querer verCURSOS - HOSPEDAR - CUIDAR Qual Jesus é unido ao ato de querer segui-Lo edestas atitudes ainda nos falta para nos con- conhecê-Lo. Em cada Domingo deste perío- do fomos convocados a reforçar nosso se-verter de fato? (silêncio). guimento:Cantemos: Do amor eu fugi... nº198 1º Domingo: encontramos o Senhor que es- tabelece uma aliança duradoura conosco; o06. ORAÇÃO Batismo de Jesus e o nosso Batismo em Cris-D. Ouvi, ó Deus de misericórdia, o gri- to é agora a nova Aliança estabelecida porto do Vosso Filho que se fez obediente Deus. Fortalecido pela graça batismal, o cris-até à morte de cruz. Dai-nos a tão tem forças para superar as tentações dofecundidade da semente que morre, a mundo presente.fim de sermos acolhidos no Reino dos 2º Domingo: percebemos que quem desejaCéus. Por Cristo nosso Senhor. Amém. estar com o Senhor deve manter-se fiel a Ele. Abraão e Paulo nos dão o exemplo de07. DEUS NOS FALA fé e fidelidade. Este ato humano pode nosC.1 Deus convoca a assembleia e a ela di- levar a contemplar o Filho muito amado do Pai.rige sua Palavra que nos interpela no hoje 3º Domingo: seguimos o itinerárioda história. quaresmal colocando o Deus vivo e verda- deiro como centro de nossa vida; essa é aPRIMEIRA LEITURA: Jr 31, 31-34 perspectiva das leituras daquele Domingo: quem adorar a Deus em espírito e verdadeL.1 Leitura do Livro do Profeta deve fazê-lo em Cristo, o que exige a fé e oJeremias. cumprimento da lei do amor. 4º Domingo: como o povo do Antigo Testa-SALMO RESPONSORIAL – 50(51) mento, muitos ainda procuram as "trevas" eRefrão: Criai em mim um coração que não a "luz". O cristão é homem e mulher queseja puro. deseja conhecer o caminho proposto por Cris- to; um caminho iluminado e iluminador. UmSEGUNDA LEITURA: Hb 5, 7-9 caminho de graça que é dom de Deus. Neste 5º Domingo da Quaresma o desejo de ver Jesus, expresso com tanta esperançaL.2 Leitura da Carta aos Hebreus. pelo grupo dos gregos no evangelho, traduz uma aspiração que percorre os séculos. OEVANGELHO: Jo 12, 20-33 jeito de Jesus viver e propor o Reino de Deus perpassa todo o horizonte histórico e atrai aACLAMAÇÃO DO EVANGELHO atenção e o respeito dos que creem e dosLouvor a vós, ó Cristo Rei... n° 369 (5° que ainda não tem fé.Dom. Quaresma) Cristo é o verdadeiro Deus; Cristo é plena e totalmente verdadeiro homem; Cristo éEvangelho de Jesus Cristo segundo São indissoluvelmente Deus-homem, pois é im-João. possível separar a sua divindade de sua
  3. 3. ressurreição e de sua atuação durante a vida L.2 Senhor Jesus, sabedoria que não temterrena. Vemos então a comunidade eclesial fim, inspirai em seus trabalhos os profissio-em uma posição privilegiada na qual pode nais da saúde a fim de que não desanimemcontemplar a glorificação de Jesus. Ele mos- de auxiliar e motivar os enfermos, cante-tra qual o seu caminho para a glória dos que mos.desejam vê-lo: o caminho da cruz, o caminho L.1 Senhor Jesus, fonte de vida, fazei ger-da obediência a Deus, o caminho da semen- minar em nós, especialmente noste lançada à terra, que não fica só, mas, mor- catecúmenos de nossa Diocese o crescen-rendo, produz muito fruto. Não tem outro te amor pelo evangelho, cantemos.momento, a hora é agora. Este é o momentode glorificar o Pai através de sua vida. Jesus L.2 Senhor Jesus, converte o coração dosse lança totalmente no plano do Pai e realiza representantes políticos a fim de que utili-plenamente sua vontade quando passa pela zem sabiamente os impostos em favor depaixão-morte e ressurreição. uma saúde de qualidade para todos, cante-Quem quiser ver Cristo e estar com Ele onde mos.Ele está, isto é, no Pai, terá que acompanhá- (Concluir com a oração da CF)lo em sua hora. Aceitar ser semente lançadaà terra, aprender a obediência com pedidos 11. CAMPANHA DA SOLIDARIEDA-e súplicas. Este será fiel à nova aliança em DECristo anunciada por Jeremias. Deixará que D. Deus paciente e misericordioso renovaDeus coloque a sua lei em seu coração e a nos séculos a sua Aliança com todas as ge-imprima em sua mente. Deixará que Deus rações e dispõe nossos corações para aseja o seu Deus para assim pertencer a seu solidariedade geradora de paz; que Ele nospovo. ensine a escutar sua Palavra, para que, nesteObs.: O mensageiro ainda pode ligar ou tempo propício que nos oferece, cumpra-acrescentar algo sobre a CF 2012. se em nós a verdadeira conversão. Aclamemos no Domingo de Ramos e da09. PROFISSÃO DE FÉ Paixão do Senhor, a Jesus Cristo, Deus fei-D. (distribuir sementes para todos en- to homem e que deu a Vida para nos salvar.quanto canta: Põe a semente na terra... Sejamos generosos partilhando nossos bensnº 1230). A fé é uma semente que merece que contribuirão para os fundos de solida-cuidado e atenção. Pode facilmente ser riedade diocesano e nacional.sufocada por muitos espinhos. Confiantes Cantando: Erguer as mãos com alegria,de que Deus caminha conosco, professe- mas repartir também o pão de cada dia!mos a nossa fé: Creio em Deus Pai... (2x)10. PRECES DA COMUNIDADE 12. APRESENTAÇÃO DOS DONSD. Irmãos e irmãs, falemos a Deus com o C.1 Estamos quase encerrando o períodocoração aberto e cheio de confiança. A cada Quaresmal. Muitos de nós fizemos promes-oração cantemos: Ouve-nos amado Se- sas de mudanças e/ou conversão no que diznhor Jesus. respeito à ajuda a alguém. O que consegui-L.1 Senhor Jesus, caminho de justiça, aju- mos realizar em favor da vida humana e dada-nos a acabar com as injustiças que pe- saúde pública? O que podemos fazer? (Asam sobre o vosso povo, cantemos. comunidade fala ou apresenta em símbolos o
  4. 4. que já conseguiu realizar e o que tem como ob- 14. ABRAÇO DA PAZjetivo).Canto: Todo povo sofredor... nº 499. 15. ORAÇÃO D. Concedei, ó Deus todo-poderoso, que13. LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS sejamos sempre contados entre os mem-L.1 Irmãos e irmãs: nesta caminhada bros de Cristo e, convertidos, nos colo-quaresmal o Pai nos convida à oração e à quemos sempre mais a serviço das en-caridade. Ele nos oferece seu próprio Fi- fermidades do povo. Vós que viveis elho como fonte e como rocha viva. Ilumi- reinais com Cristo nosso Senhor. Amém!nados pelo Espírito, louvemos sua miseri-córdia. Ele nos dá a oportunidade de par- 16. AVISOSticipar do mistério de Jesus, que pela cruz D. Domingo que vem é o dia da Coleta dachegou à Ressurreição. Solidariedade. Hoje vamos receber os en-Refrão: Bendita e louvada seja no céu ve lo p e s.a divina luz... - Avisar ao povo o local e o horário do iní-L.2 É um prazer para nós Vos louvar e Vos cio da celebração do Domingo de Ramos.adorar, Deus de bondade. Somos condu-zidos por Vós através da noite e do deser- 17. BÊNÇÃO E DESPEDIDAto, como conduzistes Moisés e o Povo de D. O Deus da vida, que por amor nos deuIsrael rumo à Terra Prometida. seu Filho, nos encha de esperança e nos dêRefrão: Também sou teu povo... a sua paz, agora e sempre. Amém.L.1 Nós Vos bendizemos por causa de Je- D. Abençoe-nos o Pai, o Filho e o Espí-sus, Vosso Filho amado. Ele veio a nós, rito Santo. Amém!revestido de nossa fragilidade, e nos reve- D. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.lou o Vosso amor. Aqui fazemos memória Todos: Para sempre seja louvado.de sua vida, morte e ressurreição, até queEle venha. 18. CANTORefrão: Como Jesus, vou carregar... A necessidade era tanta... nº 786L.2 Olha para o vosso povo nesta cami-nhada quaresmal. Foste Vós que noschamastes. Conhecias a nossa fraqueza, eassim mesmo nos escolhestes. Agora, pelahonra do Vosso Nome, mostra que a sua Leituras para a Semanagraça nos converte e transforma. Faze de 2ª Is 7, 10-14; 8,10 / Sl 39(40) / Hb 10, 4-10 / Lc 1, 26-38nós pessoas novas, capazes de ouvir a sua 3ª Mn 21, 4-9 / Sl 101(102) / Jo 8, 21-30voz e com um coração livre para amar. 4ª Dn 3, 14-20.24.49a.92.95 / Cânt.: Dn 3, 52-56 Jo 8, 31-42D. Toda nossa louvação chegue a vós em 5ª Gn 17, 3-9 / Sl 104(105) / Jo 8, 51-59nome de Jesus, por quem oramos com as 6ª Jr 20, 10-13 / Sl 17(18) / Jo 10, 31-42palavras que Ele nos ensinou: Pai-Nosso... Sáb.: Ez 37, 21-28 / Cânt.: Jr 31, 10-13 / Jo 11, 45-56 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

×