Your SlideShare is downloading. ×
22 01 12
22 01 12
22 01 12
22 01 12
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

22 01 12

154

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
154
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. N° 1.896 (Ano B/ Verde) 3º Domingo Tempo Comum 22 de janeiro de 2012 "ESTÁ PRÓXIMO O REINO DE DEUS" Cristo e à sua missão. Com o desejo de assumir e viver nossa vo- cação, iniciemos esta celebração cantando: 02. CANTO Um novo olhar sobre a cidade... n° 100. 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Alegrando-nos com a presença de Je- sus em nossa história, revelando o amor de Deus pela humanidade , saudemos a Santíssima Trindade, cantando: Em nome do Pai... D. O Deus da esperança, que nos enche de toda alegria e paz em nossa fé, pela(A equipe prepara barco e rede para entrar com ação do Espírito Santo, esteja convosco.o lecionário. O momento da paz deverá ser tra- Todos: Bendito seja Deus...balhado). 04. DEUS NOS PERDOA01. MOTIVAÇÃO D. Deus é misericordioso. Mas podemosC.1 Irmãos e irmãs, sejam bem-vindos! ser como o profeta Jonas que tentou fugir(apresentar as intenções). de sua responsabilidade, indo para longeC.1 Desejosos de experimentar o amor e a de Deus. Peçamos perdão.misericórdia de Deus através da Santa Pa- Canto: Em cada caminho... nº 199lavra, aqui nos reunimos convocados peloEterno. A Páscoa do Senhor continua se 05. HINO DE LOUVORmanifestando em cada irmã e irmão que dei- C.2 Louvemos e agradeçamos a Deus Paixa tudo para ouvir e seguir o Mestre. que, através de seu Filho Jesus, inaugurouC.2 Para continuarmos servindo a Deus em seu Reino de paz e justiça para toda hu-comunidade é preciso que trilhemos um ca- manidade.minho de conversão constante e nos consa- Canto: Glória a Deus... é o canto dasgremos totalmente ao seguimento de Jesus criaturas... nº 245
  • 2. 06. ORAÇÃO da bondade de Deus. Deus ama todos osD. Deus eterno e todo poderoso, dirigi homens e mulheres, sem exceção e de for-a nossa vida segundo o vosso amor, ma incondicional. Deus ama até os maus epara que possamos, em nome do Vosso os opressores. Esta lógica exclui, natural-Filho, frutificar em boas obras. Por Nos- mente, a eliminação do pecador: Deus nãoso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na quer a morte de nenhum dos seus filhos; ounidade do Espírito Santo. Amém. que quer é que eles se convertam e percor- ram, com Ele, o caminho que conduz à vida07. DEUS NOS FALA plena, à felicidade sem fim. É este Deus,C.1 "O Reino de Deus já chegou"! Com que somos chamados a descobrir, a aceitarestas palavras, Jesus nos convida para se- e a amar.gui-lo e tornar-nos, com Ele, vida e espe- O "Livro de Jonas" foi escrito entre os anosrança para todos. Acolhamos a Palavra que 440 e 410 antes de Cristo. Não é uma co-nos salva. leção de profecias, nem um livro histórico.Canto: A Palavra de Deus já chegou... Mas é uma obra escrita para ensinar e edu-n° 260(Entram o barco, a rede com o lecionário den- car. Nessa época a política de Esdras etro e o cartaz: "O Reino de Deus já chegou"). Neemias favorecia o nacionalismo e o fe- chamento do povo de Deus aos outros po-PRIMEIRA LEITURA (Jn 3, 1-5.10 ) vos. Proclamava-se que Judá era o povo eleito de Deus. Um povo diferente de ou-L.1 Leitura da Profecia de Jonas. tros. Considerava-se que todos os outros povos eram inimigos de Deus, odiados porSALMO RESPONSORIAL- 24 (25) Ele.Refrão: Mostrai-me, ó Senhor, vossos No início da leitura, apareceu a expressão:caminhos, vossa verdade me oriente e "Vai à grande cidade". Como enfrentamosme conduza! a realidade desafiadora de nossas cidades? Ela afeta a organização de nossas famílias eSEGUNDA LEITURA (1Cor 7, 29-31) dos jovens? O evangelho de hoje divide-se em duasL.2 Leitura da Primeira Carta de São partes. Na primeira, Marcos apresenta umPaulo aos Coríntios. resumo da pregação inicial de Jesus (cf. Mc 1,14-15). Na segunda, o nosso evangelistaEVANGELHO (Mc 1, 14-20) apresenta os primeiros passos da comuni- dade dos discípulos - a comunidade doCANTO DE ACLAMAÇÃO Reino (cf. Mc 1,16-20). Jesus disse: "cum-Aleluia... Boa Nova.... n° 306 priu-se o tempo e está próximo o Reino de Deus. Arrependei-vos e acreditai noProclamação do Evangelho de Jesus Evangelho" (Mc 1, 15). Esta passagemCristo segundo Marcos. bíblica a gente medita no Terço Luminoso, 3° Misterio: Jesus anuncia o Reino de Deus,08. PARTILHANDO A PALAVRA com o convite à conversão.A catequese apresentada pelo "Livro de No versículo 15 aparece a palavra que deuJonas" convida-nos, antes de mais nada, a o nome à nossa rádio diocesana: kairósapreciar a profundidade da misericórdia e (que significa: chegou a hora determinada
  • 3. por Deus para o cumprimento das suas pro- e de ministérios, segundo a riqueza da gra-messas). O Kairós é diferente do chronos ça recebida no batismo.(donde vem a palavra cronômetro que usa- L.1 Que a Vossa Igreja, Povo de Deus,mos no português para significar o tempo Assembleia dos chamados, seja fiel à suamedido pelo relógio). A hora de Deus (o vocação.kairós) é especial. L.2 Animai os jovens vocacionados ePara seguir a Cristo há duas exigências: a vocacionadas.conversão e o acolhimento da Boa Nova. L.1 Dai aos cristãos leigos e leigas, cora-"Converter-se" é mudar a mentalidade e os gem, audácia e firmeza, para que, no coti-comportamentos e assumir uma nova atitu- diano da vida, construam a justiça, a soli-de, reformular os valores da nossa vida. Não dariedade e a paz.é possível que esse mundo novo de amor e L.2 Às irmãs e aos irmãos de vida consa-de paz se torne uma realidade, sem que o grada, dai coerência e transparência, parahomem renuncie ao egoísmo, ao orgulho, à serem, nesta terra, sinal do amor e da ter-auto-suficiência. "Acreditar" não é apenas nura da Trindade.aceitar um conjunto de verdades mas é, so- L.1 Olhai para os nossos diáconos, sejambretudo, aderir à pessoa de Jesus. Escutar eles imagens vivas do Cristo Servo.a sua proposta e acolhê-la no coração. L.2 Que os nossos padres e bispos, seguin-"Conversão" e "adesão ao projeto de Je- do o exemplo de Cristo, Bom Pastor, cui-sus" são duas faces de uma mesma moeda: dem, com carinho e amor, de todas as pes-a construção de um homem novo. soas a eles confiadas.No relato do chamado dos primeiros discí- L.1 Fazei, enfim, que todos os batizados,pulos, Marcos apresenta uma catequese so- sob o olhar carinhoso da Mãe Aparecida, abre vocação: 1) a iniciativa de chamar é vocacionada do Pai, com renovado ardorsempre de Jesus, e Ele chama homens nor- missionário, avancem, sem medo, pelos ca-mais; 2) o chamado é exigente e radical. minhos da justiça e da solidariedade, a ser-Ele não explica nada e nem dá garantias; 3) viço da vida e da esperança na busca doo chamado é para aderir à pessoa de Jesus Reino definitivo. Amém.e fazer uma experiência de vida com Ele. Todos: Cantando: Tua voz me fez refle-Não são aulas; 4) A resposta deve ser ime- tir, deixei tudo pra te seguir, nos teusdiata, total e incondicional. mares eu quero navegar (2x)09. PROFISSÃO DE FÉ 11. APRESENTAÇÃO DOS DONSD. Professemos a nossa fé, rezando: Creio C.2 Ofertamos nossa vida no altar do Se-em Deus Pai todo poderoso... nhor, nosso dízimo e ofertas, para poder- mos participar da vida de Jesus na constru-10. PRECES DA COMUNIDADE ção do Reino. Apresentemos também os 50D. Elevemos ao Pai nossas preces, rezan- anos de vida que Dom Zanoni completarádo a Oração Vocacional: amanhã. (Entrar com uma foto de Dom Zanoni)L.1 Ó Trindade Amada, Pai, Filho e Espíri- O anseio de lançar as redes.. n° 444to Santo, vós chamais os homens e as mu-lheres para serem santos e santas, no amor. 12. LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇASL.2 Fazei brotar em nossas comunidades D. Queridos Irmãos e Irmãs: agradecidos,aquela variedade de vocações, de serviços elevemos nossos louvores ao Pai. Com bra-
  • 4. ço forte Ele conduziu seu Povo, e hoje con- 13. PAI NOSSOtinua a acompanhar a Igreja peregrina neste D. Guiados pelo Espírito Santo e ilumina-mundo, com a luz do seu Espírito. dos pela sabedoria do Evangelho, ousamosTodos cantam: Por nós fez maravilhas, dizer: Pai nosso...louvemos o Senhor! (2x)D. Nós vos damos graças, ó Pai, por toda 14. ABRAÇO DA PAZa criação, e por tudo o que fizestes no meio D. Desejosos que o mundo possa ser habi-de nós. Tudo fizestes por meio de Jesus tado pela paz, rezemos de mãos dadas aCristo, vosso Filho e nosso Irmão, que nos oração pela paz: Senhor Jesus Cristo quedeste como imagem viva do vosso amor e dissestes aos vossos apóstolos ...da vossa bondade. Quando o dia da paz renascer... nº 1.238Todos cantam: Por nós fez...D. Enviai sobre nós, aqui reunidos, o Vos- 15. ORAÇÃOso Espírito, e dais a esta terra, que nos sus- D. Concedei-nos, Deus todo-poderoso,tenta, uma nova face. Que haja paz em que, tendo recebido a graça de uma novanossas famílias, e cresça em nossa comu- vida, sempre nos gloriemos dos vossosnidade a alegria de sermos Vossos filhos, dons. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!em Cristo Jesus.Todos cantam: Por nós fez... 16. AVISOSD. Pela palavra do Evangelho, faze que as 17. BÊNÇÃO E DESPEDIDAIgrejas do mundo inteiro caminhem na uni- D. O Senhor esteja convosco.dade, e sejam sinais da presença do Cris- T. Ele está no meio de nós.to Ressuscitado. Torna esta nossa comu- D. Desça sobre nós a bênção de Deus Pai enidade um sinal cada vez mais bonito da Filho e Espírito Santo. Amém!vossa bondade. D. Vamos em paz e que o Senhor vos acom-Todos cantam: Por nós fez... panhe. T. Graças a Deus!D. Lembrai-vos, ó Pai, dos nossos irmãose irmãs que morreram na paz do Cristo: 18. CANTOrecompensai-os pelo bem que eles fizeram, Quando Jesus passar... 1.137e pelo testemunho que deram do Vossoamor. A todos acolhei na luz da vossa infi-nita misericórdia.Todos cantam: Por nós fez...D. Ó Deus, criador do céu e da terra, osnossos louvores e nossas preces cheguem Leituras para a Semanaa vós pelas mãos daquele que é nosso úni- 2ª 2Sm 5, 1-7.10 / Sl 88(89) / Mc 3, 22-30co Mediador, Jesus Cristo, nosso Senhor. 3ª 2Sm 6, 12b-15.17-19 / Sl 23(24) / Mc 3, 31-35 4ªAt 22, 3-16 ou At 9, 1-22 / Sl 116(117) / Mc 16, 15-18Amém. 5ª 2Tm 1, 1-8 ou Tt 1, 1-5 / Sl 95(96) / Lc 10, 1-9Todos cantam: Por nós fez maravilhas, 6ª 2Sm 11, 1-4a. 5-10a. 13-17 / Sl 50(51) / mC 4, 26-34louvemos o Senhor! (2x) Sáb.: 2Sm 12, 1-7a.10-17 / Sl 50 (51) / Mc 4, 35-41 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

×