Your SlideShare is downloading. ×
Nº 1.900 (Ano B - Verde) - 7º Domingo do Tempo Comum - 19 de fevereiro de 2012            LIVRES, EM PAZ COM A VIDA E COM ...
D. Senhor, que abristes estradas no deser-      ta-te, vem companheiro (a) à vida brin-to e fizestes correr rios na terra ...
povo, transparece no texto um Deus com-         Também nós somos chamados a fazer opassivo, capaz de ir ao encontro do pec...
11. APRESENTAÇÃO DOS DONS                              zas. É dia de jejum e abstinência, não es-D. Apresentemos ao Senhor...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

19 02 12

99

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
99
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "19 02 12"

  1. 1. Nº 1.900 (Ano B - Verde) - 7º Domingo do Tempo Comum - 19 de fevereiro de 2012 LIVRES, EM PAZ COM A VIDA E COM DEUS! doar, que o leva também a enfrentar con- flitos com seus opositores. C.2 Rezemos nesta celebração, para que o Espírito do Senhor nos livre do como- dismo que nos mantém paralisados e nos faça caminhar ao encontro de tantos que precisam se erguer como gente e como fi- lhos e filhas de Deus. 02. CANTO Vimos o Senhor... nº 107 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Reunidos ao redor da mesa da Pala- vra, saudemos a família divina: em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. D. A graça e a compaixão de nosso Se- nhor Jesus Cristo, o amor infinito do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejamSugestão: O Lecionário poderia ser levado, an- convosco.tes da Primeira Leitura, por um (a) cadeiranteda comunidade ou alguém que tenha alguma de- Todos: Bendito seja Deus que nos reu-ficiência semelhante. Se for possível, esta pessoa niu no amor de Cristo.faça uma das leituras deste Domingo. 04. DEUS NOS PERDOA01. MOTIVAÇÃO D. Em silêncio, recordemos a semana queC.1 Na experiência do paralítico recorda- passou, pedindo perdão a Deus pelos pe-mos, neste Domingo, mais um sinal liberta- cados cometidos e pelo bem que deixa-dor de Jesus: sua autoridade divina de per- mos de realizar (instantes de silêncio).
  2. 2. D. Senhor, que abristes estradas no deser- ta-te, vem companheiro (a) à vida brin-to e fizestes correr rios na terra seca, dar!transformai o nosso coração e tende pie-dade de nós. (Só fazer o comentário abaixo se o lecionárioTodos: Senhor, tende piedade de nós. não for trazido por um cadeirante e já estiver na mesa da Palavra.)D. Cristo, que recebestes do Pai o poderde perdoar os pecados, purificai o nosso C.1 Este Domingo da cura do paralíticocoração e tende piedade de nós. revela o amor e a misericórdia infinitos deTodos: Cristo, tende piedade de nós. Deus. Olhemos atentos para a mesa daD. Senhor, que enviastes Jesus para nos Palavra e escutemos com atenção o que oensinar a dizer "sim" ao seu projeto de amor, Pai vai nos falar hoje.ajudai-nos a ser fiéis a essa vocação e ten-de piedade de nós. PRIMEIRA LEITURA:Todos: Senhor, tende piedade de nós. Is 43, 18-19.21-22.24b-25D. Deus de compaixão, que cancela nos- L.1 Leitura do Livro do Profeta Isaías.sas culpas, tende compaixão de nós,perdoai os nossos pecados e nos conduzais SALMO RESPONSORIAL: 40 (41)à vida eterna. Amém. Refrão: Curai-me, Senhor, pois pequei contra vós!05. HINO DE LOUVORD. Louvemos ao Senhor que sempre reno- SEGUNDA LEITURA: 2Cor 1, 18-22va toda a criação. Louvemos pelos 54 anosanos de criação de nossa diocese de São L.2 Leitura da Segunda Carta de SãoMateus (16/02). E por todas as maravilhas Paulo aos Coríntios.realizadas por Ele nessa caminhada deste"povo santo de Deus", cantando: EVANGELHO: Mc 2,1-1206. ORAÇÃO CANTO DE ACLAMAÇÃOD. Ó Deus, Pai e Mãe de ternura e com- Aleluia, Aleluia, Aleluia.paixão, dai-nos a graça de sempre co- Solo: Foi o Senhor quem me mandounhecer o que é agradável aos Vossos Boas Notícias anunciar; ao pobre a quemolhos e realizar a vossa vontade em nos- está no cativeiro, libertação eu vou pro-sas palavras e ações. Por Cristo, nosso clamar.Senhor. Amém. Proclamação do Evangelho de Jesus07. DEUS NOS FALA Cristo segundo Marcos.(Enquanto o (a) cadeirante entra, cantar oucolocar o CD do refrão da CF 2006, sem ne- 08. PARTILHANDO A PALAVRAnhum comentário) A Palavra de Deus, dirigida a nós nesteRefrão CF 2006: Levanta-te, chega pra Domingo, nos coloca em relação com ocá e vem para o meio! Levanta-te, une amor infinito de Deus. Apesar de o profetateu canto a nosso cantar! Levanta-te, Isaías falar sobre um certo "cansaço" dechega pra cá e vem para o meio! Levan- Deus diante da indiferença e do pecado do
  3. 3. povo, transparece no texto um Deus com- Também nós somos chamados a fazer opassivo, capaz de ir ao encontro do peca- bem e a ser instrumentos do milagre dodor. A queixa de Deus é feita, porque o povo amor. Podemos ser sinais de luz e de vida.O esqueceu. Deus cobra de seu povo fide- Que o Espírito nos guie e nos mantenha fir-lidade, porque ele é capaz de manter sua mes neste caminho.promessa até as últimas consequências. Elefaz coisas novas. É capaz de abrir estrada 09. PROFISSÃO DE FÉno deserto e fazer correr rios em terra seca. D. Paulo nos ensina na Segunda Leitura: "ÉO amor infinito de Deus se manifesta viva- Deus que nos confirma em nossa adesãomente na pessoa de Jesus, o "sim" do Pai. a Cristo, como também é Deus que nosNele, de fato, se cumprem as promessas ungiu e nos deu como sinal o Espíritode Deus. No Evangelho, Jesus cura o pa- derramado em nossos corações". Profes-ralítico. O Deus de Jesus é um Deus que semos nossa fé trinitária, rezando. Creio...não castiga, mas que acolhe a pessoa. Je-sus perdoa os pecados em nome de Deus. 10. PRECES DA COMUNIDADEAtravés do perdão, Jesus resgata a vida da D. O Senhor não guarda a lembrança depessoa. Ele perdoa, ele cura. nossas culpas e está sempre pronto paraAs promessas de Deus são de vida. O escutar nossas súplicas. Por isso, digamossalmista reza: O Senhor vai guardar o fraco com fé.e o pobre e salvar sua vida; vai torná-lo fe- Todos: Senhor, escutai a nossa prece.liz. Não o abandonará em seu leito de dor,e sim, vai guardá-lo são e salvo (cf. Sl 41). L.1 Pela Igreja, para que revele em seusJesus age com misericórdia mesmo saben- ministros e suas instituições a misericórdiado que suas atitudes vão causar conflitos de Jesus e o plano de salvação do Pai, re-com "líderes" legalistas. Cada vez mais va- zemos.mos percebendo quem verdadeiramente é L.2 Pelos sacerdotes e todos os cristãos,Jesus. Ele é aquele que de fato veio para para que valorizem o sacramento do per-que todos tenham vida, mesmo que isso dão e a ele recorram com fé e humildade,coloque em risco a sua própria vida. rezemos.Temos muito a aprender da Palavra de Deus L.1 Pela paróquia de Ecoporanga que nohoje. Os homens levaram o paralítico até próximo dia 25 celebrará seus 50 anos deJesus. Encontraram barreiras, mas acharam missão, rezemos.uma saída. O paralítico acreditou na pala- L.2 Pela nossa diocese que, na última quin-vra de Jesus e lhe obedeceu. Também ta-feira completou 54 anos de caminhada,aprendemos com o apóstolo Paulo, que, para que continue sendo uma Igreja viva emesmo diante de controvérsias, devemos comprometida com a realização do Reinopermanecer firmes na missão. Misericórdia. de Deus, rezemos.compaixão e bondade são atitudes que o (preces espontâneas)Senhor nos pede. Saibamos dar o nosso D. Senhor, de corações sinceros e confia-"sim" a Deus. dos na vossa misericórdia, vos suplicamos:Estamos diante das promessas e ações em atendei nossos pedidos feitos com fervorfavor da vida. Promessas de salvação eter- neste dia que vos é consagrado. Por Cris-na e também que já começam aqui e agora. to, nosso Senhor. Amém.
  4. 4. 11. APRESENTAÇÃO DOS DONS zas. É dia de jejum e abstinência, não es-D. Apresentemos ao Senhor o que foi fei- queçamos. Que horas vamos celebrar na co-to para facilitar a vida das pessoas com munidade?deficiência em nossa comunidade ou loca-lidade (se foi feito algo, dizer o quê). 16. BÊNÇÃO E DESPEDIDACanto: Dá-nos um coração... nº 414 D. Que o Deus de toda consolação dispo- nha na sua paz os vossos dias e vos conce-12. PAI NOSSO da as suas bênçãos.D. "Ousamos chamar-te de Pai", diz um Todos: Amém!canto antigo. Através das leituras de hoje D. Sempre vos liberte de todos os perigos epercebemos o quanto Deus nos ama, sem confirme os vossos corações em seu amor.colocar condições. A Ele agora nos dirigi- Todos: Amém!mos, conforme a súplica que seu próprio D. E assim, ricos em esperança, fé e carida-Filho nos ensinou: Pai nosso... de, possais viver praticando o bem e chegar felizes à vida eterna.13. ABRAÇO DA PAZ Todos: Amém!D. Falta paz no mundo porque dizemos D. Abençoai-vos Deus todo poderoso, Paimais "não" do que "sim" a Deus. Dizer e Filho e Espírito Santo."Amém" a Ele é nos colocarmos em atitu- Todos: Amém!de de paz e solidariedade. Saudemos uns D. Sede compassivos e misericordiosos. Ideaos outros em Cristo Jesus. em paz e que o Senhor vos acompanhe. Todos: Graças a Deus!14. ORAÇÃOD. Experimentamos, Senhor, vossa mi- 17. CANTOsericórdia em cada momento desta ce- O amor de Deus me escolheu... nº 750lebração. Que ela se estenda por todaesta semana que se inicia. Que possa-mos construir relações novas, basea-das no respeito à dignidade de cadapessoa. Por Cristo, nosso Senhor.Amém! Leituras para a Semana15. AVISOSD. Hoje encerramos a primeira parte do 2ª Tg 3, 13-18 / Sl18B (19B) / Mc 9, 14-29Tempo Comum do Ano "B", dedicado a 3ª Tg 4, 1-10 / Sl 54(55) / Mc 9, 30-37 4ª CINZAS - Folheto próprioSão Marcos. Na próxima Quarta-feira da- 5ª Dt 30, 15-20 / Sl 1 / Lc 9, 22-25remos início à Quaresma e à Campanha 6ª Is 58, 1-9a / Sl 50(51) / Mt 9, 14-15da Fraternidade com a celebração das Cin- Sáb.: Is 58, 9b-14 / Sl 85(86) / Lc 5, 27-32 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

×