15 01 12

314 views
250 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
314
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

15 01 12

  1. 1. Nº 1.895 (Ano B/Verde) 2° Domingo do Tempo Comum 15 de janeiro de 2012 O SEGUIMENTO DE JESUS CRISTO Vida. Cada encontro é mais uma oportu- nidade para acolhermos a missão de evangelizar, como fizeram os Apóstolos Pedro, André e os demais. 02. CANTO No meu coração... n° 427 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Como membros do Corpo de Cristo, somos convidados a louvar e agradecer por todas as maravilhas deste mundo. De maneira particular queremos agradecer pelo dom da vida. Saudemos com amor e carinho o Deus Uno e Trino. Em nome do(Entrar em procissão com a Cruz, velas, o Pai e do Filho e do Espírito Santo.Lecionário.) Amém! D. A graça que nos trouxe até aqui; a cer-01. MOTIVAÇÃO teza de que somos reconhecidos por Je-C1. Irmãos e irmãs, na celebração de hoje sus Cristo e a força do Espírito Santo queJesus nos interroga: "O que vocês estão pro- nos conduz para o trabalho no mundo, es-curando?" Como os dois discípulos de João tejam com todos nós.Batista, estamos procurando Jesus. Busca- Todos: Bendito seja Deus...mos nele um sentido para nossa vida pesso-al e comunitária. E queremos dizer ao Se- 04. DEUS NOS PERDOAnhor: "Fala, que teu Servo escuta"! D. Quando o ser humano escolhe cami-Ref: Tua voz me fez refletir, deixei tudo nhos que não coincidem com o Caminhopra te seguir, nos teus mares eu quero proposto que é Jesus, não consegue che-navegar. (bis). gar a lugar algum. A Igreja tem seu projetoC.2 A Igreja tem a missão de levar todos que é construído no caminho ensinado peloao encontro de Jesus: Caminho, Verdade e Cristo. Será que somos fiéis a este
  2. 2. ensinamento? Qual a nossa desculpa? SEGUNDA LEITURACanto: Deus Pai criador... n° 182 (1Cor 6, 13c-15a.17-20)D. Deus de amor e misericórdia, tende com-paixão do vosso povo, nos deis a graça do L.2 Leitura da Primeira Carta de Sãoperdão dos nossos pecados e nos Paulo aos Coríntios.conduzais pelo caminho da santidade à vidaeterna. Amém. EVANGELHO (Jo 1, 35-42)05. HINO DE LOUVOR CANTO DE ACLAMAÇÃOC1. Louvemos a Deus Pai por sua bonda- Aleluia... Ide pelo mundo... n° 205de; pelos primeiros discípulos e por todasas Igrejas reunidas em busca do Seu cami- Evangelho de nosso Senhor Jesus Cris-nho. Louvemos a Deus que nos chama e se to segundo João.deixa encontrar.Glória a Deus na imensidão... n° 237 08. PARTILHANDO A PALAVRA Como Samuel, também necessitamos de06. ORAÇÃO muitos chamados de Deus para identificarD. Deus eterno e todo poderoso, que a sua voz e compreender o que ele quer degovernais o céu e a terra, escutai com nós.bondade as preces do Vosso povo e dai Deus nos chama muitas vezes, na adesãoao nosso tempo a Vossa paz. Por nosso aos Sacramentos, no convite à vocação.Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na Chama-nos de muitas formas. Cada um deunidade do Espírito Santo. Amém. nós recorda o momento singular em que, identificou claramente a Sua voz. Foi o07. DEUS NOS FALA momento definitivo de nossa adesão a Ele.C2. Acolhamos o Santo Livro, no dia a dia Às vezes ousamos pedir-lhe que faça a nos-de nossa missão, como fizeram Samuel e sa vontade e relutamos em compreendertantos seguidores de Jesus Cristo. Voltemos quando esta não se concretiza.o nosso olhar e o nosso coração para a es- Na verdade, só conseguimos entender ascuta da Palavra da vida. Ela nos convida ao propostas do Senhor quando experimenta-seguimento do Senhor. mos o encontro pessoal com Jesus Cristo.Refrão: Tua Palavra é lâmpada para A cada encontro nos vemos transformar e,meus pés, Senhor! Lâmpada para meus mesmo que as dificuldades envolvam nossapés, Senhor! Luz para o meu caminho. caminhada, não o deixamos. Dia a dia nos comprometemos com ele e com seu planoPRIMEIRA LEITURA: 1Sm 3,3b-10.19 de amor. O encontro com Jesus, tal qual aconteceu com os discípulos, invade nossaL.1 Leitura do Primeiro Livro de vida e, a partir daí, nunca mais seremos osSamuel. mesmos. "Essa realidade fica presente em nossa vidaSALMO RESPONSORIAL - 39(40) por obra do Espírito Santo. Ele nos iluminaRefrão: Eu disse: Eis que venho, Se- e vivifica através dos sacramentos. Pelo Ba-nhor! Com prazer faço a vossa vontade. tismo e Confirmação, somos chamados a
  3. 3. ser discípulos missionários de Jesus Cristo. o encontro com Jesus Cristo se faça e seEntramos na comunhão trinitária na Igreja. refaça permanentemente" (41)Seu ponto alto é a Eucaristia, que é princí-pio e projeto da missão do cristão" (Docu- 09. PROFISSÃO DE FÉmento de Aparecida, 153). D. Cremos no Cordeiro de Deus em nossoExperimentamos a presença de Jesus e nos meio. Professemos nossa fé: Creio emtomamos seus discípulos-missionários com- Deus Pai...prometidos em anunciá-lo para que maispessoas o conheçam, possam amá-lo e trans- 10. PRECES DA COMUNIDADEformem-se, também, em seus discípulos. D. Neste dia, em que recordamos a Res-Nas exigências do mundo atual, esta não é surreição de Jesus, façamos nossas precesuma tarefa fácil; é preciso que estejamos ao Pai, dizendo:constantemente na presença de Jesus para Todos: Caminhai conosco, Senhor!que ele nos fortaleça e sejamos capazes de (A equipe prepara as preces)conduzir outras pessoas para esse encontro. D. Acolhei, Senhor, com bondade a ora-A Conferência de Aparecida propõe uma ção da vossa Igreja, que vos manifesta seuspedagogia da Missão Permanente. Nesta pedidos com tanto mais confiança, quantopedagogia, o processo de formação do dis- mais se alegra em contemplar a naturezacípulo-missionário tem como um de seus humana exaltada até o céu, através do en-aspectos fundamentais o encontro com Je- contro com o Senhor. Por Cristo nossosus Cristo, que culmina com a maturidade Senhor. Amém.do discípulo pelo testemunho pessoal, re-percutindo no anúncio e na ação missionária 11. APRESENTAÇÃO DOS DONSna comunidade. C1. O Evangelho de hoje, narrou como os"O encontro com Jesus, graças à ação invi- discípulos se aproximaram de Jesus e sesível do Espírito Santo, realiza-se na fé re- identificaram com Ele. Iluminados por estecebida e vivida na Igreja" (DA, 246). exemplo, apresentemos no altar do SenhorE onde encontramos Jesus hoje? nossos passos, a nossa vivência junto comNós o encontramos na oração pessoal e Jesus, nosso Mestre e Senhor. Pedimos aocomunitária, na Sagrada Escritura, na Sa- Pai a confirmação de nossa fé, e dos traba-grada Liturgia, assim como no irmão que lhos de evangelização de nossa comunida-necessita de nosso auxílio e afeto, seja qual de.for o motivo. Canto: Um coração para amar... n° 473Assim, temos o vivo convite para que oencontro com Jesus, o qual nos inunda com 12. LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇASseu amor, não seja guardado apenas para D. O Senhor esteja convosco.nós, mas que nos deixemos transformar e, Todos: Ele está no meio de nós.como São Paulo, digamos: "Ai de mim, se D. Demos graças ao Senhor nosso Deus.eu não evangelizar" (1Cor 9,16). Todos: É nosso dever e nossa salvação.Por isso, aceitemos o que nos propõe a D. Irmãos e irmãs, santificados em Cristo:CNBB em suas Diretrizes Gerais da Ação glorifiquemos o Pai "pela graça que nos foiEvangelizadora da Igreja para 2011-2015: dada em Cristo Jesus, pois nele fomos"Nossas comunidades precisam ser co- cumulados de todas as riquezas". Louve-munidades preparadas para permitir que mos de todo coração, porque "é fiel o Deus
  4. 4. que nos chamou à comunhão com seu Fi- Filho, alimentados com a Vossa Palavra.lho Jesus Cristo, nosso Senhor". Por Cristo, nosso Senhor. Amém.Refrão: Ó Pai somos nós o povo elei-to, que Cristo veio reunir. (2x) 15. AVISOSD. Nós Vos damos graças, ó Deus, por- D. Depois de amanhã, dia 17, completam-que escutais nossos pedidos e aceitais se 35 anos da morte de Dom José Dalvit,nossas orações. Sois bendito, Senhor! E nosso primeiro bispo.bendito seja Aquele que vem em vossonome, Jesus, vosso Filho, nosso irmão! 16. BÊNÇÃO E DESPEDIDARefrão: Quero cantar ao Senhor,/ sem- D. O Senhor esteja convosco.pre, enquanto eu viver. Hei de provar Todos: Ele está no meio de nós.seu amor,/ seu valor e seu poder. (2x) D. O Senhor nos abençoe e nos guarde!D. Nós vos louvamos, ó Pai, porque por / Amém!Ele passamos das trevas para a luz, da mor- O Senhor faça brilhar sobre nós a sua gra-te para a vida, da escravidão para a liber- ça. Amém.dade de sermos filhos vossos. Quero... O Senhor dirija para nós o seu rosto e nosD. Nele vos pedimos o Espírito de unida- dê a paz. Amém.de. Que Ele transforme numa só família ho- - Abençoe-nos Deus Todo-Poderoso: Paimens e mulheres, jovens e crianças de to- e Filho e Espírito Santo. Amém.das as raças, povos e línguas, para o lou- D. Bendigamos ao Senhor.vor da vossa glória. Quero cantar... Todos: Demos graças a Deus.D. Toda louvação chegue a vós, em nomede vosso Filho amado, com quem reza- 17. CANTOmos com as palavras que Ele mesmo nos Jesus, eu irei te louvar... n° 742ensinou: Pai Nosso...13. ABRAÇO DA PAZD. A paz é fruto do nosso compromissocom o Reino de Deus. Esse Reino só serápleno com a chegada da plenitude da paze do amor de Deus. No desejo de fazercom que essa paz reine em nós, saudemos Leituras para a Semanauns aos outros. 2ª 1Sm 15, 16-23 / Sl 49 (50) / Mc 2, 18-22 3ª 1Sm 16, 1-13 / Sl 88(89) / Mc 2, 23-2814. ORAÇÃO 4ª 1Sm 17, 32-33.37.40-51 / Sl 143(144) / Mc 3, 1-6D. Ó Deus, com Vosso Espírito de ca- 5ª 1Sm 18, 6-9; 19, 1-7 / Sl 55(56) / Mc 3, 7-12 6ª 1Sm 24, 3-21 / Sl 56(57) / Mc 3, 13-19ridade, fazei que vivamos unidos no Sáb.: 2Sm 1, 1-4.11-12.19.23-27 / Sl 79(80)Vosso amor e no discipulado do Vosso Mc 3, 20-21 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

×