06 11 11

149
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
149
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

06 11 11

  1. 1. Nº 1.883 (Ano A ) 32º Domingo do Tempo Comum - 06 de novembro de 2011 Solenidade de Todos os Santos "SEDE SANTOS COMO O VOSSO PAI É SANTO!" celebração. Ela torna presente o Mistério Pascal no amor que congrega, na Palavra acolhida e na oração comunitária. Somos convidados a nos comprometer com o pro- jeto de Deus, para que todos tenham vida plena. Refrão: cantado: Santo, Santo, Santo./ Santo, Santo. Santo, todo poderoso é o nosso Deus. C.2 Hoje, celebramos a solenidade de To- dos os Santos. Eles tiveram fé na promes- sa de Cristo e neste dia se alegram pela grande recompensa dada por Deus. Alegremo-nos também pela nossa fé, dom do Pai. Refrão: cantado: Nós andamos no ca- minho/ imitando os santos teus;/ todosObsevação - juntos viveremos/ onde eterna reina a1-fazer uma entrada com cruz, quadro, imagens de luz.pessoas que consideramos santas: a imagem do C.1 Este ano tivemos a alegria de ver apadroeiro(a), quadro do Papa João Paulo II e Irmã beatificação do Papa João Paulo II e IrmãDulce, algumas folhas de palmeiras, deixar em des-taque, não em frente ao altar, Dulce. A veneração aos santos é de nosso2- Com os refrões 02, 05, 24, 36, criar um clima interesse. Estimulados por sua amável com-orante e fazer o acendimento da vela. panhia, esforcemo-nos por merecer habi- tar junto com eles, na casa celeste para01. MOTIVAÇÃO todos preparada.C.1 Irmãos e irmãs, bem vindos! Como co-munidade viva dos seguidores de Cristo, 02. CANTOmodelo de santidade, nos reunimos para esta 81, 82, 84 ou 103 (escolher)
  2. 2. 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO 06. ORAÇÃOD. Saudemos a Trindade, modelo de co- D. Deus eterno e todo-poderoso, quemunhão para os que buscam a santidade: nos dais celebrar numa só festa os mé-Em nome do Pai e do Filho e do Espíri- ritos de todos os Santos, concedei-nos,to Santo. Amém. por intercessores tão numerosos, a ple-D. O Deus da esperança, que nos cumula nitude da vossa misericórdia. Por nos-de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação so Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, nado Espírito Santo, esteja convosco! unidade do Espírito Santo. Amém.Todos: Bendito seja Deus que nos reu-niu no amor de Deus. 07. DEUS NOS FALA C.1 As leituras de hoje mostram quem são04. DEUS NOS PERDOA e de onde vem os destinatários da boa no-D. Irmãos e irmãs, conscientes de nossas tícia.faltas para com o projeto de Deus, peça- (Enquanto alguém entra carregando o livro quemos a conversão do coração: contem a Palavra de Deus cantem-se : "Palavra- Senhor, que fazeis passar da morte para a de Salvação", nº 279).vida quem ouve a vossa palavra, tende pie-dade de nós. PRIMEIRA LEITURA - Ap 7,2-4.9-14Todos: Senhor, tende piedade de nós.- Cristo, mestre e modelo divino de toda L.1 Leitura do Livro do Apocalipse deperfeição, tende piedade de nós. São João.Todos: Cristo, tende piedade de nós.- Senhor, cuja vontade é a santificação de SALMO RESPONSORIAL - 23(24)todo homem e mulher, tende piedade de Refrão: É assim a geração dos que pro-nós. curam o Senhor!Todos: Senhor, tende piedade de nós.D. Deus todo-poderoso, alegria dos san- SEGUNDA LEITURA - 1Jo 3,1-3tos, tende compaixão de nós, perdoai osnossos pecados e conduzi-nos à santidade, L.2 Leitura da Primeira Carta de Sãopara sermos merecedores da vida eterna. João.Amém.05. HINO DE LOUVOR EVANGELHO - Mt 5,1-12aD. Glorifiquemos a Deus pela grande mul-tidão dos seus servos, cuja canonização já CANTO DE ACLAMAÇÃOfoi declarada pela Igreja, em especial o Aleluia... Bem-aventurado quem tem... nºPapa João Paulo II e Irmã Dulce por todos 304os que, em número imensamente superior,conseguiram a salvação, com a eterna vi- Proclamação do Evangelho de Jesussão beatífica de Deus Cristo segundo Mateus.(Podem-se lembrar nomes de pessoas queajudaram a santificar esta comunidade). 08. PARTILHANDO A PALAVRACanto: Glória a Deus... É o canto das O mensageiro pode pedir ao povo para lem-criaturas... nº 245 brar alguns santos dos dias de hoje (márti-
  3. 3. res, sacerdotes , bispos, líderes, leigos e lei- Messias. Esse grupo também não dava im-gas, irmãs, tantos pais e mães de famílias portância ao amor ao próximo e talvez atéque deram suas vidas). odiassem e hostilizassem a comunidade. OCelebrar a memória de todos os Santos é autor da carta prova o contrário: viver comoolhar para nossa caminhada de Igreja. A filhos de Deus implica a prática da justiçamorte e ressurreição de Jesus, celebradas em sintonia com o projeto de Deus.na Eucaristia, e a memória de nossos márti- O Apocalipse foi escrito para animar asres, nos fortalecem no enfrentamento da comunidades perseguidas até a morte pelagrande tribulação, a fim de que possamos opressão e repressão do Império Romano.permanecer de pé (isto é, declarados ino- A vitória do Cristo sobre as forças do mal ecentes) diante do Cordeiro. a memória dos mártires das comunidadesA primeira bem-aventurança: "Felizes os devolveram aos cristãos a força própria depobres em espírito, porque deles é o Rei- sua vocação: a capacidade de denunciar eno dos Céus" (v.3), juntamente com a oi- resistir a todo poder absolutizador que opri-tava: "Felizes os que são perseguidos por me e mata. Os mártires são vitoriosos e es-causa da justiça, porque deles é o Reino tão com Cristo: cabe a nós resistir e lutar,dos Céus" (v.10), são a síntese de todas as imitando seus exemplos.bem-aventuranças. As demais (v.4-9) es-clarecem alguns aspectos dessas duas. A 09. PROFISSÃO DE FÉprimeira e a oitava possuem promessa idên- D. Santo é todo aquele que dá testemunhotica: "porque deles é o Reino dos Céus".A primeira bem-aventurança proclama feli- autêntico de sua fé. Professemos nossa fé.zes "os pobres em espírito". Essa expres- Creio em Deus Pai... ou cantar 386são não se refere a pessoas humildes, inde-pendentemente de sua condição social. A 10. PRECES DA COMUNIDADEpalavra "pobre" recorda os que deposita- D. A SOLIDARIEDADE é uma das virtu-ram sua confiança em Deus enquanto últi- des para quem quer ser santo. Invoquemosma instância, porque a sociedade lhes nega os santos e santas de Deus, que viverama justiça. São pobres em espírito, ou seja, intensamente o amor fraterno para que, porescolheram a pobreza (Mt 6,24) não por- sua intercessão, sejamos conduzidos a umaque a miséria os fizesse felizes, mas porque vida de maior união com Cristo.nessa condição participariam do projeto de Cantemos a Ladainha de Todos os SantosDeus, que é a construção de uma nova so- (853, 854,855)ciedade, baseada na justiça e na igualdade.Temos um critério claro para discernir se 11. APRESENTAÇÃO DOS DONSalguém é ou não pobre em espírito: basta D. A equipe prepara e escolhe o canto.examinar seu compromisso com a justiça (Sugestão: Pode-se entrar com pequenosdo Reino e ver se está sendo, de alguma cartazes com o nome e alguma caracte-forma, perseguido por causa dela. rística dos santos padroeiros das comu-A primeira carta de João foi dirigida às nidades do setor, simbolizando a impor-comunidades da Ásia Menor, que passa- tância dos homens e mulheres que cum-vam por séria crise, provocada por um gru- priram a missão a eles confiada porpo dissidente que negava que Jesus era o Deus).
  4. 4. 12. PAI NOSSO gozar a alegria da verdadeira pátria, onde aD. Obedientes ao Santo dos santos , Je- Igreja reúne os seus filhos e filhas aos santossus Cristo, ousamos cantar Pai Nosso dos para a paz eterna.Mártires... n° 1226, depois reza-se Pai Todos: Amém!nosso... D. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.13. ABRAÇO DA PAZ D. Glorificai ao Senhor com as vossas vi-D. A paz terrestre é imagem e fruto da paz das. Ide em paz e que o Senhor vos acom-de Cristo. Pelo sangue de sua cruz, re- panhe.conciliou os homens com Deus e fez de Todos: Graças a Deus!sua Igreja o sacramento da unidade doshomens entre si e com Deus. 17. CANTOCanto: Vamos minha gente... n° 1262 Um dia uma criança me parou... n° 126114. ORAÇÃOD. Deus nosso Pai, Vosso Filho estápresente no pão da Palavra e no pãoda Eucaristia. Fortalecei-nos com aVossa graça, para que todos nós, comos Vossos Santos, sejamos em Cristoum só corpo e um só espírito. E assimressuscitemos com Ele para a glória.Por Cristo, Senhor nosso. Amém.15. AVISOS16. BÊNÇÃO E DESPEDIDAD. Deus, glória e exultação dos santos quehoje celebrais solenemente, vos abençoepara sempre.Todos: Amém! Leituras para a SemanaD. Livres por sua intercessão dos males 2ª Sb 1, 1-7 / Sl 138 / Lc 17, 1-6presentes, e inspirados pelo exemplo de 3ª Sb 2, 23– 3, 9 / Sl 33 / Lc 17, 7-10suas vidas, possais colocar-vos constan- 4ª Ez 47, 1-2.8-9.12 / Sl 45 / 1Cor 3, 9-11.16-17temente a serviço de Deus e dos irmãos. Jo 2, 13-22 5ª Sb 7, 22 – 8, 1 / Sl 118 / Lc 17, 20-25Todos: Amém! 6ª Sb 13, 1-9 / Sl 18 / Lc 17, 26-37D. E assim, com todos eles, vos seja dado Sáb.: Sb 18, 14-16; 19, 6-9 / Sl 104 / Lc 18, 1-8 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

×