Your SlideShare is downloading. ×

Planejamentourbano

2,726

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,726
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
135
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Seminários TIM Planejamento Urbano Planejamento Urbano Prof.a Ana Cecília Rocha Veiga EE/UFMG Planejamento e Urbano Bibliografia Introdução ao Desenho Urbano no Processo de Planejamento ˘ Vicente del Rio Curso de Planejamento Municipal Integrado: Urbanismo ˘ Célson Ferrari Desenho Urbano ˘ Anais do II SEDUR (Seminário de Desenho Urbano no Brasil) Lei de Parcelamento do Solo Urbano em Belo Horizonte − 6.766/79 alterada pela Lei 9.785/99 1
  • 2. Planejamento e Urbano Bibliografia Desenho Urbano e Projetos de Urbanização Juan Luis Mascaró Infra−estrutura urbana − Juan Mascaró Rio Cidade − o urbanismo de volta às ruas Urbanização Brasileira: Redescobertas Leonardo Barci Castriota Mapeamento Urbanístico: a materialidade da dimensão intangível do patrimônio cultural urbano − Ana Cecília Rocha Veiga Planejamento e Urbano O desafio Planejamento Urbano: tema amplo Cada área do planejamento necessita de um especialista no assunto Panorama geral dos diversos itens que compõem o Planejamento Urbano 2
  • 3. Planejamento e Urbano Breve retrospectiva... Pré−História: apenas aldeias nômades Nascimento das cidades: civilizações recentes, 6.000 anos atrás Cidade de Ombos, Egito: considerada por muitos estudiosos a mais antiga do mundo Planejamento e Urbano Cidade Grega Civilização micênica (1450 a.C.): cidades muradas, labirintos de becos, sem drenagem e nem esgoto canalizado. Rua com abaulamento invertido, servindo de canal de esgoto. Cidades cretenses: ruas em curva de nível, estreitas e pavimentadas, dotadas de rede de água e esgoto 3
  • 4. Planejamento e Urbano Micenas Planejamento e Urbano Cidade Grega Atenas Ágora (praça do mercado → espaço político) Acrópole (castelo do rei e nobreza) Areópago (montanha onde se reunia o concílio) 4
  • 5. Planejamento e Urbano Planejamento e Urbano 5
  • 6. Planejamento e Urbano Planejamento e Urbano 6
  • 7. Planejamento e Urbano Hipódamos de Mileto Cidade Grega Um dos primeiros urbanistas conhecidos Pai do sistema xadrez, porém não sendo o primeiro a utilizar o sistema Já observava a orientação e dimensionamento das ruas segundo a intensidade de uso Planejou, com seus discípulos, várias cidades, como Pérgamo, Alexandria, Mileto, etc. Planejamento e Urbano Mileto 7
  • 8. Planejamento e Urbano Cidade Medieval Burgos Séc. V ao IX ˘ Desurbanização Castelos e catedrais muradas: no seu entorno, cresciam os burgos ˘ pequenas cidades comerciais Planejamento e Urbano Carcassone ˘ Sul da França 8
  • 9. Planejamento e Urbano Cidade Romana Roma Fundada em aproximadamente 750 a.C. Século IV ˘ 1 milhão de habitantes e... 19 aquedutos, esgotamento e ruas pavimentadas, prédios de apartamentos, alguns com 8 andares, vias principais com colunatas, arcos e monumentos Praça de São Pedro ˘ Bernini, Sec. XVII, um grande abraço urbano da Igreja Mãe Planejamento e Urbano Cidade Romana 9
  • 10. Planejamento e Urbano Cidade Clássica Do Renascimento ao Barroco Retorno ao planejamento grego antigo Jardins em amplas praças com desenhos geométricos Até que a indústria assume o seu papel... Planejamento e Urbano Cidade Industrial Revolução Industrial 1760 a 1830 Explosão urbana Os problemas urbanos se agravam (insalubridade, peste, poluição, pouca permeabilidade do traçado urbano, etc.) 10
  • 11. Planejamento e Urbano Urbanismo A Ciência da Cidade Meados a final do século XIX, surge o urbanismo moderno como ciência e termo Mais do que desenho urbano, os projetos urbanísticos eram um projeto de sociedade Planejamento e Urbano Cidade Linear de Mata 11
  • 12. Planejamento e Urbano Cidade Jardim de Ebenezer Howard Planejamento e Urbano 12
  • 13. Planejamento e Urbano Urbanismo Le Corbusier Cidade de três milhões de habitantes − 1922 Vinte e quatro arranha−céus centrais de 60 andares dedicados aos negócios (trabalho) Trabalhadores vivendo em cidades jardins rodeando o centro Indústria: periferia Cidade separada em funções: morar, trabalhar, circular e descansar Planejamento e Urbano Urbanismo 13
  • 14. Planejamento e Urbano Brasília de Lúcio Costa Urbanismo Plano Piloto Superquadra: unidade de 280 x 280 metros, edifícios residenciais em altura, áreas verdes comuns de acesso público Unidade de Vizinhança: equipamentos coletivos ˘ cinema, clube, igreja, escola Principais problemas: periferias sem planejamento, dependência do automóvel particular, não autonomia das unidades de vizinhança e superquadras Planejamento e Urbano Plano Piloto 14
  • 15. Planejamento e Urbano Superquadra 308 e 309 Planejamento e Urbano Urbanismo Conhecer a fundo para Não reinventar a roda 15
  • 16. Planejamento e Urbano Urbanismo Planejamento Urbano Planejamento e Urbano O Que é? Carta dos Andes ˆSeminário de Técnicos e Funcionários em Planejamento Urbano˜ ˆEm um sentido amplo, planejamento é um método de aplicação, contínuo e permanente, destinado a resolver, racionalmente, os problemas que afetam uma sociedade situada em determinado espaço, em determinada época, através de uma previsão ordenada capaz de antecipar suas ulteriores consequências˜ 16
  • 17. Planejamento e Urbano Plano Zero O Que é o Plano Zero? Cidades inteiramente planejadas em grandes áreas vazias, inundadas por barragens ou previamente demolidas Glebas destinadas a novos loteamentos, vazios urbanos Planejamento e Urbano Contradições Juca Villaschi ˘ Urbanização Brasileira ˆO Planejamento territorial urbano tem sido desenvolvido e aplicado de forma a ordenar o crescimento das cidades e minimizar os problemas decorrentes dos processos de urbanização. E tem sido curiosa a experiência brasileira em planejamento urbano, já que, geralmente, ele é demandado e elaborado após a desorganização espacial ter−se tornado uma realidade.˜ 17
  • 18. Planejamento e Urbano Loteamento e Desmembramento Desmembramento ou loteamento? Desmembramento: subdivisão de glebas (grandes áreas) em lotes, com aproveitamento do sistema viário existente Loteamento: subdivisão de gleba, com abertura de novas vias de circulação ou ampliação das existentes Planejamento e Urbano Etapas do Planejamento Etapas do Planejamento 18
  • 19. Planejamento e Urbano Formação da Equipe 1 − Formação da Equipe Planejamento e Urbano Profissionais Formação da Equipe Arquitetos Urbanistas Engenheiros: Civil, Eletricista, Hidráulico, Florestal, Sanitário, etc. Geógrafos Sociólogos Urbanos Antropólogos Historiadores Turismólogos 19
  • 20. Planejamento e Urbano Profissionais Formação da Equipe Geólogos Biólogos Ambientalistas Médicos Sanitaristas Economistas Advogados Políticos Líderes Comunitários (População) Etc. Planejamento e Urbano Estudos Prévios 2 − Estudos Prévios 20
  • 21. Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia Mapeamento Físico e Biológico do Território Topografia do terreno Análise geológica do solo Existência de mananciais, cursos (rios, córregos) e percursos (fluviais) Ecossistema: fauna, flora Dados meteorológicos: ventos, clima, etc. Planejamento e Urbano Scanner a laser Medidas 3D Raio Laser Escaner 21
  • 22. Planejamento e Urbano Fotografia + Levantamento + Modelo 3D + Maquete Perfilada Planejamento e Urbano Scanner a laser 22
  • 23. Planejamento e Urbano Mapas Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia Mapeamento Sócio−Econômico do Território Estudos sócio−econômicos: perfil regional ou do entorno, hábitos de consumo e de vida, hábitos de trabalho e lazer Survey Qualitativo: ler nas entrelinhas Índices de Qualidade de Vida Inventários 23
  • 24. Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia Mapeamento Sócio−Econômico do Território Estudos Econômicos: Potencial da região, estrutura de desenvolvimento existente Planejamento Regional: Como esta nova área irá se inserir no seu entorno, em todos os aspectos − metropolitanos, físicos, econômicos, populacional, turísticos, etc. 24
  • 25. Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia Mapeamento Histórico e Antropológico Histórico: Levantamento da história do lugar, identificação de possíveis traços históricos a serem preservados (patrimônio cultural local) Análise antropológica: perfil antropológico da população local ou entorno, hábitos e técnicas de construção aceitas 25
  • 26. Planejamento e Urbano Participação Popular 3 ˘ Participação POPULAR Planejamento e Urbano Participação Popular Grupos Focais 26
  • 27. Planejamento e Urbano Audiência Pública Participação Popular Planejamento e Urbano Participação Popular Conselho Deliberativo 27
  • 28. Planejamento e Urbano Participação Popular Comissão de Trabalho Planejamento e Urbano Participação Popular Fórum Permanente de Delegados (ONGs, Associações de Bairro, Instituições, Sindicatos, Órgãos de Classe, etc.) 28
  • 29. Planejamento e Urbano Planejamento e Urbano Zoneamento 4 ˘ Mapas de Zoneamento 29
  • 30. Planejamento e Urbano Zoneamento Áreas non aedificandi Terrenos alagadiços ou inundáveis Aterramentos nocivos à saúde Declividade superior a 30%, salvo exceções Condições geológicas precárias Áreas de preservação ecológica, mananciais, etc. Planejamento e Urbano Pesquisa Prévia 30
  • 31. Planejamento e Urbano Zoneamento Levantamento do entorno edificado Vias principais de acesso (estradas, avenidas, etc), características sócio− econômicas, população e densidade, etc. Continuidade das vias de acesso, perfil da área a ser ocupada, planejamento do crescimento urbano, etc. Planejamento e Urbano Zoneamento Núcleos Definição de núcleo principal e dos núcleos regionais, seus usos e características Evitar crescimento mononucleado, gerando problemas de transporte, centralização exagerada, especulação imobiliária 31
  • 32. Planejamento e Urbano Crescimento Doentio Radioconcêntrico Planejamento e Urbano Crescimento Saudável Polinucleado 32
  • 33. Planejamento e Urbano Zoneamento Unidade de Vizinhança 3.000 a 15.000 habitantes, raio de aproximadamente 800 m Equipamentos: escolar, cultural, religioso, comercial, social, saúde, espaço livre, estacionamento, posto policial Planejamento e Urbano Zoneamento Zonas de Uso do Solo Mistura e variedades de usos compatíveis entre si, buscando a mais intensa utilização possível 24 horas por dia Vitalidade urbana Segurança (evitar horários vazios) Vocação física, sócio−econômica e cultural Grupos de Impacto 33
  • 34. Planejamento e Urbano Zoneamento ZPAM ˘ Zona de Preservação Ambiental ZP ˘ Zona de Proteção ZAR ˘ Zona de Adensamento Restrito ZAP ˘ Zona de Adensamento Preferencial ZC ˘ Zona Central ZA ˘ Zona Adensada ZE ˘ Zona de Grandes Equipamentos ZEIS ˘ Zona de Especial Interesse Social Planejamento e Urbano Zoneamento Configuração Espacial das Zonas Gabarito (altura), afastamentos, áreas máximas de construção Cones de visibilidade, relacionamento entre volumes edificados e topografia Relacionamento com o entorno: vias existentes, usos, etc. Simulações de Conforto Ambiental 34
  • 35. Planejamento e Urbano Túnel de Ventos Planejamento e Urbano Zoneamento Outros Parâmetros Urbanísticos Taxa de Permeabilização Coeficiente de Aproveitamento Quota de terreno por unidade habitacional Áreas de estacionamento 35
  • 36. Planejamento e Urbano Zoneamento Áreas especiais para aplicação de instrumentos urbanos do Estatuto da Cidade IPTU Progressivo no tempo Desapropriação Transferência do Direito de Construir Direito de Preempsão Outorga onerosa do direito de construir Etc. Planejamento e Urbano Projeto Urbano 5 ˘ Projeto URBANO 36
  • 37. Planejamento e Urbano Projeto Urbano Projeto Subdivisão das quadras em lotes Sistema viário com hierarquia Dimensões lineares e angulares das vias Perfis longitudinais e transversais Memorial descritivo: características e zoneamentos, parâmetros urbanísticos, indicação das áreas e equipamentos públicos Planejamento e Urbano Projeto Urbano Áreas públicas Não poderá ser inferior a 35%, salvo loteamentos industriais de grandes dimensões ou salvo outras determinações em legislação urbanística Previsão de equipamentos públicos de educação, cultura, lazer e similares 37
  • 38. Planejamento e Urbano Projeto Urbano Lotes Área mínima de 125 m2 Frente mínima de 5 metros Faixa non aedificandi de 15 metros em torno de águas correntes, rodovias, ferrovias Planejamento e Urbano Vias Projeto Urbano Articular−se com o sistema viário local (entorno) Harmonizar−se com a topografia, acompanhando curvas de nível e promovendo quebras dágua em descidas Classificação das vias segundo o Plano Diretor e LPUOS (pedestre, ciclovia, local, coletora, arterial, regional) Quadras até 200 m (pedestres) 38
  • 39. Planejamento e Urbano Projeto Urbano Principais problemas Falta de hierarquização das vias, conflito entre pedestres e veículos, falta de estacionamento Carência de espaços de lazer e equipamentos Núcleos e unidades de vizinhança mal dimensionados Monotonia da paisagem (lotes e casas iguais) Planejamento e Urbano Projeto Urbano Requisitos Importantes no Projeto Separação do trânsito de passagem e do local Separação do pedestre e veículo Previsão para espaços de lazer e contemplação Espaços de manobra e estacionamento Previsão de circulação de veículos de emergência 39
  • 40. Planejamento e Urbano Projeto Urbano Loteamento tipo ˆcluster˜ Planejamento e Urbano Projeto Urbano 40
  • 41. Planejamento e Urbano Detalhamento das Vias Projeto Urbano Tipos de cruzamento, rotatórias e ˆcul−de− sac˜, estacionamento, placas de sinalização Tempo dos sinais para veículos e pedestres Áreas onde é necessário a intervenção humana em horários de pico (evitar engarrafamentos) Pistas especiais (ônibus, emergência, inversão de sentido de acordo com horário, etc) Planejamento e Urbano Fases de uma intercessão 41
  • 42. Planejamento e Urbano Solução que reduz as fases Planejamento e Urbano Estudo de Semáforos 42
  • 43. Planejamento e Urbano Estudo de Semáforos Planejamento e Urbano Projeto para a Produção 6 ˘ Projeto para a PRODUÇÃO 43
  • 44. Planejamento e Urbano Projeto para a Produção Evolução do conceito de PROJETO Ampliação da importância e abrangência do projeto ˆo que fazer?˜ + ˆcomo fazer?˜ Planejamento e Urbano Projeto para a Produção O Que representa o PROJETO ? Bem mais do que a simples representação do produto... Ferramenta de gerenciamento da execução e da qualidade do empreendimento 44
  • 45. Planejamento e Urbano Projeto para a Produção PROJETO PARA A PRODUÇÃO O Que é ? É o projeto do ˆcomo fazer˜ O projeto para a produção define as técnicas construtivas a serem empregadas no processo construtivo, bem como todos os detalhes da execução Planejamento e Urbano Projeto para a Produção ELABORAÇÃO simultânea planejamento + projeto + programação executiva 45
  • 46. Planejamento e Urbano Projeto para a Produção Planejamento e Urbano Desenho Urbano 7 ˘ Legislação URBANÍSTICA 46
  • 47. Planejamento e Urbano Legislação Urbanística Cidade Plano Diretor Lei de Uso e Ocupação do Solo Código de Posturas Código de Obras Plano Plurianual Planejamento e Urbano Legislação Urbanística Glebas, loteamentos ou condomínios Zoneamento (Inserção na LPUOS) Parâmetros Urbanísticos Regulamento do Condomínio 47
  • 48. Planejamento e Urbano Desenho Urbano 8 − Estudos de CASO Planejamento e Urbano Cidade Jardim Cidade Jardim 48
  • 49. Planejamento e Urbano Cidade Jardim Cidade Jardim − origens Ebenezer Howard ˘ Inglaterra Início do Século XX Desenho Urbano + Planejamento Social + Planejamento Econômico Planejamento e Urbano Cidade Jardim Cidade Jardim no Brasil ˆBairros de vasta moradia, gramados, ruas fartamente arborizadas, áreas bem traçadas, belas, ricas e elegantes˜ (Maria Szmrecsányi) São Paulo: Jardins Rio de Janeiro: Paquetá, Ilha do governador, Cidade Jardim de Laranjeiras 49
  • 50. Planejamento e Urbano Cidade Jardim Planejamento e Urbano Cidade Jardim Cidade Jardim em Belo Horizonte 1938/40 ˘ Eng. Lincoln Continentino é encarregado de desenvolver um ˆplano de urbanismo para a cidade˜ Propõe reformas no sistema viário (plano das grandes avenidas), prolongamento da Av. Amazonas, da Av. Andradas (avenida parque) e da Av. Afonso Pena em ambos sentidos 50
  • 51. Planejamento e Urbano Cidade Jardim Planejamento e Urbano Cidade Jardim Cidade Jardim Fazenda Velha Leitura estética de Ebenezer Howard Lotes amplos (1000 m2), não sendo permitidos muros divisórios Quarteirões retangulares longos e de profundidade reduzida Traçado viário adequado às condições topográficas, acompanhando as curvas de nível 51
  • 52. Planejamento e Urbano Cidade Jardim Fazenda Velha Cidade Jardim Afastamento mínimo das construções igual a 10 metros Parque local, atravessado pelo Córrego do Leitão, incorporando a sede da Fazenda Velha, único prédio remanescente do período do antigo arraial Planejamento e Urbano Cidade Jardim Tipologia Urbana Baixa densidade Alto índice de áreas verdes Alto índice de permeabilidade Ocupação horizontalizada Predomínio do uso residencial 52
  • 53. Planejamento e Urbano Cidade Jardim Formas de morar das décadas de 40 e 50 Elite tradicional (eclético tardio, releituras neoclássicas com base nas revistas americanas) Elite de vanguarda (arquitetura modernista, grande acervo preservado) Planejamento e Urbano Eclético Tardio 53
  • 54. Planejamento e Urbano Eclético Tardio Planejamento e Urbano 54
  • 55. Planejamento e Urbano Modernismo Planejamento e Urbano Estilos arquitetônicos - Cidade Jardim 23,2% 58,7% 18,1% Moderno Pré-moderno N Outros Projeto Cidade Jardim Estilos Arquitetônicos Legenda Escala Gráfica 0 50 100 200 300 m Modernos Pré-modernos 55
  • 56. Planejamento e Urbano ADE Cidade Jardim Área de Diretrizes Especiais Gabarito Restrito Áreas permeáveis Jardins frontais (concurso) Predomínio do uso residencial Ainda não regulamentada...forças poderosas! Planejamento e Urbano 56
  • 57. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses ALPHAVILLE Lagoa dos Ingleses Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Enclave social Violência gerando o auto−isolamento da elite Busca de status sócio−espacial Eficiência de morar e qualidade ambiental Flexibilização das relações de trabalho Inicialmente casa de campo, posteriormente, moradia principal 57
  • 58. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses O Vetor sul de expansão modelo centro−periferia sofre alterações, com as populações de alta renda fugindo do centro e zona sul, já saturados Despressurização dos núcleos existentes, formação de novos núcleos Nova Lima e seu cenário propício: Biocor, Vila da Serra, BH Shopping, condomínios, Serra do Curral, etc. Planejamento e Urbano A Proposta do condomínio Inspirados nos modelos americanos, Grupo americano SWA Margens da Lagoa dos Ingleses, construída em 1932 para gerar energia elétrica para as minas de propriedade inglesa Desmatamento máximo permitido por lote: 60% A área é definida na legislação como ZU (Zona de Urbanização) e ZEM (Zona de Expansão Metropolitana) 58
  • 59. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Empreendimento Previsto para ser construído em várias etapas, ao longo de 50 anos Primeira etapa: 420 hectares e 900.000 m2 de área nativa preservada Total previsto: 2.514 unidades habitacionais Infra−estrutura básica é de responsabilidade do empreendimento, já a energia elétrica e telefonia são implantadas pelas concessionárias Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Características da urbanização Mistura de usos residenciais e comerciais, para melhor comodidade e autonomia Macrozoneamento: preservação das manchas de vegetação expressivas existentes, os talvegues e as áreas de declividade mais acentuadas e ocupação controlada nas demais áreas Serviços básicos custeados pelo condomínio 59
  • 60. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Plano de Controle Ambiental Retificação constante das margens Instalação estratégica de nove filtros na lagoa para captação de resíduos acarreados pela água pluvial e atividades de lazer ETE própria, com lançamento em represa Coleta seletiva de lixo Estudos para implantação de aterro Planejamento e Urbano Impactos Ambientais do Entorno 5000 pessoas atraídas pelas ofertas de trabalho adensamento dos parcelamentos existentes no entorno, especialmente o Balneário de Água Limpa e comunidade do Paraopeba A área do Balneário contém recursos hídricos importantes, sendo a infra−estrutura completamente deficitária Intensificação do tráfego de veículos 60
  • 61. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Composição Cinco conjuntos residenciais independentes, internos ao complexo Town Houses: casas geminadas Fundação Dom Cabral e Colégio Pitágoras Minas Tênis Clube (Minas Náutico) Apart Hotel Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Composição Heliporto Centro comercial, com restaurantes, lanchonetes, etc. Linha própria de ônibus (cada habitação tem direito a um passageiro) e linha de ônibus até Nova Lima (ainda é deficitário) Avenidas de 40 m e vias internas de 14 m 61
  • 62. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses 62
  • 63. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses 63
  • 64. 64
  • 65. 65
  • 66. 66
  • 67. 67
  • 68. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses 68
  • 69. Planejamento e Urbano Alphaville Lagoa dos Ingleses 69
  • 70. 70
  • 71. Planejamento e Urbano Mobiliário Urbano Detalhe final... 71

×